domingo, 31 de agosto de 2014

REPETINDO

No dia 02 de Janeiro de 2015, um senhor idoso se aproxima do Palácio da Alvorada e, depois de atravessar a Praça dos Três Poderes, fala com o "Dragão da Independência" que montava guarda:
- "Por favor, eu gostaria de entrar e entrevistar a Presidente Dilma."
O soldado olhou para o homem e disse:
"Senhor, o senhora Dilma não é mais presidente e não mora mais aqui desde ontem."
O homem disse:
- "Está bem", e se foi.
No dia seguinte, o mesmo homem idoso se aproximou do Palácio da Alvorada e falou com o mesmo "Dragão":
- "Por favor, eu gostaria de entrar e entrevistar a Presidente Dilma."
O soldado novamente disse:
- "Senhor, como lhe falei ontem, o senhora Dilma não é mais presidente nem mora aqui desde anteontem."
O homem agradeceu e novamente se foi.
Dia 04 de janeiro ele volta e se aproxima do Palácio Alvorada e falou com o mesmo guarda:
- "Por favor, eu gostaria de entrar e entrevistar a Presidente Dilma."
O soldado, compreensivelmente irritado, olhou para o homem e disse:
- "Senhor, este é o terceiro dia seguido que o senhor vem aqui e pede para falar com a senhora Dilma. Eu já lhe disse que ela não é mais a presidente, nem mora mais aqui. O senhor não entendeu?"
O homem olha para o soldado e disse:
- "Sim, eu compreendi perfeitamente, mas é tão gostoso ouvir isso!"
O soldado, em posição de sentido, prestou uma vigorosa continência e disse:
- "Até amanhã, Senhor!!!"
 
Reprise - Viver é Perigoso

BRAÇOS DO MESMO CORPO


sábado, 30 de agosto de 2014

NO QUE VAI DAR

 
Remédio contra a revirada: Lula entra para Presidente e Aécio para Governador.

Clarin da Boa Vista

COMPLICOU DE VEZ !


MOÇA BONITA

Anouk

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

PODES CRER !


VENTOS DE GUERRA

 
Sobre notícia publicada hoje no site da a JovemFM:
 
O nome  é imponente: Comissão Permanente de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio, Ciência, Tecnologia e Agropecuaria.
 
Pois é, comandada pelo Vereador Joel Carlos de Almeida promoveu e realizou ontem uma Audiência Pública para tratar discutir o encerramentos das atividades da unidade industrial da PKC em Itajubá.
 
O Executivo não se fez presente, nem com o Prefeito ou com o Secretário da área. As entidades de classe também, aparentemente, não deram atenção ao assunto. Esperado: O "império" não iria discutir esse assunto com meros mortais.  
 
De imediato, nesta altura do campeonato, só uma reversão impossível do mercado poderia mudar a situação. Empresas do porte da PKC não tomam decisões com projetos analisados em cima dos joelhos.
 
Pressionar a empresa citando doação de terrenos, prédios e possíveis incentivos recebidos, nesse caso específico, não adianta de nada. Tudo foi comprado e pago.
Agora, buscar alternativas criativas e sensibilizar a empresa com dados sociais, etc, poderia funcionar.
 
As empresas instaladas no município ficam sempre ao "Deus dará". As autoridades não acompanham o seu dia a dia. Quando as procuram é para fazer pedidos. É a vida. 
 
Voltando a Audiência Pública, conforme site da JovemFM, o pessoal decidiu:

 
1 O Jurídico da Câmara deverá analisar o contrato ou a Carta de Intenções da empresa com a Prefeitura desde os tempos da AFL , para verificar que compromissos a Empresa pactuou com o Município de Itajubá : cessão de terrenos, financiamentos subsidiados, isenção de impostos , ou outros,
2. Formação de uma Comissão composta de representantes da Câmara, Executivo e Ministério Publico juntamente com representes do Sindicato, para conversar com o Prefeito , e conseguir com os seus contatos políticos, uma Audiência Publica na Assembleia Legislativa e com o atual Secretário Estadual de Industria e Comercio.
3. Se for o caso seguir até Brasília, para reunião com os responsáveis da área.
Mais detalhes da reunião, serão dados no Programa “Falando Francamente “. Sábado das 11 ao meio dia. Aqui na Jovem FM.
 
Tudo bem, todo os esforços, mesmo em vão, são válidos. Entretanto será sempre bom lembrar a existência de uma área de terreno situada dentro da propriedade, que ainda pertencia até pouco tempo atrás ao município. Herança da antiga Hora Minas, com elevado passivo ambiental.
Lembrem-se e analisem sobre a situação do caso.
 
ER 

SEIS POR 1/2 DÚZIA


MOÇA BONITA

Penélope

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

ESTAMOS LÁ !

 
 
IBGE confirma:  O Brasil já tem, contando com os 90 mil de Itajubá, 202 milhões de habitantes.

