terça-feira, 6 de outubro de 2015

É DISCO QUE EU GOSTO


VIVER É PERIGOSO

 
O "Viver é Perigoso" completa hoje 6 anos de existência. Com a bagunça que fizeram no país fica difícil comemorar alguma coisa.
Muitas vezes chamaram o blog de negativista. E continuam chamando.
Com tristeza, nesses últimos seis anos, vamos constatando que o postado vem acontecendo.
14.250 postagens foram feitas no período. Todas continuam à disposição na página. As músicas continuam mais bonitas, as moças, mais belas, os quadros, mais impressionantes, as charges do Sponholz, mais atuais.
A parceria com o Clarin da Boa Vista, mais firme. As colocações do John Chair, reais.
Como não disse certa vez o ex-presidente FHC: "esqueçam o que escrevi".
Coerência demais é burrice, mas os princípios básicos são intocáveis.
Um abraço aos amigos declarados, aos amigos anônimos e aos não amigos anônimos, que continuam a ver arrogância e vaidade, onde não existem.
21.972 comentários foram publicados. No início, muitos, hoje poucos são moderados. Todos lidos.
Uma talentosa amiga jornalista itajubense, criou certa vez um interessante blog. Parou. Encontrando-a perguntei-lhe a razão. A sua resposta foi simples e direta.
- "estou começando a minha carreira. Não posso escrever tudo o que penso. Ainda tenho que bater em muitas portas."
Um velho blogueiro, espera ter poucas portas para ainda bater.
O nome do blog, como todos sabem, originou-se de um escrito do mestre Guimarães Rosa. Viver é Perigoso, continua sendo.
Um abraço,
 
Edson Riera

ESPERANDO


FUJA !

 
A queda mais dolorida da grande viagem é quando acontece de se cair na real. Muito pior do que sentir-se no chão. O ferimento não é físico. Sangra diferente, entristece, cala, leva aos lábios o meio sorriso, o olhar opaco e distante. Pelo menos uma razoável réstia de esperança: dali não passa. 
 
John Chair