domingo, 31 de julho de 2016

VENTOS DE GUERRA


Em 29 de julho de 2015, portanto, há exatamente um ano, o blog comentou uma declaração dada pelo Prefeito Rodrigo Riera sobre as próximas eleições: 

"Ulysses, Chico e Jorge, juntos nas próximas eleições? Não acredito, respeito porque é direito deles, mas juntar pé-de-moleque com ketchup..."

Creio que por falta de curiosidade não irei morrer nunca. 
Neste domingo de manhã, de intrometido, fui até o Colégio Major João Pereira onde se realizavam as Convenções Partidárias das coligações que apoiam o pré-candidato, Dr. Ricardo Melo.
Registro, que conheci e fiquei agradavelmente surpreso, com o pré-candidato a Vice-Prefeito, o jovem Ricardo Meloni, já atuando há 28 anos como professor. Tranquilo, articulado e com sólidas posições. 

Exposto publicamente o prato citado pelo Rodrigo Riera. "Pé-de Moleque com Ketchup". Abraçados por uma causa maior, o Deputado Ulysses, Chico Marques e o Dr. Jorge Mouallen.

Auditório cheio. Pessoas esperançosas. Ar de sinceridade no ar. Ausência de máquinas para bater carteira de ponto. Tudo sem ostentação, foguetes e cofee-brake. Gente de bem. Companheiros de antigas batalhas.

Sem ódios refrigerados, sem recalques, sem ataques, sem deputados alienígenas.

Apreciei o Pé-de Moleque com Ketchup. Pode cair no gosto do povo ou pelo menos, da maioria do povo.

Viver é Perigoso

 

sábado, 30 de julho de 2016

CANTINHO DA SALA

Vincent van Gogh

MOMENTOS MÁGICOS

MINHA CIDADE DE VOLTA


Após um longo e tenebroso inverno de dez dias, amenizados por excepcionais companhias, voltei hoje para a Boa Vista, ou melhor, para não parecer mania de grandeza, voltei para Itajubá.
De longe, via internet, tomei conhecimento de declarações dos políticos detentores do poder, já em públicas operações para se manter no andar de cima.
Estaríamos vivendo a mais pujante era desenvolvimentista da história da cidade. 
O apoio popular dado à Administração Municipal seria também o maior já dado na história da cidade. Dezessete dos mais significativos políticos da comunidade teriam se juntado e nomeado 160 bravos elementos para concorrer, voluntariamente, ao cargo de vereador.
Ficaram comprovadas parte das afirmações. 
Um sempre esperado Teatro Municipal, Restaurante Popular subsidiado por recursos públicos. Fontes, pontes e passarelas.
Transplante de órgãos, comprovados de forma, quase que visual, por centenas de cidadãos que esperavam, por horas, atendimento médico e rogando por exames clínicos em extensas filas.
Era para qualquer cidadão, chegando de longa estadia fora das mini-muralhas ditatoriais construídas pelo poder, caísse de joelhos e elevasse os braços em direção ao sol nascente agradecendo de 15 em 15 minutos. Para quem não sabe, ele nasce lá pelas bandas do Pinheirinho.
Está bom, mas está ruim.
Quero muito mais que isso (para alguns seria menos).
Quero minha cidade de volta. Quero saber o que irá acontecer. Quero saber como, quando e de que jeito.
Quero os distintos poderes, realmente distintos.
Não quero mais políticos profissionais, não quero repetição, não quero mais palavras e não quero mais assistir privilégios.
É o mesmo que quero para Minas e para o Brasil e conclui que não dá para para dividir querência em municipal, estadual e federal.
E tem que começar pelo municipal.

Viver é Perigoso
  
   

sexta-feira, 29 de julho de 2016

GESTÃO COM DIFICULDADE


Gestão com dificuldade foi o enquadramento dado a Itajubá, segundo o IFGF - Índice FIRJAN de Gestão Fiscal.
A situação não deve estar desesperadora, ou melhor, não foi considerada Gestão Crítica.
Mas é preocupante o item "Gastos com Pessoal", que atingiu o índice de 0,6421, ultrapassando o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Muitas prefeituras tentam driblar a LRF terceirizando e camuflando gastos com pessoal. Muito cuidado com isso moçada.
Como mexer com comissionados em ano eleitoral não é prática usual das autoridades que cultuam fidelidade paga, uma das maneiras encontradas e utilizadas é podar a recomposição dos salários dos concursados.
Difícil, exceto se firmado uma parceria camarada com dirigentes sindicais.E claro, com ameaças de tira-gosto.
Assunto importante.

Viver é Perigoso  

OLIMPÍADAS

Viver é Perigoso

CUIDADO MOÇADA !


