segunda-feira, 30 de março de 2015

ESTAMOS LASCADOS


BREAK POINT

 
Inúmeros questionamentos sobre as férias do Prefeito Rodrigo Riera. Férias existem para serem gozadas, embora muitos aproveitem para negociá-las e receber em dinheiro. Oportunidade para cobrir parte do rombo do orçamento. IPVA, IPTU, material escolar e festas do final de ano provocam estragos.
O cidadão tem o direito de fugir uns dias e gastar o que é seu, onde e como quiser. E como escreve sempre um comentarista, ponto !
O que às vezes pega é a ocasião e a publicidade em cima do fato.
Imaginem neste momento crucial ora atravessado pelo país ( tratar como momento é puro otimismo), a Dilma ou algum assessor de linha de frente tira uns dias para jiboiar em Miami ?
Nunca aconteceria.
Imagino que face a brusca (esperada) queda do mercado, as diretorias e rh´s das empresas estejam reunidas para cumprir a regra número 1 do capitalismo: Em caso de retração do mercado, imediato corte de pessoal.
As empresas da terrinha têm matrizes ou filiais em outras localidades e a discussão interna é de quantas cabeças e de quais unidades fabris elas rolarão.
Todos da comunidade sofrem as consequências. Desde o demitido e sua família, quanto o comércio e os serviços.
O que se espera das autoridades, no caso diretamente o Prefeito e Secretário da Indústria e comércio, neste momento ?
Que visitem as empresas, discutam, apelem, negociem, rezem, implorem, para que os inevitáveis cortes sejam feitos em outras bandas.
As coisas não serão fáceis. A Helibrás, segundo a imprensa, levando um sonoro cano de quase US$ 500 milhões do governo federal. A Mahle chateada com a dispensa de sua Fundação do importante projeto de reerguimento da nossa Santa Casa e pior, com o aterro da várzea que poderá provocar enchentes na sua fábrica.
Sei não, talvez do sol de Key Biscayne, das pancadas do Nadal, da tranquilidade e persistência do Djokovic e da técnica do Federer, venha a inspiração.
É a vida...

ER

TROMBADA DE FRENTE


Deu no Site da Jovem FM

"Verdadeira confusão aconteceu ontem domingo de Ramos. Como todos os anos, a tradicional Procissão do domingo de Ramos, que sai da manhã da Capela do Colégio das Irmãs em direção à Matriz, para a Missa das 9, deu de frente, neste ano, com os participantes da Corrida de São José, que também estavam na mesma rua , a Xavier Lisboa , correndo em direção ao Colégio das Irmãs, o que ocasionou uma verdadeira confusão com os fieis da procissão que estavam na mesma rua se dirigindo para a Matriz. Uma infeliz coincidência."

Blog: Demonstra a total falta de diálogo e coordenação na terrinha. Alguns caminhando em busca da salvação e muitos correndo atrás da glória.
É a vida...

ER