quarta-feira, 5 de outubro de 2016

CANTINHO DA SALA

Winslow Homer
Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



Viver é Perigoso

SINAL AMARELO INTERMITENTE


Acabei de comprar o jornal Itajubá Notícias, no Supermercado Alvorada, da Boa Vista, é claro. 
Ao passar no caixa deparei com o jornal do Rodrigo Marques, portando uma inusitada e chamativa tarja amarela, logo abaixo da marca "Um Jornal Independente", com a garrafal manchete "Seguindo em Frente".
Foto, em estilo Outdoor, do Rodrigo e Christian.
Loas, loas e loas, culminando com a entrevista do Sebastião Riera, na tradicional página 7. Tudo bem que as eleições são o tema do momento, mas deixa no ar a impressão que o confronto explícito existente entre os responsáveis pelos jornais da cidade, os levam a deixar em segundo plano a razão de suas existências. Nós, os leitores.
Mais adiante, penso, que o bonito e competente jornal, concluirá que exagerou na dose. 
Em tempo, ouvi, já fase de apurações das eleições, a programação da FuturaFM e reconheço o excelente trabalho realizado.

É a vida...

Viver é Perigoso

O REI DO TAPETÃO

Publicado no "Viver é Perigoso" em 7 de novembro de 2012. E continua valendo.


Exceto se tiver acontecido alguma ilegalidade no período da campanha (abuso do poder econômico, deslealdade, compra de votos, etc), não concordo com pedidos de cassação de candidatos eleitos pelo voto popular.
Nas urnas, foi manifestada a vontade da maioria.
A Justiça eleitoral, creio eu, ao homologar as candidaturas e coligações, analisou criteriosamente cada caso.
Da mesma forma, considero um equívoco geral a exigência de proporcionalidade entre candidatos dos sexos masculino e feminino.
Pela força,competência e participação, as mulheres dispensam proteção.
Aliás, praticamente sou contrário ao estabelecimento de qualquer tipo de cota. São racistas e discriminatórias.
Não concordo com o processo movido pelo PT (poderia ser do PSDB, PMDB ou outro), questionando a formação da coligação que elegeu o Professor Rui como vereador na terrinha.
Muito embora, tenha grande apreço e admiração pela Célia Rennó, petista que, em prevalecendo a movimentação do seu partido, substituiria o também estimado Professor Rui.
É o que penso.

Viver é Perigoso

O AVESSO DA CONCILIAÇÃO


Falei via internet com o itajubense, engenheiro, ex-prefeito, vereador eleito com a segunda maior votação e meu amigo Chico.

A situação é a seguinte:

Quando do registro da candidatura do Chico, o exército de advogados de Belo Horizonte contratados pela coligação do Rodrigo Riera, entrou com uma ação de impugnação da candidatura. O Juiz Eleitoral, Dr. Selmo, julgou improcedente a ação e deferiu o registro da candidatura.

Aconteceu a eleição e o Chico foi eleito, com a segunda maior votação.

Inconformados com a decisão judicial em Itajubá, o responsável pela coligação Rodrigo Riera, Sr. Sebastião Riera, com o exército de 14 advogados (maior do que a equipe que defende os Odebrecht), apresentou recursos ao Tribunal Regional Eleitoral de Belo Horizonte.

O Desembargador, Pedro Bernardes de Oliveira, em decisão monocrática (decisão pessoal), julgou procedente os recursos apresentados e indeferiu a candidatura do Chico.

Hoje, o vereador eleito Chico, entrou com um recurso contra a decisão do Sr. Desembargador. O recurso deve ser julgado pelo plenário do TRE-MG.
Se for o caso, outros recursos cabem em Belo Horizonte e no TSE em Brasília.
O advogado do Chico, segundo me consta é o Dr. Newton Marques da Costa, de Itajubá.

Creio estar esclarecido o assunto. Muita água ainda passar sob a ponte.

Resumindo, fica claro o ódio mortal dos inimigos do Chico. O pavor de tê-lo na Câmara fiscalizando os atos do Executivo mostra-se superior a alegria de terem conseguido a reeleição. Como de costume, batem de frente com o candidato eleito, com os seus eleitores, com os amigos dele, com aqueles que respeitam a voz das urnas e com aqueles que gostariam de ver todas as denúncias feitas na ação policial denominada de "Operação Soledade".

E ainda falam em conciliação. Pobre Itajubá.

Obs: Imagino que entre os advogados pela coligação do Rodrigo Riera, deve estar algum daqueles que defenderam o Fluminense no Tapetão.