Deu no Estadão:

"Depois de criar o termo "mensalão", Roberto Jefferson ataca com outro neologismo. "Laranjão", diz ele, será o modelo em voga nas eleições municipais.
O que significa ?
Que grandes financiadores (talvez o próprio candidato) repartirão seu dinheiro, em espécie, para uma multidão de pessoas físicas fazerem suas "doações aos candidatos."

A região do Sul de Minas nunca foi bom lugar para plantação de laranjas. Muito frio. Costumam sair azedas.

Complicado.

Viver é Perigoso

RETRATO DE ITAJUBÁ EM P&B

As prefeituras brasileiras fecharam suas contas em 2015 com déficit nominal (saldo negativo entre receita e despesas, incluindo gastos com juros) de R$ 45,8 bilhões. A projeção para 2016 é que o rombo chegue a R$ 60 bilhões.
Foi divulgado ontem, pela Federação das Industrias do Rio de Janeiro, o Índice FIRJAN de gestão fiscal (IFGF), ano base 2015.
Como é de conhecimento geral (ou quase), o IFGF sintetiza dados públicos sobre a capacidade da prefeitura gerar receita própria, o peso dos gastos com pessoal, a capacidade de investir, a qualidade de gestão do caixa e o individamento público.
É reconhecido como uma ferramenta de controle social que tem como objetivo estimular a cultura da responsabilidade administrativa, possibilitando maior aprimoramento da gestão fiscal dos municípios, bem como o aperfeiçoamento das decisões dos gestores públicos quanto à alocação dos recursos.
Resumindo, aborda um tema de grande importância para o país: a forma como os tributos pagos pela sociedade são administrados pelas prefeituras. O índice é construído a partir dos resultados fiscais das próprias prefeituras – informações de declaração obrigatória e disponibilizadas anualmente pela Secretaria do Tesouro Nacional.
Com base nesses dados oficiais, o Índice FIRJAN de Gestão Fiscal 2016 – ano de referência 2015 - avaliou a situação fiscal de 4.688 municípios, onde vivem 180.124.602 pessoas – 89,4% da população brasileira. 
Como era de se esperar, o grande vilão do desequilíbrio das contas foi o crescimento excessivo dos gastos com o pessoal.
Itajubá está classificada na 607ª posição no país e na 60ª posição no Estado de Minas Gerais, tendo obtido o índice de 0,5986 conceito C), considerado como gestão em dificuldade. 
O IFGF do gastos com pessoal do nosso município foi de 0,6416. Segundo o estudo, esse tipo de despesa ultrapassa o limite estabelecido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, de 60% do orçamento.

Sem dúvida nenhuma, um retrato (no caso em P&B) que provocará muitos estudos, análises e logicamente, debates debates no âmbito eleitoral.

Viver é Perigoso

quinta-feira, 28 de julho de 2016

SOB A LUZ DE VELAS


O que os nossos antecessores fizeram de bom antes de nós, nós fizemos. 
O que os governos, federal e estadual fizeram de bom, nós fizemos. 
O que não fizemos ou fizemos mal feito, foi por culpa dos governos federal e estadual. 
Quem mencionar qualquer coisa fora disso é invejoso, pessimista e não ama a cidade. Não passam de meia dúzia.
Viver é Perigoso

ABOBRINHA


Na bica de ser preso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva encaminhou hoje ao Comitê de Direitos Humanos da ONU uma denúncia contra o Estado brasileiro para tentar barrar ações que considera como “abuso de poder” do juiz Sérgio Moro e dos procuradores da Operação Lava Jato. 
Ao acionar o órgão internacional, o ex-presidente espera criar um constrangimento internacional para evitar uma eventual prisão. 

Blog: A justiça precisa, imediatamente, providenciar a detenção do elemento.

