quarta-feira, 21 de maio de 2014

É HOJE. NOS ENCONTRAREMOS LÁ !


 

A Preservation Hall Jazz Band (PHJB) é um pouco como a guarda suíça do Vaticano: instalada numa casa de madeira de 264 anos em New Orleans, cumpre a eles, há 53 anos, zelar para que a tradição do jazz nunca se perca de seu caminho. Uma das grandes instituições musicais do gênero, a banda residente do prestigioso Preservation Hall (que foi uma taberna no passado, durante a guerra de 1810) toca nesta quarta em São Paulo, no Bourbon Street. (Estadão)

 
PRESERVATION HALL JAZZ BAND
Bourbon Street. Rua Dos Chanés, 127, Moema, 5095-6100. Quarta, 21h30. R$ 150. Hebraica.

Até daqui umas horas.

ER

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
"Eu nunca tinha passado por uma traição e o PT me traiu.  Eu me senti traída como geração, cidadã. Fiquei no chão. Fiquei mal"
 
Irene Ravache

DISPENSÁVEL MOVIMENTO


Não sei na verdade o que anda acontecendo na terrinha. Ou começo do frio ou época de safra de produtos bons.
Nas últimas semanas, diariamente, anda acontecendo um engarrafamento de barcos na cidade.
Gente conhecida e estimada embarcando e deixando um vazio.
É a vida.

ER  

SOB NOVA DIREÇÃO


Blatter assume. Pais ficará sob administração da FIFA até 14 de julho.

Clarin da Boa Vista

QUASE FICÇÃO

 
- Quero deixar bem claro. Se eu não for solto até amanhã, segunda-feira, eu vou contar, detalhadamente, tudo o que sei, inclusive com documentos e provas. É a minha última palavra.
 
- Calma Paulo.
 
- Não tem calma e nem nada. O prazo é amanhã e pronto.
 
- PQP, o homem endoidou. Temos que tirá-lo daí se não vai cair meio mundo.
 
- Só quem pode soltá-lo é o Tribunal lá em cima e lá, na atual condição, só o careca silencioso pode aceitar a missão.
 
- Tudo bem vou mandar soltá-lo amanhã, mas para não pegar mal, vou mandar soltar todos.
 
No dia seguinte:
 
- Doutor, entre eles têm doleiros com muito dinheiro fora do país, acusados de tráfico e outros. Eles fugirão de imediato e a bomba estourará aqui.
 
- Vai pegar mal, mas vou mandar recolher ou melhor, não liberar nenhum outro, exceto o Paulo.
 
- Vai pegar mal do mesmo jeito.
 
- Mas será melhor assim. Ninguém irá entender direito, A Copa está chegando, novas pesquisas eleitorais, movimentos de rua e a mídia deixará o assunto em segundo ou terceiro plano.
 
- Bom ou menos mal. Dará tempo do Paulo aquietar-se, destruir toda a papelada e providenciar os acertos necessários.
 
- E vamos em frente.
 
Clarin da Boa Vista 

JUSTIÇA