quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

REVERSÃO PARA O AMADORISMO

Depois de tanta corrupção de profissionais na Petrobrás, tribunal considera Maluf amador e aprova sua eleição para a Câmara Federal.

Clarin da Boa Vista

ERRAMOS

 
Petista Marco Maia, relator da CPI da Petrobrás refaz totalmente o relatório final e diminui a esculhambação.

Clarin da Boa Vista

FOLHA DE ITAJUBÁ DE POUSO ALEGRE Nº 2

Bom, creio que agora com as notas sobre o nº 2 da Folha de Itajuba de Pouso Alegre (o jornal é de lá), colocamos o assunto em dia. Daqui prá frente, favor cada um comprar o seu.

O exemplar nº 2 não poupou esforços em citar o nome do Prefeito de Itajubá. O recorde foi batido: citado 23 vezes. Talvez na ânsia de agradar, algumas vezes foi citado com um "i" a mais e no plural: Rieiras.
Do pessoal do PT não falaram. Já brigaram ?
Do Bilaquinho, novamente uma única citação.
Em manchete, descem a ripa, injustamente, diga-se, no Engenheiro Alexandre Barbosa da Unifei, responsável pelo desativado (por falta de apoio) sistema de controle de enchentes. O próprio Prefeito admitiu a existência de rixas políticas e pessoais.
A cidade mais bem arrumada e bonita que conheci, além de Paris, que não pode ter comparações, foi Savannah, na Geórgia. Pois bem, pela Folha de Itajubá de Pouso Alegre, a terrinha, com tantas obras, iluminação, eventos e elogios, já deixou Savannah na poeira.
Como o governo federal, o local também anda vivendo nas nuvens.
Já é alguma coisa.
Ah! nesse número, o jornal publicou um editorial, se apresentando e pedindo desculpas por ter esquecido esse detalhe no número 1.
 
ER 

FOLHA DE ITAJUBÁ Nº 1

 
A dona da Banca deu a dica:
- O Senhor não quer levar o Jornal A Folha de Itajubá ? Só  R$ 1,00 o exemplar de nº 2 e leva o exemplar nº 1 de brinde. Comprei.
Falarei do nº 1 lido no caminho para o carro. Quatro folhas de noticias da atual administração. Um Diário Oficial misturado com jornal de campanha.
Noticioso não totalmente isento. O nome do Prefeito (em contagem rápida) foi citado 17 vezes nas quatro folhas.
Foi, conforme indicado, rodado na "capital" Pouso Alegre, sendo responsável o Senhor Cláudio Cesar Prado, com tiragem inicial de 3.000 exemplares. Foi impresso na Gráfica Express Ltda.
Democraticamente, cita o nome do Deputado Ulisses Gomes, 11 vezes. Do Odair Cunha 5 vezes. E, talvez por gratidão, 1 vez do Bilaquinho.
Apresenta duas colunas: Uma, mais ou menos social, assinada pelo Senhor Luiz Phelipe (tem a foto do moço). Outra, metida a espirituosa, com críticas a alguns opositores da atual administraçã.
Deu prá notar que alguém da Administração da terrinha ou do PMDB local encabeça a publicação em conjunto com o PT. Parceiros fiéis em todo o Brasil.
A tal coluna ferina tenta mexer, com a Celinha Rennó e negativamente com a colunista Angela Collares e com os vereadores Zé Maria Bão e Wilson. Devem estar incomodando.
Tem publicidade, certamente pagas, da Prefeitura de Itajubá, da Mantiqueira Revenda de Automóveis, a Grechi Corretora de Seguros, Celinho Autopeças, Minas Tubo e de uma loja de games.
Quando der vamos ler o número 2 e comentaremos.
Seria cômico se não fosse trágico. 

ER