sexta-feira, 11 de março de 2016

AGUARDEM !


Eu não sabia de nada. Fui traído pelo Dirceu, Okamoto, Dilma, Jaques Wagner, Berzoini, Cardoso, Marisa, Fabinho, Tóffoli, Rosseto, Lewandowski, Mercadante, Edinho, Haddad, Bumlai, Odebrecht, Vacari, Genoino, Delúbio, Léo Pinheiro, Célia,Tico Santa Cruz, Falcão, Cantalice, Guimarães, Pimentel, Paim, Delcídio, Jandira, Lindbergh. Gleise, Viana, Mantega, Palloci, João Paulo, Olívio, Ulysses, Tarso, Paulino, Willis, Suplicy. E outros, prefiro não mencionar.

Luís Inácio 

Clarin da Boa Vista  

MOMENTOS MÁGICOS

O COMEÇO


BEAU GESTE

As famílias de Itajubá atingidas pelos alagamentos no começo do ano terão desconto na tarifa de água da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa). Além disso, o Governo de Minas irá destinar 1.050 manilhas para a Prefeitura Municipal e massa asfáltica para recuperação das vias. Essas ações são resultados da intermediação do deputado Ulysses Gomes que, após acompanhar o prefeito Rodrigo Riera em visita às áreas inundadas, conseguiu que o governador Fernando Pimentel recebesse uma comitiva de prefeitos de cidades do Sul de Minas que sofreram com o intenso período chuvoso.
Sobre o desconto na tarifa de água, Ulysses explica que será feito um mapeamento das regiões atingidas para definir a cobrança. “A Copasa está analisando duas regras. A primeira é a garantia da tarifa social para as famílias identificadas como carentes. A segunda é permitir que famílias atingidas que tiveram aumento no consumo de água devido às enchentes possam pagar a conta dos próximos meses com base na média de gastos anteriores”.
Já as mais de mil manilhas para drenagem nos bairros que foram prejudicados com as fortes chuvas serão utilizadas nas ruas José Galdino, no bairro Nossa Senhora de Fátima; Delfim Moreira, no bairro Medicina; Marechal Juarez Tavora com ligação no Ribeirão Anhumas, também no Medicina; e Tatuí com ligação na BR 459, no bairro Santa Rita de Cássia. Quanto à emulsão asfáltica, serão necessárias cerca de 150 toneladas. (dados Ulysses Gomes)
Viver é Perigoso

GRANDE HOMEM



Virgílio Machado 71 anos. Parece brincadeira.
Como, um atleta que, duas vezes por semana, corre lépido pelo Campo de Futebol do Vasquinho, na Boa  Vista, é claro, pode ter essa idade ?
Pior, ainda carrega um sobrepeso extra. Explico: atua com a camisa de número 11, ou seja, suporta nos ombros dois numerais. Poderia jogar utilizando entre os números 1 e 9.
Conhecido nos seus áureos tempos (ainda mais áureos do que os de hoje), como o Robert Mitchum da Boa Vista, ficou famoso por viver paixões avassaladoras que vinham sempre acompanhadas de extraordinárias trilhas sonoras e cachoeiras de cuba-libre.
Paixões "sui-generis", uma vez que as beldades protagonistas dificilmente tinham conhecimento do platônico amor.
Nas noites do Bar da Dona Fanny, bebericando mais um "London Dry Gim", sempre acompanhado de um bolinho de carne conhecido como Tilock, cigarro Capri (com filtro) no canto dos lábios, a impressionante figura costuma murmurar:
- O fatal, o derradeiro e o que importa é que eu a amo. Se ela não sabe e não tem conhecimento da minha existência é mero detalhe.
No que concordava o seu inseparável amigo e também apaixonado, não por mulheres deslumbrantes, mais por causas. Afinal, Antonio Meni era de Passa Quatro, terra do Orlandão do Tocantins e do menos votado José Dirceu.
Acabaram, os dois, tirando sorte grande na vida. A Ester e a Angela não deixam mentir.
Virgílio, o amigo mais burramente leal conhecido na face da terra. 
Como já foi escrito: "Em se tratando de amigos não se tenta separar a briga. Já chega -se dando vuadera."
Um sujeito que nasceu em plena Segunda Guerra Mundial, curtiu as big-bands americanas, viu o início do rock, conheceu o Cocão Charreteiro, o Milton Lobisomem, o Tião Javali, o Procópio Sapateiro, a paixão do Frank Sinatra pela Ava Garner e claro, Audrey Hepburn, a Bonequinha de Luxo.
Viveu a história e vive a vida.
Abraço, querido Véio, patrimônio inalienável da Boa Vista, é claro.

