quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O QUE É QUE VOU DIZER EM CASA ?


Na madrugada de hoje, a Câmara Federal votou e distorceu o chamado "pacote anti-corrupção". Foi aprovada a emenda apresentada pelo PDT (313 votos a 132), que estabelece crime de responsabilidade para juízes e integrantes do Ministério Público. A aprovação dessa emenda é considerada um desafio à Operação Lava-Jato.

Pois bem, como votaram os deputados que circulam, têm representantes e muitos votos em Itajubá:

Dimas Fabiano - votou sim !
Bilac Pinto - Absteve !

Não creio que interesse, exceto para aqueles prestes a enfrentar as barras da lei e com culpa no cartório, buscar amordaçar juízes e integrantes do Ministério Público. 

O Grã-Guru do Prefeito de Itajubá, Deputado Bilac Pinto, ficou em cima do muro. Pior posição.

Como diziam antigamente na Boa Vista, é claro, "estamos no arroz" no quesito representantes federais.

Viver é Perigoso 

4 comentários:

Anônimo disse...

Mais alguns "conhecidos" aqui da terrinha;

Bilac Pinto PR Abstenção (Realmente é pior que votar sim. Safado!)
Bonifácio de Andrada PSDB Sim (Safado!)
Caio Narcio PSDB Sim (Safado!)
Carlos Melles DEM Não (Esse me surpreendeu. Parabéns!)
Dimas Fabiano PP Sim (Nilda vai ter que explicar, no face era contra. Safado!)
Domingos Sávio PSDB Não (Parabéns!)
Eduardo Barbosa PSDB Não (Parabéns!)
Eros Biondini PROS Não (Parabéns!)
Mauro Lopes PMDB Sim (Safado!)
Odelmo Leão PP Sim (Safado!)
Patrus Ananias PT Sim (Safado!)
Reginaldo Lopes PT Sim (Safado!)
Rodrigo de Castro PSDB Sim (Safado!)

Edson Riera disse...

Anônimo das 16:14 horas,

Os nobres deputados estão prestes de alcançar o objetivo maior almejado. Os membros do Ministério Público trabalhando na Lava-Jato vão pedir demissão e voltar cada um para o seu dia a dia.

Zelador


Anônimo disse...

Resposta do Deputado Dimas Fabiano / Facebook da Nilda
Gostaria de esclarecer que:

_ Votei a favor das 10 Medidas de Combate a Corrupção;
- Em relação aos destaques, que segundo o Ministério Público, teriam desconfigurado o projeto original, deixo claro que estou disposto a rever tais modificações;

- Os destaques votados em plenário foram apresentados ao longo da votação; não havendo assim, tempo hábil para analisarmos de forma mais detalhada as mudanças apresentadas em cada destaque. Diante disso, acompanhei a orientação da assessoria técnica nas votações;

- Nada foi feito na calada da noite e às escuras. A data da votação já estava programada. Jamais faria uso da tragédia ocorrida com o time Chapecoense para esconder meu posicionamento sobre este assunto. A votação se deu de forma nominal e adentrou a madrugada como costuma acontecer com todos os projetos polêmicos. A imprensa estava presente e transmitiu ao vivo toda a votação.

- Como eu havia prometido, fui contra a anistia de Caixa 2 e faço questão de reafirmar que sou e que sempre serei contrário a qualquer projeto de anistia ao crime de Caixa 2 e a qualquer tipo de crime cometido por políticos;

- Votei a favor da criminalização do Caixa 2;

- Sou totalmente a favor da Operação Lava Jato, do juiz Sérgio Mouro e completamente contra qualquer iniciativa que retire os direitos individuais do povo brasileiro;

- Com relação ao dispositivo que trata sobre responsabilização de juízes e membros do Ministério Público por crimes de abuso de autoridade, votei subsidiado pelo posicionamento da OAB, pelos representantes da polícia federal e de vários juristas do Brasil, e, portanto, esse dispositivo não impedirá que juízes e promotores continuem a exercer suas funções, muito menos inviabilizará a Operação Lava Jato. Trata-se apenas de um importante instrumento normativo para tornar todos os cidadãos iguais perante a lei;

- Também gostaria de esclarecer que estamos apenas no início deste debate e este projeto ainda será amplamente discutido no Senado, que já sinalizou por alterações no texto. Sendo assim, o mesmo retornará a ser discutido na Câmara dos Deputados;

- Deixo claro, portanto, aos meus eleitores que sempre me apoiaram, amigos e líderes políticos de toda minha região; que se for do desejo da maioria, estou disposto a rever meu posicionamento em relação ao projeto.

Ridículo, era melhor ficar calado.

Edson Riera disse...

Anônimo das 21:45 horas,

Os políticos (a grande maioria) ainda não deram conta que o mundo está mudando. Ele poderia se justificar com uma única palavra: ERREI !

É a vida...

Zelador