terça-feira, 19 de abril de 2016

VENTOS DE GUERRA


Tímidas pesquisas pré-eleitorais correndo pela cidade. Trabalham com a perspectiva da participação de três grupos. O grupo já anunciado e em campanha há quase quatro anos, com o atual Prefeito e possivelmente o Vice Christian. Mais os grupos Branco e Azul.
O pessoal do grupo Branco vem se reunindo e conversando desde o ano passado. E pelo histórico de conflitos acontecidos, entre eles anteriormente, terão que conversar muito ainda.
Gente com voto e experiência de eleições. Segundo informações, andam tomando café do mesmo bule, o Chico Marques, Jorge Mouallen e a direção do PT local.
O Grupo Azul, anda juntando gente nova (na disputa majoritária) em cima da mesma Rede. No embalo, o sempre campeão de votos para a Câmara Municipal, Dr. Ricardo Mello. Credenciado pelo seu trabalho social e posição sempre firme e independente no Legislativo. Conversam com o Vereador Santi, que acaba de se libertar do PP.
partido ligado ao atual Prefeito.
A atual Administração, que busca a reeleição, encontra-se em festa com a possibilidade da participação de mais dois grupos nas próximas eleições.
Aliás, dividir para dominar deve ser o lema do pessoal no poder.
Campanha curta e cara.
Talvez, pelas poucas ideias inovadoras em discussão (resumirá em contra e a favor), o interessante seria uma composição entre os grupos Branco e Azul.
Isso exige humildade e desprendimento. Artigos em falta no mercado.
O exército dos candidatos Rodrigo Riera e Christian deverá contar com uma formidável tropa de choque de candidatos a vereador. O pelotão é calculado em 300 figurantes. Pessoal caro para o Comitê de campanha. Estima-se um gasto de R$ 20 mil por candidato. Difícil de administrar as vaidades. Possibilidade constante de pequenas e doídas traições.
Terão que fazer campanha em cima da reforma da praça, do teatro, do Restaurante Popular e do tradicional asfaltamento de ruas providenciados de última hora.
Não poderão prometer nada. Campanha olhando pelo retrovisor.
Os outros dois grupos, que poderão se tornar único, poderá prometer transparência, e tentar mostrar que a atual Administração se preocupou pouco com os Bairros da Cidade, centralizando a utilização dos parcos recursos. Citar obras do Estado e do Governo Federal não valerá.
Registre-se que, caso reeleito ou não, o Prefeito Rodrigo Riera deverá se afastar em 2018 para concorrer ao cargo de Deputado, possivelmente Estadual. Duelará na região, com o Ulysses e o Dalmo.
Mais uma vez: O momento nacional e a internet influenciarão decisivamente no pleito.

É a vida...

Viver é Perigoso



               

2 comentários:

Anônimo disse...

andam tomando café do mesmo bule, o Chico Marques, Jorge Mouallen e a direção do PT local.

Zelador,

Onde é que o Chico esta com a cabeça!???????

Edson Riera disse...

Anônimo das 18:27 horas,

Não sei o que conversaram. Entenda, conversar não é proibido.

Zelador