Clarin da Boa Vista

BATATAS !

 
Um jornal da terrinha escreve: "Bens públicos necessitam de reparos". O outro escreve: "Bens públicos encontram-se em situação de abandono".
 
Os dois estão certos. Contornando ficaria:
"Bens públicos em aparente situação de abandono necessitam de reparos".
 
Imagino a reação do poder:
 
- Ah ! mandem esses caras plantar batatas !
 
É a vida...

ER

A QUEM POSSA INTERESSAR

 
 
Reafirmo a minha humilde e solitária posição:
 
Sou contra reeleições em todos os níveis. Sou contra políticos  profissionais. Sou contra o pagamentos de salários para senadores, deputados federais e estaduais e lógico, para vereadores. Bem como, verbas de gabinete, carros e outras coisas mais.
Sou contra o voto obrigatório. Sou contra o fundo de manutenção partidária com dinheiro público, sou contra o horário político gratuito ou pago. Sou pela proibição de contribuições para candidatos, exceto por pessoas físicas identificadas pelo CPF. Sou pela extinção de partidos nanicos, mantendo o máximo de dez partidos legais no país. 
 
Sou pela correção absoluta, ética, transparência total, liberdade de opinião e competência.
 
Parece que busco o paraíso, que pelas condições naturais da vida não estou longe de alcançar.
 
John Chair

PRÁ PENSAR


PAÍS AÉREO - GRANDES QUESTIONAMENTOS

- Quem é o dono do avião ?

- Quem é o dono do aeroporto?

 - O que fazia aquela senhora a bordo em todos voos internacionais ?

- Por que aquele avião fez escala em Portugal para uma bacalhoada no jantar ?

 
Clarin da Boa Vista

ESCOLHENDO A COMPANHIA

 
Ouvido ontem na fila de uma luminosa farmácia da terrinha:
 
- Ô Cumpadre, que baita reviravolta anda acontecendo na campanha eleitoral. E agora ?
 
- Cumpadre, nunca assisti a uma variação dessas. Do jeito que as coisas caminham é bem possível que a Marina até passe a Dilma. O segundo turno parece garantido e acontecendo, penso que Dona Marina leva.
 
- Pois é...como são as coisas.
 
- Mas a realidade é que nos próximos anos a economia do país estará na UTI. Será preciso muito muito remédio amargo para recuperar.
 
- Bom retrato. Na falta de um médico especialista, se tiver que escolher entre a Dilma e a Marina para me acompanhar numa UTI, iria preferir a Marina. 
 
- Penso igual.

ER   

POPEYE, OLÍVIA E BRUTUS


CANTINHO DA SALA

Carel Fabritius - 1654

 
"O Pintassilgo", do pintor holandês Carel Fabritius. Encontra-se exposta no museu Mauritshuis, em Haia, na Holanda. Ficou famoso através do best-seller e vencedor do Prêmio Pullitzer "O Pintassilgo", da americana Donna Tartt.
Foi publicado em 28 línguas e está há mais de 40 semanas na lista de "mais vendidos" do New York Times. 728 páginas que lerei e contarei se vale a pena.

ER 

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

SONHOS

 
O Brasil é um país que dificilmente saberia viver sem sonhos, talvez porque durante muito tempo os teve frustrados. E são os jovens os que estão resgatando mais os sonhos perdidos, incluindo na política. Eles gostariam das palavras do cantor catalão, Manuel Serrat: “Sem sonhos, a vida seria somente um ensaio para a morte”. E os brasileiros preferem ensaiar para a vida...
 
"Vivemos uma vida, sonhamos com outra, mas a de verdade é a que sonhamos” escreveu o crítico literário francês, Jean Guéhenno.

Juan Arias - El País

AGORA VAI !

 
 
Criado o cargo de PGR - Perguntador Geral da República. Bonner assumirá !

Clarin da Boa Vista

MOÇA BONITA

Jacqueline

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
"Não seja humilde. Você não é assim tão importante."
 
Golda Meir

DO PLANALTO PARA A PLANÍCIE


terça-feira, 26 de agosto de 2014

É A VIDA...

Minas - 2010
Em política, nada como um dia após o outro. Na última eleição para presidente, em 2010, o PSDB mineiro, tudo levou a crer, não vestiu a camisa do Serra, como deveria.
Ficou registrado.
Muito embora ainda tenha muita água (mesmo na seca) para passar embaixo da ponte, a pesquisa do Ibope divulgada hoje aponta um dado interessante.
Em São Paulo, mostra a Marina com 35%, Dilma com 23% e o Aécio com 19%.
E daí ?
Do mesmo PSDB, para governador mostra a Alckmin com 50% e o Serra para o Senado com 33%.
Vão ter que conversar muito.

ER

ABANDONANDO O BARCO


Peemedebistas praticando o seu esporte favorito: abandonar o barco. No caso, o barco da Dilma.
 
