quinta-feira, 31 de julho de 2014

PRÁ PENSAR

 
"Não sou um otimista. O que sou é determinado naquilo em que me apetece ser determinado, e continuo convicto até entender que a convicção estava errada e tenho que mudar. Mas isso não tem acontecido muito."

Agostinho Silva

POSTE


quarta-feira, 30 de julho de 2014

DESCOLANDO

 
Empate técnico em Minas entre Pimentel e Pimenta. Lula e Dilma dispostos a ajudar candidato petista. Não visitarão Minas.

Clarin da Boa Vista

DE DAR PENA

Suplicy carregando Padilha
O Senador Suplicy deu mais um vexame hoje. Carregou o candidato Padilha nas costas em uma caminhada realizada em São Paulo. Será que não existe um parente ou um amigo para lhe dar um toque, um alerta ou algo assim ? 
Passando por bobo.

ER

O PIOR CEGO É O...

 
Analistas financeiros dos principais bancos do país, técnicos do FMI, suplementos de economia dos principais jornais do mundo estão dando conta da fragilidade das contas brasileiras.
 
O governo e petistas afirmam justamente o contrário.
  
É antiga a história do casal que foi visitar o filho, que na ocasião servia ao exército. O pai e a mãe, do alto de um janela no quartel, assistiram os 1.300 homens  passar garbosamente desfilando.
A mãe candidamente comenta com o pai:
- Querido, que orgulho ! Só o nosso filho está com o passo certo !
 
E segue o jogo...
 
ER
  

terça-feira, 29 de julho de 2014

RECIPROCIDADE

 
Bancos desconfiam do governo. Presidenta desconfia dos bancos, guardando seu dinheiro debaixo do colchão.

Clarin da Boa Vista

E NÓIS Ó !

Cada um com seus óculos e quase todos otimistas.
 
Muitos tem certeza que a Dilma será reeleita e o Pimentel governará Minas. Os cargos federais e o bem-bom será, não só mantido, mas ampliado. Na área estadual um novo tempo será implantado. Cargos, cartões de crédito oficial, nomeações e adeus às vacas magras. Otimismo puro.
 
Outros tantos têm absoluta convicção do estabelecimento de um mutirão de limpeza na área federal. Fim de boquinhas, desvios, influências maléficas  e mamatas. No Estado, continuidade com avanços. Otimismo puro.
 
E nóis Ó !

ER

PESSIMISMO É INADMISSÍVEL !


ANALISTA DE MERCADO

 
"Essa moça que falou (Santander) não entende porra nenhuma de Brasil e de governo Dilma Rousseff. Manter uma mulher dessas em cargo de chefia é sinceramente... Pode mandar embora e dar o bônus dela pra mim, que eu sei como é que eu falo"
 
Lula

domingo, 27 de julho de 2014

É DISCO QUE EU GOSTO


SOB A LUZ DE VELAS


Já não se morre de velhice
nem de acidente nem de doença,
mas, Senhor, só de indiferença.

Cecília Meireles,

AVÔ DE GOLEIRO


CANTINHO DA SALA

Odilon Redon
Bertrand-Jean Redon, simplesmente, Odilon Redon. Pintor e artista gráfico francês, nascido em Bordeaux em 1840. Tomou o barco em Paris, em 1916.
É considerado o mais importante dos pintores do simbolismo, por ser o único que soube criar uma linguagem plástica particular e original.
 
ER

FALA SÉRIO !


DICIONÁRIO

Declarou o FHC:
- "O Lula é hegemônico, quer tomar conta de tudo "

Deve ter respondido o Lula:
- Hegemônico deve ser a mãe dele. O que ele sabe sobre minha família ?

É a vida...

ER

SAIA JUSTA


PRÁ PENSAR

"...Seja marcante, um protagonista. Forme opinião, aceite outras. Claro, vá no seu limite. E o limite é exatamente aquele onde todos possam ter alguma razão, mesmo que não total. Para atravessar, olhe para os dois lados, e para cima e para baixo. Porque se houver só uma verdade total ou totalitária ela for, precisaremos estar espertos e prontos para guerrear, nos opor a ela."

Marli Gonçalves

sábado, 26 de julho de 2014

SOB A LUZ DE VELAS


"Amem-se uns aos outros, ou pereçam"

Auden

COMPLICADO


sexta-feira, 25 de julho de 2014

PRÁ PENSAR

O assunto é sério demais para ser tratado de maneira simplista. As informações e imagens chocam. Todos os esforços para por fim as agressões são bem-vindos.
Quase foge ao nosso alcance entender a questão.
Só sei que a intromissão do nosso governo não contribuiu em nada. Pelo contrário.
O relacionamento externo nos últimos doze anos tem sido um desastre. Apoios e silêncios constrangedores.
Triste.

