segunda-feira, 24 de março de 2014

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
Fora de campo o Brasil já perdeu a Copa do Mundo. Acredito e torço para que ganhe dentro do campo.

Romário

É DISCO QUE EU GOSTO


DEU NO JORNAL

 

Nunca antes na história deste país uma empresa foi tão saqueada como a Petrobrás.

Clarin da Boa Vista

DIA DE FESTA


Aconteceu !
O Vereador Wilson Marins, com coragem, ouviu todos os argumentos apresentados e esclarecido, enfrentando toda a sorte de pressão, votou contra o triste projeto de Lei Professor Rui, que legalizaria  o martírio dos animais nos rodeios.
Wilson, acompanhou a posição sempre firme dos Vereadores, Ricardo, Joel, Santi e Sebastião Silvestre.
Imaginamos a luta do Sebastião Silvestre para manter o seu voto e entendemos o silêncio do Vereador Orlando. 
Projeto de Lei rejeitado pela maioria.
Notícia interessante foi dada pelo Vereador Wilson:
Deverá entrar com um projeto de lei proibindo rodeios na terrinha.
Agora vai.

ER
    

CONVERSÃO !


Conversões para a prática do bem estão cada vez mais raras. Caso não ocorra nenhuma conversão, o famigerado, pobre, ridículo, extemporâneo e interesseiro projeto de lei, apresentado e defendido, veementemente pelo Prof. Rui Martins (para espanto dos seus amigos), deverá se tornar hoje uma triste realidade.
Deverá ser sacramentado pelos vereadores de Itajubá. Estará liberado e pior, devidamente regulamentado o sacrifício de animais no Coliseu a ser construído na terrinha.  Construção em andamento, segundo informações recebidas pelo blog, ao lado do futuro Palácio da Justiça e também o Palácio do Legislativo.
Defronte ao Prédio da Prefeitura e praticamente dentro do Parque Tecnológico.
Confirmando e em se tratando de Itajubá dos novos tempos, tudo faz sentido.
Rui, Waldomiro, Zé Maria, Wilson e Fernando desde o início aprovam e defendem o projeto, possivelmente, convencidos pelo Executivo.
Sebastião Silvestre, que pensava diferente, deve ter sido emparedado pelo seu partido (PMDB) e aprovar a legalização das chacinas.
Orlando, um homem ponderado, não deverá ter outra alternativa. Votar pela aprovação do projeto. Afinal, respeitado suplente, só assumiu o cargo pelo deslocamento do Robison para o Secretariado.
Então, batalharão pela lucidez, como sempre, o Ricardo, Santi e Joel. Ah ! e o povo, que desde o início desse governo vem sendo tratado como minoria absoluta.
Mas...uma forte luz pode ter clareado a visão de um dos vereadores defensores do martírio dos animais. Conversão.
 
É a vida.

ER

COMO NUNCA ANTES NESTE PAÍS