terça-feira, 30 de junho de 2015

O GRANDE BEIÇO !



 
 
PROJETO DE LEI 4065/2015

Autoriza o Poder Executivo a conceder o direito real de uso de bem imóvel municipal para implantação do Parque Municipal
Art. 1º

Fica o Poder Executivo autorizado a conceder direito real de uso de bem público municipal, qual seja, terreno com área de 120.187,00 m², imóvel com origem no livro 02, sob a matricula nº 40.250, de 12 de novembro de 2013, localizado no prolongamento da Avenida Dr. Jerson Dias, Bairro Estiva, Itajubá/MG, em favor de pessoas jurídicas de direito privado, selecionadas na forma da legislação vigente, destinando-se a implantação do Parque Municipal.
 
Blog: Seguindo uma oportuna observação de um comentarista no "viver é perigoso", tomamos conhecimento do texto do Projeto de Lei 4065/2015 no site http//consultaitajuba.siscam.com.br .
A leitura foi indo bem até chegar nas "justificativas". Abusaram do azeite e a maionese desandou de vez.
Não entendi nadica de nada. Um amontoado. Um texto que seria assinado de pronto pela Dilma na fase atual.
A Câmara Municipal aprovou em primeira votação o tal Projeto (Até aí nenhuma novidade). Rogo aos leitores do blog, com ciência suficiente e capacidade de percepção extra-sensorial, que traduzam o negócio.
Independentemente, aborda o grande beiço que a terrinha levou (diga-se, na administração anterior).
 
ER




ENQUANTO ISSO...

 
 
 

NADA A VER !

Ontem, na Reunião Ordinária da Câmara Municipal, foi aprovado em segundo e último turno o Projeto de Lei 4054, de autoria do Vereador Joel da Guadalupe, que reserva aos negros 20% das vagas oferecidas nos concursos públicos para provimento de cargos efetivos no âmbito da Administração Pública, direta e indireta, no Município de Itajubá.

Na mesma reunião os Vereadores despediram do colega Sr. Orlando, que deixa o cargo para posse do titular Robson Vaz.
 
Blog: Continuamos contrários ao estabelecimento de cotas. Legalizam a discriminação.
 
ER

 

CANTINHO DA SALA

Hundertwasser

segunda-feira, 29 de junho de 2015

MOÇA BONITA


SUBINDO A RAMPA


MUDANÇA !

 
Nossos observadores anônimos confirmam que o Secretário da Educação, Robson Vaz comunicou à Câmara Municipal que reassumirá no dia 1 de julho o seu cargo de vereador.
O cargo de vereador lhe pertence. Foi lhe  concedido pelo resultado das urnas. O cargo de Secretário da Educação pertence ao Prefeito.
Ou foi uma estratégia do  prefeito reforçar a defesa de sua administração junto ao legislativo ou aconteceu algum desgaste entre eles.
O Robson foi um dos melhores vereadores da administração passada, senão, o melhor. Cumpriu sua função de fiscalizar a administração do Prefeito Jorge.
Hoje a história é outra.
Atentem para o nome do novo Secretário(a) da Educação.
Veremos.

ER

BATENDO NA PORTA ERRADA

 
Deu no jornal "O Sul de Minas"  que as entidades, CDL - Câmara de Diretores Lojistas, ACIEI, Lions, Sindicato do Comércio e Simmmei, se manifestaram contra o projeto de lei que aumentou o número de vereadores dos atuais 10, para 17.
Enviaram cartas para ao Presidente da Câmara pleiteando que a questão seja rediscutida. A preocupação de todos é com o aumento de custos. 
A "Tranparência Itajubá" desde a apresentação do mencionado tem-se postado veementemente contra.
Interessante a manifestação das entidades itajubenses em assunto de interesse geral.
Mas, e eles sabem disso, encaminharam a manifestação para a pessoa e endereço errado.
Todos, inclusive os alunos do extraordinário Grupo Escolar Rafael Magalhães, situado na Boa Vista, é claro, sabem que 7 vereadores (sempre os mesmos) votam com o Prefeito.
Jamais, em momento algum, tomariam alguma posição que não fosse em obediência, leal, sincera e fiel, as determinações do Executivo.
Então...não adianta.
Que montem uma comissão e roguem por uma audiência com o Prefeito para a exposição de suas preocupações.
Dica: Na ocasião, alertem ao Prefeito que será muito mais difícil e custoso controlar 17 do que 10.
Ah ! Não incluam ninguém da Transparência Itajubá na Comissão. Se tal acontecer a reunião corre o sério risco de não acontecer.  
 
ER  

domingo, 28 de junho de 2015

sábado, 27 de junho de 2015

SELEÇÃO PARAGUAIA


Dunga e os onze anões.

Clarin da Boa Vista

SINAIS DOS TEMPOS

 
Aos domingos era sagrada a visita a minha Avó, Dona Maria Virgínia. Morou sempre no Morro Chic, na última casa da Rua Quintino Bocaiúva.
Não faltava os losangos de doce de leite com côco, formatados sobre o granito da pia e na saída, a leitura de um versículo da Biblia, sábios conselhos e uma curta e direta oração, agradecendo a vida e pedindo orientação de Deus.
Entre um docinho e outro comentavam-se os últimos acontecimentos da cidade, do país e do mundo.
Face aos tímidos acontecimentos de então, a Dona Virgínia comentava:
Meu filho, estamos assistindo o final dos tempos.
Tenho dificuldades de imaginar qual seria o comentário da minha Avó nos dias de hoje.
Princípios básicos nos foram ensinados e são inegociáveis. Independem de evolução ou involução. Um deles, dentre outros considerados pétreos, é respeitar a opinião dos outros.
Outro deles é lutar para que o nosso pensamento e posição também seja respeitado.
Tenho procurado segui-los.
Não tem sido fácil. De uma coisa tenho certeza: Mesmo hoje, os nossos pontos de vista seriam convergentes.  

Viver é Perigoso

POIS É...