ER

QUEM AVISA AMIGO É !

 
Alô Walter Bianchi e Marquinho Carvalho ! Acreditem ! Ela está ao vivo e em cores no Brasil, mais precisamente em Paulínia.
A inglesa Jacqueline Bisset é uma das convidadas de honra do Festival de Cinema de Paulínia. Ela veio ao Brasil para apresentar o seu filme "Bem-Vindo a Nova York".
Tudo bem, a moça extraordinariamente bonita, que teve dois posters na famosa república dos caros amigos já atingiu os gloriosos 69 anos. Continua linda.
Consigam um autógrafo para o "viver é perigoso".

ER 

CARAMBA !


quinta-feira, 24 de julho de 2014

CARTA QUE NÃO RECEBI

São Paulo, 23 de julho de 2014
 
Caro Vovô,
 
Acabei de desembarcar no planeta. Estamos bem, minha mãe Rachel e eu. Um abração para todos e em especial aos meus primos, Sofia, João, Mateus e Davi. O meu irmão Luc já foi abraçado.
Como meu irmão Luc, por uma questão de logística, cheguei por São Paulo. Tenho certeza que minha certidão de nascimento será revalidada na Boa Vista. Faço questão.
Já estou sabendo que as coisas por aqui seguem meio estranhas.
No caminho de chegada cruzei com algumas pessoas que o senhor admira. Ubaldo, Rubem Alves e Ariano. Não pareciam tristes, pelo contrário, todos com ar bem leve.
Escapei de assistir o triste 7x1 imposto pela Alemanha.
Um pedido antecipado: me poupe de torcer pelo Flamengo. Seria duro começar a vida na segunda divisão.
Não assisti, mas creio que ouvirei sobre isso durante toda a vida. Talvez com menos intensidade do que o senhor ouviu sobre o "maracanazo" de 1950.  
Chego animado com as perspectivas de mudanças na política nacional. Imagino serem necessárias.
Sobre o assunto, comento, que de passagem, a cegonha sobrevoou o aeroporto do município de Cláudio. Nas cartas de navegação aérea, consta como particular e de uso privado. Estranho.
Na área internacional, deu para perceber muitos foguetes cruzando os ares, principalmente sobre a Ucrânia, Israel e África. Devem estar comemorando muito.
Finalizando, deixo registrada toda a minha alegria de poder começar a viver junto com tantas pessoas maravilhosas.
Um beijo,
Vovô, creia: viver entre vocês não será perigoso.
 
Tito


COM HORA MARCADA


Eu sou apenas um rapaz latino americano...
Mas se depois de cantar
Você ainda quiser me atirar
Mate-me logo!
À tarde, às três
Que à noite
Tenho um compromisso
E não posso faltar
Por causa de vocês


Belchior

Blog: Por falar em hora marcada, a Prefeitura mandou avisar que, precisamente, às 08:00 horas da sexta-feira (25) irá retirar da Praça Central da cidade o busto do Dr. Theodomiro Santiago. Afirma que trata-se de uma operação provisória.
Convocou testemunhas.
Ah! possivelmente a intervenção não será feita na alta madrugada devido ao inclemente frio que assola a terrinha.
 
ER 

PESQUISAS


quarta-feira, 23 de julho de 2014

DROGARIAS

 
Intrigante e agora explicado o espetacular aumento do número de farmácias na terrinha. Em toda esquina tem uma. Não daquelas antigas, que penduravam contas, receitavam e providenciavam curativos.
Boas lembranças do Senhores Vitor, Rui Braga, Gerson, Eduardo, Loca, todos da Boa Vista.
Hoje, todas feericamente iluminadas e vendendo perfumaria em geral, água mineral e até remédios.
Deu no jornal:
As grandes redes de farmácia no país cresceram 13,7% no primeiro semestre de 2014, com um faturamento de R$ 15,6 bilhões.
Segundo a Abrafarma (representa 67% do mercado), a expansão das empresas segue, há uma década, em dois dígitos.
Interessante: a comercialização de remédios representa 67 % do mercado, complementado pela venda de itens de beleza e higiene pessoal.
É a vida.

ER 

DEZ DIAS

 
Suspenso apoio imediato do Legislativo à Administração Municipal. Câmara entra de férias.
 
