sexta-feira, 13 de março de 2015

PRÁ PENSAR

Dou por ganho todo o perdido
e dou por recebido o esperado
Dou por vivido todo o sonhado
e dou por sonhado todo o vivido.

Juan Gusmán Cruchaga

TUDO A VER COM A TERRINHA

Lógico que os jornais e rádio "desalinhados da linha de pensamento da atual administrãção" não irão avançar no assunto, mas a paralisação "da acidentada" construção do aeroporto da cidade não tem nada a ver com o Prefeito e sim com o petista, Deputado Ulisses Gomes.
 
Se não vejamos:
Os recursos para construção do aeroporto ( e outras obras em Minas) vêm do Governo Mineiro,  através de um empréstimo feito junto ao Banco do Brasil.
Ia bem até o BB suspender a liberação de parcelas do recurso ainda no final do governo passado. governo em meados .
O governo de Minas Gerais está até hoje sem receber um montante de R$ 1,079 bilhão do Banco do Brasil, recursos provenientes da contratação de duas operações de crédito do Estado com o banco público.
O imbróglio entre governo e Banco do Brasil teve início no segundo semestre de 2014, ainda na administração do ex-governador Alberto Pinto Coelho (PP), quando as últimas parcelas, no valor de R$ 453,7 milhões e R$ 625,4 milhões, de dois empréstimos contratados em 2012 e 2013, deixaram de ser depositadas nos cofres do Estado. “Com esse descumprimento, dezenas de obras de infraestrutura tiveram de ser paralisadas, porque as construtoras não foram pagas”, lembrou a fonte.
Sem explicar o motivo do descumprimento do repasse, o Banco do Brasil teria negociado o depósito para depois das eleições de 2014. Com a eleição de Fernando Pimentel (PT), novo calote foi dado.
Em novembro, representantes do governo anterior entraram na Justiça para cobrar a transferência e obtiveram decisão favorável em primeira e segunda instâncias. 
O Tribunal de Justiça determinou prazo até 23 de dezembro para a liberação do recurso, o que não foi cumprido novamente”, disse a fonte. Foi então que o Estado entrou com uma ação pedindo multa por dia de descumprimento de, no mínimo, 1% do valor total a liberar, aplicada por cada dia de atraso do pagamento. 
O repasse deveria ter sido feito em agosto do ano passado. Parte dele seria para o pagamento de empreiteiras, por diversas obras de infraestrutura, que somam cerca de R$ 500 milhões, o que não aconteceu até hoje. O restante, seria para despesas diversas do governo, como saneamento, habitação e projetos de segurança pública.
No entanto, a ação movida pelo Estado no ano passado, que obriga o banco a cumprir o repasse contratado e a multa, foi suspensa este ano pelo novo governo.
O atual governo, segundo o Processo Nº 3054179-30, mesmo com dificuldades financeiras já anunciadas, no dia 7 de janeiro, encaminhou  pedido, por meio da Advocacia Geral do Estado, de suspensão da ação movida contra o Banco do Brasil e do pedido de multa.
Conclusão óbvia:
Pura jogada política.
Eles brincam e nós Ó.
 
Viver é Perigoso
 

GUARDA INFIEL

 
O juiz Flávio Roberto de Souza, afastado de suas funções como titular da 3ª Vara Federal Criminal e do caso do empresário Eike Batista.
O magistrado confessou à Corregedoria Regional do Rio ter desviado o equivalente a mais de R$ 830 mil, em moedas estrangeiras, apreendidos pela Justiça em processo criminal por tráfico internacional de drogas.
O juiz desviou mais R$ 290,5 mil, relativos a esse mesmo processo e que estavam depositados na Caixa, informou ontem a Procuradoria Regional da República (PRR) da 2ª Região.
No total, o valor escamoteado supera R$ 1,12 milhão.
 