Viver é Perigoso

DOMINGO DE CANDIDATO


Principalmente para os candidatos "marinheiros de primeira viagem", nada mais duro que um domingo de campanha. O friozinho que ainda ronda a terrinha faz a cama ficar mais aconchegante, principalmente, nas gélidas manhãs de domingo.
E com corrida de Fórmula I ? E com decisões olímpicas ? Não é fácil.
Se todos os candidatos assumissem o compromisso de, tão somente, pegar no batente da campanha após o meio-dia...
Mas que nada, esses esfomeados por votos já estão batendo pernas já no escuro da madrugada. Alguns perturbados saem para ajudar os feirantes a montar barracas na Feira do Ceasa. Loucura.
E a missa das sete ? É duro para o candidato evangélico aprender a fazer o "nome do padre". Enrosca-se todo e ainda acha que pode estar pecando, sem falar no grito de "aleluia", meio que fora de hora.
E o candidato católico na Escola Dominical na Igreja Evangélica ? Quando o Pastor (na certa tem outro candidato), informa em alto e bom som: "- vamos ser dirigidos em oração pelo nosso irmão candidato ". Branco total.
Certa vez, num caso desse, o candidato fugiu pela porta afora, quando solicitaram que lesse um versículo do livro de Habacuque.
Depois dos compromissos religiosos, é obrigatório o comparecimento aos campos de futebol. Jogadores chatos, "cabeças de bagre", gordos, mas todos com direito a voto.
Sai caro: Camufladamente (devido a lei eleitoral) a bola nova saiu de seus bolsos. Jogos de camisas ficaram proibitivos (coisa para candidato a prefeito).
Churrasquinho e cervejas após a "pelada", dói no bolso. - Puxa ! como esse pessoal bebe !
Período da tarde, visita aos bairros rurais. Tortura e poeira.
A dor maior é encontrar outros candidatos rindo alto. O riso alto de um adversário abraçando um eleitor, causa um efeito devastador, beirando a pré-depressão.
Jogos do campeonato brasileiro pela TV ? Nem pensar.
E a noite ?
Cultos evangélicos. Horas de duração.
Volta para casa no bagaço.
E o pensamento: "PQP onde é que eu estava com a cabeça quando entrei nessa ?"
É a vida.

Viver é Perigoso

A TOCHA !


Na antiguidade, o fogo era considerado sagrado por muitos povos, incluindo os gregos, que tinham uma lenda segundo a qual o fogo teria sido entregue aos mortais por Prometeus que o roubara de Zeus. Devido à importância do fogo, em muitos templos eram mantidas chamas acesas permanentemente. Este era o caso do templo de Héstia na cidade de Olímpia (Google).
No Brasil, para manter acesa a tradição de esculhambar com tudo, o símbolo olímpico foi abalado.
Tudo bem que muitos honraram e foram honrados com a responsabilidade do transporte da tocha.
Mas convenhamos, muita gente agarrou a tocha sem saber o que estava acontecendo. Muitos, despreparados fisicamente, despencaram-se. Pegou mal.
A TV, logicamente para cumprir contratos interessantes, manteve a obrigação de acompanhar o oba-oba.
A pobre tocha foi apagada em diversos trechos e em alguns, até vaiada.
Quando da exibição de trechos diários no Jornal Nacional, os expectadores murmuravam: PQP ! 
Daqui uns tempos perguntarão para um dos condutores:
- O Senhor (a) também levou a tocha por ocasião das Olimpíadas do Rio de Janeiro ?
- Cá entre nós e pedindo reservas: Carreguei sim. Num trecho pequeno. Mas por gentileza, não espalhe isso não.

É a vida...

Viver é Perigoso




MOMENTOS MÁGICOS

OLIMPÍADAS

Viver é Perigoso

TEMPORADA DE BATATADAS


A partir do dia 16 de agosto estará liberada a propaganda política. A situação. dona de um poderia econômico incontestável, já realizou a sua convenção e colocará em campo, segundo informações extra-oficiais, cerca de 136 candidatos a vereador.
Como de costume. devem bancar o material impresso de campanha do pessoal. Santinhos e outros não tão santinhos.
Estima-se uns 20 kgs de papel colorido para cada candidato. Só aí, estamos falando de 2.720 kgs, ou seja, quase 3 toneladas de finas estampas.
Não sei se as gráficas da cidade darão conta de tanta encomenda. A meta seria ocupar todas as impressoras existentes no município, não dando chances para a produção de material de campanha da oposição, que de certa forma ficará aliviada, uma vez que os recursos são escassos.
Um dia entenderão que os santinhos (de papel) não adiantam muito. Melhor mandar fazer uma tirinha auto-adesiva com o nome do candidato e o número. Para lembrança do eleitor.
O drama será arrumar vagas para a turma falar nos comícios, reuniões de bairro, associações e em igrejas.
Como não têm muito o que falar e nesses momentos as palavras fogem, alguns orientadores recomendam que os candidatos decorem meia dúzia de chavões, inclusive podendo ser frases de para-choques de caminhões. Costuma pegar bem, desde que devidamente encaixadas e inseridas do contexto.
Aí é que a porca torce o rabo.
Temos ouvido e lido alguns importantes políticos da cidade, quase que sócios-proprietários de meia dúzias de citações proferidas no passado por algum figurão, buscar desgovernadamente embuti-las nos seus discursos e entrevistas. Soam como estranhas no ninho.
Ouviremos (já estamos ouvindo) joias que beiram o surrealismo.

É a vida...

Viver é Perigoso   

CANDIDATO ZUMBI

Ouvido na Rua Nova:

- Ô Cara, deixe o seu número de candidato comigo. Eu não esquecerei e passarei para o pessoal da família. Somos em trinta e seis. Estamos conversados e definidos. Não esqueça.

