terça-feira, 25 de agosto de 2015

O GRITO


Viver é Perigoso

VAIDADE I E VAIDADE II

 
 
A primeira providência dos administradores públicos, antes de assumir compromissos com novos investimentos, seria analisar profundamente o momento econômico do país e do mundo e as perspectivas. Qualquer dos observadores alunos do Grupo Escolar Rafael Magalhães, na Boa Vista, é claro, estão cientes, desde 2011, da aproximação da chamada "tempestade perfeita".
Pois bem, tudo indica que ela está chegando. Quando passará e o balanço das perdas são inimagináveis. No mínimo dois anos de orações.
O momento está a exigir uma aproximação direta e constante com as empresas instaladas na cidade, sejam elas filhas ou enteadas. Segurar e buscar a consolidação dos investimentos existentes. 
Um disparate o anúncio da construção de um Distrito Industrial Tecnológico da Prefeitura, vizinho de cerca (ou de muro de concreto) do Parque Tecnológico de Itajubá, coordenado pela Unifei.
No Parque Tecnológico, projeto amplamente discutido pela comunidade e que caminha com as dificuldades normais, já tem o reconhecimento e intervenções feitas pelos governos estadual e federal.
Por que um Distrito Tecnológico da Prefeitura, ou seja, nosso, ao lado de outro já planejado ? Vaidade I.
Parceria público privada ? 
Distrito Industrial II nas proximidades do Cemitério novo ? 70 lotes disponibilizados comercialmente através de uma possível PPP - Parceria Público Privada ? Pequenas empresas, por razões de custos, como transporte e alimentação de funcionários, por sobrevivência precisam ficar nas proximidades dos bairros. 
Vaidade II .
Seria tão difícil juntar forças e definir prioridades ?
É a vida...
 
Viver é Perigoso 

OS SILVA !


ASSIM CAMINHA A HUMANIDADE

Como, de passagem, citamos a admoestação feita ontem no ar, pelo Prefeito, no programa de entrevistas da JovemFM, publicamos abaixo a correção feita, de modo altivo, pela direção da emissora.
Ficou melhor para todo o mundo.

 "NOTA : ERRAMOS. Em nossa pagina do dia 19 de Agosto de 2015, noticiamos que “Com o novo aditivo , assinado por ambas as partes, no valor de R$ 38 916 reais, o custo até agora desta obra, atinge o valor de R$ 5 692 316 reais. “.
O correto é R$ 3 692 316 reais “ Um erro de digitalização, nota-se. Nossas desculpas pelo erro cometido. Registramos o alerta feito pelo Prefeito durante o Informativo de ontem , dia 24."
Site da Jovem FM

É a vida...

Viver é Perigoso

MOÇA BONITA

La Cardinale