Viver é Perigoso

OUTROS TEMPOS

 
Nos antigamente, numa sexta-feira 13 da quaresma, saiam mula sem cabeça, lobisomem, fantasmas, zumbis e outros bichos. Nos tempos modernos saem o MST, CUT e outros bichos.

Clarin da Boa Vista

NOS ENCONTRAREMOS LÁ !

 
1 – Bandeiras de partidos políticos e outras organizações ligadas aos mesmos não são bem-vindas.
 
2 – A marcha é do povo, e ninguém a utilizará para autopromoção.
 
3 – Se você vir qualquer movimento ou atitude suspeitos, utilize a melhor arma que tem para isso: seu celular. Filme tudo e entregue o arquivo para a organização do ato, a fim de que providências legais sejam tomadas.
 
4 – Se surgir qualquer foco de violência ou vandalismo contra o patrimônio público ou privado, todos deverão sentar-se até que os policiais que farão a escolta, fardados ou à paisana, capturem o meliante.
 
5 – Se houver provocações oriundas de qualquer grupo estranho ao ato, apenas ignore. Eles estão desesperados, pois tudo o que construíram está ruindo. Nós somos a ameaça aos seus interesses escusos. Somos o golpe de misericórdia contra o PT.
 
6 – Atenção às mensagens que serão enviadas do carro de som!
 
7 – Evite roupas vermelhas ou pretas. Elas lembram o PT e os black blocs. Não compareça ao evento com camisetas que façam alusão a partidos políticos.
 
8 – Verde e amarelo são as cores ideais para o dia de indignação. Pinte o rosto!
 
9 – Confeccione faixas e cartazes. Leve bandeiras do Brasil, nariz de palhaço, cornetas, apitos, faça barulho! Leve também balões azuis, amarelos e verdes. Vamos chamar atenção para nossa causa.
 
10 – Durante a marcha, fique atento às palavras de ordem que serão estimuladas pela organização! Nada de coros que não são pertinentes ao ato. Lembre-se: você está nas ruas para reivindicar direitos.
 
11 – A Polícia é nossa amiga. Gente ordeira e trabalhadora não teme aqueles que nos protegem. Eles estarão presentes para garantir que tudo corra bem. Não trate esses bravos servidores públicos de forma hostil.
 
12 – Convide amigos e vizinhos. Vá com sua família ao ato! Ensine seus filhos desde pequenos que política é algo bom e deve ter à frente pessoas de bem. Estimule-os a fazer parte da história e não apenas a vê-la passar. Um povo que luta por seus direitos e participa é respeitado por seu governo.
 
13 – Respeite os veículos que se aproximarem da marcha. Não bata nos vidros, tampouco na lataria dos carros. Não jogue lixo no chão. Recolha papéis e outros objetos e deposite em lixeiras. Somos civilizados.
 
14 – Permaneça no roteiro da marcha. A intenção é mostrar nossa força, não travar o trânsito.
 
15 – Se chover, vá mesmo assim! Leve seu guarda-chuva, mas não deixe de comparecer. Não somos feitos de açúcar. Temos força e raça! Nada impedirá nossa luta pelo Brasil que queremos!
 
16 – Caso alguém passe mal no evento, forneça ajuda e contate a organização.
 
17 – Qualquer crítica ou sugestão serão bem-recebidas por aqueles que organizam o ato.
 
18 – Leve água para se hidratar durante o percurso. Respeite crianças e idosos.
 
19- Desejamos uma ótima marcha a todos!!
 
Vamos Prá Rua no Domingo
 
Viver é Perigoso

UFA ! AINDA EM TEMPO


Resolvida a longa discussão sobre a maneira correta de colocar o rolo de papel higiênico. Prevaleceu o definido pela patente de 1891 do empresário de Nova York Seth Wheller, da Albany Perforated Wrapping Paper Company.
 
El Huffington Post

RECOLHAM AS CRIANÇAS - HOJE ELES SAEM