Há séculos, na Boa Vista, é claro, quando as pessoas se encontravam era costume indagar:
Tudo azul ?
A confirmação significava que tudo corria bem. Com a saúde, com os negócios e com a família. Hoje, será tomado como um atraso não responder a indagação com um caprichado "tudo colorido".
É a vida...

Viver é Perigoso

sexta-feira, 26 de junho de 2015

VIDA NOVA !

O diário esporádico,  "Clarin da Boa Vista" assume o compromisso de publicar, como manchete, com todo o destaque possível, as cartas dirigida ao PT, por cidadãos da terrinha, solicitando o  desligamento do partido, considerando que a entidade fugiu completamente dos príncipios básicos imaginados quando de sua criação.
O gesto será considerado como uma "delação premiada", sem a delação, exceto pela carta, com todos os benefícios inerentes do instrumento jurídico.
Não caberão mais críticas, responsabilizações e penalidades.
E mais, se o cidadão se apresentar como candidato(a) a um cargo público nas próximas eleições, por um novo partido, o seu passado político não será mencionado.  
 
Clarin da Boa Vista

FAZ DE CONTA QUE O PROJETO ERA ESSE.

 Continua faltando ao administrador público um mínimo de humildade. 
Aconteceu na reforma da Ponte Tancredo Neves. Uma boa e necessária ação com o alargamento da passagem de pedestres.
Por falta de experiência e planejamento erraram feio ao imaginar que encontrariam facilidade na retirada de parte do antigo passeio. Tentaram com britas e não conseguiram. Pensaram em nivelar o piso de rodagem com uma grossa camada de asfalto. Ideia eliminada pelo excesso de peso.
Não iremos falar do famoso Bellini (poste da cemig não retirado da passagem de pedestres).
Pensaram, pensaram e resolveram apelar para a última alternativa sobrevivente:
Juntar o teimoso passeio com a pista lateral construída. Justificativa: passagem para bicicletas.
Lógico, que mais recursos foram gastos.
Acontece.
Mais daí noticiar que tudo foi planejado seria considerar todos nós uns bobos e desinformados. 
Seria um gesto de grandeza admitir mais essa "pisada de bola". Ficaria bom.
Leiam a nota da Prefeitura sobre a intervenção.

"A Ponte da Avenida (Tancredo Neves) é uma das pontes de maior movimento sobre o Rio Sapucaí e também um dos principais acessos à Itajubá para quem vem da Rodovia BR-459. Para melhorar a segurança dos pedestres, a Ponte foi alargada e está sendo preparada para receber uma ciclovia.
A Prefeitura Municipal de Itajubá, por meio da Secretaria Municipal de Obras (SEMOB), retirou os guarda corpos (corrimão para proteção) internos das passarelas, que foram realocados na extensão da antiga calçada da ponte.
O projeto, visa a transformação da calçada em uma ciclovia, favorecendo assim o fluxo de ciclistas no local. Antes da obra, pequenos acidentes eram frequentes no local, pois a passarela era estreita e não comportava o fluxo de pedestres, veículos e ciclistas que passam sobre ela
. "

Viver é Perigoso

quinta-feira, 25 de junho de 2015

VENDE-SE !



Área do terreno: 75.774 m2
Área construída: 14.748 m2
 
Nada mais triste para uma cidade que o encerramento das atividades de uma unidade industrial. Empregos e arrecadação vão se embora.
A PK Cables do Brasil Indústria e Comércio Ltda colocou o seu prédio à venda.
Interessado ? Fale com a Herzog - Imóveis Industriais e Comerciais - Tel (011) 3089-7477
No local já funcionou a ESKA, Hora Minas e a AFL, que pela participação intensa na comunidade chegou a ser chamada da 2ª prefeitura da cidade. Bons tempos.
Sinal dos tempos complicados para a industria automobilística. O município já foi devidamente ressarcido por eventuais investimentos feitos como incentivo no passado. Trata-se de um bem privado e ponto.
Poderia sim, ser adquirido pela prefeitura e transformado num centro de exposições e eventos da cidade. Mas como, se alguns importantes imóveis pertencentes ao povo estão sendo passados "no cobre" para fazer caixa ?
Poderia ser um atrativo para trazer e instalar na cidade uma outra indústria. Como, no meio da crise ?
Puxa um outro assunto. Li há pouco tempo no Jornal Itajubá Notícias uma nota da PMI comunicando a desapropriação do prédio da antiga Alteco, às margens da BR-459. Em princípio imaginei tratar da instalação de uma das empresas sempre anunciadas pela atual administração.
Esta semana fiquei sabendo que foi adquirida por um investidor local.  Teria a Prefeitura adquirido o imóvel através de desapropriação e revendido como negócio ? Não. Dizem que o processo de desapropriação foi cancelado.
Explicação e justificativas ?
Na terrinha perguntar e buscar esclarecimentos sobre coisas públicas virou pecado mortal. Nossas autoridades não acompanham os acontecimentos que vêm balançando o país.
Questionamento pelos vereadores ? Exceto por dois últimos moicanos, creio que tentam buscar algum espaço nas suas repletas agendas programadas de améns. 
Esquecem que o melhor desinfetante continua sendo a luz do sol.
Voltando a PK Cables, nossas autoridades lutaram pela manutenção das atividades da empresa na cidade ? Creio que não, uma vez que tomaram conhecimento do desenlace como nós. Pela manifestação de desespero do Sindicato dos Metalúrgicos.
Finalizando, atentem para o texto repleto de perguntas. Razão: Não esquecer de como fazê-las.
 
ER 


MULHER SAPIENS


A QUALQUER MOMENTO


Fortes indícios dão conta da possível prisão de um graúdo da República. Atentem: A Polícia Federal no Paraná, antes da prisão de empresários e políticos, providenciou generoso estoque de livros para que, através da leitura, o tempo passado na prisão pelos acusados de corrupção fosse amenizado evitando depressão, etc.
A PF adquiriu ontem em Curitiba, grande quantidade de cadernos de pintura e caixas de lápis de cor. Aguardem.

