quarta-feira, 31 de agosto de 2016

AGRADECIMENTO !

Viver é Perigoso

AGORA FOI GOLPE !


Aconteceu um golpe hoje em Brasília contra a Constituição. PMDB e PT, na alta madrugada, concordaram com o impeachment da Dilma e a manutenção dos seus direitos políticos. Abriram caminho para a salvação do peemedebista Eduardo Cunha e de uma multidão de políticos que estão na bica para se tornarem réus.

Clarin da Boa Vista 

MASTIGADA PELO PMDB

O PMDB demonstrou que um raio cai duas vezes no mesmo lugar. Pela segunda vez em três décadas, o partido chega à Presidência da República sem passar pela pia batismal das urnas. Em 1985, prevaleceu com Tancredo Neves na eleição indireta do Colégio Eleitoral. Decorridos 31 anos, vai ao trono com Michel Temer graças à vontade dos senadores que decidiram encurtar o mandato de Dilma Rousseff.

Na certidão de nascimento, o PMDB era apenas MDB. Veio à luz em 1966, quando o governo militar decidiu dissolver a penca de partidos e autorizar o funcionamento de apenas dois —um a favor e outro contra. Em 50 anos de existência, a legenda disputou a Presidência da República em eleições diretas apenas duas vezes.
Numa, em 1989, Ulysses Guimarães amealhou irrisórios 4,7% dos votos válidos. Noutra, em 1994, Orestes Quércia arrebanhou ínfimos 4,4%. 
Desde então, o PMDB é prisioneiro de um paradoxo: maior partido do país, optara por ser subalterno. Há mais de duas décadas que não lança um candidato à Presidência da República. Virou sócio minoritário de presidências do PSDB e do PT.

Especializada numa modalidade pessoal de esporte, o tiro ao pé, Dilma inaugurou um novo sistema de governo: o presidencialismo sem presidente. Como poder vazio é algo que não existe, Eduardo Cunha ocupou os espaços. E a pupila de Lula foi apresentada a uma fatalidade histórica: no Brasil pós-redemocratização, sempre que um presidente achou que poderia engolir o PMDB, foi mastigado.

(Extraído da Coluna do Josias de Souza)

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Edvard Munch
Viver é Perigoso

O GRANDE IRRESPONSÁVEL


Sinceramente ? Analisando friamente tudo isso, a menos culpada de toda essa situação não é a pobre e despreparada Dilma. O Sr. Lula teria que ser responsabilizado por ter impingido o seu nome ao povo brasileiro.
Em que péssima hora, o seu namorado a levou para uma reunião de estudantes comunistas, na pacata Belo Horizonte dos anos 60.
Nunca participou de nenhuma ação armada e foi presa por tabela e possivelmente, sem saber, foi rotulada de guerreira do povo brasileiro.
Como todos os gaúchos, aderiu ao Brizola e conseguiu vaga em um serviço público, depois de não ter sucesso como comerciante.
Especializou-se em programas de power point e encantou os petistas que se preparavam para assumir o poder. Entrou para o partido sem a menor convicção.
Pessoa honesta e dedicada, especializou em fechar os olhos e ouvidos nas horas perigosas. Escondeu sua incapacidade administrativa e politica, atrás de uma natural agressividade.
Dada a irresponsabilidade do Sr. Lula e com o imprescindível apoio de marqueteiros mercenários, foi transformada na "mãe do Brasil", na gerentona competente. 
E ela acreditou.
Navegou enquanto pode, no embalo dos ventos favoráveis do comércio exterior.
Cercada por incompetentes e puxa-sacos foi levada a ferir a constituição e cometer irregularidades e a mentir descaradamente.
Abandonada pelo seu próprio partido foi exposta ao vivo e em cores, nas televisões de todo o país, falando e repetindo coisas sem nexo.
E tinha ao seu lado, o inesgotavelmente faminto, PMDB.
Irá cair na realidade e deixará o partido, recolhendo-se definitivamente.
Poderá recomeçar pelo começo, arriscando-se a a candidatar-se para a Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Isso, caso não ser enquadrada numa dessas operações da Polícia Federal.
Enquanto isso, milhões de brasileiros tentarão sobreviver e sair do buraco para o qual foram empurrados.

É a vida...

Viver é Perigoso  

AJEITANDO A CARA


Ouvido hoje na Massas Meazini, na Boa Vista, é claro, onde almocei  hoje.

- Eleição para prefeito deveria ser anual e com direito a reeleição !

- Que beneficio traria para a cidade ?

- Maravilha ! quando chegasse julho, agosto  e setembro, a cidade passaria por um processo caprichado de maquiagem, Camadinhas de asfalto aqui, outras ali, limpeza de ruas   e tintas a vale nas calçadas,

- Verdade ! 

