segunda-feira, 5 de setembro de 2016

É A VIDA...


No passado, a riqueza e o poder de decisão na terrinha esteve nas mãos dos fazendeiros. Grandes fortunas e nomes tradicionais. Mais adiante, a cidade foi influenciada, diretamente, pelos industriais. Empreendedores de coragem.
Hoje, as grandes fortunas da cidade estão no comércio e serviço. Entenda-se que, não necessariamente, os empresários do setor de serviços atuam aqui.
Ledo engano daqueles que imaginam que a preocupação maior dos laboriosos e competentes empresários de maior porte  da cidade seja a geração de empregos.
Não estão. Estão sempre atentos e interessados na Lei de Zoneamento Municipal e suas possíveis alterações.
De forma tradicional, investem pesado no segmento imobiliário.
Errado ? Pecado ? De forma alguma. É o sistema.
Empresário com os olhos voltados para o social é raridade em extinção.
Manifestação sobre política ? Somente na surdina e sobre a área federal.
E põe conservadorismo nisso.

Viver é Perigoso    

6 comentários:

Anônimo disse...

Aos amigos tudo, aos inimigos a LEI. Normal.

Edson Riera disse...

Anônimo das 10:13 horas,

Em primeiro lugar eu e os meus interesses. Em segundo lugar, eu e os meus interesses, em terceiro...

Zelador

Remy disse...

" Há uma frase que gosto e que, para mim, é a expressão da presença
Política : os ausentes nunca têm razão. Embora pudessem estar com alguma razão, eles a perdem pela fato de se ausentarem. "

Màrio Sérgio Cortella

Edson Riera disse...

Remy,

E como temos ausentes hoje.

Edson

Anônimo disse...

Prezado Remy; O que não entendo é a sua ausência em outras campanhas!

Anônimo disse...

os ausentes nunca têm razão.

Pois é, agora não temos mais vice e não entendemos porque vc fez o presidente e nos abandonou.
Estamos acéfalos, Ca.Ca.Ca.Caaa