quinta-feira, 12 de março de 2015

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
Nihil agis, nihil moliris, nihil cogitas, quod ego non modo non audiam sed etiam non videam plane que sentiam"
Cícero
 
"Nada fazes, nada tramas, nada pensas, que eu não não ouça, mas também não veja e perceba integralmente"

Viver é Perigoso

LIVRO, PRESENTE DE AMIGO

 
"Tudo ou Nada" - Malu Gaspar - Editora Record - 545 páginas.
Sobre a ascensões e quedas do empresário Eike Batista e de seu grupo X, mas também sobre o Brasil dos últimos 20 anos.
Trabalho brilhante, texto impecável. Reportagem definitiva sobre o assunto.
Como dizemos em Minas, "um negócio de louco".
Os números são assustadores.
Um daqueles livros que você começa a ler e só larga quando acaba.
Não sentirão pena de ninguém, muito menos do Eike Batista, que chegou a ser considerado, pela Forbes, o 7º homem mais rico do planeta. E era verdade.
Talvez um pouco de dó dos anônimos e incautos acionistas que buscarão bons resultados na Bolsa.
Para se ter uma ideia do tamanho do "buraco", só para ajudasse o Fundo Árabe Mubadala, que emprestou US$ 2 bilhões para as empresas X a  agilizar a transferência dos ativos de suas empresas para oa árabes, Eike negociou com eles uma compensação de US$ 5 milhões por mês durante os próximos três anos.
Leitura obrigatória para entender os dias de hoje.
ER

MOÇA BONITA


FINAL DOS TEMPOS


ENTÃO SAI PÔ !


"Nós esgotamos todos os nossos recursos de combater a crise".

Dilma

Clarin da Boa Vista

NO LIMITE !


PEQUENOS DETALHES


Está escrito no site da Prefeitura:

"...A Prefeitura Municipal de Itajubá reconhece que a população tem o direito de receber cultura, esporte e lazer, e o Município tem o dever de contribuir com a sua parcela nesse caminho. Mas, em um cenário de crise, é necessário priorizar. Sendo assim, a Administração 2013-2016 vem buscando alternativas, esclarecendo que os investimentos nas áreas da cultura, esporte e lazer não serão suspensos, tanto que continuam em andamento as obras do Teatro Municipal de Itajubá, um centro de cultura que será referência para a cidade e a região, e a municipalização do Itajubá Tênis Clube (ITC), transformando-o em um Centro Olímpico para a prática de esportes e de atividades físicas, que serão oferecidas gratuitamente à população itajubense. São duas atividades marcantes na área da cultura e do esporte e lazer que sinalizam a tendência da Prefeitura de investir nessas áreas. "

Blog: Não custa nada ser claro e correto. O Teatro Municipal de Itajubá já foi inteiramente pago. A empresa proprietária da Cabelauto está construindo o teatro em troca de ter recebido o prédio da Cabelte para a expansão industrial do Grupo.
Por favor Caro Solano (se o blog também não estiver no Index) esclareça se a atual Administração está investindo, além da cessão do imóvel (Cabelte) para o grupo empresarial.
Caso estejamos enganados esclareceremos em letras garrafais. Admitir não diminuirá em nada a criatividade e solução encontrada.
Quanto aos investimentos no Centro Olímpico (muito bem vindo por sinal), que investimentos ?
Pessoal, atentem bem que os tempos estão mudando.
ER 

NO PRÓXIMO DOMINGO

Vem prá rua rua você também, vem.

Sponholz

Viver é Perigoso