Viver é Perigoso

E SEGUE A VIDA...

Viver é Perigoso

terça-feira, 30 de agosto de 2016

NÃO ADIANTA EXPLICAÇÃO

"Os temas mais complexos podem ser explicados ao menos inteligente dos homens, caso ele ainda não tenha nenhuma ideia formada sobre eles; mas o assunto mais banal não pode ser esclarecido ao mais inteligente dos homens caso ele esteja convencido de que já conhece sem sombra de dúvida o que ele tem diante de si."

Leon Tolstoi - 1897

Viver é Perigoso

HAJA !

Viver é Perigoso

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

BOLERÃO


Não diria que não sei dançar para não desrespeitar a minha primeira professora, a cara amiga Fátima Sarlas. Comecei com o Ray Connif. Mais ou menos um tipo de bolero. Dois prá e dois prá cá.
Daí em diante, na minha vida de dançarino, passou a existir somente o famoso 2x2. Conforme o rítmo, ia mais rápido ou mais lento. Valsa, samba, rock e até mesmo bolero, sempre no 2x2.
Enquanto necessário dançar, fui bem.
Afirma, o às vezes linguarudo Virgílio, que até twist eu dancei certa vez no Nova Aurora, no estilo 2x2.
Fazendo analogia: 
Mesmo com outras atividades, estou desde a manhã desta segunda-feira, ouvindo o questionamento e as respostas da Dilma no processo de Impeachment.
Quanto as respostas da ex-presidente, todas acontecem no estilo bolero. Dois prá lá e dois prá cá. Todas iguais. Umas aparentando calma e outras mais nervosismo. Umas curtas e outras longas.
Um bolerão ultrapassado.

Viver é Perigoso

TEMPERATURA ALTA EM MARIA DA FÉ


O povo da vizinha e aprazível Maria da Fé não pode reclamar. Com pouco mais de 12 mil eleitores, concorrem ao cargo de prefeito, nada mais e nada menos, que nove candidatos.

Participam do pleito: Alexandre, Carlinhos Braga, Dr. Antônio, Dr. Paulo, Patrícia, Paulo Francisco, Prof. Antônio Big Boy, Tete e Valdecir da Silva.

O nosso amigo, Dr. Antonio Dias, que durante muitos anos atuou como Delegado Regional é candidato pelo PPS.

Sucesso.

Viver é Perigoso

CAMPANHA ELEITORAL DENTRO DE IGREJAS


Avaliação e estudo do advogado Renato Almeida, sócio do escritório Renato Ribeiro de Almeida e professor de Direito Eleitoral da Faculdade Anhembi Morumbi, entrevista ao site JOTA.

Os políticos têm, agora, uma nova prática para conseguir votos e serem eleitos aos cargos que estão disputando: abusar religiosamente dos eleitores.

A prática, que não é tipificada na legislação eleitoral, geralmente é travestida de abuso de poder econômico.

Quando um líder religioso sede seu espaço para o político falar, é abuso econômico, e deve ser punido por isso. Ao mesmo tempo, configura um abuso religioso, já que há fiéis no local.

Outro modo que o candidato tem de abusar do eleitor é verbalmente. O político diz: " se votar você votar no candidato A, ele é maligno, tem pacto com o demônio e representa o mal, e quem faz isso merece o inferno'”. Essa maneira de abuso pode ser configurada como “grave ameaça. O eleitor teme a Deus, pressupõe por verdadeiras suas crenças, vai acreditar que votar no candidato vai trazer consequências à sua vida, e aí acaba votando em quem está ameaçando.

A falta de fiscalização, favorece que haja mais abuso religioso em eleições municipais, principalmente em cidades do interior. Os fiscalizadores da prática têm sido os próprios eleitores.

Na maioria das vezes o Ministério Público e o candidato adversário não está dentro do recinto religioso, e isso pode ferir os fiéis. É papel do eleitor que identificar o abuso procurar ou o promotor eleitoral ou o adversário para que haja denúncia. (Site Jota)

Viver é Perigoso

PARTICIPANDO DO VELÓRIO A CARÁTER


Viver é Perigoso

SINTOMAS DE DESONESTIDADE


O momento está a exigir um certo cuidado. Interessante leitura o livro "Decifrar Pessoas" - Jo-Ellan Dimitrius e Mark Mazzarella.

