sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

MAIS DO MESMO


Ainda que diminuta, uma esperancinha de mudança a gente sempre tem. Ruim, pois como fumaça, vai se esvaindo.

Para o Prefeito, que ainda dita as regras na Câmara Municipal, sobraram dois nomes para o cargo de presidente do legislativo. O Guadalupe e o Dr. Zambrana.  Lógico que o mais apto  para o cargo seria o Zambrana. Imagino que não deva ter aceito a missão. Tem muito para ajudar a cidade e não será amarrado na cadeira de presidente e atendendo as ordens emitidas pelo Centro Administrativo Municipal,  que alcançará os seus objetivos.

Já o Guadalupe, desde a primeira semana do seu primeiro mandato, vestiu e muito bem, o uniforme do político tradicional. O Prefeito deve saber com quem está estabelecendo parceira. Afinal, são tantas e tantos.

Para o vereador Guadalupe, o preço a ser pago para receber o aval do Prefeito não será módico. Terá que engolir muitos nomes para compor a administração da Câmara e entre eles, um dos vereadores não reeleito, fortíssimo aliado do Executivo. 

Bom para a população e mesmo para o Prefeito (que embora não entenda), que a presença do Chico, Krauss, Santi, Jorjão, livres de cargos, certamente, incentivará o Legislativo a cumprir sua missão de fiscalização. 
Ah ! do que irá acontecer e certamente do que aconteceu.

Viver é Perigoso  

Um comentário:

Anônimo disse...

Joel significa subserviência política e administrativa. Oremos para N.S. de Guadalupe. Ou da Soledade.