sexta-feira, 3 de junho de 2016

SOB A LUZ DE VELAS


Há cinco coisas danada
Que o caboclo não deve fazer
Comprar terra enrolada
Casar com mulher falada
Usar o trabuco por nada
E votar no PMDB

Roberto Campos - Livro  "A Lanterna Na Popa"

Viver é Perigoso

BEAU GESTE, ULYSSES !


Nota Oficial 002/2016 da Nossa da Santa Casa

Recebemos em 02 de junho de 2016, a importância de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) referente a uma Emenda Parlamentar indicada pelo Deputado Estadual Ulysses Gomes, para custeio. Este valor corresponde a 50% (cinquenta por cento) do total da emenda.
Conforme nota oficial divulgada em 05 de maio de 2016, este recurso foi pleiteado junto ao Deputado no fim do ano de 2015, ocasião em que nossas previsões para o ano de 2016 indicavam cenário instável e insustentável financeiramente e que, em decorrência, nos levaram a cogitar o encerramento de alguns serviços deficitários.
Reconhecemos, agradecemos e valorizamos imensamente a disposição do Deputado Ulysses Gomes, que além da indicação, interferiu junto aos órgãos públicos do Estado, alcançando em tempo a liberação do recurso, haja vista que o mesmo não tinha um prazo fixado para liberação, como ocorre com todas as emendas.
Considerando que este recurso permitirá uma redução do déficit por determinado período e ante este novo cenário, movidos pelos sentimentos de agradecimento e esperança, anunciamos que o atendimento via SUS em nossa Maternidade será mantido e continuaremos lutando em busca de maior participação do poder público municipal, de novas emendas dos poderes Estadual e Federal, bem como de parcerias com empresas privadas, tudo para mantermos nossos serviços oferecidos à população de Itajubá e região, com humanização e resolutividade.
Salientamos que qualquer outra divulgação e/ou informação que não seja advinda da administração da Santa Casa não deverá ser considerada.
Atenciosamente,

Renata Alvarenga
Superintendente

Viver é Perigoso

RASPANDO O TACHO


Com o aprofundamento da crise fiscal, estados e municípios estão raspando o tacho na arrecadação.
Dívidas de até 9 mil de reais de tributos como ISS, IPVA, IPTU e ICMS, que costumavam prescrever, passaram a ser cobradas via cartórios de protesto – aqueles onde são contestados, por exemplo, cheques sem fundo.
O pagamento, normalmente, costuma ocorrer em até cinco dias úteis.

Radar

Viver é Perigoso

EU VOU PARA CALIFORNIA


Entregue nas residencias o Informativo "A Prefeitura Faz", edição 005 de Junho 2016. Se eu não gostasse tanto de Itajubá é lá que eu gostaria de morar.

Viver é Perigoso

STF ENSINA ATÉ PADRE REZAR MISSA


Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Jacqueline

SÓ BLUES



Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


Ando sempre relendo o livro "A Primeira Vítima", do jornalista australiano, Phillip Knightley, famoso correspondente de guerra (em muitas).
Na primeira página do livro está estampada um grande verdade, proferida pelo Senador americano Hiram Johnson em 1917:

"A primeira vítima, quando começa a guerra é a verdade"

Começou a guerra eleitoral na terrinha. Para não fugir a regra, a primeira vitima será a verdade.

Viver é Perigoso

RIBOMBAR DE TROVÕES


Ontem á noite ouviu-se na terrinha, ao longe, ribombar de trovões. Tempestade meio que fora de hora.

"O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, decidiu dar prosseguimento às investigações sobre o suposto envolvimento do presidente do PSDB, senador Aécio Neves, no esquema de corrupção delatado pelo senador cassado Delcídio Amaral.
A Procuradoria Geral da República (PGR) acusa Aécio de praticar os crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, supostamente por ter recebido vantagens de empresa contratada pela estatal Furnas Centrais Elétricas."

É a vida...

Viver é Perigoso

A VINGANÇA DE SUPLICY



Viver é Perigoso

ENREDO DE FILME DE TERROR


Com o barulho da chuvinha, frio e com o sono ainda distante, li as 167 páginas da delação premiada do Nestor Cerveró, homologada pelo STF.
Tranquilamente são descritos dezenas de assaltos à mão desarmada, com a participação de grandes figurões da república. Embolsam milhões de dólares com a maior cara de pau do universo.
Salvou a leitura, o som do novo CD do Eric Clapton, direto do computador.
Recomendo: Não leiam.

