sábado, 20 de agosto de 2016

TRANQUILIDADE À VISTA


Rio de Janeiro voltará ao normal na segunda-feira. Entenda: O Exército e a segurança reforçada deixarão as ruas. Tranquilidade à vista.

Clarin da Boa Vista

CANTINHO DA SALA

Francis Bacon
Viver é Perigoso

LER É UM BOM REMÉDIO


Pesquisa recente afirma que a leitura de livros pode resultar em um tempo a mais de vida.
Ler livros reduziu, aparentemente, em 20% os riscos de mortalidade das pessoas que, por 12 anos, foram acompanhadas. 
A pesquisa, publicada na revista "Social Science & Medicine", utilizou dados do Health and Retirement Study, realizado pela Universidade de Michigan. 
Os 3.635 entrevistados eram adultos acima de 50 anos.
Folha

Viver é Perigoso

HABILIDADE POLÍTICA


Reação de Tancredo Neves quando o Triângulo Mineiro tentou se separar de Minas:

- " Ok, me digam se a capital será em Uberaba ou Uberlândia e eu toco em frente".

Nunca voltaram.

Lembrado pela Eliane Cantanhêde.

Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


O Chico Marques, todos sabem, foi Prefeito de Itajubá por dois mandatos. Já foi candidato outras vezes, inclusive aos cargos de Deputado. Sempre com grande votação. É engenheiro da Unifei, bem preparado tecnicamente e muito bem postado na vida comunitária. Foi um excelente e independente Vereador.
Atendendo apelo de cidadãos itajubenses, inclusive do Blog "Viver é Perigoso", aceitou a colocar-se a disposição para disputar a eleição municipal como Vereador.
A sua experiência, seu comportamento o credenciam, e muito.
Por um erro cometido pelas Câmara Municipal em 2002, que não provocou prejuízo algum para os cofres públicos, tendo na ocasião o Sr. Geraldo Canha como Presidente, o então Prefeito Chico, através de ações de seus conhecidos inimigos políticos locais, foi questionado e responsabilizado pelo Tribunal de Contas. Quatorze anos depois, repito, quatorze anos depois, o assunto foi submetido à apreciação da Câmara Municipal de Itajubá, que dominada pelo Executivo, votou contra o Chico. Era de se esperar.
Questão, que no Brasil, levará mais uns 15 anos para ser definitivamente arquivada.
Pois bem, dentro do espírito de vingança sem tréguas que assola parte importante da política local, o PMDB, através do seu Presidente, está propondo junto ao Juiz Eleitoral da Comarca de Itajubá, Dr. Selmo Sila de Souza, a impugnação ao Registro de Candidatura do Chico Marques ao cargo de Vereador.

O PMDB, justifica
"Apesar do mau momento político por que passa o Brasil atualmente, é importante mostrar que podemos fazer política de uma maneira diferente, transformando para melhor a realidade do nosso povo " 

O PMDB, conforme comprovado na petição, tem como contratado o escritório de advogados, Moura Lima e Siqueira, de Belo Horizonte, contando com 12 associados e mais um advogado dando cobertura em Itajubá.

Realmente, ninguém duvida da possibilidade de eleição do Chico como Vereador. Para os seus inimigos é atemorizante e inimaginável tê-lo na Câmara Municipal.

Confirmando o slogan: "Nossa especialidade é destruir pontes e construir muros".

Viver é Perigoso

CASA DE ORAÇÃO


A Convenção Batista Nacional da Paraíba (CBN-PB), emitiu nota para repudiar qualquer tipo de propaganda, nos púlpitos das igrejas evangélicas, por parte dos líderes e pastores.
A Convenção entende que o uso político dos púlpitos é um desrespeito à legitimidade do culto e à lei eleitoral, que proíbe manifestação política nos templos religiosos.

A nota emite o seguinte texto:

“A CBN-PB entende que é impossível ser apolítico e que o querer ser é de certa forma um sinal de ignorância e alienação. Portanto, somos políticos no sentido mais amplo da etimologia da palavra e louvamos a Deus pela liberdade que a Democracia nos confere de exercermos a nossa cidadania e lutarmos por um país melhor através de um dos instrumentos democrático, o voto.
Entretanto, ao que se refere a propaganda eleitoral dentro dos templos e, mais escancaradamente, na hora de culto, feita por muitos líderes evangélicos, sendo o recinto lugar e momento no qual as pessoas se reúnem com um sentimento cândido voltado para a busca da transcendência, é no mínimo uma atitude covarde e desrespeitosa por parte de quaisquer pastores ou líderes subordinados, além de ser uma que fere a legitimidade do culto, que é totalmente Teocêntrico, o fazendo passar a ser herético por desvio de foco.
Os batistas consideram como inalienável a liberdade de consciência. Cada pessoa é competente e responsável perante Deus, nas próprias decisões e questões morais e religiosas. A Bíblia revela que cada ser humano é criado à imagem de Deus, é único, precioso e insubstituível. Criado ser racional, cada pessoa é moralmente responsável perante Deus e o próximo.
O pastor, na qualidade de cidadão, pode e deve exercer a sua cidadania normalmente com deveres e direitos conscientes e livres. Mas, a pretensão de tentar manipular o povo de Deus sonegando o tempo do culto para defender políticos não é somente crime, mas se torna uma atitude insana e diabólica.
E disse-lhes: ‘A minha casa será chamada casa de oração.’

