terça-feira, 19 de abril de 2016

PASSEM NO CAIXA !

Silvestre e Aelton
Conforme previsto, o Deputado Aelton Freitas (PR), que votou pela permanência da Dilma, foi agraciado com a liberação de emendas, via Ministério de Integração Nacional, no total de R$ 3 milhões.
O Palácio do Planalto mandou liberar recursos do Ministério da Integração Nacional para pagar R$ 50,5 milhões de emendas parlamentares de deputados do PR que votaram contra o impeachment. O partido orientou seus deputados a votar contra o impedimento. No entanto, dos 40 parlamentares da legenda, 26 votaram a favor da saída de Dilma, dez votaram contra, três se abstiveram e uma faltou. 
O deputado José Rocha (BA) foi o que recebeu promessa de maior liberação de recursos – R$ 19 milhões.
Em relação aos empenhos já realizados, o deputado Vicentinho Júnior (TO), é o destinatário de um total de R$ 4,5 milhões. O deputado Édio Lopes (RR) teve R$ 6 milhões empenhados.
A lista continua com R$12 milhões a serem liberados para Wellington Roberto (PB), R$ 6 milhões para João Carlos Bacelar (PR-BA) e R$ 3 milhões para Aelton Freitas (MG), líder da bancada. 
Não sei se tem algum troquinho para a terrinha. No final de 2015 foi anunciado a liberação de R$ 3 milhões (seriam os mesmos ? ) para atender um pedido da PMI visando melhorar as condições de trânsito na BR-459. Falou-se no trevo e na ponte nas proximidades do Jardim das Colinas. Quem esteve em Brasília foi o Vereador Sebastião Silvestre.

É a vida.

Viver é Perigoso

TOMOU O BARCO


Tomou o barco hoje na terrinha, mas precisamente na Boa Vista, a Dona Tereza Lima. Viúva do Sr. José Lemos, mãe da Sueli.
Moradora da Vila ao lado do armazém do Sr. Albertino Paes. Irmã do Mané, maquinista da Rede Mineira Viação, que tomou o barco num acidente de ferroviário, lá pelo final dos anos 50. Irmã da Dirce e do querido, famoso e conhecidíssimo Tião Javali, que trabalhou como motorista da empresa de ônibus urbano de Itajubá.
Pessoal que marcou época na Boa Vista. Gente de bem. 
Dona Tereza trabalhou muitos anos com lavadeira de roupas. Nos últimos tempos, sempre nos encontrávamos, conversávamos e ríamos na Cantina Meazzini, também na Boa Vista, é claro.
Vai-se uma parte da nossa história.
É a vida...

Viver é Perigoso

DEIXADA PARA TRÁS !


A curiosidade despertada é a seguinte:

1) O primeiro diplomata sequestrado foi o embaixador americano Charles Elbrick, em setembro/69 - Foi trocado por 15 presos, entre os quais, os líderes estudantis Luis Travassos, Vladimir Palmeira e José Dirceu. (foram para o México) 

2) Dilma Roussef caiu (foi presa) no dia 16 de janeiro de 1970. Tinha então 22 anos. Era do grupo VPR/Palmares.

3) Em março de 1970 (com Dilma presa), a VPR sequestrou o Consul japonês em São Paulo, Nobuo Okushi. Foi trocado por 5 presos. (foram para o México)

4) Em junho de 1970, a VPR sequestrou o Embaixador Alemão Von Holleben. Foi trocado por 40 presos. (foram para a Argélia).

5) Em dezembro de 1970, a VPR sequestrou o Embaixador da Suiça, Giovanni Bucher. Foi trocado por 70 presos. (foram para o Chile)

Pensando alto: A listagem dos que seriam libertados era feita pelo grupo armado. Presume-se que constavam das listas os membros mais importantes e os que detinham maiores informações.
Depois da Dilma presa, os grupos armados conseguiram a libertação de 115 companheiros. Ela não foi. 
Por que ? não sei.

Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


Tímidas pesquisas pré-eleitorais correndo pela cidade. Trabalham com a perspectiva da participação de três grupos. O grupo já anunciado e em campanha há quase quatro anos, com o atual Prefeito e possivelmente o Vice Christian. Mais os grupos Branco e Azul.
O pessoal do grupo Branco vem se reunindo e conversando desde o ano passado. E pelo histórico de conflitos acontecidos, entre eles anteriormente, terão que conversar muito ainda.
Gente com voto e experiência de eleições. Segundo informações, andam tomando café do mesmo bule, o Chico Marques, Jorge Mouallen e a direção do PT local.
O Grupo Azul, anda juntando gente nova (na disputa majoritária) em cima da mesma Rede. No embalo, o sempre campeão de votos para a Câmara Municipal, Dr. Ricardo Mello. Credenciado pelo seu trabalho social e posição sempre firme e independente no Legislativo. Conversam com o Vereador Santi, que acaba de se libertar do PP.
partido ligado ao atual Prefeito.
A atual Administração, que busca a reeleição, encontra-se em festa com a possibilidade da participação de mais dois grupos nas próximas eleições.
Aliás, dividir para dominar deve ser o lema do pessoal no poder.
Campanha curta e cara.
Talvez, pelas poucas ideias inovadoras em discussão (resumirá em contra e a favor), o interessante seria uma composição entre os grupos Branco e Azul.
Isso exige humildade e desprendimento. Artigos em falta no mercado.
O exército dos candidatos Rodrigo Riera e Christian deverá contar com uma formidável tropa de choque de candidatos a vereador. O pelotão é calculado em 300 figurantes. Pessoal caro para o Comitê de campanha. Estima-se um gasto de R$ 20 mil por candidato. Difícil de administrar as vaidades. Possibilidade constante de pequenas e doídas traições.
Terão que fazer campanha em cima da reforma da praça, do teatro, do Restaurante Popular e do tradicional asfaltamento de ruas providenciados de última hora.
Não poderão prometer nada. Campanha olhando pelo retrovisor.
Os outros dois grupos, que poderão se tornar único, poderá prometer transparência, e tentar mostrar que a atual Administração se preocupou pouco com os Bairros da Cidade, centralizando a utilização dos parcos recursos. Citar obras do Estado e do Governo Federal não valerá.
Registre-se que, caso reeleito ou não, o Prefeito Rodrigo Riera deverá se afastar em 2018 para concorrer ao cargo de Deputado, possivelmente Estadual. Duelará na região, com o Ulysses e o Dalmo.
Mais uma vez: O momento nacional e a internet influenciarão decisivamente no pleito.

É a vida...

Viver é Perigoso



               

É DISCO QUE EU GOSTO



Por oportuno.

Viver é Perigoso

POIS É...

Viver é Perigoso