quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

PADRÃO FIFA


O governo federal fez um corte de 22,5% nos orçamentos de segurança do país em 2014, mas manteve intacto o gasto a ser utilizado para proteger a Copa do Mundo. A principal preocupação será contar a violência nas manifestações de ruas, assim como evitar que atinjam torcedores, e membros da Fifa.
As reduções nas despesas foram anunciadas nesta quinta-feira como parte do esforço para equilibrar as contas da União, aumentando o superávit. Os Ministérios da Justiça e da Defesa foram bastante afetados, com uma diminuição de R$ 4,3 bilhões, de um total de R$ 19,1 bilhões previstos inicialmente para ambos neste ano. A Defesa sofreu a maior tesoura com R$ 3,5 bilhões, sendo o restante da Justiça.
Representantes dos dois ministérios, no entanto, confirmaram que o orçamento para segurança da Copa não sofreu nenhuma alteração, isto é, está mantido em R$ 1,9 bilhão. 
Há um total de 157 mil homens de forças de segurança pública e armadas no evento.
 
Uol

Blog: Irresponsabilidade.

ER

ÓH MINAS GERAIS !


Já disse da minha admiração pelo Dr. Eduardo Azeredo. Entendi perfeitamente o seu pedido de renúncia da Câmara Federal.
Lamento.
Entendo perfeitamente também, como sempre funcionou e continuará funcionando o sistema de financiamento de campanhas políticas no país.
Financiamento de campanha é um nome leve dado para investimento. Não existe ideologia. Existe busca de retorno polpudo e garantido.
Não existe possibilidade de total correção na vida política. A participação na política partidária torna obrigatória a convivência com erros.
Uma pessoa correta, na política se flexibiliza. É inevitável.
Um dos alívios é criar no pensamento a sua própria verdade.  
O primeiro indício é não fitar mais nos olhos os amigos e conhecidos.
Se fitar, já está dominado.
 
É a vida.

ER 

COM PASSAGENS

 
Crimes de toda a sorte têm acontecido com espantosa frequência na cidade. Suspeitos são rapidamente presos pela polícia. Praticamente todos com diversas passagens pelo presídio. Fico imaginando,  que imediatamente após o delito, as investigações são dirigidas de imediatas para fichário daqueles postos em liberdades. Quase sempre acertam.
Quantos devem estar circulando pelas ruas da terrinha ?
Alguma coisa não está correta no sistema. Todos sabemos.
É a vida...

ER
  

EFEITO ORLOFF