Clarin da Boa Vista

PODERÍAMOS PASSAR SEM ISSO

 
A Polícia Federal cumpre nesta quinta-feira (25) mandado no apartamento do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, no bairro da Serra, em Belo Horizonte.
As buscas, feitas no âmbito da operação Acrônimo, foram autorizadas pelo STJ (Superior Tribunal de Justiça). Por volta das 7h30, a reportagem do Valor flagrou dois automóveis da PF estacionados em frente ao imóvel de Pimentel.
A investigação corre sob sigilo porque envolve suspeitas de irregularidades na campanha do governador de Minas Gerais. O inquérito apura lavagem de dinheiro e a origem de cerca de R$ 100 mil encontrados em um jatinho no aeroporto de Brasília no ano passado. São investigados desvios de verbas em contratos com o governo federal de 2005.
Há três semanas, a PF prendeu o empresário Benedito Rodrigues Oliveira Neto, o Bene, próximo do governador Pimentel.
 No dia 29 de maio, agentes federais cumpriram mandado de busca no apartamento da primeira-dama de Minas, Carolina de Oliveira, em Brasília.

Uol

Blog: Sinceramente, não podemos congratular com essa ação da Polícia Federal. Afinal, trata-se do governador de Minas Gerais. Tudo bem que seja do PT,mas é o nosso governador dos mineiros, muito embora tenha perdido as eleições em Itajubá.
Faz lembrar do dito popular:
"Não vai ganhar as eleições. Se ganhar não toma posse. Se tomar posse não termina o mandato."
É a vida... Capaz de sobrar para o Odair Cunha e para o Ulisses.
 
ER

O BILHETE


quarta-feira, 24 de junho de 2015

QUESTÃO DE CARÁTER

 
A jornalista Cora Rónai, viúva de Millôr Fernandes, conta uma história exemplar, um ótimo exemplo para situações como as de hoje. Certa vez, ela e Millôr passaram o fim de semana em Salvador, num ótimo hotel. Na saída, o hotel informou a Millôr que ele não precisaria pagar nada, porque a Odebrecht tinha acertado tudo, em cortesia. Millôr, rápido, recusou com a mesma cortesia: "Sinto muito, não posso aceitar. Nós viemos pela Mendes Jr".
 
Brickmann

E VIVA A MANDIOCA !


TUDO COMO DANTES


Cinco dias sem acesso ao rádio, televisão, jornais e internet. Na volta a constatação do quase tudo na mesma.
Primeira grande preocupação para quem, pelo menos de ouvir falar, acompanha há décadas os acontecimentos. Um desastre leva um cantor conhecido nacionalmente que não eu não conhecia. 
 
É a vida...

ER

MOÇA BONITA

Laura

sábado, 20 de junho de 2015

quinta-feira, 18 de junho de 2015

QUEREM MAIS 2 ANOS !

Sem alarde, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) faz lobby no Congresso a favor da prorrogação dos mandatos dos atuais prefeitos por mais dois anos. Num instante em que os congressistas deliberam sobre a reforma política, a entidade envia mensagens para os deputados.
No texto, lê-se o seguinte: “Deputado(a), apoie os prefeitos aprovando a coincidência de mandatos e a prorrogação do mandato dos prefeitos até 2018.” Subscreve a mensagem Paulo Ziulkoski, presidente da CNM.
Pela fórmula proposta, as eleições de 2016, convocadas para preencher os cargos de prefeito e vereador, seriam postergadas para coincidir com o pleito de 2018, quando o eleitor irá às urnas para escolher o presidente da República, os governadores, os deputados federais e estaduais, além de parte dos senadores.
Supremo paradoxo: a confederação dos municípios leva a Brasília marchas anuais de prefeitos. Enrolados na bandeira da reforma tributária, esses gestores municipais queixam-se da falência dos municípios. Ainda assim, pedem mais dois anos de mandato. De duas, uma: ou são masoquistas irrecuperáveis ou patriotas incorrigíveis.

Josias de Souza

quarta-feira, 17 de junho de 2015

É A VIDA...


"...Reuniu suas forças e pegou pela primeira vez seu pai no colo.
Colocou o rosto de seu pai contra seu peito.
Ajeitou em seus ombros o pai consumido pelo câncer: pequeno, enrugado, frágil, tremendo.
Ficou segurando um bom tempo, um tempo equivalente à sua infância, um tempo equivalente à sua adolescência, um bom tempo, um tempo interminável.
Embalou o pai de um lado para o outro.
Aninhou o pai.
Acalmou o pai.
E apenas dizia, sussurrado:
— Estou aqui, estou aqui, pai!
O que um pai quer apenas ouvir no fim de sua vida é que seu filho está ali. "

Fabrício Carpinejar (trecho) - Post Paulo Leão

Viver é Perigoso

SÓ BLUES


CHRISTIANE RIERA


Saiba um pouco mais sobre Christiane Riera, que tomou o barco em 11 de maio de 2012.  

