segunda-feira, 17 de março de 2014

MOMENTOS MÁGICOS


TOMARAM O BARCO

 
Com extrema antecedência, tomaram o barco hoje, nas proximidades de Brasópolis, num devastador acidente rodoviário, cinco jovens estudantes da nossa Escola.
 
Stephanie Kogake dos Campos – Engenharia Mecânica
João Vinícus de Souza Silva – Engenharia Mecânica Aeronáutica
Carolina Emi Gunji – Engenharia Ambiental
Thiago Bertoncello Domingues – Engenharia Elétrica
Guilherme Alves Limeira – Engenharia Química
 
Que o SENHOR possa proporcionar consolo para os familiares, amigos, professores e colegas.

ER

FOI NUMA MANHÃ DE CARNAVAL

Segunda-Feira. Sol, clara manhã, céu azul.
Ela achou que valia a pena subir a Rua Nova e descer a Major Belo, não para apreciar as poucas vitrines. Não para adquirir ou trocar um presente ganho com número trocado. Simplesmente para encontrar  e desejar trocar um "bom dia" com os conhecidos e sentir a consciência tranquila pela caminhada.
Como as formigas, uma paradinha para um comentário e outro.
Num desses rápidos encontros sofreu um baque. Foi como um soco no estômago. Uma pancada na cabeça.
Súbito mal estar. Tontura ou vertigem. O apoio providencial num sujo poste da Cemig impediu a queda.
Parece que o final da Rua Nova ficou muito longe. Enevoado.
O sol teria se escondido ?
Como assim ? o que aconteceu ? está falando sério ?
Sim. Ela tomou o barco durante o carnaval. Partiu do jeito que viveu. Doce, meiga e silenciosa.
E agora ?
Voltar titubeando pela calçada. Cerrar as cortinas. Reencostar no sofá. Encerrar o dia.
Poderíamos ter convivido e conversado muito mais.
É a vida.

ER

PRÁ PENSAR



"Mas ainda há um tempo entre o momento em que as rachaduras começam a se abrir e o momento em que nós nos rompemos por completo. E é nesse intervalo que conseguimos enxergar uns aos outros, por que vemos além de nós mesmos, através de nossas rachaduras, e vemos dentro dos outros através das rachaduras deles."
 
John Green

SOB NOVA DIREÇÃO

Aconteceu ontem a eleição do Conselho do Clube Itajubense. De surpreendente, apenas os números: 712 x 366.
Venceu a chapa da oposição "O Clube é dos Sócios". O Conselho elegerá os novos Presidente e Vice.  Certamente o Heleno (ex- presidente da ACIEI) e o Edson Nishimaki.
Num clube de sucesso, seguem bem os cuidados materiais e o clima de harmonia social, sendo que este, somente os frequentadores habituais têm condições de observar.
Frequentadores esporádicos só podem observar os cuidados materiais. 
O quadro social do Clube Itajubense é formado pela classe social, que segundo todas as recentes pesquisas de opinião, querem e exigem mudanças em todo o país
É saudável.
Faz-se necessário que os vencedores estendam as mãos para os que deixam a administração e busquem consolidar o clima de entendimento tão necessitado na terrinha.
Que os assuntos do Clube sejam tratados dentro do Clube.
Sucesso para o Heleno e equipe.

ER