ER

DE VIRADA



Marina: Sai do banco entra em campo e vira o jogo !

Clarin da Boa Vista

ÊPA !

 
A presidenciável pelo PSB, Marina Silva, lidera as intenções de votos no Paraná, com 29% do eleitorado, seguida pela presidente Dilma Rousseff (PT), com 28%. A diferença de um ponto percentual mostra empate técnico no primeiro turno entre as duas candidatas, segundo pesquisa Ibope encomendada pela Rádio Emissora Paranaense. Na terceira posição está o candidato do PSDB, Aécio Neves, com 24%.
 
247

AGORA VAI !

 
O ex-presidente Lula apareceu nesta segunda-feira, 25, no programa noturno de TV do candidato do PT ao governo do Estado, Fernando Pimentel.
Em sua primeira aparição no programa do candidato mineiro, Lula disse que "reza todo dia" para o correligionário vencer a eleição.

247

MOÇA BONITA

Maryeva

ALI BABÁ


"CARAS" DA TERRINHA



Não coube na Caixa do Correio. Lançaram na área frontal da minha casa (foi um jardim antes da seca) um exemplar do Informativo " A Prefeitura Faz".
Confesso que não havia recebido um jornal com um papel tão bom, impressos de primeira qualidade, desenhos e fotografias nítidas.
De primeiro mundo.
Poderíamos chamar de "Informativo Caras de Itajubá".
Vinte folhas reportando obras e realizações. Não citam a tiragem. Deve ter custado uma nota.
Mas tudo bem. Faz parte.
Logicamente, preparado por profissionais e sob cuidadosa supervisão de experientes advogados.
Nenhumazinha fotografia do Prefeito e nem de Secretários. Escorregaram somente na penúltima página ao citar o nome do Prefeito Rodrigo Riera.
Um perigo para administrações municipais as divulgações serem consideradas e denunciadas pelos "inimigos", como propagandas fora de hora.
Boas novas em todas as áreas.
Exageraram ao afirmar que a Exposição Agropecuária, com shows de sertanejos universitários, movimentou a cultura local. Talvez procurassem fazer alusão a agricultura. Ligeiro engano.
Como sempre fazem os políticos, trazem para sua responsabilidade tudo de bom que vem sendo feito. Fundem obras do município, com obras estaduais e outras sob responsabilidade federal.
É a vida.
Bom para dar uma animada geral neste momento que a crise bate as nossas portas.
Enfim, como um mau pessimista, achei bom.

ER 
 

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
É tamanho o descaso popular pela eleição atual que só existe uma forma de fazer o povo voltar a se interessar: dar vinte anos de cadeia pro candidato mais votado.

Millôr

DOS RISCOS E DAS INCERTEZAS

É da natureza humana. Provavelmente mesmo antes de ser bípede, já se especulava sobre o futuro. Reconhecer e aceitar a relação entre o ambiente e decisões presentes e as consequências futuras talvez seja uma das principais características da racionalidade.
Seres que especulam sobre o futuro tentam naturalmente reduzir incerteza. Combatem com todas as forças e meios a falta de conhecimento a priori do resultado de uma ação ou do efeito de uma condição. Questão de sobrevivência.
Como o futuro, por natureza é incerto, a melhor estratégia é converter a maior parte possível da incerteza em risco. Ou seja, conhecer a maior quantidade possível de variáveis de uma situação para calcular as probabilidades de cada uma delas acontecerem, e, consequentemente, ter uma medida mais precisa das chances do resultado ser algo bom ou ruim.
Não prevê o futuro, mas pelo menos ajuda a preparar para resultados negativos e, portanto, reduz possíveis prejuízos. O caminho para transformar incerteza em risco é o conhecimento. A ferramenta, a informação.
Em tese, democracias são maquinas de transformar incerteza em risco. Submetem candidatos a escrutínio permanente e inclemente, ao mesmo tempo em que dissemina informações que permitem o conhecimento das variáveis envolvidas. Em tese.
Às vezes, a teoria parece sair dissimuladamente pela janela enquanto se cultua o desconhecido. Nestas situações, curiosamente, o desconhecimento sobre o candidato joga a seu favor. Afinal, rejeição é efeito colateral da experiência ou do conhecimento.
É compreensível e até esperado que às vezes aconteça. A desilusão, a desesperança e a percepção de falta de opções tornam o salto no escuro mais atraente. Não transformam, entretanto, falta de informação (ou sua assimetria) em estratégia de escolha desejável.
Esperar que a falta de informações e a incerteza venham gravidas de boa noticias é desprezar o valor do debate e do conhecimento. É apostar contra as probabilidades. É crer que existe luz na ignorância. É entregar incerteza travestida de ilusão.
 
Elton Simões - Para o Noblat
 
ER

SÓ DÁ NÓIS MANO !