Christiane Riera foi dramaturgista com Mestrado e Doutorado em Dramaturgia e Crítica Dramática pela Yale University/Yale School of Drama, onde defendeu sua tese sobre o processo colaborativo em grupos de teatro brasileiro contemporâneo, com foco no Teatro da Vertigem e na Companhia do Latão.
Formada em Letras e mestre em Teoria Literária e Literatura Comparada pela Universidade de São Paulo (USP), onde concluiu sua tese sobre Nelson Rodrigues, sob orientação do Prof. Roberto Ventura, fazia seu Pós-Doutorado no Departamento de Cinema da ECA/USP com um projeto de pesquisa em dramaturgia para o cinema sob a supervisão da Profa. Dra. Esther Hamburger.
Passou sete anos nos Estados Unidos, estudando e trabalhando com teatro. Foi crítica colaboradora do jornal The Village Voice, em 2001. Naquele mesmo ano, foi freelancer como consultora em dramaturgia avaliando textos teatrais para o The New York Theater Workshop. Naquela época, já havia trabalhado por três anos como consultora para o Yale Repertory Theater e estagiado no The Flea Theater, em TriBeCa.
Sua experiência em montagens como dramaturgista inclui "O Misantropo", dirigida por Lisa Channer; "Tango Palace", dirigida por Miranda Hoffann; "O Doente Imaginário", dirigida por Mark Rucker; "Macbeth", dirigida por David Kennedy, e "Crumbs from the Table of Joy", dirigida por Seret Scott.
De volta ao Brasil, trabalhou por quatro anos como consultora de roteiros para a produtora de cinema Gullane Filmes, desenvolvendo projetos de longa-metragem com os diretores Cao Hamburger, Laís Bodansky, Heitor Dhalia e Carlos Cortez. Ainda nessa produtora, coordenou os oito primeiros episódios da série "Alice", para a HBO, sob a direção de Karim Aïnouz e Sérgio Machado. Naquela época, também traduziu e produziu, ao lado de Maria Luísa Mendonça, o espetáculo "Essa Nossa Juventude", do dramaturgo americano Kenneth Lonergan, que obteve duas indicações para o prêmio Shell.
Depois de trabalhar como consultora de dramaturgia no roteiro do longa "O Jardineiro Fiel", dirigido por Fernando Meirelles, foi convidada para coordenar o departamento de desenvolvimento de projetos da produtora O2 Filmes num acordo de co-produção com a Focus Features/Universal Studios. Exerceu essa função por três anos, até agosto de 2009, e teve a oportunidade de avaliar centenas de roteiros e coordenar a dramaturgia de vários longas-metragens.
Ainda na O2 Filmes, desenvolveu os episódios para a segunda temporada de "Os Filhos do Carnaval", com a roteirista Elena Soarez e o diretor Cao Hamburger, e também para a segunda temporada de "Antônia", série em co-produção com a TV Globo, sob a coordenação de Jorge Furtado.
Ainda para O2, coordenou o desenvolvimento da série em co-produção com a HBO “Destino SP”, atualmente em produção, com direção de Fabinho Mendonça e Alex Gabassi.
Colaborou criticamente com inúmeros profissionais brasileiros, entre eles os roteiristas Marçal Aquino, Fernando Bonassi, Bráulio Mantovani, Elena Soarez, Anna Muylaert, Patrícia Andrade, Victor Navas, Luiz Bolognesi, e os diretores Cláudio Torres, Breno Silveira, Paulo Morelli, Nando Olival, Toniko Melo, Lula Buarque de Holanda, Mauro Lima, Laís Bodansky, Tata Amaral, Paulo Machline, Luciano Moura, entre outros. Colaborou no roteiro do filme “Xingu”, dirigido por Cao Hamburger.
Como crítica, escreveu artigos para a revista Theater e Bravo! Em maio de 2000, recebeu o prêmio Truman Capote por "excelência em escrita crítica", outorgado pela Yale University.
Foi crítica de teatro do jornal “Folha de S.Paulo” em 2010 e 2011.

"Acho muito difícil falar dela sem usar superlativos. Mulher tão linda e tão inteligente, que às vezes chegava a assustar no primeiro contato. Mas o susto desaparecia em minutos, quando víamos o tamanho de sua doçura e do seu afeto pelos amigos. Coisa de quem nasceu em Minas Gerais, ela dizia. Tinha um conhecimento admirável de teatro, e uma disposição ainda maior para compartilhá-lo. Foi uma guerreira até o fim e nos deixou de presente um manual de vida. Espero que a gente, algum dia, aprenda a usá-lo".
Sérgio Roveri

Viver é Perigoso
 

RECORDES NA TERRINHA

 
Compensa dar uma ida até lá para acompanhar as performances dos atletas, digo, pedestres. 
A pista fica no cruzamento da Rua Nova com a Francisco Masseli.
Instalaram um semáforo digital para controlar as idas e vindas dos atletas, corrijo, dos pedestres.
Um ativo assessor do governo municipal informou que a fixação do tempo  para a travessia foi baseada em testes e experiências práticas.
A Prefeitura deve ter gasto uma nota preta para trazer até a terrinha o Sr. Usain Bolt para servir de padrão para determinação do espaço tempo necessário para a passagem de cada leva de cidadãos.
O Sr. Bolt, que nas horas vagas é recordista mundial, chega a alcançar o tempo de 9,58 segundos para percorrer 100 metros. Consegue a proeza devidamente paramentado de vestimentas próprias e em piso de resina sintética. Que dizer, mais ou menos 45 kms/hora.
Ao altivo e independente cidadão itajubense, com sapatos e roupas (além de preparo físico atrasado e idade avançada) impróprios para a prova, foi concedido pelo pessoal do trânsito um folgado tempo proporcional ao alcançado pelo Usain Bolt.
Deu prá ti um baixo astral (Kleiton e Kledir) ?
Vá até a Rua Nova e assista quebra e mais quebras de recordes.
É a vida...

Viver é Perigoso  

ALEMANHA TOUR

 
- Que beleza camarada Gomes. Que monumento é aquele ?
 
- Camarada Dirigente, já dei aula sobre isso. Trata, como todos sabem, do Portão de Brandemburgo. É uma das belezas aqui de Berlim e um dos marcos mais conhecidos da Europa.
Foi encomendado pelo rei Frederico Guilherme II da Prússia e construído por Carl Gotthard Langhans entre 1788 e 1791.
Ao longo de sua existência, o Portão de Brandemburgo foi muitas vezes um local para grandes eventos históricos e é hoje considerado um símbolo da tumultuada história da Europa e da Alemanha, mas também da unidade e da paz européia.
 
- Camarada Gomes, já estou vendo uma instalada no começo da Rua Nova e outra na Avenida BPS. Ficaria um show.
 
- Camarada Dirigente, atente para as dimensões: Tem 26 m de altura, 11 m de profundidade e 65 m de largura.
 
- Camarada Gomes, ou já gente as instala de comprido ou contrata uma empresa especialista, aliás conheço uma excelente de Poços de Caldas, para fazer a adaptação.
 
- Uai Camarada Dirigente, se é assim pode contar comigo lá em BH. Agilizo o andamento da papelada. Vai ficar nos trincs.
 
