terça-feira, 14 de julho de 2015

E AGORA ?

 
Pânico. Lula, Dilma e Ministros se reunem por quatro horas em Brasília. Preocupação geral. Empreiteiros que poderiam construir o túnel já foram presos antes.

Clarin da Boa Vista

RECADO DADO

 
A Prefeitura segue rápida na reforma do Centro da Cidade. Tão somente decorrido um ano e a cara nova começa a aparecer.
Muito interessante e criativo o tema da decoração do piso do calçadão. Cores sóbrias.
"Cada um no seu quadrado".
Entendemos e procuraremos ocupar o nosso.
É a vida...

Viver é Perigoso

PARA INGLÊS VER !


Ainda da Jovem FM:

"Por iniciativa do Vereador Robson Vaz de Lima, que assumiu seu lugar na Câmara. No dia 1º de Julho, a Câmara aprovou na sessão de ontem à tarde, por unanimidade, a convocação de uma Audiência Publica para que seja discutido o numero vereadores de preferência da população para as próximas eleições. Os números até agora discutidos são , 10, 11, 13 25 e 17."
 
Blog: Audiência Pública não adianta de nada. Na Câmara atual, excetuando os três mosqueteiros, Dr. Ricardo, Wilson e Santi, que agem de forma independente, os demais (sete) votam com o Prefeito.
E o Prefeito quer ou queria dezessete.
Dado o interesse da população, a audiência pública não deveria ser realizada no auditório da Câmara e nem tampouco no Ginásio Prof. Surica (antigo Tigrão).
Mais confortável seria a utilização do Campo do Yuracan.
 
Viver é Perigoso 

COLLOR - FIDELIDADE A FIAT


Com um amplo porta-malas de 610 litros até o teto, a Elba nunca chegou a ser um sucesso de vendas, mas traz na bagagem um fato importante da história do Brasil. Foi um dos estopins do impeachment do então presidente Fernando Collor, que tomou posse no dia 15 de março de 1990 com 35 milhões de votos. Um cheque vindo de uma conta fantasma de PC Farias, tesoureiro da campanha de Collor e organizador dos esquemas do ex-presidente, foi usado para comprar um Fiat Elba - e para reformar a Casa da Dinda, residência oficial do presidente. Quando essa prova foi obtida pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que cuidava do caso em 1992, a saída de Collor da presidência foi inevitável.
 
Os policiais federais que cumprem nesta terça-feira (14) mandados de busca e apreensão em nova fase da Operação Lava Jato apreenderam carros de luxo na Casa da Dinda, famosa residência do ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL).
Já foram levados uma Ferrari ( empresa da Fiat) vermelha, um Porsche preto e uma Lamborghini prata.
Collor, ex-ministros do primeiro governo Dilma Rousseff e políticos do PP foram alvos da operação Politeia, deflagrada nesta terça. São cumpridos 53 mandados de busca e apreensão em seis Estados, além do Distrito Federal.
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que o objetivo é garantir a apreensão de bens adquiridos com supostas práticas criminosas.
 
É a vida...
 
Viver é Perigoso

DONA MARISA !


VENDENDO O ALMOÇO PARA COMPRAR A JANTA

 
Deu no site da Jovem FM, que quando aborda questões locais é imbatível. Pena que quase sempre estão com os olhos voltados para o cenários afastados. Temos que sobreviver, você entende ?
Entendemos.
A Câmara Municipal na sua reunião de ontem aprovou por unânimidade mais uma "operação pendura" proposta pela Prefeitura Municipal. Autorizaram o Executivo a contratar um financiamento de R$ 6 milhões junto ao BNDES e a Caixa Econômica Federal.
A grana destina-se ao Programa “PMAT”, Programa de Modernização Tributária e da Gestão dos Setores Sociais Básicos da Prefeitura Municipal de Itajubá. O leal Prof. Ruy não compareceu (o jogo já estava ganho). O sempre lúcido Dr. Ricardo Mello, se posicionou contrário. 
Essa desgraça de contrair todos os empréstimos disponíveis no mercado ainda vem do tempo do Super Secretário Adilson Primo.
Têm dinheiro ? É carimbado ? Vamos buscar, depois a gente vê para que que serve. Operação PMAT ? Sabemos lá para o que serve. O importante é movimentar.
Pagar ?
A gente frita mais alguns bens públicos e tudo bem. 
Deu zebra ? O próximo prefeito eleito assumirá a responsabilidade.
Ah ! se formos reeleito diremos que recebemos uma herança maldita.
O povo não está nem aí.
É a vida...
 
ER