quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

É A VIDA !

SOB A LUZ DE VELAS



É pior falar bem do que não aconteceu do que falar mal do que aconteceu.

John Chair

BALANÇO DE FINAL DE ANO


Está lá no Itajubá Notícias, a tradicional, conforme registrado pelo jornal, a entrevista com o Prefeito de Itajubá, Rodrigo Riera.
Antes de comentar, fica clara a ''tirada" do jornal ao grafar, por diversas vezes, na edição, o sobrenome Rieira ou invés do correto Riera. Nada enche mais o saco de um Riera do que ser tratado por Riera. Mais ou menos como escrever Dilma Youssef, ao invés do correto Dilma Rousseff.
Passamos a estranha entrevista. Estranha porque a grande maioria das perguntas foram feitas por admiradores e companheiros de política do Prefeito. Aconteceu o que nos programas de televisão costumam chamar de "escada". Aquela pergunta feita para o entrevistado responder e correr para o abraço da torcida.
Não, não aconteceu nenhuma pergunta de algum membro do chamado "Clube da Meia Dúzia".
Passa-se a impressão de que não foi o Rodrigo Riera que respondeu as perguntas. Fora do seu estilo curto e muitas vezes, como dizem na Boa Vista, meio que grosso. Para os políticos, respostas curtas, objetivas e duras é qualidade.
No jornal foram extensas e na maioria das vezes, evasivas. Mas para entenderem melhor seria bom todos comprarem o seu exemplar.
Dose, mais dose para leão, foi o Prefeito responder a uma "pergunta" do Deputado Bilac Pinto:

" Primeiro, meu muito obrigado a esse pai, amigo, irmão que tem sido o Deputado Bilac Pinto para Itajubá. Homem que depois de Aureliano Chaves, Theodomiro Santiago e Wenceslau Braz foi um dos que mais fez por Itajubá, devo a ele quase tudo do sucesso da nossa administração. Eu poderia citar a obra do aeroporto que tiramos do papel, a reforma, ampliação e credenciamento de alta complexidade do hospital que se tornou modelo, as creches, o belo teatro municipal que construímos e os asfaltamentos, mas volto a dizer que Itajubá respira ares diferentes, o melhor da nossa administração é devolver o orgulho de ser itajubense, o amor por Itajubá e a autoestima do nosso povo graças a Deus voltou."

Concluindo, sobre a decisão do nobre Deputado de mandar o lixo das cidades vizinhas, inclusive da sua Santa Rita do Sapucaí, para a terrinha, nada foi dito. 
Também creio que a nossa autoestima será restabelecida, de forma mais acelerada, reconhecendo e citando tantos outros que fizeram tanto ou mais por Itajubá.

Mas, enfim...

Viver é Perigoso
 

O CARA DE PAU !

Pergunta do El País feita ao Lula, em entrevista concedida em São Paulo.
P. Você, que fez muito pela Petrobras e confiava muito nessa empresa, nunca foi alertado no buraco que tinha na banda de criminosos que tinha ali?
R. Quando eu cheguei à presidência, a Petrobras tinha o equivalente a 3 bilhões de dólares de investimentos por ano. Quando eu deixei a presidência, a gente tinha 30 bilhões. Você só sabe se existe corrupção se alguém te diz. Se alguém denuncia, a polícia pega. A imprensa não sabia, o Ministério Público não sabia, a Polícia Federal não sabia, a diretoria da Petrobras não sabia porque senão alguém tinha denunciado. A Petrobras tem conselho, diretoria, 80.000 funcionários, alguém poderia ter denunciado. Isso acontece no Brasil e acontece no mundo inteiro. Muitas vezes levam anos e anos pra você descobrir uma quadrilha. É como um tumor. Se ele está doendo, quanto mais você apertar mais vai sair.
Blog: Só lembrando, a Dilma era Presidente do Conselho da Petrobrás e Ministra da Economia. O petista Gabrielli era o presidente da empresa. Lula aprovou e enterrou milhões em refinarias fantasmas no nordeste. Aliou-se ao Hugo Chaves (que deu o Tomé) na construção da Refinaria de Pernambuco. A imprensa denunciou.
Viver é Perigoso