Os sintomas de desonestidade são:
  • Olhos que se movem muito e não se fixam.
  • Qualquer tipo de inquietação.
  • Fala rápida.
  • Mudança na voz.
  • Balançar-se para frente e para trás sobre os próprios pés ou na cadeira.
  • Qualquer sinal de nervosismo.
  • Uma versão exagerada do "estilo sincero, de sobrancelhas franzidas"
  • Suor.
  • Tremor.
  • Qualquer movimento que esconda os olhos, o rosto ou a boca, como colocar a mão sobre os lábios enquanto fala, esfregar o nariz ou piscar os olhos.
  • Passar a língua sobre os lábios.
  • Passar a língua sobre os dentes.
  • Inclinar-se para a frente.
  • Familiaridade inadequada, como bater nas costas, tocar outra parte do corpo e ficar perto demais (invadir o espaço pessoal).
Viver é Perigoso

IMPORTANTE DECISÃO


Muito embora, inexplicavelmente, não tenha sido considerada como uma importante player na comunidade itajubense, pela atual Administração Municipal, a Unifei é fundamental para nossa cidade.
Pobre governo que despreza o conhecimento.
Quase simultaneamente com as eleições municipais, realiza-se a eleição interna para a indicação do Reitor da nossa Escola.
Concorrem a reeleição, o atual Reitor Professor Dagoberto Almeida, e os Professores Paulo Shigueme e Paulo Waki.
Falamos de um orçamento anual, para a Escola de Itajubá e para o Campus de Itabira, beirando os R$ 200 milhões.
A atual Administração Municipal, colocou-se em rota de desacertos com a Unifei, no caso da incubadoras, do monitoramento de cheias e na dispersão de esforços no Parque Tecnológico.
O jornal "O Sul de Minas" conseguiu, de forma interessante, entrevistar dois dos candidatos. O atual Reitor, segundo o jornal, não quis participar da entrevista.
O Professor Shigueme foi Vice-Reitor do Professor Renato Nunes e tem como companheiro o Professor João Batista Turrione..
O Professor Paulo Waki, foi Vice-Reitor do Professor Dagoberto Almeida e tem como companheiro o Professor Luiz Antonio Alcântara Pereira.
De todos os conceituados candidatos, conheço melhor e há muitos anos, o Professor Shigueme, desde os tempos do Reitor Renato Nunes.
Da mesma forma expressada pelo Professor Shigume na entrevista, torna-se imprescindível a cooperação do Professor Renato Nunes.
Vamos ver. 

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Ed Moses
Viver é Perigoso

PUXÃO DE ORELHAS


Você reclama dos deputados em Brasília. Com razão. Diz que o processo de impeachment foi um circo a céu aberto. E foi. Era voto pra mulher, voto pro filho, pros "corretores de seguro", pra "paz de Jerusalém". Para você, quase ninguém tem moral naquele lugar. E você está certo.
E a sua avaliação não termina por aí. Você também não suporta o Senado. Renan Calheiros, Fernando Collor, Jader Barbalho. A lista é infindável. E o cenário é o mesmo. Apenas 9% da população brasileira aprova o Congresso Nacional. Não é por acaso. A gente não bota a mão no fogo por ninguém nas duas casas.
E ainda há os prefeitos e governadores. Você vive reclamando deles. Não suporta o Eduardo Paes e o Pezão. Odeia o Alckmin. Faz piada com o Beto Richa. E isso pra não falar dos outros, menos conhecidos. Se nós juntarmos todos os prefeitos, de todos partidos, de todas as cidades, apenas 26% da população aprova suas gestões. Menos de um terço. Quase metade (43%) acredita que eles são ruins ou péssimos. É um circo dos horrores.
Agora, você sofre com as eleições. Celso Russumano, Marcelo Crivella, Marta Suplicy. É o fim do mundo. Você vive reclamando do absurdo que é o voto ser obrigatório, das propagandas intermináveis na televisão, da sujeira que essa turma deixa nas ruas.
Reparou? Você odeia esses caras e provavelmente passará os próximos quatro anos reclamando de quem for eleito. Vai dizer o óbvio: que a saúde não funciona, que a educação não presta, que a segurança é ineficiente, que o saneamento básico não existe, que as ruas são esburacadas.
O problema é que, como diz o Thomas Sowell, esses caras não chegam a essa condição à toa: o fato de que muitos deles alcançam sucesso eleitoral mentindo não é exclusividade deles, é também um reflexo nosso; quando a gente quer o impossível, somente os mentirosos podem nos satisfazer.
E esse é o grande paradoxo aqui: por mais que você não vá com a cara dessa turma, ao mesmo tempo passa a vida toda esperando que eles cuidem de cada passo que você dá - do nascimento à morte - ao custo de praticamente a metade do que você ganha por mês. É você que subsidia isso.
Até quando? O que raios ainda é preciso acontecer pra você se dar conta que tem uma relação bizarra e insustentável com a política? Quanto tempo ainda é preciso pra você se tocar que está dando todos os incentivos possíveis para formar uma casta de parasitas, entregando todo poder do mundo a eles de mão beijada?
Lembre disso nessas eleições. Não existe nenhum messias na política. Pare de fingir que você só alcançará uma vida digna terceirizando ela aos cuidados de outra pessoa. Não eleja políticos interessados em aumentar seus poderes ao custo de mais burocracia e dinheiro. Quase todos são eleitos prometendo a mesma coisa. A frustração depois é sua. A conta também.
Você já é grandinho o suficiente pra ter se dado conta disso: chegou a hora de deixar os contos da carochinha para as estórias infantis.
Rodrigo da Silva (publicado pela Dalva Feitosa Santana )
Viver é Perigoso