- Cara, deu uma ligeira alteração de planos.

- Mas Cara, nos conversamos no último sábado, à noite, com a convenção marcada para a manhã seguinte. Que mudança ?

- O pessoal lá da cúpula do partido, enfim, o Chefão e o pai dele, me chamaram num canto e disseram que não poderiam permitir a minha candidatura a vereador. Disseram que não podem abrir mão de mim no 2º governo deles.

- O que ? Não de darão legenda para concorrer ?

- Não é isso, Falaram que precisam de mim numa diretoria. Já está reservada e conta com um salário de mais de 5 mil. que com umas viagens, diárias e uns extrinhas da pra tirar uns 7.000/mês.

Cara, e você acreditou ?

Vamos dizer que sim. Estou confiante.

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

Dira

SURPRESAS E AVANÇOS

Inicia-se em 16 de agosto uma campanha eleitoral totalmente diferente das anteriores. Espremida em 45 dias de calendário e apenas 35 dias de divulgação. Terão os candidatos um enorme trabalho para arrancar votos dos eleitores usando de sua cara e capacidade pessoal.

O candidato aparecerá quase nu e cru explicando para o que veio e o que representa um voto nele, e não em outro.

Podemos imaginar um eleitor que, com toda a razão, imagina a política brasileira um exercício contumaz do crime, com suas perversas expressões, estará a escutar de má vontade os candidatos, aderindo em larga escala ao voto em branco, que serve apenas para fortalecer quem explora o meio. Mas grande parte deverá prestar atenção mais nas propostas do que nas críticas, nos acenos de saída de um beco político que levou para a crise, o desemprego e a incerteza.

Não às promessas surradas de lotes na lua, de metrô na porta de casa, mas de coisas mais simples, como a honestidade, a competência, a capacidade de realizar melhorias num ambiente decente.

A onda que passa pela Europa, varrendo métodos que pareciam eternos e cinzentos, poderá varrer personalidades estigmatizadas pelo velho estilo. O eleitor esclarecido está interessado na novidade em primeiro lugar, naquele que, bem ou mal, apresente um aceno de saída da dicotomia direita versus esquerda que se comungam em métodos errados.

O novo perfil almejado é o de quem dará um basta ao fisiologismo, à partilha do poder e à exploração da coisa pública, àquele que antes de tudo se cerca de cúmplices, e não de colaboradores competentes. Àquele que tem um projeto de poder acima de um projeto de desenvolvimento e bem-estar. Terá dificuldades aquele que acenar a partilha do poder entre aliados e associados, sem colocar seu cargo à disposição do verdadeiro destinatário: o cidadão.

Valerão as mazelas de sempre? Apenas em parte. Ainda o eleitorado está longe de ser livre das contas fisiológicas rasteiras, a ignorância também sobreviverá por gerações e continuará a desfigurar o bom e não se aperceber do mal.

As redes sociais, contudo, já atuam como meio democrático e valioso à população, são a grande novidade, abrindo um debate permanente de ideias e opiniões durante ininterruptas 24 horas por dia. Provavelmente serão as redes a “pior” novidade para quem pratica a enganação, poderão arejar o ambiente fechado aos poucos “tradicionais” e dar possibilidade de disputar o voto a quem tem boas ideias e conteúdo.

As sondagens entre eleitores, nas faixas de maior esclarecimento, mostram a sede de bons administradores, experientes, realizados em suas profissões, que saibam realizar mais que obras cíveis, obras sociais e humanitárias, diminuir a burocracia e a tributação, dar eficiências e valor aos entes públicos..

Os sonhos se perderam para nossa juventude, deixando lugar aos pesadelos do primeiro emprego, do tempo que escapa sem perspectiva de uma vida confortada. Os valores singelos da democracia batem forte no peito da nova geração, e serão esses que determinarão surpresas e avanços.

Vittorio Medioli - O Tempo

Viver é Perigoso



quarta-feira, 27 de julho de 2016

CANTINHO DA SALA

Bo Bartlett
Viver é Perigoso

TIRANDO DA RETA !


Dilma Rousseff, se esquivou de responsabilidades sobre a denúncia de caixa 2 na sua campanha de 2010 e deu a entender que o problema é do PT em entrevista para a Rádio Educadora, de Uberlândia, na manhã desta quarta-feira. 

O publicitário João Santana e sua mulher e sócia, Mônica Moura, alegaram na semana passada que US$ 4,5 milhões recebidos em uma conta na Suíça tiveram como origem caixa 2 da campanha de Dilma. 