Clarin da Boa Vista

MOÇA BONITA

Cat

CANTINHO DA SALA

Sir William Mactaggart - Galeria Tate - Londres

TOMARA


terça-feira, 22 de julho de 2014

SOB A LUZ DE VELAS

 
Na política tudo pode estar nos conformes, mas se precisou de muita explicação a vaca já foi para o brejo. 

Bigodinho

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Catherine Deneuve

VENTOS DE GUERRA


Ao contrário dos candidatos, os chamados cabos eleitorais se fazem presentes também nos períodos fora de eleições. Na entressafra eleitoral não costumam defender nomes e sim ideias. Quando os pleitos vão chegando, definem os seus candidatos, quase sempre na defesa de algum interesse particular. Juntam argumentos para defesa dos seus nomes e para ataque e desconstrução dos adversários.
Defesa de candidatos não está adiantando muito. A classe política está mais suja que poleiro de galinheiro. A desconstrução de candidaturas é facilitada pelo noticiário.
Hoje, em todos os segmentos a palavra de ordem é "mudança". Até na seleção brasileira.
Os sempre escorregadios cabos eleitorais do interior mineiro se encontram, nesta campanha, em palpos de aranha.
Todos pregam mudanças !
Os petistas pedem mudanças na administração estadual e continuidade na federal. Querem Pimentel e Lula (perdão, Dilma). Os tucanos exigem mudanças em âmbito federal e julgam que, no tocante ao Estado, não se deve mexer em time que está ganhando.
Em Minas Gerais, a situação e a oposição nunca estiveram na história defendendo nomes tão próximos: Ou Pimenta ou Pimentel. Quero dizer, no  item letras.
As mudanças na política tendem a ser saudáveis. No caso federal, as informações disponíveis dão conta, que não seria o caso de saudável, mas de sobrevivência da pátria.
No caso estadual, inclusive por questão de coerência, aparenta ser difícil ver o Fernando Pimentel como uma mudança saudável. 
Partidos, há muito, já não dizem nada. Porém, no caso do PT, diz muito. O petistas rezam na mesma cartilha.
É a vida.

ER  



 

VENTRILULAQUO


segunda-feira, 21 de julho de 2014

FRASE ABOBRINHA DO DIA

 
Pelo o que eu sei esse tal de mercado internacional nunca votou em você Dilma e nunca votou em mim. Quem vota na gente é o povo, cujo único mercado que conhece é onde compra feijão".

Lula

PAIXÕES PERIGOSAS

Henrique Meirelles é dotado de grande competência. Foi, durante anos, presidente do Banco Central e escreve aos domingos na Folha. Ontem foi publicado o "paixões perigosas". Interessante.
 
"Um dos aspectos mais relevantes em qualquer gestão –pública, privada ou esportiva– é o processo de tomada de decisões. Os graves problemas enfrentados pela Argentina em consequência de seu calote, os prejuízos e multas bilionárias pagas por bancos americanos por erros na crise de 2008 e as espetaculares derrotas da seleção para a Alemanha e a Holanda têm dimensões, implicações e significados muito diversos. Mas, analisando os processos decisórios, concluímos que sucessos e desastres são gerados por sequência de decisões com características comuns.
As decisões bem-sucedidas têm, com frequência, duas características:
1) São tomadas com serenidade e análise rigorosa de dados e baseadas nos fatos e nas melhores evidências sobre o caminho a seguir.
2) O gestor monitora de perto o resultado das decisões e a evolução do cenário, sempre pronto para, a qualquer momento, mudar de curso ou revertê-lo se as medidas gerarem resultados negativos.
Um processo decisório tenderá ao fracasso quando o gestor tomar com frequência decisões passionais e egocêntricas, priorizando preferências pessoais, emocionais, ideológicas ou políticas. São fatores que contaminam a análise e causam perda de foco em relação aos dados da realidade.
Outro gerador de fracasso aparece quando o gestor adota postura de torcedor emocionado da própria decisão. Vemos isso na gestão de política econômica e de grandes instituições, que levam a crises nacionais de grande gravidade. O mesmo ocorre no esporte e em outros campos.
A recusa em reconhecer o fracasso e a necessidade de mudança caracterizam os processos decisórios baseados em ideias preconcebidas e posições ideológicas, que se sobrepõem à análise serena e realista dos fatos.
Mas não existem verdades absolutas. As pesquisas trazem muitas vezes resultados diferentes e estão em revisão constante. Além disso, a realidade é complexa e mutante. Por isso, as decisões estão sempre sujeitas a erro e devem ter seus resultados monitorados continuamente, buscando reduzir aspectos passionais ao menor nível possível.
Cada um pode ser tão passional quanto desejar no seu processo de decisão somente quando o tomador da decisão arcar com as consequências. Mas é grave deixar decisões que influenciam grande número de pessoas serem tomadas de forma emocional, passional ou ideológica."
 