CÂMARA FORTE E INDEPENDENTE


Numa passada de olhos no jornal "O Sul de Minas" deu para bons nomes na disputa à Câmara Municipal.
A lista será estudada com mais atenção. Na certa, seriam bons vereadores:

Angélica Marinho, Fabrício, Vladimir, Capitão Silva, Fernando Bissacot,  Leoni, Chico Marques, Humberto,  Paulo Cesár, Christian da Finauto, Jorjão, Douglas Jiu-Jitsu, Cleber David, Marcelo Krauss, Wandir, Célia Rennó, Paulo Salomon, Dinarte Lopes, Pedro Afonso, Raimundo Silva, Sueli Lorena, Aldo Martinez, Edna Faria, Ricardo Zambrana, Thales Berti,Tenente Melo.

Como se tratou de uma olhada rápida, na certa, outros bons nomes não foram relacionados. A lista será corrigida. Nenhum daqueles que buscam a reeleição foram citados.
Importante não esquecer que o Legislativo é tão importante quanto ao Executivo. 

Viver é Perigoso 

domingo, 28 de agosto de 2016

PRIMEIRA CLASSE !





Existe vida inteligente no planeta, ou melhor, no Facebook. Sincero, criativo, sensível, verdadeiro, marcante e com muita classe, o depoimento prestado pela, muito capaz, Jussara Rocha, sobre a, não menos capaz, Celinha Rennó.   

Assisti duas vezes e ainda não sei, se depois, fiquei admirando mais a Celinha ou a Jussara.
                             
Não foi pedido um voto e ao mesmo tempo, todos.                  
Brilhante.                                   
                                              
Viver é Perigoso

















INFORMANTE


Lula chegou em Brasília para participar do julgamento da Dilma. Pela sua experiência, segundo Romeu Tuma, deverá atuar com informante.

Clarin da Boa Vista

EL TANGO

Acaba de sair na Espanha "El tango, quatro conferencias", do Jorge Luis Borges em que grande escritor argentino traça o percurso da história de um ritmo que o mundo inteiro identifica com o seu país.
Em 1965, Borges preferiu algumas conferências sobre o tango, em Buenos Aires. O material teria se perdido, não fosse o fato de que alguém resolveu gravá-las, e, quase 50 anos mais tarde, as fitas acabaram por chegar, por vias rocambolescas, ao escritor Bernardo Atxaga, que as organizou e as doou para que, 16 anos depois de ouvi-las pela primeira vez, se transformassem em um belo livro.
A gênese dessa obra daria um conto, gênero em que o autor era especialista:  as quais constituem quase que um tratado misturando erudição, sabedoria popular e humor, para falar não só sobre essa música, mas também, acima de tudo, sobre a sua cidade, sobre a Argentina, sobre a vida daqueles guapos (machões), valentões, que protagonizam as letras dos tangos.
O tango não é triste, tampouco popular nem suburbano. Ou, pelo menos, não nasceu assim. “O tango surgiu da milonga, e era, no início, vigoroso e feliz. Aos poucos ele foi se enlanguescendo e se entristecendo. Os primeiros tangos eram tocados com piano, flauta e violino. Só depois é que se adicionou o bandoneon, de origem alemã. Se o tango fosse marginal, popular, o instrumento usado teria sido o instrumento tipicamente popular: o violão”, disse Borges, nascido há 117 anos e morto há 30. 
(extraído do El País)

Viver é Perigoso

MANHÃ DE DOMINGO FELIZ


Após horas e horas dirigindo carro, nesses últimos dias, dei uma necessária caminhada até o Centro da Cidade, voltando de imediato.

Logicamente, algumas observações pelo caminho e algumas conversas. Não sei muito a razão, mas quase todas sobre política.