"Se ele recebeu US$ 4,5 milhões, não foi da organização da minha campanha, porque ele diz que recebeu isso em 2013. A campanha começa em 2010 e, até o fim do ano, antes da diplomação, ela é encerrada. Tudo que ficou pendente sobre pagamentos da campanha passa a ser responsabilidade do partido. Minha campanha não tem a menor responsabilidade sobre em que condições pagou-se dívida remanescente da campanha de 2010. Não é a mim que você tem de perguntar isso. Ele (João Santana) tratou essa questão com a tesouraria do PT", afirmou Dilma.

Estadão

Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


A grande verdade é que estamos caminhando para ser uma cidade "arroz com feijão". Padrão nacional. Nem frio e nem quente. E na batida que segue, uma cidade sem futuro, Com muita sorte, uma razoável cidade dormitório.
Tivemos que encarar e estamos encarando uma leva de dirigentes que estão preparados e acostumados para atentar para o seu pequeno redor. Seus negócios.
Quando o seu redor  se trata da família próxima, olham mais longe. Mandam os meninos se preparar fora e têm médicos e planos de saúde nos grandes centros.. Bases são montadas nas capitais e até na Flórida. Alguns poucos se ajeitam em Ubatuba mesmo.
Já foi diferente.
Fim da escravidão antecipado. Pioneira na instalação de energia elétrica e telefone. Pista de pouso, fábricas, Escolas reconhecidas, geração de empregos, cinemas, destaque no esporte, centro regional de atendimento médico.
Crises, vêm e voltam. Para os mais estruturados chegam mais leves e vão embora mais rápido. Para os divididos, se instalam e provocam estragos irreparáveis.
Projetos pessoais, raivas retiradas do freezer, ameaças veladas e muito medo. Medo disfarçado de desinteresse pela política.
Desarmonia, Forças indispensáveis relegadas a segundo plano.
Pelotões de cabos eleitorais disfarçados de guarda pretoriana, tal qual antigos capatazes e jagunços. As gravata dão ar solene. 
Filosofia ultrapassada: Dividir para governar.
O andar de cima está garantido. Preocupar com chances para todos ? Besteira socialista.
Participação da comunidade na definição de prioridades, Claridade absoluta nos atos, liberdade de expressão nos veículos de comunicação ?
Deixem como está. Somos amigos do rei. Temos até o número do seu celular.
Como ensinado no Grupo Escolar Rafael Magalhães, na Boa Vista, é claro:
Existe duas maneiras de deixar o seu nome gravado na Escola. A recomendada seria ter humildade, confiança, amizades, participação e boas notas. A outra, mais fácil, seria gravar na carteira de madeira, o nome ou apelido  utilizando um  canivete, estilete ou gilete.
Mais ou menos equivalente a construir monumentos vistosos, com dinheiro público, é claro.

Estamos lascados, mas ainda temos chance.

Viver é Perigoso

PESQUISA, UMA ABORDAGEM DIFERENTE

Viver é Perigoso

POEMA DE AGRADECIMENTO À CORJA

Obrigado por nos destruírem o sonho e a oportunidade de vivermos felizes e em paz. 
Obrigado pelo exemplo que se esforçam em nos dar de como é possível viver sem vergonha, sem respeito e sem dignidade. 
Obrigado por nos roubarem. Por não nos perguntarem nada. Por não nos darem explicações. 
Obrigado por se orgulharem de nos tirar as coisas por que lutamos e às quais temos direito. Obrigado por nos tirarem até o sono. E a tranquilidade. E a alegria. 
Obrigado pelo cinzentismo, pela depressão, pelo desespero. 
Obrigado pela vossa mediocridade. E obrigado por aquilo que podem e não querem fazer. Obrigado por tudo o que não sabem e fingem saber. 
Obrigado por transformarem o nosso coração numa sala de espera.
Obrigado por fazerem de cada um dos nossos dias um dia menos interessante que o anterior. 
Obrigado por nos exigirem mais do que podemos dar. 
Obrigado por nos darem em troca quase nada. 
Obrigado por não disfarçarem a cobiça, a corrupção, a indignidade. Pelo chocante imerecimento da vossa comodidade e da vossa felicidade adquirida a qualquer preço. E pelo vosso vergonhoso descaramento. 
Obrigado por nos ensinarem tudo o que nunca deveremos querer, o que nunca deveremos fazer, o que nunca deveremos aceitar. 
Obrigado por serem o que são. 
Obrigado por serem como são. Para que não sejamos também assim. E para que possamos reconhecer facilmente quem temos de rejeitar.

