quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

POR OPORTUNO...



"Há puxa-sacos que se esmeram tanto, com o passar do tempo se tornam tão hábeis em sua especialidade, que acabam vítimas de sua própria habilidade. Elogiam com tão profunda sinceridade, que o elogiado acredita piamente nas qualidades que lhe são atribuídas e, achando que o puxa-saco não está fazendo mais do reconhecer um mérito evidente, nem pensam em recompensá-lo pela puxada."

(Millor)

Nenhum comentário: