quarta-feira, 8 de outubro de 2014

TUDO INDICA


NÃO TOMAM JEITO !

 
Um empresário ligado ao PT e um colaborador da campanha do partido em Minas Gerais foram levados até a Polícia Federal para prestar depoimento sobre dinheiro suspeito encontrado em um avião, um bimotor turboélice de prefixo PR-PEG, que foi apreendido ontem à noite em Brasília.
O empresário é Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, o Bené. Em 2010, ele esteve no centro do escândalo no qual foi descoberto um bunker para produção de dossiês contra tucanos, montado pela pré-campanha de Dilma Rousseff à Presidência.
Outro detido no aeroporto é Marcier Trombiere Moreira, ex-assessor do Ministério das Cidades.
Ele trabalhou na campanha de Fernando Pimentel, eleito governador de Minas.
A coordenação da campanha apenas confirmou que ele prestou serviços.
Oficialmente, a Polícia Federal afirma ter apreendido pelo menos R$ 116 mil com o grupo. 
Em tempo:
Carregar dinheiro em moeda nacional dentro do país, independentemente do valor, não é crime, mas o portador precisa saber explicar e comprovar a origem dele. (aí que a porca torce o rabo) 

Folha

ER

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

 Carlota Pereira de Queirós, médica  (1892-1982). A  primeira deputada federal da história do Brasil, pelo Estado de São Paulo em 1933.
 
ER

SEM NENHUMA MODÉSTIA

 
Pois bem. A Escola Estadual Rafael Magalhães, no bairro da Boa Vista, obteve a nota mais alta no Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb) entre as escolas públicas de Itajubá, classificando-se entre as dez melhores do país. É pouco ?
Em "priscas eras" estudei no "Rafael" durante o curso primário.
Devido ao uniforme no padrão xadrezinho preto e branco, a nossa Escola era chamada pelos "inimigos" de Grupo Carijó.
Na época ainda cruzavam a Boa Vista os trens da Rede Mineira de Viação. Os trens que iam e vinham de Piranguinho, Santa Rita do Sapucaí, Pouso Alegre, Brasópolis e Paraisópolis, passavam em frente ao Grupo Escolar.
Nós alunos, quase todos moradores da Boa Vista caminhávamos equilibrando sobre os trilhos no trajeto da Escola.
A grande maioria nunca andou fora dos trilhos.
É a vida.

ER 

CANTINHO DA SALA

Wassily Kandinsky - "Composition II" de 1910- Guggenheim Museum, New York.

NÃO VAI SER FÁCIL


É AQUI GERARDA !

 
A partir de 1º de janeiro, político com cargo na terrinha que viajar para Belo Horizonte estará indo passear e receber diárias.
Pelo jeito petista de poder, tudo poderá ser encaminhado por aqui mesmo na Casa Centenária. Isso mesmo. Na fortaleza petista localizada nas proximidades da Igreja Matriz (Rua Cel. Rennó).
Nem pensar em conseguir uma audiência com o governador Pimentel (quáquáquá) ou com um Secretário ou diretor de empresas de economia mista, sem a presença do Dep. Ulisses Gomes.
Acabou-se a festa com o Bilaquinho e Dalmo.
Como diziam na Boa Vista no início dos anos 60:
- É aqui Gerarda !
Sr. Prefeito, Vice, Secretários e Vereadores:
Digitem uma cartinha sem erros de português (peçam para alguém)  e protocolem na recepção ou entreguem diretamente para a Celinha Rennó.
Depois é só aguardar a fundo perdido.
Todos sabem a traulitada que o Pimentel e Dilma levaram em todos os municípios do Sul de Minas, inclusive nos administrados pelo partido (Piranguinho e Brazópolis).
A coisa no partido não anda muito boa pelos lados do Ulisses e Odair. Cuidaram de suas campanhas com sucesso e apesar do investimento astronômico não conseguiram agradar o Pimentel.
Então, não esperem muito.
Aproveitem a visita e deem uma esticadinha até a Matriz.
Umas preces não farão mal a ninguém.
 
É a vida

ER

É DISCO QUE EU GOSTO


VITÓRIA...MAS QUE VITÓRIA ?

Diziam os petistas:
"essa nós vamos levar no primeiro turno". A certeza eram os primeiros sinais de fraqueza de Marina, balançando no ringue, sem saber como reagir aos golpes duros, fortes e incessantes, no baixo-ventre, no rosto, na cabeça. O nocaute era iminente e visível.
Com suas mãos magras de dedos finos, ela tentava se segurar nas cordas, enquanto aumentavam os golpes. De nada adiantavam os gritos de incentivo dos índios de Belo Monte e das reservas ameaçadas, nem o movimento das árvores da floresta amazônica como sacudidas pelo vento na vã tentativa de pedir socorro antes da próxima queimada. Marina tentou se defender no último momento, no último combate pela televisão, mas era tarde demais.
Faltou tato? Não, faltou respeito, porque entre os lutadores no ringue existe um código de honra. E mesmo no futebol. Quando a seleção brasileira se entregou em plena Copa do Mundo, os alemães poderiam ter feito dez ou quinze gols, era só querer. Mas não quiseram. Isso faltou à tropa de choque petista na luta contra Marina, adversária mas da mesma família, à qual hipoteticamente poderiam precisar pedir apoio, como agora acontece.
Celso Lungaretti, crítico de cinema e também de política, previu, faz alguns dias, com uma rara clarividência, no seu blog Náufrago da Utopia, o erro agora irremediável dos petistas - a campanha de desconstrução e desmoralização de Marina teria seu contraponto, um preço alto a amargar: a falta de apoio de Marina para o segundo turno, em outras palavras, a derrota. Porque não foi só a candidata a atingida pela onda de mentiras e de ofensas, mas todo seu eleitorado. E por que adotaram o mesmo método dos detratores de Lula, que a esses detratores tinha custado a derrota? De onde veio essa inspiração insana da necessidade de destruir Marina, se na verdade o principal inimigo era Aécio?
Os vencedores de ontem estão com a cabeça inchada e o gosto amargo da cevada na boca, mesmo porque no afã de destruir a frágil adversária, do mesmo sangue e do mesmo gene políticos, se descuidaram de São Paulo, onde sofreram um verdadeiro tsunami com perda de deputados federais, estaduais e a perda do senador Suplicy. E se perderem dia 26, tudo se esvanecerá. Na verdade, agiram como aprendizes kamikazes.
De onde virão os 8,5% necessários para a vitória? Dos nanicos? Do PSB? De Marina que chegou a ser insultada de agente da CIA, autora do acidente que custou a vida a Eduardo Campos e de ser vendida para os banqueiros? Mas de uma pessoa tão comprometida agora vale o apoio?

Rui Martins - Escreve direto de Genebra (condensado pelo blog)

ER

NA MESMA !