quarta-feira, 2 de março de 2016

OS POBRES DE PARIS


A Justiça francesa condenou o deputado federal e ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf (PP-SP) a três anos de prisão por lavagem de dinheiro de 1996 a 2005. A sentença do ano passado determinou ainda o confisco de 1.844.623,33 euros em contas do deputado, de sua mulher Sylvia Lutfalla Maluf e seu filho Flávio Maluf. Além disso, os três deverão pagar multas que somam 500 mil euros.

Viver é Perigoso

2 comentários:

Anônimo disse...




Peixinho, ninguém liga mais.Agora depois dos 70 parece que pode tudo, te cuida .

Edson Riera disse...

Anônimo das 16:54 horas,

Tens razão. Trata-se de um craque do passado. Hoje, um amador.

Zelador