É a vida...
 
Viver é Perigoso
 
-

CANIVETADA


REVANCHE DOS 7X1 ?

Deu na JovemFM

Prefeito Rodrigo Riera informou à Câmara Municipal que atenderá ao convite do Governador Fernando Pimentel para acompanhar a Comitiva do Governo que visitará a Alemanha, no período de 22 a 27 deste mês.

Registrou que todas as despesas desta viagem serão cobertas pelo Governo Estadual.

Blog: Lembrando que a coça dada pelos alemães no Brasil aconteceu em Minas Gerais, mais precisamente, no Mineirão. Em tempo: O Dep. Ulisses irá também ?

Viver é Perigoso 

terça-feira, 16 de junho de 2015

O BOM, O MAU E O FEIO


CANTINHO DA SALA

Paul Klee

ESTRANHAS EQUAÇÕES


A) Teorema Cemig

consumo de energia /2 = conta da energia x 2

B) Teorema PSDB

1 Serra + 1 Alkmim + 1 Aécio = 1 Presidente da República

É a vida...

Viver é Perigoso

O CONSULTÓRIO DO CONSULTOR


segunda-feira, 15 de junho de 2015

CONFESSO QUE VIVI

 
A seleção brasileira de futebol ganhou ontem pela Copa América, do time do Peru, jogando na cidade de Temuco, situada a quase 700 kms dao sul de Santiago.
Assitindo a transmissão ficamos sabendo que os chilenos Pablo Neruda e Gabriela Mistral, moraram na cidade.
Não é pouca coisa. Temuco já teve como moradores dois ganhadores do Prêmio Nobel de literatura.
Lembrando, a chilena Lucila de María del Perpetuo Socorro Godoy Alcayaga, simplesmente Gabriela Mistral, residia em  Petrópolis - RJ, quando foi agraciada (1945) com o Prêmio Nobel de Literatura.
No futebol temos cinco campeonatos mundiais.
É a vida.

ER

SIGA O DINHEIRO

 
Durante o caso Watergate, quando o jornalista Bob Woodward estava tendo dificuldade de juntar as pontas para decifrar o esquema de corrupção no governo Richard Nixon, ele ouviu um conselho célebre de Mark Felt, sua fonte de informações no FBI, tornada famosa pelo apelido Garganta Profunda.
"Follow the money" (Siga o dinheiro), disse Felt.
Woodward e Carl Bernstein, seu parceiro no jornal Washington Post, seguiram a trilha do dinheiro e abriram o caminho da renúncia de Nixon à Presidência dos Estados Unidos.
Três décadas depois, o mesmo conselho é dado ao Brasil por Daniel Kaufmann, diretor de governança global do Banco Mundial e uma das maiores autoridades do mundo em combate à corrupção. Essa é a receita de Kaufmann para evitar a proliferação de escândalos.
O monitoramento independente e constante do caminho do dinheiro público - para saber onde ele vai parar - é uma das melhores fórmulas para tornar o controle orçamentário mais rígido e transparente. Para o economista, se as lideranças políticas tiverem vontade e tomarem as medidas corretas, é possível num prazo de oito anos reduzir a corrupção no Brasil aos níveis toleráveis de países mais desenvolvidos. (Época)
 
Blog: No Brasil essa operação de "seguir o dinheiro" tem sido feita pela odiada (pelos politicos) mídia independente.
 
Viver é Perigoso

MOMENTOS MÁGICOS



No Metro de New York.

ER

FAZ DE CONTA...

QUATRO A QUATRO 

A votação do TCU sobre as contas de Dilma Rousseff pode terminar empatada em quatro a quatro, segundo O Globo. Walton Alencar, Benjamin Zymler e José Múcio Monteiro estão mancomunados com o governo independentemente de quantas pedaladas ele der.
Os ministros Augusto Nardes, Bruno Dantas e Raimundo Carreiro "estariam inclinados a opinar pela reprovação, enquanto Ana Arraes e Vital do Rego ainda não deram uma sinalização mais clara sobre seus votos"...
 
O Antagonista
 
ER

CANTINHO DA SALA

Cleuza Gonçalves

TUDO É ÓBVIO

Deu no Estadão:

Partidos têm menor filiação em 20 anos
A descrença da população brasileira em relação aos partidos está criando uma situação inédita na jovem democracia brasileira. Nunca houve tão poucas pessoas se filiando a legendas em um ano pré-eleição municipal, período que mais mobiliza adesões partidárias nos ciclos de quatro anos em que se preparam e disputam os cargos eletivos no País - vereador e prefeito em uma votação; deputados, senadores, governadores e presidente no biênio seguinte.
Ainda não é possível identificar com clareza quais são os fenômenos por trás dessa mudança abrupta no comportamento dos brasileiros em relação às siglas partidárias. Uma série de indicadores recentes, no entanto, revela um aumento da descrença dos cidadãos em relação à política e aos partidos.
Pesquisa Ibope no começo deste ano mostrou que dois em cada três brasileiros não têm simpatia por nenhum partido.
Há uma crise geral de legitimidade das instituições. A sociedade e o eleitor não se reconhecem mais no sistema partidário.

Blog: Temos dito.

ER

domingo, 14 de junho de 2015

CANTINHO DA SALA

Marc Chagall

APOIADO !