Convenção Batista Nacional da Paraíba

Viver é Perigoso

É DISCO QUE EU GOSTO



Viver é Perigoso

VITÓRIA DE PIRRO


Em 281 a.C, Pirro, Rei de Épiro, pretendia conquistar Roma, da mesma maneira que Alexandre conquistara a Pérsia. Para conseguir seu objetivo, atravessou o Mar Jônico com um exército considerável, composto de 25 mil homens de infantaria, 3 mil de cavalaria e 20 elefantes.
Derrotou os romanos em Heracléia, sofrendo, no entanto, perdas enormes em homem e material. Quando Pirro recebeu de um oficial o cumprimento pelo triunfo, Pirro respondeu: "Mais uma vitória como essa e estarei arruinado.
As armas e os artifícios políticos utilizados na batalha eleitoral que está só começando, poderão levar o vitorioso a questionar:
Será que valeu a pena ?

É a vida...

Viver é Perigoso 


TODA A HUMILDADE SE FAZ NECESSÁRIA

Carta da Dilma ao Senado e ao povo Brasileiro

"Minha responsabilidade é grande. Na jornada para me defender do impeachment me aproximei mais do povo, tive oportunidade de ouvir seu reconhecimento, de receber seu carinho. Ouvi também críticas duras ao meu governo, a erros que foram cometidos e a medidas e políticas que não foram adotadas. Acolho essas críticas com humildade e determinação para que possamos construir um novo caminho."
Dilma Rousseff

Sobre as eleições em Itajubá

Seria necessário chegar à beira do abismo para reconhecer erros cometidos e prometer a construção de um novo caminho ?

Estaria Itajubá, seguindo em frente no caminho certo ?  Estaríamos diante da melhor gestão da história do município ? Período feliz onde transbordou o leite e o mel ?

No caso, nada precisaria ser corrigido e nenhum rumo alterado. Afinal, estaríamos num paraíso.

Por que não admitir falhas ? Não aconteceram ?

Estaria correta a política de gerar e mesmo lutar para manter os empregos na cidade ?

Estaria correta a política de abandonar a Santa Casa de Misericórdia à própria sorte ?

Estaria correto o corte de mais de 50% da reposição das perdas salariais dos funcionários públicos ?

Estaria correta a nebulosidade que envolve os contratos firmados com terceiros ?

Estaria correta o encerramento das atividades dos Conselhos Municipais ?

Estaria correto o caos vivido pela cidade com as inundações decorrentes de chuvas localizadas ?

Estaria correto o desrespeito ao meio ambiente em favorecimento a grupos empresariais ?

Estaria correto a animosidade instalada com a Universidade Federal de Engenharia ?

Estaria correta a venda de bens públicos sem justificativas plausíveis e informação sobre a destinação dos recursos, de desapropriar e cancelar bens imóveis ?

Estaria correto entrar em rota de colisão frontal, sem motivo justo, com a maior empresa do município ?

Estaria correto cercear  a presença de críticas na totalidade de emissoras da cidade ?

Estaria correto incentivar e promover o aumento absurdo do número de vereadores, avançando na contra-mão da história ?

Estaria correto distorcer verdades, apoderar-se de feitos alheios, cercar-se de um exército de assessores, muitos deles trazidos de distantes plagas ?

Estaria correto promover, usar e abusar da fragilidade do legislativo municipal.

Estaria correto reduzir a vida útil do aterro municipal, acatando ordens para recolher lixos de diversas outras cidades vizinhas ?

Estaria correto falhar tão primariamente na implantação do estacionamento rotativo na área central da cidade ?

Ou prove que estou equivocado ou justifique-se propondo novos caminhos. É um direito  o cidadão questionar.  Como posso aceitar que tudo seguirá nos mesmos moldes ?

É preferível a insegurança da mudança, que a certeza da continuação do equivocado.  

Não precisa provar que a implantação do Restaurante Popular, a parceria para construção do teatro, parte da reforma da praça e calçadão, o fluxo no trânsito, a instalação de tubulão sob a Av. Tancredo Neves, a Passarela Samuel Moura, foram boas providências. Também acho.  

Viver é Perigoso   

   

MOÇA BONITA

Aleksandra Romanova - Cazaquistão - Olimpíadas
Viver é Perigoso