sábado, 6 de agosto de 2016

7X1 PRÁ NÓS !

Concordo. Ouvir o Paulinho da Viola cantar o Hino Nacional foi divino e maravilhoso. Como diria o Nelson Rodrigues, fez o povo da Boa Vista, é claro, chorar lágrimas de esguicho.
Mas convenhamos, a Gisele atravessando todo o palco do Maracanã, livre, leve e solta, ao som da Garota de Ipanema, fez esquecer definitivamente o triste 7x1 nos aplicado pela Alemanha. 50 mil expectadores ao vivo e outros minguados 5 bilhões pelas televisões do planeta, silenciaram-se.
Humilhamos.

Viver é Perigoso  

8 comentários:

Anônimo disse...

Concordo inteiramente. Competência brasileira na condução/produção do evento apesar de ser da globo.

Anônimo disse...

Zelador,
Realmente perdemos uma grande oportunidade de "vender" nosso Pais para o Mundo.
Este negocio de mostrar Índios, escravos, portugueses, musicas antigas, Regina Casé?, fala serio, já era.
Estamos lá traz, e este passado não deixa a gente crescer.
La fora vão sempre achar que somos "tupiniquins"....
Fazer o que , enganam a gente e gente finge que é enganada.
Por isso somos brasileiros, não temos pedigree.Pão e circo! Fazer o que?

Anônimo disse...

apesar de ser da globo.

Ué? A "grobo"" não é Brasil?

Anônimo disse...

Ouvir o Paulinho da Viola cantar o Hino Nacional foi divino e maravilhoso

No minimo, deveria estar em PÉ! Falta de respeito.

Edson Riera disse...

Anônimo das 11:03 horas,

Realmente a participação da Regina Casé foi um despropósito. Mas é preciso mostrar um pouco da nossa história para o mundo. Quando digo para o mundo, incluo os brasileiros, que sabem pouco da nossa história. Foi uma festa bonita e fiquei orgulhoso, embora não seja dado a oba-oba.

Abraço,

Zelador

Edson Riera disse...

Anônimo das 11:05 horas,

Não vejo falta de respeito em cantar o Hina Nacional sentado. E se o Paulinho fosse pianista ?
Tento falar com Deus diariamente, ou sentado, ou deitado antes de dormir.
Não vejo desrespeito.

Zelador

Anônimo disse...

Zelador,
Tudo bem, tente falar com Deus de joelhos! Com certeza vc sentirá melhor.
Agora voltando a questão de orgulho de ser brasileiro, isso é uma coisa, agora outra coisa é aproveitar uma oportunidade de mostrar o NOSSO BRASIL moderno, pujante,maravilhoso , atual ,tecnológico, potente, suas RIQUEZAS verdadeiras, sua gente trabalhadora,suas indústrias, seu povo alegre, enfim, é outra coisa.
Vc é um camarada que viaja pelo mundo e sabe o quanto precisamos mostrar a eles que não somos mais somente, carnaval, futebol, samba e bundas.
Perdemos sim uma excelente oportunidade, claro que foi legal, mas poderia ser bem melhor, mais profissional, mostrar a nossa verdadeira cara.
Bom domingo camarada, e o que importa é a nossa terrinha, infelizmente ultimamente "vendemos" apenas espaço para se colocar lixo!
É preciso crescer.

Anônimo disse...

Humilhamos?
Apesar de achar a festa muito bonita e a Gisele totalmente demais, acho que na verdade nós é que continuamos a ser humilhados.
Deve ser terrível para um pai de família desempregado ver uma festa com o dinheiro público investido, e tão mal investido.
Um país falido, sem saúde, educação e segurança.
Tanto a Copa e as Olimpíadas não deveriam ter sido realizadas no Brasil.
Foram comemoradas pelos Petralhas pois tinham interesses exclusos.
O legado que ficará é o da vergonha, com a corrupção e a ineficiência.
Levaremos muito tempo para pagar essa conta, e cada vez mais aumentará a humilhação desse povo sofrido.