 
"Quero agradecer as manifestações de hostilidade no congresso do PT. Isso é sinal que estou no caminho certo. Ficaria preocupado e se fosse aplaudido lá.
"O PMDB está cansado de ser agredido pelo PT constantemente e é por isso que declarei que a aliança entre os partidos, não se repetirá. Talvez tivesse sido melhor que eles aprovassem no congresso o fim da aliança. Não sei se num congresso do PMDB terão a mesma sorte"

Eduardo Cunha

É O QUE FICOU PARECENDO


Definitivamente, na terrinha, o mar não está para peixe.
Um comentarista anônimo informou que a Administração local, diga-se, o nosso Prefeito, premiou este ano, como "Amigo do Meio Ambiente", ou algo assim, o empresário responsável pelo aterro da várzea do Ribeirão Piranguçu. Ano passado havia premiado o seu sócio.
Os empresários estão na deles. Vizualizam uma oportunidade e investem. Existem orgãos e autoridades que analisam e autorizam ou não, os investimentos.
No caso do aterro mencionado, exaustivos estudos ambientais foram feitos e publicados contestando a intervenção às margens do Ribeirão.
Registrando e desarmando antecipadamente os argumentos dos apoiadores da liberação da várzea para projetos imobiliários: 
Tudo bem com o aeroporto. Trata-se da utilização de área já prevista.
Pois bem, dentro do seu estilo próprio e quase ditatorial, a Prefeitura, com o obediente apoio da maioria da Câmara Municipal, não só liberou geral mas incentivou.
Restou o registro de protestos de especialistas ambientais, de parte da comunidade, da Transparência Itajubá, da empresa Mahle e da mídia espremida.
Ok ! Vocês venceram e, mais pobres, seguiremos a vida.
Mas, aparentemente, não bastou para o pessoal do poder. Não foi suficiente atirar a guimba no chão. Era preciso espremê-la com o sapato.
E foi, ao que tudo indica, o que buscaram mostrar.
É a vida...

ER

TEM DE TUDO

 
Passando hoje de manhã por Piranguinho conheci uma loja daquelas que dão gosto entrar. Primeiro porque fica aberta aos domingos até às 12:00 horas ( e de segunda a sábado das 07:30 às 19:00 horas).
Segundo, porque tem de quase tudo para jardinagem, piscina, animais, casa e outros.
Fica na avenida, na saída para Brasópolis.
Ao lado, funciona a fecularia que produz a especial farinha de milho de Piranguinho.
Tipo de loja que a gente entra e não sai sem comprar alguma coisa.
Não é propaganda. É dica.
Chama-se Nutripet.

ER
 

É NÓIS MANO !


Presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto afirma que as palestras do ex-presidente, com custo médio de cerca de R$ 300 mil, não são para qualquer um.
"É um cachê alto. Não é para qualquer empresa pagar".

Blog: Só lembrando orgulhoso: O Lula esteve no ano passado fazendo uma palestra em uma empresa da terrinha. Ah! na Helibrás.

ER

sábado, 13 de junho de 2015

CORONEL SANTO ANTONIO

Da série você sabia ?
Santo Antonio era português e faleceu em Pádua, Itália, em 1231.
Além das patentes militares conseguidas em Portugal, foi membro das forças armadas brasileiras, recebendo soldos (alguém recebia). Na Bahia chegou a Tenente Coronel, em Goiás a Capitão e em São Paulo foi Coronel.
Major em Santa Catarina, Tenente Coronel no Rio de Janeiro e Capitão em Minas Gerais.
Na Paraíba ficou só como soldado raso.
As patentes foram cassadas com o advento da República.
Leiam:
Em Portugal, sua terra natal, e em outros países de língua portuguesa, a devoção ao santo atingiu tal intensidade que era invocado mormente em ocasiões de batalhas e guerras. Com isso, mereceu ser promovido a soldado, intervindo em 1595, e a Capitão internido da Fortaleza da Barra (Salvador-Bahia) pelo governador da época D. Rodrigo da Costa, em 16 de julho de 1705. Dom João V, em carta régia de 7 de abril de 1707, confirma a promoção a capitão internido.
Mais tarde, o príncipe regente, Dom João, futuro rei Dom João VI, por decreto de 13 de setembro de 1810 e carta patente de 4 de fevereiro de 1811 promove o santo ao posto de Sargento-mór, por atribuir à intercessão do santo a proteção celeste recebida, abençoando seus esforços para “salvar a Monarchia da grande e difícil crise” a que esteve exposta, durante as invasões francesas em Portugal.
Finalmente, aos 25 de dezembro de 1814, Dom João, ainda Príncipe Regente, assinou no Palácio da Real Fazenda de Santa Cruz (Rio de Janeiro) um decreto promovendo o Sargento-mór Santo Antônio ao posto de Tenente-Coronel de Infantaria.
Em 22 de outubro de 1816 é expedida a carta patente da promoção do Santo a tenente-coronel já assinada pelo Rei Dom João VI. Ei-la:
“Dom João por graça de Deos Rei do Reino Unido de Portugal e do Brazil, e Algarves d’aquem e d’alem Mar, em Africa Senhor de Guiné e da Conquista, Navegação, Commercio d’Ethiópia, Arabia, Persia e de Índia etc. “Faço Saber aos que esta Minha Carta Patente virem: Que tendo por Decreto de treze de setembro de mil oitocentos e dez concedido a patente de Sargento Mór ao Glorioso Santo António, que se venera na Cidade da Bahia, e a quem o Povo da mesma Cidade Consagra a mais viva Devoção: Sou ora servido elevá-lo ao Posto de Tenente Coronel de Infantaria, cujo soldo lhe será pago na mesma forma que até aqui o tem sido da anterior. Pelo Que mando ao Conde dos Arcos, Governador e Capitão General da dita Capitania, que assim o tenha entendido, e o soldo se lhe assentará nos Livros a que pertencer para lhe ser pago aos seus tempos devidos. Em firmeza do que lhe mandei passar a presente por mim Assignada e Sellada com o Sello Grande de Minhas Armas. Dada na Cidade do Rio de Janeiro aos vinte e dois dias do mez de Outubro do Anno do Nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de mil oitocentos e dezasseis, (a) - El Rey João R.”.
Viver é Perigoso

CARTA QUE NÃO ESCREVI

Itajubá, 13 de junho de 2015
 
Querida,
 
Através destas mal tratadas linhas venho tentar explicar e justificar o meu comportamento durante o dia de ontem, que segundo as propagandas foi  o dia dos namorados.
Confesso a minha alienação com relação a diversas datas estabelecidas no calendário nacional. Não tenho feito nada de especial no dia 19 de abril, dia do índio, bem como no dia 19 de novembro, dia da bandeira e assim por diante.
Tive a pretensão de acatar os ditames da mídia e fazer do dia dos namorados um dia diferente, especial e talvez inesquecível.
Pelo resultado aparente dei com os burros nágua. Esqueça o inesquecível.
Errei em tentar ser diferente e especial no dia de ontem.
Afinal, já lá vão séculos que nos tratamos diariamente bem. Nos abraçamos, rimos, conversamos, tomamos o café da manhã, almoçamos e jantamos juntos. Claro, que às vezes preocupados e outras tristes por algum acontecimento.
Trocamos presentes e até brigamos.
Ontem, como era um dia especial, quis ser diferente. Dai a cara amarrada, cenho franzido e a fingida indiferença.
Pegou mal.
Rogo-lhe que os nossos dias voltem a ser comuns como sempre foram.
Prometo-lhe que não acontecerá mais nenhum dia especial.
Do sempre seu,
 

Viver é Perigoso

ATÉ TU JÔ ?


