quinta-feira, 28 de julho de 2016

ABOBRINHA


Na bica de ser preso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou hoje ao Comitê de Direitos Humanos da ONU uma denúncia contra o Estado brasileiro para tentar barrar ações que considera como “abuso de poder” do juiz Sérgio Moro e dos procuradores da Operação Lava Jato. 
Ao acionar o órgão internacional, o ex-presidente espera criar um constrangimento internacional para evitar uma eventual prisão. 

Blog: A justiça precisa, imediatamente, providenciar a detenção do elemento.

Viver é Perigoso

2 comentários:

marcos.caravalho disse...

Zélador,

Lido o relatório feito pelos peritos da PF, não há ONU que enxergue a coisa de outro jeito: mancha de batom na cueca. É só tirar os óculos e guardar o homem.

Edson Riera disse...

Caro Marcos,

Quem sabe com a influência dos americanos na ONU e a queda do citado elemento por Cuba, a pena não poderá ser cumprida (e comprida) em Guantanamo.

Abraço

Zélador