Na esquina do Café Hélio presenciei um novo candidato a vereador conversando com um possível eleitor. O eleitor, no caso, um negrão com quase 1,80 m de altura, encostado na parede, cochilava e balançava como um pêndulo de carrilhão. O candidato empolgado discursava. 

Desconfio que o comício particular não iria muito longe.

Na calçada do Posto de Gasolina na Rua Nova, uma bem vestida e perfumada senhora, com apetrechos religiosos na mão, certamente voltando da Missa na Igreja Matriz, tentava escapar da oratória de um veterano candidato. A mulher olhava aflita para todos os lados, como pedindo ajuda.

Entre a Praça Wenceslau Braz, o calçadão e a Praça Theodomiro Santiago, contei oito candidatos em campanha. E olha, que nessa nova leva, conheço poucos.

Todos da situação, uma vez que abordando os passantes, exclamavam, apontando para as fontes, o piso, bancos com assento de madeira e algumas moitas de singelas "marias sem vergonha".

Indagavam em alto e bom som : - E aí, estão gostando do nosso trabalho ? Itajubá nunca teve ruas e praças tão bonitas ! E vamos fazer mais no próximo mandato. Isso aqui é só o começo. Olha ! a internet está pegando aqui !

Os transeuntes olhavam e murmuravam: Ahn...Ahn...Ahn.

Povo educado.

Santinho ainda não vi nenhum. Ou as gráficas atrasaram ou estão esperando receber primeiro para os entregarem depois.

Mas o grosso dos candidatos, neste domingo ensolarado, devem estar tumultuando a Feira do Ceasa. Deve estar lembrando vésperas de Natal. Todos felizes, sorridentes, fazendo brincadeiras em brados com pessoas que mal conhecem.

Impressionante a demonstração de intimidade dos candidatos com pessoas, até então, conhecidas só de vista.

O que não pega bem é candidato se oferecer para carregar cestas de compras de eleitores. Não precisava disso.

Viver é Perigoso

PORQUE HOJE É DOMINGO



"Se permanecerdes na minha Palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.”

João 8:32

Viver é Perigoso

NEM A PAU !


Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Alessia
Viver é Perigoso

DILMA VAI CHORAR NA SEGUNDA-FEIRA


Consta do roteiro, preparado pelos seus assessores, um constrangedor choro da valente Dilma, quando do seu depoimento no Senado.

Clarin da Boa Vista

sábado, 27 de agosto de 2016

ESQUADRÃO EM AÇÃO


Notícias dão conta, que o PMDB através do seu esquadrão de advogados teria entrado na Justiça Eleitoral da Comarca, leiam, Dr. Selmo Sila, tentando impugnar as candidaturas dos Senhores Christian da Finauto, o terror da prefeitura na internet, e do Vereador oposicionista Wilson Marins. Contra a candidatura a vereador do ex-Prefeito Chico já tinham entrado antes na justiça.
Pelas quantidades de denúncias acatadas pelo Ministério Público, feitas pela Transparência Itajubá e por cidadãos atuantes, entende-se que o vigilante PMDB não estaria tão preocupado em fazer política diferente.
Preocupadíssimos sim, estariam com a possibilidade da eleição de vereadores independentes. A presença do Chico, Christian, Cleber David, Wilson, Marcelo Krauss, Célia Rennó, entre outros candidatos livres, deve estar tirando o sono da atual situação.
O PMDB precisa entender, que pessoas como as citadas, serão independentes, ganhando as eleições o Rodrigo Riera ou o Ricardo Mello.
Talvez a preocupação esteja na possibilidade de abertura das "caixas pretas" já mencionadas em outro "post" do "viver é perigoso".
Por que não as abrem já, esclarecendo todas as dúvidas dos pessimistas.

Viver é Perigoso      

HISTÓRIA MAL CONTADA

Viver é Perigoso

RANKING DE EFICIÊNCIA DOS MUNICÍPIOS


A "Folha" revela quais prefeituras do país entregaram mais saúde, educação e saneamento.
Itajubá está lá ! Na posição 862º. 

Os índices vão de 0 (ineficiente) a 1 (eficiência máxima).

REM- F - 0,518

Educação - 0,563
Saúde - 0,368
Saneamento - 0,944
Receita - 0,082

Não estudei o assunto, mas a nota salvadora do saneamento deve ter muita relação com o desempenho da Copasa. O outros índices não constituem surpresa.

Segue a vida

Viver é Perigoso      

CANTINHO DA SALA

Peggy Hinaekian
Viver é Perigoso

GENTE FINA É OUTRA COISA

Viver é Perigoso

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

SOB A LUZ DE VELAS


Quando vires a sombra de um gigante, olha a posição do sol pra ver se não se trata da sombra de um anão.