VENTOS DE GUERRA

 
Registrando que sou dos que não acreditam nos partidos políticos como aí estão.
Essa opinião, já reafirmada tantas vezes, claramente não irá afetar a bolsa de valores, influenciar a cotação do dólar ou trazer a níveis razoáveis os valores dos imóveis na terrinha. Óbvio.
Conversando longamente com um amigo tomei conhecimento de algumas movimentações que estariam ocorrendo no quadro partidário local.
Esclarecendo que embora não signifique muito em termos de ideologia, a filiação partidária é obrigatória para aqueles que querem e buscam um cargo como político.
Virou uma profissão. Quem está dentro não quer sair nem a pau.
Deve ser gostoso e confortável.
O tradicional PFL, digo, DEM, partido conservador que abrigou os remanescentes da saudosa Arena, que na cidade sempre teve o comando o Sr. BPS, aliado fiel do Dr. Aureliano Chaves e do atual guru político da atual Administração, Dep. Bilac Pinto, estará agora sob o comando do Secretário de Comunicações, Solano Pierini Loureiro.
Outros partidos, enquadrados pela imprensa como "nanicos" já estariam sob o domínio do  Prefeito Rodrigo. À confirmar. 
A grande mudança no "mercado" partidário local, comenta-se, será a tomada do PSDB, isso mesmo, pelo Prefeito, com total anuência do "responsável" pelo partido na região, o deputado ourofinense, Dalmo Ribeiro.
Vale tudo, não para angariar apoios, mas para fechar espaço de adversários e inimigos.
O novo cacique local, ao que tudo indica, deverá ser um laborioso médico, ansioso para portar um vistoso bicão tucano.
Vivemos uma verdadeira TPE (tensão pré eleitoral) na terrinha. Não esqueçam que salvo algum milagre teremos 17 vagas na Câmara Municipal.
Muitos cidadãos, até então, alheios a política partidária, vêm sendo assediados com convites para filiação e vaga para se candidatar. Se empolgam com a lembrança.
Outros tentam garantir uma vaguinha na legenda.
Alguns operantes e sérios cidadãos analisam o quadro. Entrar ou não numa guerra sem quartel ? That´s is the question.
Para prefeito, salvo algum acidente administrativo/judicial, não teremos novidade.
Uma campanha para prefeito em 2016, com razoável chance de disputa, ficará por baixo em mais de um milhão de reais.
Poderão concorrer na raça, como sempre, os ex-prefeitos Chico e Jorge e a sempre ativa, Leandra Machado. O PT,  embora tenha a Celia Rennó como boa novidade, está desgastado ao extremo pelas constantes denúncias em âmbito federal e agora também no estadual.
Não creio que o Ulisses vá lidar diretamente com isso.
Apoio financeiro de empresas ? difícil devido a crise. Recursos dos partidos ? esqueçam. 
Estamos próximos de assistir a uma reeleição para o cargo majoritário. 
 
É a vida.

Em tempo: Muita atenção para a inevitável influência da internet no pleito. Ajudar não ajuda muito mas pode provocar monumentais estragos. Fakes no Face já substituiram as famosas e tradicionais "cartas anônimos". 
 
ER     
 

sexta-feira, 12 de junho de 2015

FERNANDO BRANT



Tomou o barco, hoje em Belo Horizonte, o poeta mineiro Fernando Brant.
No início dos anos 60, conheceu o amigo Milton Nascimento. Em 1967, Brant escreveu a sua primeira letra. Era “Travessia”, composição que, no mesmo ano, ganhou o segundo lugar no II Festival Internacional da Canção, no Rio de Janeiro, alavancando a carreira de sucesso de Milton.
Nesse mesmo ano, em Belo Horizonte, Brant e os amigos começaram a articular o projeto que se tornaria o Clube da Esquina.
A parceria com Milton, Lô Borges, Tavinho Moura e outros membros do Clube mostrou-se muito produtiva, gerando mais de 200 canções, entre as quais há clássicos como “San Vicente”, “Saudade dos Aviões da Panair (Conversando no Bar)”, “Ponta de Areia”, “Maria, Maria”, “Para Lennon e McCartney”, “Canção da América” e “Nos Bailes da Vida”, entre muitas outras.
 
É a vida.
 
ER

BURRICE

 
Professores da rede estadual de São Paulo decidiram, nesta sexta-feira, 12, suspender a greve que completou 89 dias de duração - a mais longa da história. O sindicato dos professores estima que 8 mil pessoas participaram da assembleia no vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp). Um grupo menor de docentes votou contra a suspensão da greve e hostilizou a presidente do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), Maria Izabel Noronha, que deixou rapidamente o local da reunião.
Maria Izabel disse que os professores suspenderam a greve após o movimento perder força com o corte do pagamento de dias parados. Ela, no entanto, disse que o movimento por reajuste salarial continuará com protestos.
Segundo a presidente, o governo estadual sai perdendo, mesmo com o fim da greve, porque os professores voltam desmotivados para a sala de aula.
 
Deu no Estadão
 
Blog: Mais uma burrice sem tamanho. Como sempre os grandes prejudicados são os alunos.
 
