sábado, 19 de abril de 2014

CANTINHO DA SALA

 
Não perca se você estiver em São Paulo entre hoje e amanhã. Visite, é de grátis, a exposição do espanhol Joan Miró (pole-position no blog viver é perigoso). São 69 peças e 23 fotografias em preto e branco tiradas pelo grande amigo de Miró, Alfredo Melgar.
Local: Caixa Cultural São Paulo
Praça da Sé, 111 - Sé - Centro.
Telefone: 3321 4400
Horário: das 9h ás 19h

Vale a pena.

ER

 

 

OUTROS TEMPOS


Há exatamente 72 anos, no dia 19 de abril de 1942, que caiu num domingo, uma multidão de voluntários, composta pelos homens do 4º Batalhão de Engenharia, funcionários da Prefeitura Municipal, funcionários da Fábrica de Armas e outros cidadãos, em memorável mutirão, roça, limpa e aplaina o campo de aviação da terrinha, que seria inaugurado no dia 1º de maio. (sem empreiteiras).
No dia da inauguração pousaram no nosso campo de aviação diversas aeronaves, entre os quais, dois aviões da Força Aérea Brasileira. Um dos aviões da FAB estava sendo pilotado pelo Brigadeiro Newton Braga, um dos heróis da travessia com o "Jaú"
No Grupo Rafael Magalhães, na Boa Vista (é claro), nos foi ensinado que o Jaú (se escrevia Jahu) foi o avião pilotado por brasileiros (Newton Braga era o navegador) que atravessou pela primeira vez o Atlântico Sul, sem escalas.
O avião partiu de Lisboa na madrugada de 28 de abril de 1927, voando a uma altitude de 250 metros e a uma velocidade de 190 km/h.
Aterrizou em Fernando de Noronha após 12 horas de voo ininterrupto. 
 
Fonte: Armelim Guimarães e web
 
ER

MOMENTOS MÁGICOS


PRÁ PENSAR

 
 
"...e se hoje fosse o último dia de vida do seu pai? O que você faria? Sinceramente não importa, você pode viver, demonstrar, compartilhar momentos, qualquer ação é válida, só não deixe para o último dia aquilo que poderia ter sido feito ao longo de uma vida inteira de cumplicidade, viva cada dia com seus pais como se fosse o último ou melhor. Aproveite o fato de ainda ter pais, pois um dia eles não estarão mais presentes em nossas vidas e inevitavelmente chegará o último dia, e quando chegar quanto mais coisas foram vividas menos terá a ser dito."

Prescila Rizzardi

 
 

PORQUE ELE VIVE


EM FAMÍLIA