Joaquim PessoaBy Walter Bianchi

Viver é Perigoso

terça-feira, 26 de julho de 2016

OLIMPÍADAS

Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


Pensando bem sobre a participação e indicação do Eng. Santi, como candidato a reeleição como vereador pelo PSL (creio que essa é a sigla).
Explica-se:
Deve ter acontecido um erro de avaliação do Santi. Acreditou, e isso é proibido na política, que teria o comando do partido, uma vez que  o comandante, Vereador Rui, estava indo para as hostes do PSDB.
A antecipação da movimentação do Santi para compor, como candidato a Vice, a chapa do seu colega Dr. Ricardo teria provocado a imediata reação do comando da campanha de reeleição do Prefeito Rodrigo Riera. Que registre-se, é especializada em articulações e fechamento de porteiras políticas.
Providenciaram a permanência do Rui no PSL fechando as portas para o o Santi. 
Com os prazos legais encerrados, restava ao Santi desistir da reeleição ou compor-se com o poder atual.
Optou, pelo quase constrangimento, de aceitar participar de um movimento com o qual já demonstrou não concordar.
Possivelmente, mesmo agindo com a seriedade que o caracteriza, faltará ao Engenheiro Santi o entusiasmo necessário fundamental numa campanha.
Não foi bom para o Santi, não foi bom para o Dr. Ricardo e tão pouco para o Rodrigo Riera.
E lógico, para Itajubá.

Viver é Perigoso 

PRÁ PENSAR



Não existe integridade em graus: Baixa, média e alta Ou você tem ou não tem.

Dony Dungy

segunda-feira, 25 de julho de 2016

MOMENTOS MÁGICOS

NOVOS TEMPOS


Confesso que ainda não havia presenciado isso. Até recentemente os metalúrgicos protestavam contra a organização e o fortalecimento dos Sindicatos Patronais. Questionavam a filiação das empresas.
Hoje, o Sindicato do Trabalhadores protestam pela desfiliação do SIMMMEI, Sindicato Patronal de Itajubá, que teria acontecido com a Mahle Metal Leve.
Alegam que a empresa continua com seus planos de continuar a retirar e ou reduzir os direitos dos trabalhadores da unidade em Itajuba. Já suspendeu a festa de natal, piorou a cesta de fim de ano e  já admitiria admite mexer no convênio médico e em outros benefícios.
E tem mais,  a MAHLE teria demitido, dois dos dirigentes mais ativos do Sindicato dos Metalúrgicos. Pelo que me lembro, dirigentes de Sindicato têm estabilidade no emprego. 
Entendam: Vivemos num país capitalista. Os direitos e deveres de todos são constantes de Lei e Acordos firmados. O momento é de crise e a redução do mercado exige redução de custos. Entendo que os salários têm sido corrigidos dentro da legalidade.
Diferentemente do setor público da cidade, que em vista da crise, não reduziu o quadro de assessores, pelo contrário, e podou pela metade a correção dos salários dos funcionários municipais. 
Os atos da empresa têm que ser entendidos como busca de sobrevivência em tempos bicudos. Isso significa, menor diminuição do quadro.
O que não pode acontecer é o pessoal se ajeitar na esteira provocada pelo momento eleitoral. 
Em tempo, a empresa antecessora da Mahle em Itajubá, a Cofap, foi fundadora do SIMMMEI na cidade. O primeiro Presidente do Sindicato Patronal foi o Sr. Américo Brites, então, Diretor da empresa.
É a vida...
Viver é Perigoso  

CANTINHO DA SALA

Paul Jenkins

ASSIM NÃO DÁ !


A concorrência desleal praticada pelo Comitê Organizador das Olimpíadas desestimula terroristas.

Clarin da Boa Vista

UMA NOTÍCIA BOA E OUTRA RUIM

A Câmara Municipal de Itajubá entrou em recesso na última sexta-feira, dia 22/7. Volta às suas atividades no dia 1 de agosto. No período não acontecerão sessões plenárias.
Fica a critério dos leitores a opção sobre qual a notícia boa e qual a ruim.
Pelo menos nisso, a opinião pública será considerada.

Viver é Perigoso

DESEMPREGO ZERO



Ouvido hoje lá pelas bandas do Pinheirinho:

A partida para a redução do brutal desemprego, que assolou a cidade nos últimos quatro anos, será dada no dia 1º de janeiro de 2017. Serão contratados como assessores e diretores da prefeitura todos os pré-candidatos expurgados das chapas de candidatos a vereador.

Viver é Perigoso

OLIMPÍADAS

Viver é Perigoso

domingo, 24 de julho de 2016

VI ERRADO ?


