terça-feira, 13 de outubro de 2015

IRRESPONSABILIDADE FISCAL

 
Muitas prefeituras quebraram com baixo repasse do Fundo de Participação dos Municípios.
O municipal Imposto Sobre Serviços não sustenta o caixa dos prefeitos e, para piorar o cenário, os Estados retêm repasses de ICMS.
Para não descumprir acordos partidários pré-eleições, prefeitos não enxugam a máquina, evitam cortar pessoal e mantêm terceirizados e comissionados. Assim pioram a situação, extrapolando a Lei de Responsabilidade Fiscal com a folha de pagamento.
Os gabinetes dos deputados em Brasília se transformaram em confessionário e rota de choradeira.

Leandro Mazzini

Blog:  Em 13/05/2015, o blog comentou uma entrevista concedida pelo Prefeito Rodrigo Riera na JovemFM. Na oportunidade ele disse que esperava uma arrecadação de R$ 170 milhões para 2015. Registrou que a despesa com a folha de pagamento dos funcionários estaria em 47% da arrecadação. Parece-nos óbvio que a arrecadação caiu.
Carente de confirmação: Pela Lei de Responsabilidade Fiscal, as prefeituras podem gastar, no máximo, 54% da receita corrente líquida com pessoal. A mesma lei prevê que, quando o município atinge o chamado limite prudencial, de 51,3%, fica impedido de conceder aumentos, reajustes ou adequações de remuneração.
Seria possível que alguma alma boa nos informasse a quantas andamos ?
 
Viver é Perigoso

VAI QUE CAI...


MOÇA BONITA

Evangeline

FRITURA FAZ MAL PARA A SAÚDE

 
Se está difícil para o "Itajubá Notícias" imagine então para o "O Sul de Minas".
Deu no primeiro, que "a reportagem vem a meses tentando agendar uma entrevista com o Ricardo Zambrana, Secretário Municipal da Saúde. Contatos telefônicos e por email já foram realizados, mas nenhum obteve respostas ".
O relacionamento do "Itajubá Notícias" com o Executivo Municipal parece  beirar, com certa folga, o cordial.
A observação do jornal sobre o silêncio do educado e competente Dr. Zambrana, em termos de terrinha, expõe no ar um aroma de fritura. 
Não é de todo impossível que tanto o Itajubá Notícias, quanto alguns vereadores atrelados a atual Administração, não tenham recebido lá das bandas do Pinheirinho, um "liberado" para críticas diretas e incisivas ao Secretário.
Saúde é a área mais sensível e o país vai mal com forte tendência de piorar.
Bom achar logo um responsável, além, claro, da diminuição dos recursos federais. 
É a vida...
 
Viver é Perigoso

PRIMEIRO BOMBARDEIO

 
Claro que Itajubá já foi bombardeada, de modo figurado, muitas vezes depois. Mas bombardeio aéreo físico e real, já aconteceu na terrinha.
O ataque, segundo o historiador Armelim Guimarães, deu-se no dia 12 de outubro de 1930. Sim, o "Dia das Crianças" já existia.
Foi oficializado em 05/11/1924 pelo Decreto Lei nº 4867.
Como não poderia deixar de acontecer, graças a promoção da Fábrica de Brinquedos Estrela e da Johnson&Johnson, foi popularizado  em 1960.
Voltando ao bombardeio:
A cidade estava cercada por tropas do Exército e de batalhões da polícia, na tentativa de obrigar o 4º Batalhão de Engenharia e Combate a render-se às forças revolucionárias.
Um teco-teco sobrevoou a terrinha e três bombas foram lançadas. Uma caiu no alto de um morro, outra nas proximidades do Batalhão e a terceira no bairro do Rebourgeon, que registre-se, não explodiu.

Viver é Perigoso


CANTINHO DA SALA

Claude Monet