Friedrich Novalis

SÓ BEATLES



Maravilha.

Viver é Perigoso

NOUVELLE VAGUE


Nos anos 60 e 70, a diversão master na terrinha era o cinema. Os chics Presidente e Alvorada, o velhinho Apolo, o distante FI e o espetacular Cine Paratodos, na Boa Vista, é claro.
Por essa época, creio que por questão de contrato, exceto no Alvorada, que só passava "filmaço", os cinemas, obrigatoriamente, tinham que passar uma "bomba" francesa ou italiana.
A "esquerda caviar" da época não perdia uma sessão dessas.
Filmes da chamada "Nouvelle Vague".
Os filmes dos diretores como Godart, Truffaut, Resnais, provocavam na esquerda festiva estudantil, grandes debates nos bancos da Praça.
Fitas (assim eram chamadas) em P&B, parca iluminação, pessoal triste, músicas estranhas e histórias sem pé nem cabeça.
De repente, no meio do filme acontecia o fim. No fim, começa a história e o meio ficava perdido. Subitamente as cortinas fechavam, as luzes eram acesas, casais de namorados surpresos e assustados e a plateia atônita.
Ai de quem fizesse um comentário negativo sobre a película. Alta cultura.
A moçada (não tão moçada) que está comandando a cidade hoje, com certeza não tem conhecimento sobre esses filmes que marcaram um tempo. Mas na certa, os seus pais, sim.
Os velhos devem ter passado para a criançada a paixão pelos filmes da "Nouvelle Vague" ou do realismo italiano.
Tudo sem começo, meio e fim, ou inversamente.
Na terrinha, aparentemente, a administração municipal segue o roteiro francês.
Impera a sequência invertida, ou não.
Assim vejo. 
Hoje, nas vésperas das eleições, estão discutindo, propondo e até iniciando obras que eram já eram prioritárias há 4 anos ou mais. Como os antigos coronéis, estão distribuindo cartuchos de doces, cocadas, pés-de moleque, em forma de pequenas obras.
Não questionem jamais, como nos filmes franceses.
Ou você é burro ou pessimista.
É a vida

Viver é Perigoso

BLACK BOX


Têm sido observadas com curiosidade, enormes Caixas Pretas mantidas num escritório  mal-iluminado e com acesso restrito á pouquíssimas pessoas.

Comentários dão conta que uma das enormes e seguras caixas contem documentação referentes aos contratos firmados entre o poder público e a empresa exploradora do Estacionamento Rotativo desimplantado na área central da cidade.

Outra das caixas conteria dados sobre o contrato firmado entre o poder público e uma empresa, que estaria executando a construção de um parque, mais ou menos público, partindo de um terreno escolhido pelo ex-prefeito Jorge Mouallem e com projeto doado pela Helibrás, ainda na Administração do Prefeito mencionado.

Outra das caixas, traria informações sobre desapropriações de áreas e imóveis, trocas de terrenos e possíveis vendas de novas área públicas.

O conteúdo de outras 10 enormes caixas, sequer foi aventado.
Um dia, após acontecer esperadas mudanças, serão abertas. Logicamente por especialistas em explosivos.

Viver é Perigoso 

.

REDIGINDO A SUA DEFESA

Viver é Perigoso

DO TEMPO DO ONÇA


Do tempo do onça e ajudou muito. Estudei na nossa Escola de Engenharia, de 1969 até o final de 1973. No prédio antigo ao lado da Igreja Matriz.
Do computador já se falava como coisa do futuro.
Pouco entendo de informática e até mesmo de manusear os modernos celulares. Para ser sincero, peço ajuda até para utilizar os controles remotos.
Comodismo ou preguiça.
Fui alertado hoje, que especialistas em informática estão varrendo o blog, editando postagens e quem sabe hackeando comentários e coisas do tipo.
Não acredito e não duvido.
Não perderiam tempo em intervir marginalmente no "viver é perigoso". Sabem onde é o endereço físico, conhecem o redator e sabem que o espaço está a disposição para debates e ideias.
Mas, como sempre diz um atual candidato a vereador, porém, todavia, contudo, qualquer sinal de distorção de imagens, gentileza avisar.
Iniciamos a travessia de tempos bicudos.