De longe, dando uma olhada no Facebook, dou de cara com fotografia dos candidatos atrás de reeleição, Rodrigo Riera, Christian e o vereador Rui, abraçados com o Vereador Santi. 
Até outro dia o Eng. Santi estava sendo citado como candidato a Vice do Dr. Ricardo.
Miragem ou montagem fotográfica. Ou seria uma foto antiga ?
Esclareçam.
Também li sobre as traições ocorridas na convenções de hoje. 
O cidadão é convidado para se filiar num partido. É convencido a sair candidato a vereador. Prepara-se, descompatibiliza-se de compromissos outros e nas fatídicas madrugadas dos sábados que antecedem as eleições, toma conhecimento, friamente, que seu nome foi impugnado.
Inimizades mortais são criadas.
Atenção impugnados : O impugnador do seu nome foi um daqueles que lhe telefonaram hoje prestando total e irrestrita solidariedade e talvez, por que não, deixando a promessa da sua imprescindível participação no próximo governo.
Filme antigo e triste.

Viver é Perigoso    

sábado, 23 de julho de 2016

DEMORARAM, MAS ENTREGARAM

Viver é Perigoso

CANTINHO DA SALA

Cy Twombly
Viver é Perigoso

BURROS MOTIVADOS


Isto É : Temos um modelo de gestão que premia pessoas mal preparadas?

Roberto Shinyashiki :

- Ele cria pessoas arrogantes, que não têm a humildade de se preparar, que não têm capacidade de ler um livro até o fim e não se preocupam com o conhecimento. Muitas equipes precisam de motivação, mas o maior problema no Brasil é competência. Cuidado com os burros motivados. Há muita gente motivada fazendo besteira. Não adianta você assumir uma função para a qual não está preparado.

Viver é Perigoso

sexta-feira, 22 de julho de 2016

SOB A LUZ DE VELAS


Os seus amigos são seus amigos. Os meus amigos são meus amigos. Se coincidirem, serão nossos amigos. Se não, os seus continuarão sendo seus e os meus, meus. 
O importante é que nós dois continuemos sendo amigos.

John Chair

VENTOS DE GUERRA


Entre amanhã e domingo acontecerão as Convenções Partidárias do Município. 
Muitos serão indicados e poucos serão os escolhidos pelo povo. 
Atentem para o foguetório.
Caramuru, quatro tiros, sendo três tiros na sequência e um último espaçado, vem a ser a marca registrada da atual situação. Amarrem os cachorros que o tiroteio deve ser assustador.
Lógico, que oposicionistas estarão contando o espoucar de fogos para debitar nos gastos de campanha.
Oxalá já não aconteça carreata, trio elétrico e o escambau.
A ordem na primeira hora é impressionar os indecisos.
Os veteranos vereadores em busca da reeleição, se apresentarão soberbos e olhando de cima os novados.
Eleição de desgaste.
Teria tudo para ser tempos de festas. Mas como realizar festas com tanto desemprego, tanta insegurança, tantas filas para realização de exames ?
Tempos de guerras.
Oremos.

Viver é Perigoso      

MOÇA BONITA


Um abraço Célia Rennó, pelo seu aniversário e pela sua presença constante e importante para Itajubá. 
Moça corajosa, jornalista preparada, mãe. esposa e lutadora. 
Determinação em defender o que acredita com coerência. Pessoa correta e está custando para a cidade reconhecer toda a sua capacidade e disposição para nos ajudar.
Sucesso, Celinha.

Viver é Perigoso     

quinta-feira, 21 de julho de 2016

ARES DE OUTUBRO


Viver é Perigoso

LOBOS SOLITÁRIOS


Aconteceram 54 sessões deliberativas, em 2016, na Câmara Federal. Os nossos meninos foram bem no quesito frequência.
O Bilaquinho esteve presente em 48 delas. Teve 6 faltas, sendo duas delas justificadas. Matou 4 sessões. Percentual de presença, 88,9%.
O Dimas Fabiano esteve presente em 53 delas. Faltou em uma, porém  apresentou justificativa. Percentual de presença, 98,1%

Os nossos representantes têm marcado presença. Como comentou um "espírito de porco" : - Não sei se é bom ou se é ruim.

Viver é Perigoso  

OLIMPÍADAS

Viver é Perigoso

quarta-feira, 20 de julho de 2016

COMIGO NINGUÉM PODE

Dieffenbachia seguine, conhecida pelos nomes comuns de comigo-ninguém-pode
Nem Dilma concederia. Lembram-se da famosa reunião do Ministro Lewandowski e Dilma na cidade do Porto ? Numa escala estranha do avião da presidenta ? O bacalhau saiu caro.

"Mesmo em meio a um esforço de ajuste fiscal, o presidente interino, Michel Temer, sancionou sem vetos nesta quarta-feira propostas que concedem reajuste salarial de 41,5% para servidores do Poder Judiciário e de 12% para funcionário do Ministério Público."

Viver é Perigoso

36 ANOS, HOJE


Viver é Perigoso

ACONTECEU HOJE


De dentro do carro:

- A Sra. pode me dar um jornal local ?

- Pois não. O Sr. quer aquele que mete o pau ou o que não diz nada ?