Viver é Perigoso

QUESTÃO DE SORTE

Interessante a manchete do Jornal Itajubá Notícias desta semana:

Zona Azul "quem ainda não foi multado teve sorte"

Afirmação do Luiz Cláudio Gaudino Braga, Diretor de Trânsito de Itajubá.
A entrevista versou sobre o equivocado projeto da Prefeitura de implantação do estacionamento rotativo na cidade. Não só atinge o centro comercial como até áreas mais afastadas.
Os itajubenses almejavam uma zona azul simples de operar e com a totalidade dos recursos arrecadados direcionados para os cofres públicos.
Nomearam uma empresa novata na área, alienígena, arrecadando a parte do leão   (70%) e que não satisfeita com a zona azul, criou também a zona verde. Além de impor preço caríssimo (%) em comparação com o praticado pelo Brasil afora.
Uma confusão geral com o controle de pagamento eletrônico.
Pior, em funcionamento desde o final do ano passado, nenhuma prestação de conta sobre o volume arrecadado, os controles efetuados e a aplicação (?) dos recursos obtidos.
O negócio está sob investigação do Ministério Público, que atendendo ao cidadão Marcelo Krauss Rezende, julgou encontrar elementos suficientes para uma análise mais profunda.
Ah ! as multas pelos estacionamentos indevidos efetuadas (aqueles que não tiveram sorte), são aplicadas pela Guarda Municipal, paga pelo município.
Afirma o  amigo Luiz Cláudio, responsável pelo trânsito, que foi constituído um grupo que se reune de 10 em 10 dias com a empresa nomeada com o objetivo de achar o melhor caminho. Tudo bem, faz sentido o pessoal do trânsito sempre achar o melhor caminho.
Quem anda nadando de braçadas, no momento atual, são os estacionamentos fixos. Anda difícil até  de encontrar vagas.
Carece um pouco de humildade dos administradores para cancelar tudo isso e começar de novo. Basta, somente a zona azul, pagamento tradicional e o controle a cargo de alguma entidade beneficente local. Já foi assim. 

Viver é Perigoso
  

VENTOS DE GUERRA


Nos últimos anos temos registrado a nossa admiração pela independência política do Vereador Dr. Ricardo Mello. Quando do seus aniversários, postamos nossos cumprimentos, sempre com o mesmo texto. 
Poucos comentários, exceto na publicação deste ano, ocorrida ontem.
A intenção manifestada pelo Dr. Ricardo sobre a possibilidade de vir concorrer à Prefeitura, mudou o panorama.
Choveram dezenas de críticas a sua intenção e a sua atuação como vereador, no mandato anterior e neste que finda.
Por razões diversas não foram publicados. Anônimos que escrevem bem e possuidores de, bom vocabulário.  
Preocupação evidente dos seus possíveis adversários.
Conclusão a ser considerada pelos experts na política itajubense: Mesmo sem ainda estar definida, a candidatura "Dr. Ricardo" parece complicar e muito a situação.
Uma novidade no quadro. 

Viver é Perigoso
  

RECLAME NOTA MIL

Picasso, Gandhi, Ben Gurion, Maurice Chevalier, Jorge Amado, Frank Sinatra, Charles Chaplin, De Gaulle, Einstein, Neruda...

Você já ouviu falar que um homem depois dos quarenta anos fica ultrapassado ?
Sem chances de se realizar profissionalmente, se não tiver atingido o ponto máximo da sua carreira até essa idade ?
Pois bem. Pode ser surpreendente, mas é assim que muita gente pensa.
Você não acredita ?
Então responda: por que os anúncios classificados de certas empresas levam aquela frase com o preconceito em negrito ? Idade máxima: quarenta anos.
Ah, você não tem resposta ? Mas nós temos.
Essas empresas julgam os homens com mais de quarenta anos velhos demais para conseguirem sucesso profissional.
E acham normal que eles comemorem o Dia do Trabalho numa fila de desempregados.
Mas isso tem que acabar.
Nenhum país pode se dar ao luxo de desperdiçar o potencial dos seus homens mais experientes.
Empregador: tire dos anúncios classificados da sua empresa aquela frase com o preconceito em negrito: idade máxima quarenta anos.
E procure descobrir o talento e a vontade de trabalhar que podem estar escondidos dentro de uma cabeça coberta de cabelos brancos.
Lembre-se que todos os homens que você viu aqui começaram a fazer as coisas bem depois dos quarenta.
Washington Olivetto

Viver é Perigoso