quinta-feira, 8 de setembro de 2016

MOÇA BONITA

Faye
Viver é Perigoso

O MEDO


O medo de tomar decisões deriva da insegurança. Quanto mais inseguro, mais medrosa é uma pessoa. Medo de errar, medo de perder, medo de fracassar, medo do desconhecido. Vários medos envolvem a tomada de decisão.

Biologicamente, sentimos medo como reação natural de preservação da vida. Este medo que nos protege é considerado um “medo bom”, visto que a ausência dele nos deixa expostos à condição de risco. Entretanto, quando ele ocorre de forma exagerada ou irracional, pode nos paralisar, acovardar e roubar nossa liberdade de escolha.

Escolher é, por vezes, um processo desconfortante, uma vez que a decisão implica numa renúncia. E nessa hora estamos sós. Amigos, cônjuge e família podem dar suas opiniões, às vezes contribuindo, outras vezes atrapalhando.

Por medo que lhes são próprios, algumas pessoas acabam desencorajando as outras, através de crítica, pessimismo, previsões futurísticas que mais amedrontam que motivam. E não é por culpa delas. De uma maneira geral, as pessoas são treinadas mais para sentirem medo do que para sentirem coragem.

Ficar prisioneiro do medo é uma forma limitada de levar a vida. Ao nos depararmos com uma situação de insegurança é bom refletirmos à luz da sabedoria do escritor americano Mark Twain: “coragem não é a ausência do medo, e sim o enfrentamento dele”. 

Extraído de Simone Demolinari - Hoje em Dia

Viver é Perigoso

CARTA QUE RECEBI


Itajubá, 8 de setembro de 2016

Edson, bom dia 

Sei que qualquer comentário acende mais a discussão mas não vou me furtar a passar a minha impressão sobre os comentários . 

As ações da ACIEI cabem a seu dirigente. Meu ciclo já encerrou e mantenho minha cabeça erguida. Não é mais assunto meu. Não sinto-me diminuído por qualquer observação vinda de lá. São outras pessoas, são outros pensamentos. 

Não me movimento por ódio, rusgas e principalmente pela vontade de estar em evidência. 
Sou movido a entusiasmo e indignação , no caso da campanha , talvez mais pela indignação. Tudo que tenho coletado de informações me asseguram estar com direcionamento correto e vejo possibilidade real de ter a cidade em que moro, melhorada e muito pelo comportamento correto , digno, humano de um novo dirigente. 

Não há valentia, não há heroísmo algum, só não sou omisso. Embora empresário, vivendo dificuldades destes tempos bicudos, não vou guardar minha viola no saco por medo . Posso ajudar muito e é o que tenho procurado fazer, sem qualquer ranço pessoal . Tenho convicção de não estar faltando com a verdade nem injustiçando ninguém. 

Por quê não o fiz antes ? Porque os dirigentes anteriores, com seus acertos e erros, não careciam , na minha visão, de comportamentos dignos. Somado a isto, há um engessamento maior pelo cargo ocupado, onde fala-se por uma instituição e não só por si próprio. Hoje, como cidadão, estou descompromissado para colocar a intensidade que achar adequado nas minhas ações. 

Deixo-lhe um abraço e agradeço o espaço que permite a diversidade de opiniões assegurando a defesa por parte de todos.

Blog: Classe é classe ! Estamos desacostumados, acentuo: Estamos.

Viver é Perigoso

FOCANDO O ASSUNTO


Muito já foi falado sobre a participação do Remy, honrado e corajoso ex-presidente da Aciei, na campanha eleitoral do município. O Remy, fala dos assuntos municipais, de cátedra. Tem conhecimento e acesso aos números da nossa economia, dos gargalos e do que precisa ser feito. Não é do estilo do atual Prefeito levar em consideração a opinião de "não políticos". Nutre uma ojeriza natural por aqueles que considera "amadores" no ramo.
Não irá mudar.
Tanto não irá mudar, como o seu slogan de campanha prega seguir adiante com o que deu certo. 
Estamos desviando o foco (no blog) por completo.
Vamos discutir as propostas de governo da equipe do Dr. Ricardo. Digo equipe, pois ao contrário do Prefeito Rodrigo, existe a possibilidade, e tem demonstrado isso,  que ele tenha a humildade de ouvir os outros.
Discutir as propostas do candidato Rodrigo Riera, partindo do princípio que segundo seus assessores e ele próprio, estamos diante do melhor Prefeito e da melhor Administração já vista na cidade. E lógico, por coerência interna, não proporão mudanças e sequer correções.
Ganhar ou perder eleições faz parte. Empatar ainda não vi.
Ganha Itajubá com as novas propostas do Dr. Ricardo ou com uma mea-culpa e proposição de ajustes, vindas do Rodrigo Riera.
Sinal de grandeza e galeio para saltos políticos futuros.
Seguir do jeito que está é retrocesso.

Viver é Perigoso 

ESTAMOS LASCADOS


Pobre Itajubá. Um empresário digno, correto, altivo, competente, participa e preside uma entidade do município. Termina seu mandato e colabora para eleger o seu sucessor. 
Afasta-se do seu mandato na diretoria e decide participar ativamente da campanha política ao lado daqueles que buscam mudanças.
Normal, desde que o seu nome não se situasse na altura da história da entidade. Caso fosse um nome esvaindo no esquecimento e na poeira, tudo bem. 
Pobre cidade que sequer fica em cima do muro, de onde poderia ter ao menos uma visão mais ampla. Opta sempre, por medo de ter seus interesses contrariados, por ficar do lado do muro, onde o poder se entrincheira.
Sim medo ! Pois ameaças diretas e indiretas acontecem.
Onde estaria  errado os comentário e observações feitas ?

- Política de empregos inexistente. Perdas de industrias por descuido e falta de traquejo. Aconteceu !

- Autoritarismo tentando e calando rádios e jornais críticos. Aconteceu !

- Choque frontal com a maior indústria da cidade, que participava da administração da Santa Casa. Aconteceu !

- Parcerias estranhas com grupos empresarias do município. Aconteceu !

- Transparência zero ! Vide diversos questionamentos em análise pelo Ministério Público. Aconteceu !

- Trapalhada monumental na implantação do Estacionamento Rotativo. Aconteceu !

- Abrigo com recursos públicos a dezenas de cabos eleitorais. Aconteceu.

- Choque com a Universidade Federal, monitoramento do Sapucaí, Incubadores, Parque Tecnológico. Aconteceu !  

- Domínio e humilhação da Câmara. Aconteceu !

- Planejar e conseguir aumentar em 70% o número de vereadores. Conseguiu !

Onde estaria a inverdade ou insulto ou algo nesse sentido, nas palavras ditas e escritas ?

Onde estaria errado um cidadão mostrar a sua indignação publicamente. Por que não contestam, admitem ou explicam qualquer dos tópicos acima ?

Simplesmente porque não tem como. 

No momento em que até a Fiesp, no seu Palácio na Avenida Paulista, assume posição, o ex-dirigente da Aciei, não pode defender as mudanças necessárias e nas quais, solidamente embasado, acredita.
Manifestasse ele a favor da situação e seus ex-pares, o estariam carregando sobre os ombros.
Pensando bem, ou pensando mal, talvez o poder atual esteja certo em não levá-los e as suas ideias, em consideração.

Estamos lascados com esse pessoal. 

Viver é Perigoso 

CANTINHO DA SALA

Howard Hodgkin
Viver é Perigoso

STF AFINADÍSSIMO

Viver é Perigoso