Um homem de 24 anos levou três tiros na noite deste domingo (24) no bairro Rebourgeon, em Itajubá. Segundo a Polícia Militar, a vítima estava em uma rua quando dois homens em uma motocicleta se aproximaram e efetuaram os tiros.
 
Um casal foi feito refém de assaltantes no bairro Piedade, em Itajubá, na noite deste sábado (23). Segundo a Polícia Militar, um homem de 64 anos e sua esposa foram amarrados com fios e trancados em um cômodo da casa por três homens encapuzados. Os assaltantes levaram R$ 160 em dinheiro e o celular do morador
 
Uma família foi feita refém durante um assalto a residência na noite desta quarta-feira (20), no bairro Anhumas, em Itajubá. Segundo a Polícia Militar, uma das vítimas, um senhor de 59 anos, escutou um barulho do lado de fora da casa, e ao sair para verificar, foi rendido por três homens encapuzados e armados que anunciaram o assalto.
 
Duas pessoas foram baleadas na noite desta terça-feira (19) no bairro Estiva, em Itajubá. Segundo a Polícia Militar, as vítimas conversavam em uma rua quando foram surpreendidas por dois ocupantes de uma moto, que atiraram várias vezes. De acordo com a polícia, os suspeitos fugiram logo após os disparos.
 
Um rapaz foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (14) no bairro Nossa Senhora de Fátima, em Itajubá. Segundo a Polícia Militar, Felipe Correia, de 19 anos, estava na Praça Antônio Ribeiro Duarte, quando foi surpreendido por dois homens em uma motocicleta.

G1 - Notícias

ER

LANCES FORTUITOS

 
 
Acredite se quiser: Por duas vezes, numa mesma partida no Maracanã, bola choca-se com cone, desvia e engana goleiro.

Clarin da Boa Vista

UM GRANDE BRASILEIRO

Inaugurei a minha Carteira de Trabalho numa empresa dirigida pelo Dr. Antônio Ermírio de Moraes. Tínhamos concluído o terceiro ano do curso de engenharia, quando o grande amigo, então já formado em engenharia mecânica, conseguiu estágio na Cia Brasileira de Alumínio, para os "graxeiros" Guilherme Grillo, Darly Guedes, Alaor (o petista) e para mim, então cursando eletricidade.
Fui admitido no dia 5 de janeiro de 1972, como Auxiliar Técnico na Elétrica, com salário de Cr$ 420,00 por mês. Ah! deram casa. A comida era por nossa conta.
Ficamos por lá por inesquecíveis trinta dias.
Tive a sorte de estar pessoalmente com o Dr. Antônio (como todos o chamavam) por duas vezes. A primeira quando de um incêndio em um transformador, acontecido numa madrugada de domingo. Ele foi avisado e em pouco tempo estava na fábrica (município de Mairinque).
Depois de tudo acalmado fui apresentado a ele pelo meu chefe direto, o diretor da fábrica (setor de eletricidade), Dr. Eurico (também formado em Itajubá).
O Dr. Antônio fez referências elogiosas a EFEI.
Numa segunda oportunidade, durante o mesmo estágio, e poucos dias após, por ocasião da manutenção de um gerador de emergência instalado na Beneficência Portuguesa em São Paulo.
Dr. Antônio, durante quase toda a sua vida, foi diretor do importante hospital.
Eu fui de "sapo", acompanhando o meu chefe Dr. Eurico e um experiente eletricista, todos funcionários da CBA.
Ele esteve no local durante o dia, por alguns minutos e comentou: - Você de novo ?
No final do dia, ao retornarmos para Mairinque, passamos por sua casa no Morumbi para pegar um canário do reino que ele havia dado de presente para o Dr. Eurico.
Impressionante simplicidade e presença.
Existem pessoas que, durante a vida, a gente vê por momentos e não esquece nunca.
Um grande brasileiro.

ER       

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE




Há 75 anos, em 25 de agosto de 1939, estreou nos EUA o filme "O Mágico de Oz.
 