ER

SÓ BLUES


NA TERRINHA ESTAMOS NO PARAISO

VESPASIANO – Prefeitura desliga a fonte de sua sede para economizar água e energia
Depois de grandes empresas utilizarem mecanismos de férias coletivas e outras alternativas para driblar a crise econômica, é a vez do poder público cortar na própria carne para evitar que as contas entrem no vermelho.
Prefeituras de todo o Estado têm tomado iniciativas para diminuir custos básicos, desde economia com água, luz, telefone e combustível, até demissão de servidores e redução de expediente e salários.
Na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a situação também é crítica e atinge grandes e pequenas cidades. A Prefeitura de Contagem informou, por meio de nota, que pretende extinguir 50 postos de trabalho e já reduziu em 10% os vencimentos dos cargos comissionados, incluindo salários do prefeito Carlin Moura (PCdoB), do vice-prefeito, João Guedes (PDT) e dos secretários municipais.
Conforme a prefeitura, os ajustes têm como objetivo preservar os recursos destinados aos programas sociais e garantir o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal. O município, que é o terceiro maior do Estado, perdeu 8% em arrecadação de ICMS este ano, na comparação com o mesmo período de 2014.
Já o prefeito de Vespasiano, Carlos Murta (PMDB), cortou os cargos quase pela metade, também por causa da baixa arrecadação. O valor proveniente do Imposto sobre Serviços (ISS) teve queda de 20% em 2015, segundo ele.
“Estamos funcionando em meio expediente, suspendemos horas extras e reduzimos em torno de 40% os comissionados. O consumo de combustível está limitado a 30 litros por semana, inclusive de serviços essenciais”, afirmou Murta, que é presidente da Associação dos Municípios da Região Metropolitana de BH (Granbel).
O presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Antônio Júlio (PMDB), teme que o arrocho fiscal reflita nos serviços básicos. “Todo mundo vai ter que cortar na saúde, na educação, e isso preocupa”.
Em Cambuquira, no Sul de Minas, secretários e gerentes que detinham os salários maiores foram demitidos. “Reduzimos bastante o gasto com pessoal para manter o funcionalismo em dia, honrando compromissos como pagamento do INSS em dia”, destacou o vice-prefeito, Juninho Coelho (PSD).
A prefeitura de Guapé, também no Sul do Estado, precisou demitir 40 funcionários, entre eles quatro médicos especialistas, conforme informou o presidente da Associação Mineira de Municípios (AMM), Antonio Julio (PMDB). “O prefeito não teve como pagar. Cada um faz o que pode”.
 
Hoje em Dia
 
Blog: Ou esse pessoal não tem imóveis públicos para vender, como estarão fazendo na terrinha, ou não tem coragem para isso.
 
ER

JUDITH E HOLOFERNES

 
No pé da letra, os namorados de hoje, imagino, devem se conhecer infinitas vezes mais do que os namorados dos anos 50, 60 e meados de 70.
Na época, na impossibilidade de um conhecimento, digamos assim, mais profundo, utilizavam-se como referências físicas e comportamentais, as figuras dos pais.
O rapaz deverá ser trabalhador, religioso e honesto como o pai. Isso é bom. Sinal verde para o início de namoro.
A mocinha vai continuar bonita como a mãe. Legal. Ou irá ficar descuidada e aparentemente isenta de vaidade como como a mãe ? Nossa ! Melhor ater o pensamento só no presente.
No princípio flertes ligeiros. Não existia a obrigação de fidelidade nos flertes, desde que acontecessem tão somente flashs nos encontros caminhando pela mesma calçada. Fixar o olhar por um tempo maior e disfarçadamente olhar para trás na esquina já significava algum comprometimento. 
Estabelecido o compromisso formal do namoro, de início, longe dos olhares e conhecimento dos pais, com toda a cerimônia conduzida e arranjada por amigas mais chegadas, menos bonitinhas e especializadas na função de cupido, a rotina ficava estabelecida.
Uma vez por semana na saída do colégio, com encontro acidental em frente ao bar do Totó. Caminhada lado a lado, quase sempre silenciosa até a praça principal. Mãos dadas, nem pensar. Nunca analisou-se tanto, em conjunto, as condições climática. Olha que calor, já está esfriando, vai chover...
Encontro na praça no sábado às 17:30. De frente um ao outro com estátuas no espaço entre bancos e canteiros. Um olhando para cada lado. Ele vigiando uma possível aproximação do cunhado encrenqueiro e ela, da mesma forma, espiando uma eventual chegado do irmão ciumento.
No domingo, era sagrado. Não a missa, mas a sessão das 16:15 no Cine Presidente. Se encontravam lá dentro e se possível com as luzes já apagadas.
Momento mágico. Música ambiente com a Orquestra do Bert Kaempert. Respirações aceleradas. Olhos fixos no noticiário antigo que antecedia o filme sem atentar para nada. O filme quanto mais preto e branco, melhor. Produzia certa penumbra tremulante.
Dedinhos timidamente se aproximando. Primeiro um enlace no mindinho. Seguia o avanço até alcançar o ápice do aperto das mãos. 
Em 1962 encontrei com um amigo saindo da sessão das 16:15, já sem a namoradinha. Estava eufórico e com suprema necessidade de conversar com alguém.
- Cara, disse ele. Ficamos de mãos dadas. Você não acredita. É pequena, suave e cinco dedinhos.
Bom, disse eu, e filme Judith e Holofernes foi bom ? Verdade que o Hofernes perde a cabeça ?
- Sei lá quem foi Judith e Holofernes. Quem perdeu a cabeça foi eu. Já não sou dono sozinho da minha vida. 
 
Viver  é Perigoso   

BRASILLLLL


O Governador do Maranhão (sempre o Maranhão), o comunista brasileiro, Flávio Dino, contratou empresa de segurança privada para proteger alguns órgãos do governo.
Até aí, tudo bem. É normal.
Ficou difícil entender a contração da empresa Potencial Segurança e Vigilância para proteger, imaginem, a própria Secretaria de Segurança Publica.
Segurança da segurança.
Na certa estão todos seguros.

ER