Viver é Perigoso

PASSANDO O BASTÃO


Li outro dia na internet e achei a comparação procedente. Está lá no consultor geral, Dr. Google.
Provas de revezamento e mandatos eleitorais, pensando bem, para nós, contrários as reeleições em todos os níveis, faz muito sentido.
Acompanhei, com relativa atenção, as provas olímpicas de atletismo. As provas de revezamento prendem a minha atenção.
Como todos sabem,  "as corridas de revezamento são provas disputadas por grupos, cada um composto por quatro atletas. Cada atleta corre um quarto da prova (4X100m ou 4X400m) e passa um bastão para o atleta seguinte de sua equipe.
Nesta modalidade do atletismo é fundamental o trabalho em equipe. Treinamento, concentração, união, confiança, coragem são características marcantes de atletas que disputam este esporte.
Em um esporte coletivo, o trabalho em equipe é fundamental para o sucesso do grupo, pois cada pessoa corresponde a uma peça fundamental para formar o todo, e todos lutam pelo mesmo objetivo: Independente das diferenças, gostos e projetos pessoais, todos lutam para superar o adversário. O importante é alcançar um resultado positivo para o grupo; o restante fica em segundo plano. Cada um colabora para que os parceiros rendam ao máximo, pois a vitória é de todos.
Em resumo, o que aprendemos é o seguinte: não adianta um atleta treinar sozinho, jogar bem e fazer maravilhas no esporte, pois o que importa é o rendimento do time. Deve-se deixar em segundo plano as metas pessoais, se isso não for melhor para o grupo. Para que o grupo obtenha êxito, as vaidades pessoais devem ser postas de lado."

Concluindo, está na hora de passar o bastão.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA


Viver é Perigoso

IMPERTINENTES NO EXTREMO


Sinceramente ? Caso as Senadoras Gleici e Vanessa atuassem a favor do impeachment, a Dilma já estaria de volta ao poder há séculos.

Clarin da Boa Vista


EM BOA HORA

Mesmo em ano de crise financeira, as redes de clínicas que oferecem atendimento médico a preços populares seguem em expansão.

Em 2016, o dr.consulta abriu oito novas unidades e chegou a 18. Até o fim do ano, a empresa deve ter 30. A rede iniciou suas atividades em 2011, em São Paulo. Hoje, tem 600 médicos e faz 50 mil atendimentos por mês. As consultas, que podem ser parceladas em até dez vezes, custam entre R$ 60 e R$ 135. Os pacientes podem fazer agendamento pela internet ou pelo telefone. A empresa também oferece exames e algumas cirurgias, entre elas procedimentos oculares e vasectomia,, segundo o vice-presidente médico da empresa, Marcus Fumio.

Outra companhia do setor, a PartMed, pretende ganhar terreno a partir do sistema de franquias. A empresa tem um centro médico próprio em São José do Rio Preto (SP) desde 2014. Espera abrir outras cinco unidades em 2016 e prevê ter cem em um prazo de cinco anos. A empresa oferece parcelamento em até 60 vezes para internações e cirurgias.
segundo Paulo Zahr, fundador da rede, afirmando ser possível ter um preço acessível e manter a empresa rentável cobrando dos pacientes valor próximo ao que o plano de saúde paga aos médicos e aos hospitais quando um segurado é atendido por eles.

Também, a Dr. Agora e a MinutoMed têm oferecido atendimento de baixo preço (R$ 89) em clínicas enxutas, com apenas um atendente e um clínico geral. Inspiradas em modelo norte-americano, elas são especializadas em atender problemas de fácil resolução, como gripes e sinusites, e oferecer exames rápidos e vacinas. As consultas não são agendadas. A ideia é oferecer o serviço ao paciente poucos minutos após sua chegada, a partir de processos ágeis de triagem e atendimento.

As redes começaram suas operações em 2015. A Dr. Agora tem cinco unidades, e a MinutoMed, quatro, todas na Grande São Paulo. Elas ficam principalmente em lugares de grande fluxo, como shoppings e estações de metrô. A  Dr. Agora, diz que a empresa deve, após uma captação de investimentos, abrir cerca de dez clínicas em 2017. (dados Uol)

Blog: Em Itajubá, creio que o Dr. Aldo, oftalmologista de renome e na vanguarda em termos de equipamentos, é pioneiro.

Viver é Perigoso 

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

PANAMÁ

Viver é Perigoso

DIZE-ME COM QUEM ANDAS


O jornal Itajubá Notícias, sutilmente publica, nome e fotografia, de cinco apoiadores de cada candidato ao cargo de Prefeito Municipal. 
Caso o objetivo fosse influenciar o eleitor, conseguiram: 

RENATA FRANÇA 
Jeferson Mendonça - ex-candidato a Prefeito. 
Paulinho Gabriel - Sindicato dos Metalúrgicos
Benê Andrade - Sindicato da Saúde
Ricardo "Gibi"- Popular
Sara Donato - Sindicato dos Metalúrgicos

