sexta-feira, 29 de abril de 2016

PESSOAL SEM JUÍZO


O governo de Minas pagou caro para homenagear o uruguaio Jose Mujica com a Medalha da Inconfidência, dia 21. Jatinho, carros e hotel custaram R$72.162, pagos pela empresa pública Codemig. Mujica se fez acompanhar da mulher, Lucía Topolansky. Ambos são senadores. 
Por sua assessoria, o governo de Minas informou que o decreto 45.618/11 o autoriza a pagar o “deslocamento de autoridades internacionais”, como Mujica. Não há isso nos 47 artigos do decreto do então governador Antonio Anastasia. 

A informação é do colunista Claudio Humberto, do Diário do Poder.

Viver é Perigoso

Nenhum comentário: