quarta-feira, 10 de agosto de 2016

SE O OBJETIVO FOI APARECER, APARECEU


Num futuro próximo, inevitavelmente, ocorrerão discussões acaloradas e fora do comum na internet. 
Explica-se pelo início, na próxima terça-feira, do período permitido para propaganda eleitoral.
Os coordenadores da campanha do Prefeito, Rodrigo Riera, que busca a reeleição, sabem da importância e têm condições econômicas de ter acesso a informações semanais e mesmo diárias sobre as tendências do eleitorado. 
Caso os números se mantiverem favoráveis, seguirá a estratégia "Rodriguinho, paz e amor" Caso o seu principal adversário cresça, melhor seria retirar as crianças da sala. 
O Prefeito é assessorado por um batalhão de profissionais trazidos de outros Estados da Federação. Devem ser leais. Em contra-partida, não conhecem a história e os meandros eleitorais da terrinha.
A equipe que busca a reeleição começou a dar umas apalpadelas na internet, via Facebook. Talvez para sentir o clima.
Bobos não são. Esta semana, um Senhor (talvez Secretário ou algo assim), que assina Rossini Afonso, vindo lá das bandas de Anápolis - Goiás, postou críticas comparativas ao desempenho do candidato opositor ao regime, Dr. Ricardo Mello, na Câmara de Vereadores.
Com todo o cuidado do mundo, o post foi publicado às 19:28 horas, portando, já fora do expediente de trabalho.
Mexeu na caixa de abelhas. A reação da oposição foi imediata e numerosa. Devem ter concluído que não é por aí.
É normal os eleitores situacionistas optarem pelo silêncio na internet. Dado a carência de recursos financeiros para uma campanha vistosa, os oposicionistas devem se entrincheirar na internet. Nessa posição, são muito fortes.
O esquadrão situacionista, que ocupa cargo público, não pode nem pensar em postar comentários durante o horário de expediente. Denúncias acontecerão de imediato.
Uma curtidinha nos feitos da Administração, pode.
O aparecimento de "fakes" deverá ser uma grandeza.

Sobreviveremos todos.

Viver é Perigoso     
  

6 comentários:

JORNALOSULDEMINAS disse...

Zelador, bem pensado o artigo. Estas eleição trará uma enorme surpresa ao atual grupo, endinheirado, que está na prefeitura. Faltam 53 dias. É esperar para abraçar e ver.

M. Feitor disse...

Zelador,

Rossini Afonso, secretário de informática, que viajado, em dias de expediente, como se estivesse de férias. Já esteve até em Nova Iorque, junto com o prefeito, em dias que deveria estar na prefeitura. Tudo isso, claro, sem perder a remuneração.
Isso tudo documentado com uma notícia de fato enviada ao MP. Isso já foi publicado no jornal O Sul de Minas.
Quem está, no Facebook, levantando bandeiras contra Dr. Ricardo, é José Henrique Jacarini, secretário de agricultura, que também é sabido, trabalha em outro lugar, no horário em que deveria bater ponto na prefeitura.
Dizem que Dr. Ricardo é o pior vereador porque é o que apresentou menos projetos, como se o número de projetos fosse parâmetro para medir um bom vereador. Se for assim, Rui que apresentou a Lei dos Rodeios é melhor que Dr. Ricardo. Isso é piada.
O que está acontecendo é que estão com medo de perder uma boquinha, em que ganha-se muito bem e ainda tem tempo de ficar viajando para lá e para cá e ainda poder trabalhar em outro lugar se quiser, caso dos dois secretários citados.
Dr. Ricardo tem que se preparar porque essa turma que está aí sugando o que pode do Executivo Municipal vem com tudo para cima dele. Prevejo muita baixaria ainda. É o que se espera desse tipo de gente.

Edson Riera disse...

Jornal O Sul de Minas,

Eleição complicada.

Zelador

Edson Riera disse...

M.Feitor,

A possibilidade de ter que deixar um cargo público, numa época de crise, levará a reações inimagináveis.

Zelador

Anônimo disse...

Zelador, tira uma dúvida. Esse senhor citado acima; José Henrique Jacarini, ele é da Transparência Itajubá? Se for o mesmo, fica numa situação díficil, não é?

Edson Riera disse...

Anônimo das 07:18 horas,

Não saberia dizer se o José Henrique faz parte da TI. Creio que não. Lembro-me que um dos fundadores da TI foi a Bel Jacarini, uma extraordinária cidadã. Tive a honra de ser seu amigo e do seu marido Benê. Tenho a honra de continuar amigo dos irmãos.

Zelador