ER

ANTONIO ERMÍRIO DE MORAES

 
Se você ainda não sabe qual é a sua verdadeira vocação, imagine a seguinte cena:
Você está olhando pela janela, não há nada de especial no céu, somente algumas nuvens aqui e ali.
Ai chega alguém que também não tem nada para fazer e pergunta:
-Será que vai chover hoje ?
1 - Se você responder "com certeza"... a sua área é vendas: o pessoal de vendas é o único que sempre tem certeza de tudo.
2 - Se a resposta for "sei lá. estou pensando em outra coisa"... então a sua área é marketing: o pessoal de marketing está sempre pensando no que os outros não estão pensando.
3 - Se você responder "sim, há uma probabilidade"... você é da área de engenharia: o pessoal da engenharia está sempre disposto a transformar o universo em números.
4 - Se a resposta é "depende"... você nasceu para Recursos Humanos: Uma área em que qualquer fato sempre estará na dependência de outros fatos.
5 - Se você responder "ah, a meteorologia diz que não"... você é da área de contabilidade: o pessoal de contabilidade sempre confia mais nos dados do que nos próprios olhos.
6 - Se a resposta for "sei lá, mas por via das dúvidas eu trouxe um guarda-chuvas"...então o seu lugar é na área financeira que deve estar sempre bem preparada para qualquer virada de tempo.
7 - Agora se você responder "não sei"... há uma boa chance que você tenha uma carreira de sucesso e acabe chegando a diretoria da empresa.
De cada 100 pessoas só uma tem a coragem de responder "não sei", quando não sabe.
Os outros 99 sempre acham que precisam ter uma resposta pronta, seja ela qual for, para qualquer situação.
"Não sei", é sempre uma resposta que economiza o tempo de todo mundo, e pré-dispõe os envolvidos a conseguir dados mais concretos antes de tomar uma decisão.
Parece simples, mas responder "não sei" é uma das coisas mais dificeis de se aprender na vida corporativa.
Por que ? Eu sinceramente "não sei".
Antonio Ermirio de Moraes

SACOU BICHO ?


domingo, 24 de agosto de 2014

LINGUA PÁTRIA

 
"Nunca entendi, não creio que seja só por ignorância, o que diz Marina Silva. Esforço-me. Procuro identificar o sujeito da frase, busco o verbo, tento encontrar o complemento, procuro os termos adjuntos. Quando consigo pacificar a sintaxe, sou atropelado pela semântica ou por um complexo processo de formação de palavras, que vai da derivação imprópria a neologismos diversionistas, que simulam, no entanto, algo de sublime."
 
Reinaldo Azevedo

REVITALIZAÇÃO DO CENTRO

 
A ocasião é mais do que oportuna para ser discutida em Itajubá, quando se projeta a revitalização do centro comercial. Em princípio precisamos de uma Lei Municipal obrigando a concessionária (Cemig) a tomar providências. Em conjunto, buscar a isenção de ISS para os serviços das obras e também do ICMS junto ao Estado. Da mesma forma, 20% do custo viria diluído nas contas.
Deu no Estado de São Paulo.
 
A burocracia, o alto custo, a falta de planejamento e o crescimento desordenado da cidade se embaraçam com os 69 mil quilômetros de fios amarrados em postes e suspensos sobre a cabeça dos paulistanos, problema longe de ter uma solução.
A Prefeitura diz que a AES Eletropaulo e as companhias de telecomunicações são responsáveis por enterrar os cabos no subsolo da cidade, e as empresas alegam que são reguladas por órgãos federais, além do alto custo das obras.
O atual cenário impõe riscos aos paulistanos. Na quinta-feira, um automóvel ficou em chamas na Vila Olímpia, zona sul, após um fio se partir – ninguém se feriu. No mês passado, um homem morreu eletrocutado no Tatuapé, na zona leste, após um fio cair sobre seu carro. Além do perigo, os fios desvalorizam imóveis e causam impactos urbanísticos negativos.
Mas esses dois cabos que caíram são apenas uma pequena parte do que paira sobre os paulistanos. A cidade tem 115 mil quilômetros de cabos. Apenas 40% deles estão enterrados, segundo Marcos Romano, diretor do Departamento de Controle de Uso de Vias Públicas (Convias), da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb). Ele diz que o ideal para a cidade seria que todos os fios ficassem no subsolo. 
“A rede enterrada tecnicamente é mais eficaz, independentemente da localização. É evidente que, quanto mais rede você tem, mais espaço precisa no subsolo e mais caro fica. A cidade ideal é a sem cabo”, disse. Ele explica que a Prefeitura não é a responsável pelo enterramento dos fios. “Dependemos das concessionárias. Se tem lei, eles entram com ação ou dizem que não têm dinheiro”, afirmou. “Isso envolve muita gente, muita coisa e dinheiro. A parte técnica fica limitada.”
Romano afirmou que todas as novas intervenções urbanísticas da Prefeitura preveem o enterramento de cabos. Hoje, a Convias tem o mapeamento de todos os fios. De um computador, Romano consegue recortar trechos da cidade e saber, por exemplo, quais serviços passam sob a rua ou nos postes. 
Custo. A AES Eletropaulo é responsável por instalar os postes na capital, explorando economicamente o serviço de outras empresas que precisam pagar para pendurar um fio. Segundo a concessionária, a receita média anual com o serviço é de R$ 100 milhões por ano. A concessionária diz que não lucra com o aluguel e 90% do arrecadado é descontado na conta de luz. 
O vice-presidente de Operações da AES Eletropaulo, Sidney Simonaggio, diz que o enterramento é complexo e depende de entendimento de vários entes. “Para colocar a obra em operação, eu preciso submeter o processo à Convias, que me concede alguns horários do dia. Isso não é uma condição pontual. É diferente de um plano generalizado de enterramento da rede aérea”, explicou. 
A concessionária cobra que a Prefeitura informe o Plano de Enterramento da Rede Aérea (Pera). Ainda segundo a AES Eletropaulo, mesmo com o plano em prática, será necessária a aprovação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). 
A AES Eletropaulo também alega o custo do enterramento. “A rede subterrânea custa 16 vezes mais do que uma rede aérea.” Na Avenida Santo Amaro, na zona sul, cada quilômetro de fio enterrado custaria R$ 10 milhões. “O enterramento da rede elétrica não é uma prática mundial; é uma exceção. O predominante é a rede aérea. A subterrânea, por ser cara, é feita em alguns lugares”, disse a empresa. 
Ele defende o enterramento em regiões mais densas da cidade, como o Itaim-Bibi, na zona sul. “Quando se olha para o poste hoje se percebe que não tem mais espaço para a telecomunicação. Ele está tomado de fios.” 
A AES Eletropaulo defende a isenção fiscal para construir redes subterrâneas de fios: 80% de descontos em ISS e ICMS. Os 20% restantes seriam repassados para os consumidores. 
É lei. Para o vereador Milton Leite (DEM), autor de uma lei que obriga as concessionárias a enterrar 250 km de fios por ano, a solução é simples: cumprir o que a Prefeitura pede. “As concessionárias até ganham com isso porque podem aumentar a conta”, explicou Leite.
Ele também cobra ações da Prefeitura como fiscalização e inclusão de projetos de enterramento de fios em “qualquer tipo” de intervenção urbanística. O vereador discorda da posição da concessionária de energia elétrica em relação à Aneel. “Quem manda e é responsável pelo urbanismo na cidade é a Prefeitura.”
O professor Renato Cymbalista, de História do Urbanismo da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), da Universidade de São Paulo (USP), concorda com a justificativa do custo. “Se a AES Eletropaulo resolver fazer, ela tem o direito de repassar o custo para as tarifas.”
Cymbalista defende algumas formas para enterrar fios em São Paulo. Uma delas é cobrar de empreendimentos imobiliários que geram grandes impactos de trânsito e meio ambiente na cidade. Segundo ele, a partir de Termos de Ajustamento de Conduta, a Prefeitura pode exigir que construtoras diminuam os impactos causados com as obras.
OESP

