quinta-feira, 28 de julho de 2016

A TOCHA !


Na antiguidade, o fogo era considerado sagrado por muitos povos, incluindo os gregos, que tinham uma lenda segundo a qual o fogo teria sido entregue aos mortais por Prometeus que o roubara de Zeus. Devido à importância do fogo, em muitos templos eram mantidas chamas acesas permanentemente. Este era o caso do templo de Héstia na cidade de Olímpia (Google).
No Brasil, para manter acesa a tradição de esculhambar com tudo, o símbolo olímpico foi abalado.
Tudo bem que muitos honraram e foram honrados com a responsabilidade do transporte da tocha.
Mas convenhamos, muita gente agarrou a tocha sem saber o que estava acontecendo. Muitos, despreparados fisicamente, despencaram-se. Pegou mal.
A TV, logicamente para cumprir contratos interessantes, manteve a obrigação de acompanhar o oba-oba.
A pobre tocha foi apagada em diversos trechos e em alguns, até vaiada.
Quando da exibição de trechos diários no Jornal Nacional, os expectadores murmuravam: PQP ! 
Daqui uns tempos perguntarão para um dos condutores:
- O Senhor (a) também levou a tocha por ocasião das Olimpíadas do Rio de Janeiro ?
- Cá entre nós e pedindo reservas: Carreguei sim. Num trecho pequeno. Mas por gentileza, não espalhe isso não.

É a vida...

Viver é Perigoso




Nenhum comentário: