segunda-feira, 12 de outubro de 2015

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
“Eu tenho muitos amigos que continuam a gostar de mim, a despeito de me conhecerem. E tenho também muitos amigos que nunca vi”

Rubem Alves

A SEMANA PROMETE

 
 
Semana em Brasília: Eduardo Cunha autorizará o início da faxina no Planalto e voltará às aulas de tênis.

Clarin da Boa Vista

VENTO ENLATADO


OUTROS TEMPOS !

Atriz Anita Ekberg, na Fonte de Trevi durante as filmagens de "La Dolce Vita", de Federico Fellini. 
Morador calorento na Fonte da Rua Nova num domingo de outubro
 
Viver é Perigoso

TREM DA ALEGRIA

 
"...o sistema político brasileiro não está preparado para lidar com uma crise da magnitude e complexidade da que vivemos. Se há uma marca típica desta crise, é a absoluta predominância dos interesses pessoais e partidários que se sobrepõem despudoradamente sobre os interesses nacionais.
Entre outras perdas que este processo de crises acumuladas acarreta, encontra-se a inviabilização do exercício da função de substituição institucional. Essa função, atributo de democracias estáveis, é invariavelmente ausente em democracias instáveis. Ela consiste na capacidade de uma instituição de assumir a defesa de valores ou funções indispensáveis à vida social organizada, que as organizações responsáveis por eles deixaram de proteger, por motivos políticos."
Francisco Ferraz
 
Blog: Aconteceu e está acontecendo na terrinha, de diversas instituições, mais diretamente, a Associação Comercial e um pouco menos a CDL, saírem em defesa de valores, que organizações responsáveis por eles deixaram de considerar.
Falamos sobre o absurdo, nos tempos em que vivemos e que levará muito tempo para passar, do aumento de 10 para 17, do número de vereadores de Itajubá.
Um verdadeiro "trem da alegria" promovido por seis vereadores da Câmara Municipal, certamente, com o aval do Executivo Municipal e dos Deputados da região.
Tudo óbvio de mais. Aumento abrupto de custos.
Desfaçatez total dos responsáveis pelo aloprado gesto, contrariando a vontade comprovado de mais de 90% da população.
Arrecadação municipal despencando, repasse, em termos percentuais, garantido para a Câmara Municipal, chances de devolução de recursos para o Executivo beirando a zero, com a adição de mais sete companheiros e sabe-se lá, de mais quantos assessores.
Virar as costas e tocar a vida ? Não podemos.
Que os responsáveis carreguem pelo resto de suas curtas carreiras políticas, o peso da irresponsabilidade.
Estamos lascados, mas ainda vivos.
 
Viver é Perigosos
   

DIA DAS CRIANÇAS