MENINAS DO VOLEI


sábado, 23 de agosto de 2014

ONDE FICA ?

 
 
É naquele país que o PT diz que fez e mostra no horário político que eu quero morar.

Bigodinho (morador da Boa Vista)

É DISCO QUE EU GOSTO


MOÇA BONITA

Bijou

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

EXTRA ! EXTRA !


O COMÍCIO

O comício corria solto em São Bernardo do Campo. Tinha perto de mil pessoas, segundo os organizadores e algo próximo de 120 pessoas, segundo os adversários.
Afinal, o candidato a Presidente da República já tinha trabalhado na região e, até meses atrás, enxugava, nos finais de tarde, uma cachacinha junto  aos companheiros no buteco do Waltinho.
Para encerrar o seu inflamado e rouco disc
urso, com certeza com a pança lotada de "esses" (ele engolia todos), o candidato berrou:
- No meu governo vou inverter o processo, ou seja: todo  trabalhador, ao contrário do que é feito hoje pelos exploradores do povo, vai trabalhar só um mês e descansar os outros onze.
Gritarias, vivas, foguetes, como nunca vistos !
No que o Jorjão, que operava uma grande prensa numa estamparia da região e ficara uns 70% surdo pelo barulho a que estava sujeito,  aproximou-se do colega ao lado e indagou:
- o que mesmo o homem falou ? Não deu para  ouvir bem.
Ao pé do ouvido e  bem alto, o colega disse:
- Se ele ganhar, iremos trabalhar um mês e descansar os outros onze.
Jorjão expressou um ar de felicidade e tornou a perguntar para o mesmo colega:
- E sobre as férias, ele não disse nada ? Não assumiu nenhum compromisso ?
É a vida...

Viver é Perigoso

SOB A LUZ DE VELAS



" Está morto: podemos elogiá-lo à vontade "

Machado de Assis

DE NOVO ???