AEROPORTO INTERNACIONAL DE POUSO ALEGRE

Um atento colaborador do Blog alertou para a notícia publicada no site G1. Ao contrário do que "meia duzia de pessimistas" imaginam, a notícia é muito boa para Itajubá. Um atrativo a mais para a atração de empresas. Aeroporto de grande porte, porto seco e polo logístico. Mais uma vez podemos participar com mão de obra farta e preparada. Temos a obrigação de torcer e aplaudir. Se for para reclamar temos que nos dirigir ao Padre Lourenço que fundou a terrinha longe da Fernão Dias (?). Tempos complicados para investimentos de mais de 500 milhões. Na certa, teremos chineses na jogada. Se sair em 2020 já estará muito bom.
"A construção de um aeroporto internacional de cargas em Pouso Alegre, já está na fase final do projeto e movimenta a economia da cidade. Um porto seco e um condomínio de galpões já estão sendo construídos. O Senac também abriu cursos para formar novos profissionais na área de logística. O projeto mostra a área exata onde o aeroporto vai ficar, na zona rural de Pouso Alegre, perto dos bairros Curralinho e Fazendinha. O local tem cerca de 5 milhões de metros quadrados. Só a pista tem 3 km de extensão e 45 metros de largura. A capacidade é para receber até aviões de grande porte. E estão previstos setores como pista de manobra, estacionamento e estação de tratamento de esgoto.A projeção do aeroporto de cargas e passageiros está no final da primeira fase e será feito através de parceria público/privada. O investimento é de R$ 500 milhões nos três primeiros anos de construção.Segundo o prefeito da cidade, Agnaldo Perugini, é aguardada apenas a lista de adequações da Secretaria de Aviação Civil."Nesta data vai chegar o checklist, que é um rol de questionamentos que a Anac poderá ou não fazer. De repente entende-se que o projeto está perfeito, não tem nenhuma questão técnica, e já está liberado imediatamente para consulta pública. [Por] 30 dias esse projeto fica recebendo orientações, questionamentos, etc.. A partir daí, nós já publicamos a licitação. Mais 30 dias, é feito o processo licitatório e imediatamente todos os projetos e licenças serão entregues aos ganhadores do certame, que poderão imediatamente começar as obras", comentou.Também está encaminhada em Pouso Alegre (MG) a implantação de um centro de logística industrial aduaneiro, ou seja, o porto seco. Entre outros serviços, o local terá repartições das receitas Federal e Estadual. O complexo vai ficar às margens da Rodovia Fernão Dias.Segundo o diretor comercial do Centro de Logística Industrial Aduaneiro (Clia), Diogo Viana, o projeto está em fase de implantação. "A Receita Federal fez as duas primeiras vistorias, e está para ser agendada a vistoria final, na qual ela publica os atos de alfandegamento. E aí a gente está apto para operar. A nossa previsão é que isso aconteça nos primeiros meses de 2016", explicou.Ainda de acordo com ele, o destaque do porto seco é a posição geográfica. "Pouso Alegre se localiza no eixo dos quatro principais aeroportos, que seriam Galeão, Viracopos, Guarulhos e Confins".Os projetos também já movimentam a economia de Pouso Alegre, entre eles o setor de logística, que está de olho na chegada de novas empresas.No Distrito Industrial será construído um condomínio logístico com mais de 37 mil metros de área construída com galpões de alto padrão. O investimento é de R$ 70 milhões. "Esse condomínio visa abastecer a falta de galpões e área de armazenamento nessas empresas. E a vontade do condomínio é [que] vá ter toda segurança", explicou o diretor do condomínio logístico, Maurício Loyola.No Senac também já foram criados cursos para atender o setor de logística. A expectativa é de que toda mão de obra seja produzida e absorvida na cidade. "Todas as áreas lá vão precisar de profissionais formados. Hoje, de acordo com a Confederação Nacional das Indústrias, cerca de 69% das empresas têm carência de profissionais na área de logística", disse o orientador da instituição, Júlio Cesar Ribeiro."
Viver é Perigoso

PESSOAL E CONFIDENCIAL


ZONA MARRON


Hoje, 10/12/12, nas proximidades do Forum. Realmente foi um toró.

Viver é Perigoso