Viver é Perigoso

  

FALOU TUDO E MAIS UM POUCO


"Vamos lá, pra ficar ainda mais claro pra quem não compreendeu minhas posições:
Fui eleita por uma coligação de oposição ao atual prefeito de Itajubá. Parabenizo o prefeito pela reeleição. A vontade popular é soberana e ninguém discute isso. Muito menos eu.
Não aprovei a administração dele e, exatamente por isso e só por isso, não o apoiei.
Não ignoro que a administração dele tenha acertado em alguns aspectos. Igualmente não ignoro os erros. Erros e acertos, de acordo com minha modesta opinião. Não sou dona da verdade.
A eleição dele não elimina, em nenhuma hipótese, que as tais investigações sejam levadas adiante. 
Se não fiscalizar o Executivo, de nada adianta ter sido eleita vereadora. Essa é a nossa principal função. Portanto, não posso aceitar que ninguém diga que o apoio a qualquer investigação tenha caráter pessoal, porque apoiei um candidato adversário. 
Dinheiro público, administração pública, políticas públicas não são questões pessoais. Respeito o prefeito de Itajubá como respeito qualquer ser humano. Minha conversa se dá na seara pública e no fértil terreno das ideias e não no campo pessoal. Nunca."
Célia Rennó

Blog: Fico só num exemplo marcante: a reação do candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, senador John McCain, do Arizona, quando ficou clara que a vitória nas eleições de 2008 caberia ao então senador democrata por Illinois Barack Obama.
McCain, conservador, filho e neto de almirantes de quatro estrelas, ex-piloto de combate da Marinha americana durante a guerra do Vietnã que teve seu caça-bombardeiro abatido em 1967 perto de Hanói, no então Vietnã do Norte, foi capturado e gramou oito anos de prisão e torturas — um durão de almanaque, portanto — fez uma leal, mas dura campanha contra Obama.
Opôs-se ao adversário em praticamente tudo: a estratégia de Obama para as guerras do Iraque e do Afeganistão, a criação de um seguro-saúde estatal, o programa sobre mudanças climáticas, a questão dos suspeitos de terrorismo presos na base militar de Guantánamo, em Cuba… A lista é longa.
Na noite de 4 de novembro de 2008, porém, quando ficou claro que a maioria do eleitorado americano optara pela renovação que Obama significava — 69,4 milhões de votos (52,9%) contra 59,9 milhões (45,7%) –, McCain, o rival implacável, proferiu a célebre frase:

– Até agora, ele era meu adversário. Agora, ele é meu presidente.

- O Rodrigo Riera é o meu prefeito. Como a Celinha, na minha modesta opinião, continuarei questionando e cobrando o prefeito e até, aplaudindo quando for motivo. Registrando, que não temos o costume de aplaudir por obras, mas pelas posições e gestos.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Candice
Viver é Perigoso

A LISTA


Viver é Perigoso

AGORA VAI !

Como comentado anteriormente, foi assinado na última quinta-feira, dia 29/9, a Carta de Intenções entre a Prefeitura Municipal e a empresa Siva Power do Brasil Painéis Solares. 
Noticiado um investimento de US$ 200 milhões, com 4 linhas de produção, sendo que a primeira delas funcionará em 2019.  
Normalmente, nos casos de Carta de Intenção, assinam o Prefeito Municipal e o representante da empresa. Talvez, para reforçar ou como testemunhas, assinaram também, outros presentes, entre eles o Deputado Bilac Pinto.
Pelo investidor, assinaram os Senhores Kurt Hameeuw, diretor presidente e Antonio Ferreira Granadeiro Filho, diretor de desenvolvimento de negócios.
Imaginamos que a empresa seja ligada a Siva Power, empresa americana situada em Santa Clara, na Califórnia.  
Em rápida consulta ao Google, em busca de maiores informações sobre o grande investimento, observamos que o belga, Kurt Hameeuw, foi diretor da AGC Vidros, empresa de Guaratinguetá e da empresa de consultoria Sokuna Empresarial Ltda, também da nossa vizinha Guará.
O Sr. Antonio Ferreira Granadeiro Filho, foi (ou é) da empresa de consultoria, AFG Gestão Empresarial, do Rio de Janeiro.
Talvez, distraidamente, a Carta de Intenções foi assinada, tendo como fundo, sob o vidro da mesa, os compromissos da campanha anterior do Prefeito Municipal.
Embora não seja ainda um "Protocolo de Intenções", já é um bom começo.
Bem - Vindos 

Viver é Perigoso