quinta-feira, 14 de julho de 2016

MUNDO CIVILIZADO


No final dos anos 70 morávamos em Manaus. Minha irmã Eliane e o seu esposo Enoque, missionários, moravam numa tribo dos Waiwai, no interior de Roraima. Quase que mensalmente trocávamos cartas transportadas por um pequeno avião que lhes dava suporte. Numa daquelas esperadas cartas, contou ela, sobre um final de semana problemático na sua aldeia. Grupos de caça de tribos diferentes se encontraram e aconteceu um grande choque. Com bordunas, paus e pedras. Muitos feridos. O casal, com firmes noções de enfermaria, atendeu e cuidou dos feridos.
Preocupado, respondi e apelei para as suas retiradas de local tão perigoso.
No mês seguinte recebi uma nova carta, onde ela dizia ter tido acesso a um antigo exemplar do jornal "A Critica", de Manaus. Coincidentemente, com data um pouco posterior ao incidente na aldeia. O jornal trazia um balanço da violência no final de semana na capital amazonense. Tantos mortos, tantos feridos, tantos assaltos, tantos acidentes de carro, etc.
Concluindo, ela apelou para a retirada da nossa família de local tão perigoso.
Fiquei tranquilo.
Mais de trinta anos se passaram. O casal, com dois filhos e dois netos, segue no trabalho missionário pelo mundo afora.
Para eles, viver não é perigoso.

Viver é Perigoso  

NICE SEM O ÓDIO


Viver é Perigoso

ARES DE OUTUBRO

O Dr. Aldo, amigo fraterno de eras jurássicas, nunca omitiu sobre seus pensamentos a respeito de qualquer assunto. No Jornal Itajubá Notícias, onde mantem uma bem cotada coluna, ele fala sobre as próximas eleições na terrinha,, também com elogios e reconhecimento ao trabalho do Vereador Santi. Sobre a prefeitura:


"Começando a corrida eleitoral. Em Itajubá acho que ninguém tem dúvidas. O Rodrigo Riera. Equipara-se ao outro RR, Rosemburgo Romano, como ótimo prefeito, por sua obras por nossa cidade, Itajubá é cada vez mais um ótimo lugar para se viver !
O Dr. Ricardo Mello é um ótimo candidato, uma pessoa admirável, e poderá ser facilmente nosso prefeito seguinte. Serei eu mesmo seu "cabo eleitoral", consciente que estarei certo, mas é importante que seja por um bom partido, se existe algum, e nunca por essa rede, rabo do PT, saqueador do Brasil."


Aldo Gonçalves

Viver é Perigoso

É DISCO QUE EU GOSTO

OLIMPÍADAS - CICLISMO

Viver é Perigoso

A PRIMEIRA VÍTIMA


Livro muito bom de ler.
Li, em junho de 1979, quando morávamos em Manaus, terra do amigo Paulo Leão e onde nasceu o Pedro Riera.
"A Primeira Vítima", do Phillip Knightley, correspondente de guerra, que mostra que as distorções ocorridas entre o acontecimento e o publicado.
O livro, em seu capítulo um, relata a brilhante e famosa "Carga da Brigada Ligeira", texto do correspondente de guerra, William Howard Russel e publicado por The Times em 14 de novembro de 1854, sobre episódio da Guerra da Criméia.
Destaca-se a menção nas primeiras páginas, da frase proferida pelo Senador Hiram Johnson, Senador americano:
"A PRIMEIRA VÍTIMA, QUANDO COMEÇA A GUERRA, É A VERDADE. "
Posteriormente, foi dito mais sobre o tema:
"A primeira vítima, quando começam guerras e eleições, é a verdade ".

Já estamos presenciando.

Viver é Perigoso 

BALAIO DE GATOS


A questão já foi discutida, com sucesso, até pelos alunos do Grupo Escolar Rafael Magalhães, na Boa Vista, é claro. Ontem, mais uma vez, a conclusão alcançada pelos alunos, ficou mais uma vez comprovada.
Quem poderia imaginar uma candidatura à Presidência da Câmara Federal, encabeçada pelo carioca Rodrigo Maia, do DEM, ex- PFL e ARENA, partido que teve e tem grandes políticos, recebesse o apoio direto e integral do Partido Comunista, inclusive, na montagem da estratégia eleitoral ?
E mais, quem não observou o governo temporário, do PMDB, trabalhando nos bastidores contra o candidato do PMDB ?
Quem, com vivo pensamento, ousaria sequer pensar, que o PT, através do seu guru-mor, o quase ex-Ministro da Dilma, Sr. Lula, articulasse votos para o DEM ?
Partidos políticos deixaram há muito de representar pensamentos. Estão todos falidos, tanto economicamente, quanto eticamente. Os interesses prevaleceram.
Esqueça-os definitivamente.
Tornaram-se apenas agrupamentos necessários para cumprimento de exigências eleitorais.
Temos que acreditar nas pessoas tão somente e não em siglas, que mais nada dizem.
Mais adiante, numa reforma política que vemos como quase utópica, logicamente, debaixo para cima, tudo seja reconstruído.

É a vida.

Viver é Perigoso 

MOÇA BONITA

Virna
Viver é Perigoso

APERTEM O CINTO, MOÇADA !

O presidente interino Michel Temer, e com os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, da Casa Civil, Eliseu Padilha, e do Planejamento, Dyogo Oliveira, reuniu-se nesta quarta com representantes da Confederação Nacional de Municípios.
 
No encontro, ele anunciou a liberação de 2,7 bilhões de reais do Fundo de Participação dos Municípios, mas os prefeitos pediram mais recursos.

Segundo o vice-presidente da Confederação, Glademir Aroldi, caso a União não socorra os municípios, muitos prefeitos terminarão o ano com a ficha suja. "Se alguém virar ficha suja, o culpado é a União.

"O governo não tem espaço fiscal para dar mais ajuda a Estados e municípios", afirmou nesta quarta-feira a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi. As declarações foram dadas após reunião com deputados da Comissão de Finanças da Câmara para discutir e analisar a execução orçamentária da União, o desempenho das transferências constitucionais dos fundos de participação dos estados, Distrito Federal e dos municípios.

Viver é Perigoso