RODRIGO RIERA
Bispo Francisco Tamazolli - Sara Nossa Terra
Bilac Pinto - Deputado
Dra. Angelika G. F. Junqueira - Médica
Dalmo Ribeiro - Deputado
Domingos Sávio - Deputado

DR. RICARDO MELLO
Paulo Lamac - Deputado
Dr. Jorge Mouallen - Ex-Prefeito
Remy Filho - Empresário, Ex-Presidente da ACIEI
Ulysses Gomes - Deputado
Chico Marques - Ex-Prefeito 

Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


Teremos praticamente 4 semanas de campanha eleitoral. Muito pouco para levar novos nomes para o eleitorado. Os que buscam a reeleição, pelo bem e pelo mal, já são conhecidos. De alguma forma têm o nome na lembrança do eleitor.
Resta ao novos candidatos, entre eles os candidatos de oposição ao cargo de prefeito, sair pelas ruas dos bairros ao menos se apresentando.
O atual Prefeito não sairá pelas ruas, exceto, cercado de assessores, cabos eleitorais, entre eles os seus candidatos a vereador. Ainda mais, com a extraordinário e jamais visto arsenal eleitoral montado na cidade.
Para humilhar, já contei a instalação de dois enormes comitês eleitorais, ambos na Boa Vista, claro. Um na esquina da Capitão Gomes com a Rua Dona Maria Carneiro e outro, no Palacete que foi do Dr. Adílio, na Rua Miguel Braga.
Equipe de advogados e marqueteiros contratados e trazidos de Belo Horizonte e Brasília. Equipes de pesquisas nas ruas atrás de informações, que permitam aos especialistas, sentir o pulso do eleitorado minuto a minuto.
Os marqueteiros sabem que combater a rejeição do nome do candidato, perfeitamente explicáveis, e que segundos informações internas, beira os 40%  é inútil. A meta é confirmar os votos dos favoráveis e buscar a maioria dos indecisos.
O povo do interior se apavora com ostentação de forças. Veremos nos próximos dias, queima de fogos e ruídos de causar inveja ao Afeganistão. Sempre com o modelo 3x1 (três estampidos e mais um espaçado). Adesivos em quantidade suficiente para amarelar a frota de carros da cidade. Carreatas, programadas para não incomodar  os demais motoristas, munidas de bandeiras, buzinas e sons universitários.
Enquanto isso o Dr. Ricardo continuará usando uma arma definitiva que a situação não pode utilizar: "Abraços."

Viver é Perigoso   

ASSIM FALOU O IRRESPONSÁVEL


"Estou envergonhado de perceber que o Senado, que deveria estar debatendo os interesses do povo brasileiro e os interesses dos trabalhadores, está discutindo a condenação de uma pessoa inocente. Hoje é o dia em que começam a rasgar a constituição do país".

Lula

Viver é Perigoso

INSTINTO

O cãozinho ainda não completou a travessia do caudaloso rio levando nas costas, de carona, o escorpião. Ainda não foi picado, mas será. Os dois serão levados pela corrente. É o instinto.

Viver é Perigoso

AOS SENHORES ANÔNIMOS


O texto abaixo é de autoria de Hélio Beltrão, parte de um capítulo do XV volume da série "Pensamentos Liberais", livro lançado em 4 de abril de 2011 pelo IEE.

"Aquilo que Thomas Jefferson chamou, na Declaração de Independência, de "longo trem de abusos e usurpações", começa em geral — no que se refere à censura — pela proibição ao anonimato.
O anonimato protege o autor de eventuais perseguições, de chantagens e de ataques maliciosos de ordem pessoal, e mantém o foco nas ideias.
Os fundadores dos Estados Unidos sabiam da importância do anonimato, e o consagraram na Constituição. Alexander Hamilton e James Madison escreveram os "Federalist Papers" sob o pseudônimo"Publius" , e vários outros fundadores utilizaram pseudônimos diversos de tempos em tempos.
Recentemente, em 1995, a Suprema Corte, declarou: "A proteção de discursos anônimos é vital para a democracia. Permitir que dissidentes protejam sua identidade os libera para expressar visões críticas defendidas por minorias. O anonimato é a proteção contra a tirania da maioria".

Adicionalmente, o anonimato on-line protege aqueles que desejam reportar abusos e ilegalidades cometidos pelo governo ou companhias, protege defensores de direitos humanos contra governos repressores e auxilia vítimas de violência doméstica a reconstruírem suas vidas em um ambiente ao qual seus violadores não cheguem. No Egito, um dos maiores articuladores da revolução foi um anônimo conhecido como ElShaheed (mártir, em português), que controla uma página no Facebook denominada "We Are All Khaled Said", que possui centenas de milhares de seguidores.

Viver é Perigoso