Henrique Meirelles - Folha

VENTOS DE GUERRA


Deu na  Folha de ontem, em manchete, que o Governo de Minas construiu  no município de Cláudio um aeroporto (pista de pouso de 1.000 metros) dentro da fazenda de um parente do ex-governador e atual candidato a presidente, Aécio Neves.
O governo mineiro teria gasto na obra, perto de R$ 14 milhões.
O aeroporto foi construído a 7 km da cidade. Na época de sua construção já existia o aeroporto de Divinópolis a 50 km.
O governo pressionado, informou que a área foi desapropriada do tio do Aécio por R$ 1 milhão. Valor depositado em juízo por o proprietário ter achado subavaliado.
As obras foram concluídas em outubro de 2010.  Os próprios familiares do Senador Aécio estão de posse das chaves dos portões do campo de pouso.  
O empreendimento não têm funcionários  e sua operação é considerada irregular pela ANAC
No atual momento político o assunto vai exigir explicações.
O tema "aeroportos no interior" pode passar pela terrinha e provocar ruídos semelhantes.
A área do aeroporto que está sendo construído pelo governo de Minas em Itajubá, pertencia, em grande parte, ao Estado.
O projeto foi aprovado e licitado. O assunto foi suspenso, por razões diversas, por uns tempos. Nesse interim, o Estado (um órgão) vendeu a área para um grupo de empresários investidores.
O projeto voltou a tona quando da expansão da Helibrás.
O Estado retomou o projeto de reconstrução e logicamente, teve que recomprar a área que havia sido vendido para particulares um pouco antes.
Para o regozijo dos itajubenses o governo mineiro providenciou nova licitação, ganha coincidentemente pela mesma empresa que havia ganho a licitação anterior.
A obra segue avante.
Onde estaria o busílis ?
Na venda da área pelo Estado e quase imediata recompra.
Má fé ? Creio que não. Simplesmente ausência de visão dos administradores do Estado.
E segue o jogo.
 
ER

CUMPANHEIRO PUTIN


domingo, 20 de julho de 2014

OUTRO QUE PARTE



O trompetista Lionel Ferbos, conhecido como o mais antigo músico de jazz de Nova Orleans, tomou o barco, ontem, aos 103 anos.
Ferbos permaneceu ativo após atingir um século de vida e se apresentou pela última em março, no canal CBS.
Músico consagrado,  Lionel tocou com bandas de jazz na região de Nova Orleans e com o apoio da cantora de blues Mamie Smith, tocava na Fats Pichon Band. O músico também trabalhou como operário para o governo em 1930, enquanto tocava na banda de jazz WPA, da qual era último membro vivo.
Durante a carreira ele fez oito turnês pela Europa, com a New Orleans Ragtime Orchestra, que ele ajudou a fundar. Também liderou a Palm Court Jazz Band por mais de duas décadas. Ferbos, que trabalhou por muitos anos como metalúrgico, também foi membro da banda de palco do musical "One Time Mo” de Vernel Bagneris, em 1979. 
O músico comemorou seu aniversário na quinta-feira, 17. Ele morreu em sua casa, em Nova Orleans.

Estado

ER

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Tarzan e família

NÚMERO DA MENTIRA

 
Tudo a ver: Dunga faz lembrar os sete anões. Sete faz lembrar a seleção. 

Clarin da Boa Vista.