- O mais novo.

Observação: Realmente acontecido e com testemunhas.

É a vida...

Viver é Perigoso 

ARES DE OUTUBRO


Viver é Perigoso

VENTOS DE GUERRA


Foram publicadas no Diário de Justiça Eletrônico do Tribunal Superior Eleitoral as tabelas atualizadas com os limites de gastos de campanha, conforme previsto na Lei das Eleições. 
Itajubá - 71.828 eleitores
Candidatos a Prefeito - R$ 427.676,74
Candidatos a Vereador - R$ 10.803,91
Ouvido hoje na Boa Vista, é claro.
Para um candidato a Prefeito, o valor limite determinado pela Lei é pouco. Para os outros dois candidatos a Prefeito, o valor estipulado para vereador, ainda é muito.
Em termos de "poder de fogo" financeiro, a cidade irá presenciar a maior disparidade da história recente.
Uma disputa de BMW contra Vulcabrás.
Mas...estaremos diante de uma eleição diferente das anteriores. Tempos estranhos prenunciam-se.

Viver é Perigoso

DEU LÁ !



Trump ? We are fuckers !

USA Clarin da Boa Vista

OLIMPÍADAS


Viver é Perigoso

terça-feira, 19 de julho de 2016

THE GREAT SCAPE



Caso o Cunha escape dessa, todos os conceitos terão que ser revistos.

Clarin da Boa Vista

NOS ENCONTRAREMOS LÁ



Para quem não conhece, o que são poucos, o Bourbon Street fica na Rua dos Chanés, 127 em Moema, Sampa. R$ 190,00. 
Única apresentação no Brasil, do guitarrista Larry Carlton. Hoje às 21:30 horas.
É claro, lá também estará a sua marca registrada. A Gibson 1969, modelo E335. 

Viver é Perigoso

QUESTÃO DE INSTINTO


A  terrinha é cenário de fatos curiosos ou melhor incompreensíveis. Conheço um torcedor fanático pelo Vasco da Gama (ainda existem), que me confessou sentir-se mais feliz com a derrota do arquirrival Flamengo, do que com uma vitória do seu clube. O êxtase acontece quando da vitória do Vasco contra o Flamengo.
Fato difícil de presenciar ultimamente. Um joga na primeira divisão e outro na segundona.
Da mesma forma, na política, ou melhor, na politicagem, alguns bem conhecidos ficam extremamente felizes, com dificuldade para disfarçar o contentamento, quando algum adversário (ou inimigo) sofrem algum percalço.
Entretanto,  são caras de pau nos úrtimos. 
Calçam a cara, vestem a embolorada fisionomia de velório e têm a cachimônia de enviar, através de escolhidos e ingênuos mensageiros, palavras de solidariedade.
Claro, que todos pagarão mais adiante, na mesma moeda, por todas as festas promovidas quando de dificuldades alheias, que muitas vezes, são provocadas e aceleradas por eles próprios.
É a vida...

Viver é Perigoso 

MISSA ENCOMENDADA


A Câmara Municipal, em sessão extraordinária realizada hoje, rejeitou as contas  da Administração Chico, pasmem, de 2002. De lá para cá já passaram pela prefeitura, o Sr. Benedito Pereira dos Santos, o Dr. Jorge Mouallen  e o Sr. Rodrigo Riera. 
O Prefeito Chico acabou pagando, como manda o figurino legal, por um erro cometido pela Câmara Municipal, presidida naquela ocasião, pelo hoje aliado do atual Prefeito Municipal, Geraldo Canha.
Registre-se, que diferentemente dos erros absurdos que vêm ocorrendo aqui e ali, nas Administrações Públicas, o erro em questão não provou qualquer prejuízo para a cidade.
Baixou sobre o ambiente da Câmara (assisti pelo TV Câmara) o espírito da vingança.
Os emissários do poder, Vereadores Robison, Joel e Rui, coadjuvados pelo fieis Luis Fernando e Sebastião Silvestre, despejaram a rajada curta de votos que condenaram o ex-Prefeito Chico.
Ordens são ordens e não se discute.
Zé Maria Bão, diligentemente viajou e não esteve presente na Reunião.
Dr. Ricardo, Waldomiro e Wilson, registraram o erro técnico acontecido sem a ocorrência de prejuízo algum e votaram pela aprovação das contas.
Santi, por estar ocupando a presidência não votou.
Continuo sem entender a manifestação do Vereador Rui, que citando sua bela Malacacheta, afirmou que "ninguém consegue fazer omelete sem quebrar os ovos e que por a mão na cumbuca não é para qualquer um, e também que filho feio não tem pai."
Vamos pensar no assunto.
Pobres rapazes.

Viver é Perigoso