sexta-feira, 17 de outubro de 2014

REUNIÃO AMISTOSA

 
Reunião hoje cedo em São Paulo.
 
- Pessoal, antes da Dona Dilma chegar precisamos combinar um procedimento. Como sempre ela irá perguntar nossa opinião sobre o seu desempenho no debate de ontem. Tudo bem, mas temos que lhe dizer, para o seu próprio bem, que as coisas correram mal.
 
- O senhor mesmo vai dizer isso para ela chefe ?
 
- Não, acho melhor um de vocês, logo de cara, fazer esse comentário.
 
- Chefe, eu não posso. Tenho família, crianças pequenas para criar e...
 
- Então ? quem sabe uma de vocês mulheres poderia tomar a iniciativa ?
 
- Chefe, não dá. Eu já levei uma bolacha da última vez e não posso levar mais uma.
 
- Pô ! chamem a Erenice, a Rose, a Marta ou mesmo o Mercadante ! Alguém tem que dar a notícia para ela.
 
- Chefe ! eu assumo a responsabilidade com a seguinte condição: Darei a notícia logo após as eleições. Novembro e dezembro tenho férias para tirar e em janeiro, de qualquer modo, estaremos todos fora mesmo.
 
- Não dá. Ficaria muito tarde.
 
- Chefe eu tenho uma proposta: Escrevemos numa folha A4, em letras grandes " A senhora foi muito mal no debate". Deixamos aqui no meio da mesa e vamos todos procurar um abrigo antiaéreo.
 
- Providencial ideia. Saiam todos. Abriguem-se. Vou escrever e cair fora.
 
É a vida.
 
Viver é Perigoso 

PERDERAM O JUÍZO

 
"... Seja qual for o resultado desta eleição, a indigência argumentativa do petismo remanescente deixa um grande saldo de mistificação e rancor. É o resultado da divisão da sociedade em "nós e eles", da desmoralização da política, da mercenarização da militância, da domesticação do movimento social, da transformação da corrupção em política de governo, da demonização dos adversários e desse projeto de "Reich de mil anos", entre tantas outras perversões e contrafações.
Ainda vai ser feito um inventário do estrago que estes 12 anos de PT causou à democracia brasileira. Consertar isso vai ser uma tarefa para gerações. E ainda não conseguimos superar a herança da ditadura.
Muitos petistas se aborreceram com isso e deixaram o partido, a exemplo de Marina Silva, Fernando Gabeira, Hélio Bicudo, Cristovam Buarque e Vladimir Palmeira.
Os petistas remanescentes estão em companhia de Fernando Collor, José Sarney, Garotinho, Jader Barbalho, Paulo Maluf, Katia Abreu, Eike Batista e Fernando Cavendish.
Mesmo assim se consideram de esquerda e chamam os opositores de direitistas. Se refletissem um pouco, perceberiam que o PT perverteu a esquerda e ressuscitou a direita no Brasil."

Altamir Tojal



MINISTRO PAULINHO !

 
Agentes da Polícia Federal encontraram uma troca de mensagens em celular entre o megadoleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato, e o deputado Luiz Argolo (Solidariedade-BA), em que eles comentam convite para que o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa havia sido convidado para assumir o cargo de Ministro das Cidades do governo Dilma Rousseff (PT).
Paulo Roberto Costa substituiria o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP), do mesmo partido que o indicou para o cargo de onde ele comandaria o assalto aos cfres da maior estatal brasileira. Ribeiro deixou o cargo para se desincompatibilizar e disputar as eleições deste ano.
E a pior parte do relato é que o ex-diretor corrupto da Petrobras esnobou o convite, recusando-o, segundo os termos do diálogo. Youssef chega a afirmar, em mensagem a Argôlo, sobre a recusa do parceiro no maior escândalo de corrupção do governo Dilma: “Foi a melhor coisa que ele fez na vida!”
Em tempo: Consultado o Planalto desmentiu.
 
Cláudio Humberto

DESISTO !