 
Só para recordar - Publicado no Blog no dia 4/10/2010
 
1 - Foram computados em Itajubá 56.432 votos.
2 -  Para Presidente da República, o candidato José Serra ganhou bem, deixando Dilma e Marina quase empatadas. Bonita arrancada da Marina no final.
Serra - 46,01%
Dilma - 27,28%
Marina - 25,22%
3 - Para o Governo de Minas, deu disparado Anastasia, sem maiores surpresas.
Anastasia - 32.615 votos - 68,87%
Hélio Costa - 13.171 votos - 27,81%
4 - Para o Senado deu o esperado por todos: Aécio e Itamar.
Aécio - 37.913 votos
Itamar - 30.254 votos
Pimentel - 12.829 votos
5 - Para Deputado Federal, Dimas Fabiano foi o majoritário disparado.
Dimas Fabiano - 10.540 votos (no Estado foi eleito com 146.044 votos)
Bilac Pinto - 6.912 votos (no Estado foi eleito com 117.230 votos)
Odair Cunha - 6.400 votos (no Estado foi eleito com 165.644)
Prof. José Luís - 3.901 votos (não foi eleito)
6 - Para Deputado Estadual, foi eleito depois de muito tempo, um itajubense: Ulisses Gomes (PT).
O candidato com maior número de votos foi Chico Marques, embora não tenha sido suficiente para a sua eleição.
Chico Marques - 18.015 votos (no Estado teve 29.296 - não foi eleito)
Ulisses - 10.936 votos (no Estado teve 41.264 - foi eleito)
Laudelino - 2.882 votos
Dalmo - 1.978 votos
Celso Teixeira - 1.950 votos
Bala - 1.504 votos
Dr. Luis Fernando - 1.239 votos
 
Vamos para outra, claro, sem grandes alterações. Afinal, sobrevivemos de esperança.
 
ER 

TRIO EM CY



A cantora Cybele, do grupo vocal Quarteto em Cy, um dos mais importantes da história da música brasileira, tomou o barco ontem aos 74 anos. O enterro da cantora está marcado para hoje , sexta-feira (22), às 14 horas, no cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.
Cybele, cujo nome era Cybele Ribeiro de Sá Leite Freire, era baiana de Ibirataia onde nasceu em 3 de maio de 1940. Era irmã das também cantoras e compositoras Cyva, Cynara e Cylene, todas do grupo vocal Quarteto em Cy.

ER

É DISCO QUE EU GOSTO


CANTINHO DA SALA

Jean Michel Basquiat

SOB A LUZ DO SOL


"Política é teatro"

João Santana

EX - MINISTRA


quinta-feira, 21 de agosto de 2014

FENIX



Ouvido hoje na Boa Vista:

Marina é o Jânio Quadros de saia. Deve ir para o segundo turno pelas condições estranhas que cercam as próximas eleições.
Num segundo turno será imbatível, uma vez que, qualquer que seja o seu adversário, os perdedores estarão e somarão com ela.
A candidata tem todos os predicados para desmontar o país de vez, que terá a grande oportunidade de renascer das cinzas.
 
Blog: Êpa !
 
ER 

JORNAL DO CANDIDATO

 
Entregaram ontem na minha rua o jornal do Ulisses. Colorido e bem feito.
Assustam um pouco as fotografias postadas junto com o Lula e a Dilma. Penso ser quesito obrigatório.
Ao meu ver, soa estranho buscarem mudanças em Minas e promover a mesmice trágica na área federal.
Fica difícil.
Mas enfim...a derradeira virtude que se pode esperar dos políticos é coerência.
Voltando ao Jornal do Ulisses:
Quanto ao Pimentel, tudo bem. Não me parece de todo ruim. No fundo, bem no fundo, parece existir uma certa tolerância  política entre ele e o Aécio.
Difícil de engolir é o que vem junto (tirando o Ulisses, claro).
Como candidato a Federal está junto o  Odair Cunha, que junto ao eleitorado mais atento, carregará sempre nas costas o fracasso na relatoria da CPI do Cachoeira. 
Juntos, nos últimos anos, o Ulisses e o Odair conseguiram os tradicionais repasses de recursos para a região. Um "feijão com arroz" bem temperado.
O grande projeto que poderiam ter realizado e tinham todo o apoio federal para isso, não foi feito. Trata do importantíssimo e fundamental trevo e ponte na BR-459 nas proximidades do Jardim das Colinas.
Uma obra que poderia facilmente ser enquadrada num desses PAC´s da vida.
Optaram por direcionar recursos para obras faraônicas, embora necessárias, em Pouso Alegre.
Da Fernão Dias, passando por dentro de Pouso Alegre, até a saída para Ouro Fino, observa-se com facilidade, nos investimentos feitos, as digitais dos dois diligentes deputados.
Compreende-se pelo fato do alcaide da hoje tratada por "capital do sul de minas" pertencer ao partido da estrela vermelha, que por sinal anda diminuída nas propagandas.
Sobre o candidato apoiado pelo partido ao senado não consegui achar nada.
Entendam: continuo torcendo pela eleição do Ulisses.
 