Viver é Perigoso   

REUNIÃO DE EMERGÊNCIA


A crise que envolveu o país tem provocado inúmeras reuniões de emergência no gabinete da Dilma. Em média, andam acontecendo três reuniões diárias. Gabinete de altíssimo nível. Comparecem Mercadante, Berzoini, Jaques Wagner e Zé Eduardo Cardoso. Tem faltado às reuniões, por estar de repouso em Curitiba o Ministro das Comunicações, João Santana.
Lamentavelmente, vazou o tema discutido na emergencial de ontem à noite.
- Senhores, desabafou a presidenta acomodada na cabeceira da mesa, atingimos um limite insuportável. Jamais poderia imaginar que chegaríamos a esse ponto.
Mercadante: -  O Lula quer ser ministro ?
Berzoini:  - O Lewandoviski foi preso ?
Jaques Wagner : - Não terá mais carnaval na Bahia ?
Cardoso: -  A Rose abriu o bico ?
- Nada disso Senhores. PQP ! fico pasma de ver que vocês só pensam em questiúnculas. O assunto é grave P**** !
Atentem, disse a diligente presidenta, diminuindo o volume da voz e quase cochichando:   
Fiquei sabendo agora à tarde, por fontes confiáveis, que o pó de café Pilão acabou. P**** ! Vou ter que tomar café Brasópolis, Pelé ?
Calma presidenta, disseram uníssonos. Lá perto do ministério tem uma vendinha que sempre tem.
Tem uma P**** ! Nem do Carrefour, nem no Pão de Açúcar, nem em qualquer cacete desses !
Eu quero que peçam imediatamente ao Lula que indique um P**** de um novo Ministro para a Indústria e Comércio e outro para a Agricultura.
Sem Café Pilão a República não se sustenta P**** !
E está encerrada a reunião.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Sophia

NOS ENCONTRAREMOS LÁ


A INFORMAÇÃO


Bem desenvolto perante as câmeras, o responsável pelo trânsito na cidade, o Sr. Renato Moraes. Tem feito um bom trabalho e é sincero. Outro dia, numa entrevista admitiu que estava colocando em prática o projeto contratado pela administração do Dr. Jorge. Normal e obvio, mas um sacrilégio para os chefes, que não reconhecem nada de interessante feito em administrações anteriores, exceto a do Sr. BPS.
O Renato está no Facebook respondendo questionamentos diversos sobre o trânsito. Como a gente não está acostumado, até se assusta.
Talvez, sem querer querendo, ele atiça os internautas perguntando se gostariam de saber onde a prefeitura está investindo os mais de R$180 Mil  arrecadados, até então, com o Estacionamento Rotativo.
Como dizem na Boa Vista, é claro, as tais zonas azul e verde, pelo número apresentado, se revelam um negocião. 
Foi publicado anteriormente que a PMI ficaria com 30% da arrecadação. Assim sendo, a empresa exploradora do estacionamento rotativo deve ter levado no mínimo, R$ 420.000,00. Bolada recolhida em dois ou três meses de funcionamento. E reparem: Aos trancos e barrancos.
Ah! segundo o transparente Renato, a parcela do município será investida na sinalização do trânsito. Foi contratada a empresa, também de Contagem, Transinal, especialista na área.
Não ficou esclarecido se a parcela de eventuais multas aplicadas estaria inclusa no valor mencionado e claro, o valor do ISS - Imposto Sobre Serviços em cima dos R$ 420 mil.
Custava publicar um balanço sobre o Estacionamento Rotativo ?
A Câmara Municipal poderia...ah! deixa para lá !

Viver é Perigoso