terça-feira, 27 de janeiro de 2015

BEAU GESTE


Leio no site da Prefeitura que o Prefeito Rodrigo Riera, num "Beau Geste", recusou o aumento em seu salário aprovado pela Câmara Municipal. 
Segundo ele, o salário está ficando muito alto, por isso ele acha desnecessário e vetou o aumento.
É pouco mas já é alguma coisa.
O assunto nos leva de volta ao passado com um acontecimento parecido. Numa de suas campanhas para a prefeitura, o Sr. BPS prometeu abrir mão dos seus salários. Não me recordo dos detalhes. Um cidadão ou um partido político questionou judicialmente a promessa do então candidato.
O processo foi andando lentamente, como sempre, na justiça.
Na eleição seguinte, com o Sr. BPS novamente candidato, a justiça se pronunciou e às vésperas do pleito a sua candidatura foi impugnada ou coisa assim, assumindo a candidatura o seu candidato a Vice.
Como não entendo nada do assunto...
Esse negócio de abrir mão de salários, por incrível que pareça, parece não ser tão fácil.

ER

APERTEM O CINTO


Deu no G1 :

Números divulgados pelo Ministério do Trabalho mostram que, das maiores cidades do Sul de Minas, Varginha foi a que mais gerou empregos em 2014.
Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados,, 801 pessoas entraram no mercado de trabalho.
A cidade da região com o melhor saldo foi Extrema, com 844 novas vagas.
 Das maiores cidades da região, Poços de Caldas teve um saldo positivo de 158 empregos e Passos um balanço positivo de 688 vagas.
Apenas Pouso Alegre teve saldo negativo: 293 vagas a menos.
Blog: Não foi mencionado o desempenho da terrinha, mas fontes não oficiais adiantam que o saldo foi negativo: 210 vagas a menos. Confirmado, estamos lascados.

ER

ENTREVISTAS OFICIAIS


O site da Prefeitura anuncia as entrevistas oficiais da semana. Logicamente, nas rádios Itajubá AM e Futura FM, já que ninguém é louco de enfrentar perguntas não combinadas.

- 3ª feira (27/01/2015): Vereador Fernando Gonzaga (PMDB). Rádios/horários: Rádio Itajubá AM – 8h30 e Futura FM – 11h30. 

- 4ª feira (28/01/2015): Antonio Rosa (Secretaria Municipal de Defesa Social) e Wilson Everton Ferreira de Farias (Diretor da Junta Administrativa. Recursos de Infrações - JARI). Rádio Itajubá AM – 8h30 e Futura FM – 11h30. 

- 5ª feira (29/01/2015): Vereador Sebastião Silvestre (PMDB). Rádios/horários: Rádio Itajubá AM – 8h30 e Futura FM – 11h.


Enquanto isso continuam sob censura a Rádio Jovem FM e os jornais "Jornal da Cidade" e "O Sul de Minas".

Muito embora sejam dedicadas a tecer louvores, as entrevistas não terão fundo religioso. Os louvores serão obrigatoriamente terrenos.

Retrocesso puro.

ER

ACHO QUE MORRI


“Acho que morri.” Esta a curta frase eu disse para a minha assessoria, próximo ao final do mês de dezembro passado, no fim de 2014. Desde a primeira legislatura de que participei como deputado federal, em 1999, sempre no final do ano recebia enxurradas de cartões de feliz natal e próspero ou bom ou feliz ano novo. Este tipo de cartão e cumprimento recebia inclusive de alguns adversários, às vezes até inimigos políticos.
Também recebia rios de agendas e calendários e inúmeras lembranças e lembrancinhas. As agendas e calendários eram tantas que não sabia o que fazer. Saía distribuindo, mas nem todos queriam. Muitas, para não ter outro destino, viravam ‘caderno’ de anotações. .
Mais raramente, recebia também uma ou outra cesta de natal, chocolate, ou garrafa de vinho. Mas o que mais gostava de receber eram livros e CDs. Recebi ao longo da minha vida de parlamentar excelentes livros e raros CDs, e muitos deles guardo como relíquias. Dentre os CDs há uma caixa que contém todas as gravações de Clementina de Jesus.
Todas estas lembranças, lembrancinhas, presentes e cumprimentos eram oferecidos por empresas, ONGs, sindicatos e detentores de algum poder ou mandato como deputados, ministros, prefeitos, senadores e até vereadores. Toda esta lista de “presentes” o inocente pode imaginar que é dado de coração ou por verdadeiro desejo que realmente tenha um feliz natal e um bom ano novo. Não é bem assim.
A maior parte dos “presentes” é oferecido por interesse. Uma pequena parte dos presentes é dado de coração, reconhecimento e respeito.
Acho que morri e foi de morte matada. Tenho absoluta certeza de que não foi suicídio.
Cheguei a essa conclusão porque no final do ano passado não recebi a enxurrada de cartões e tampouco os rios de agendas e calendários. Não chegou a meia dúzia de livros, uma garrafa de vinho e nenhum CD. Recebi uma cesta de natal (de coração) de uma amiga.
Isto demonstra que a maioria dos presentes, lembranças e lembrancinhas que os portadores de mandatos recebem é por interesse. Como não fui candidato​ à​ reeleição e fiquei sem mandato, me mataram.
Dr. Rosinha - Deputado Federal PT - Paraná
(recortes de publicação no Congresso em Foco)
ER

NY HOJE !


"O CARA DE PAU"


"Em encontro com militantes petistas na noite desta segunda-feira, o ex-ministro Gilberto Carvalho saiu em defesa do ex-ministro José Dirceu. Citado recentemente na Operação Lava Jato e condenado na AP 470, ele afirma que as acusações contra Dirceu seriam uma tentativa da oposição de criminalizar o partido e impedir a volta de Lula em 2018.
“Eles querem nos levar para as barras dos tribunais. O envolvimento do Zé (Dirceu) agora de novo é tudo na mesma perspectiva. E a leitura que se impõe diariamente na cabeça do nosso povo é essa de que a corrupção nasce conosco e por isso não temos condição de continuar governando o país”, disse.
“Tem uma central de inteligência disposta a fazer o ataque definitivo ao Partido dos Trabalhadores e nosso projeto popular. Não vamos subestimar a capacidade deles para nos criminalizar, nos identificar com o roubo, para nos chamar de ladrão, para tentar impingir em nós uma separação definitiva em relação à classe média, para tentar nos isolar e inviabilizar em 2018 a candidatura do Lula, seja politicamente, seja judicialmente”, acrescentou.
Quanto ao suposto conluio de empresas para desviar dinheiro público, ele afirmou que “são empresas que se unem e corrompem funcionários de uma estatal para auferir lucros, fazer lavagem de dinheiro. A contribuição política é apenas um pequeno capítulo do grande crime que é todo o processo do acerto entre as empresas que fazem seu cartel, como fizeram no metrô em São Paulo e fazem na Petrobras”, disse."
247
Blog: O Gilbertinho, homem de confiança do Lula foi alojado num emprego de 45 mil mensais. Está ciscando mais do que pintinho no lixo.
ER

BOLSA FAMÍLIA?

Sobre reeleições - Fazer caridade com o dinheiro público é uma forma de manter a dependência das pessoas ao invés de proporcionar a autonomia. Manter a dependência cria um vinculo aterno que que se traduz em votos nas próximas eleiçoes
 
Célia Rennó e Leandra - Jovem fm
 
Blog: Curiosidade : mais ou menos com o bolsa família. 
 
ER

MOÇA BONITA

Dira