ER
 
 

SUS MARAVILHA


MIGUEL BRAGA STREET

Na Boa Vista, é claro. Foi uma justa homenagem ao ilustre cidadão português, Miguel Carlos da Silva Braga. Chegou ao Brasil com 11 anos de idade, em 1852. Tomou o barco, na terrinha, aos 63 anos de idade.
Começou a trabalhar como balconista. Montou seu próprio estabelecimento comercial e muito arrojado, passou a exportador de fumo, café e cereais, tornando-se um dos maiores capitalistas do Sul de Minas.
Foi casado com a sempre lembrada, Dona Amélia Braga, que decidiu empregar a fortuna deixada pelo marido para o engrandecimento da cidade.
Contribuiu para a fundação do Colégio de Itajubá, para a implantação da iluminação elétrica, propiciou recursos para que as Irmãs da Providência, vindas por sua iniciativa para Itajubá tivessem o prédio do Colégio e foi responsável por muitos outros empreendimentos.

Dados Armelim Guimarães

ER   

NOS ENCONTRAREMOS LÁ AMANHÃ



MIA BORDERS
Com sua voz infinitamente doce e marcante, composições com molduras emocionais e estilo inegável, a cantora e guitarrista Mia Borders encarna o espírito de sua cidade natal, Nova Orleans. Considerada como um dos melhores talentos da nova geração da cidade, prima por uma interpretação técnica e afinada.

BRASS-A-HOLICS
Onde mais você pode ouvir Miles Davis, Nirvana, John Coltrane, Cyndi Lauper e Louis Armstrong, em um único set? Com o Brass-A-Holics! Prepare-se, pois o som da banda tem uma substância poderosa, viciante e vai contagiar você, com certeza.


Bourbon Street
Rua dos Chanés, 127 - Moema, São Paulo - SP
Telefone:(11) 5095-6100
 
ER

MANTO NEGRO

 
Lá pelos meados do século passado, quando prefeito o Dr. Rosemburgo Romano, aconteceu o primeiro e grande asfaltamento de ruas e avenidas na terrinha.
A oposição, da qual o zelador fazia parte (meio relaxado, mais fazia), criticou com todas as suas poucas forças.
Diziam que um "manto negro" estava cobrindo a cidade.
Foi por pouco tempo. O povo concluiu que era gostoso dirigir o carro sem as costumeiras trepidações do calçamento tradicional, principalmente, depois do mesmo sofrer qualquer e simples intervenção da Copasa.
Hoje, como o mundo gira, aquela aguerrida oposição se tornou situação.
O "manto negro" virou progresso.
Começam a asfaltar uma das principais ruas da cidade. A Miguel Braga, na Boa Vista, é claro.
Nada como um dia após o outro.
Para mim tudo bem.

ER

 

MOÇAS BONITAS


 
 
Greta Garbo, Katherine Hepburn, Carole Lombard, Ginger Rogers, Vivien Leigh, Hedy Lamarr, Ingrid Bergman, Olivia de Havilland, Joan Fontaine, Rita Hayworth, Jennifer Jones, Maureen Ohara, Gene Tierney, Lana Turner, Jane Russell, Deborah Kerr, Veronica Lake, Ava Gardner, Joan Collins, Lauren Bacall, Marilyn Monroe, Gina Lollabrigida, Janet Leigh, Jean Simmons, Audrey Hepburn, Grace Kelly, Elizabeth Taylor, Kim Novak, Sophia Loren, Bridget Bardot, Claudia Cardinale, Natalie Wood, Julie Christie, Ann Margret, Raquel Welch, Catherine Deneuve, Farrah Fawcett, Carole Bouquet, Michelle Pfeiffer, Meg Ryan, Helen Hunt, Halle Berry, Nicole Kidman, Julia Roberts, Naomi Watts, Catherine Zeta-Jones, Jennifer Connelly, Penelope Cruz, Angelina Jolie, Charize Theron e Natalie Portman.
 
Dica: Celem
 
ER

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

QUEM QUER ?


O entusiasmado pregador indaga aos fieis que lotavam o templo:
- Quem quer ir para o céu ?
A totalidade dos presentes erguia os braços. Louvores era entoados.
Continuava o pregador:
- Quem quer ir para o céu hoje ?
Silêncio sepulcral. Ninguém se movimentava.

A história se repete e hoje acontece:
 
O animador pergunta para a enorme plateia:
- Quem quer mudanças no país ?
A totalidade dos presentes ergue os braços e  gritos eufóricos são ouvidos.
Continuava o animador:
-Quem quer mudanças com a Marina no poder ?
Silêncio sepulcral. Todos confusos e assustados.
 
É a vida...

ER

 

CLARIN - UTILIDADE PÚBLICA

 
Ministério da Saúde adverte jornalistas:
 
Perguntas difíceis para políticos no poder devem ser evitadas. Podem provocar nos entrevistados, gagueira momentânea, olhares rútilos, delírio, descontrole emocional, citação de números estranhos e, em casos extremos, agressões. Recomenda-se a exigência de apresentação de carteira de vacinações em dia.
 
Clarin da Boa Vista