sábado, 19 de julho de 2014

TOMOU O BARCO

 
Tomou o barco hoje em Campinas, Rubem Alves.
Presença constante no "viver é perigoso", Rubem Alves nasceu em 1933 em Boa Esperança, aqui pertinho da terrinha.
A sua família mudou para o Rio de Janeiro em 1945.
No período de 1953 a 1957 estudou Teologia no Seminário Presbiteriano de Campinas, tendo se transferido para Lavras  em 1958, onde exerce as funções de pastor naquela comunidade até 1963.
Casou-se em 1959 e teve três filhos: Sérgio, Marcos e Raquel.
Em 1963 foi estudar em Nova York, retornando ao Brasil no mês de maio de 1964 com o título de Mestre em Teologia pelo Union Theological Seminary.
Denunciado como subversivo, em 1968, foi perseguido pelo regime militar.
Deixou a igreja presbiteriana e retornou com a família para os Estados Unidos, fugindo das ameaças que recebia. Lá, torna-se Doutor em Filosofia (Ph.D.) pelo Princeton Theological Seminary.
Sua tese de doutoramento em teologia, “A Theology of Human Hope”, publicada em 1969 pela editora católica Corpus Books é, no seu entendimento, “um dos primeiros brotos daquilo que posteriormente recebeu o nome de Teoria da Libertação”.
De volta ao Brasil,  foi contratado para dar aulas de Filosofia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Rio Claro.
Em 1971, foi professor-visitante no Union Theological Seminary.
Em 1973, transferiu-se para a Unicamp como professor-adjunto na Faculdade de Educação.
No ano seguinte, 1974, ocupa o cargo de professor-titular de Filosofia no Instituto de Filosofia e Ciências Humanas.
No início da década de 80 torna-se psicanalista pela Sociedade Paulista de Psicanálise.
Em 1988, foi professor-visitante na Universidade de Birmingham, Inglaterra. Posteriormente, a convite da "Rockefeller Fundation" fez "residência" no "Bellagio Study Center", Itália.
Na literatura e a poesia encontrou a alegria que o manteve vivo nas horas más por que passou.
Admirador de Adélia Prado, Guimarães Rosa, Manoel de Barros, Octávio Paz, Saramago, Nietzsche, T. S. Eliot, Camus, Santo Agostinho, Borges e Fernando Pessoa, entre outros, tornou-se autor de inúmeros livros. Foi colaborador em diversos jornais e revistas com crônicas de grande sucesso.
Rubem Alves era membro da Academia Campinense de Letras, professor-emérito da Unicamp e cidadão-honorário de Campinas.
(Projeto Releituras)
 
ER

ABOBRINHAS

 
Preparem-se para ouvir e ler abobrinhas do Lula até o início de outubro. Após, nas raras aparições, chamará o povo de ingrato.

Clarin da Boa Vista

MOMENTOS MÁGICOS


GOSTARIA DE ENTENDER A RAZÃO


Questão que sempre me incomodou :
 
O Professor Henrique, foi conhecido por todos os itajubenses como Professor Surica. Homem de grande valor que dirigiu o esporte itajubense. Grande educador e por muitos anos Professor de Educação Física do Colégio de Itajubá. Personagem inesquecível.
 
Entendam:
 
Numa justíssima homenagem, no dia 11 de dezembro (1969) foi publicada no "Minas Gerais" a LEI ESTADUAL Nº 5380 DE 4 DE DEZEMBRO DE 1969, dando a  denominação de “Gymnasium Prof. Henrique Marques da Silva - “SURICA” , à quadra coberta do Itajubá Tênis Clube, da Cidade de Itajubá.
 
No dia 5 de fevereiro de 1970, Itajubá perde em um acidente trágico o seu competente e admirado Prefeito Tigre Maia. A cidade ficou abalada com a perda.
 
No dia 12 de maio de 1970, o Vereador Domício Guedes apresenta na Câmara o Projeto de Lei 1.164, dando o nome de Quadra de Esportes Tigre Maia (em construção em convênio com a Diretoria de Esportes do Estado) à quadra coberta do ITC.
 
No dia 21de maio de 1970, foi publicada a Lei Municipal 883 dando a denominação de "Tigre Maia" à quadra coberta do Itajubá Tenis Clube, da cidade de Itajubá. Foi assinada pelo então Prefeito, Luiz Rennó Chaves.
 
No dia 9 de dezembro de 1976 o então Prefeito Rosemburgo Romano propôs que fosse dado o nome de Prof. Henrique Silva a uma das ruas do loteamento N.S. do Carmo.

No dia 9 de maio de 1977, foi publicada a Lei Municipal Municipal 1.160  denominando Rua Professor Henrique da Silva - Surica a rua localizada entre as quadras 1 e 3 do Loteamento N.S. do Carmo, assinada pelo então prefeito, Dr. Pedro Mendes.

Voltamos.

Não tenho conhecimento dos detalhes que  levaram a mudança. Não sei também da legalidade de Lei Municipal prevalecer sobre a Lei Estadual.
Talvez a família do nosso Professor prefira que não comentar o acontecido. Já deve ter chateado demais.  Com toda a nossa admiração pelo Capitão Tigre Maia, creio que alguma atitude possa ser tomada pela atual administração. O nome colocado entre as quadras 1 e 3, para mim não bastou.
Tenho conversado com os administradores da cidade sobre o assunto. Mostram certa surpresa e...desconversam.
Ficou ruim para todos.
Como ex - aluno e devedor de lições, gostaria que o Professor Surica ficasse melhor gravado na história de Itajubá. 
 
Ainda é tempo.
 
ER  










 
 

VIVA O POVO BRASILEIRO

 
A gente nunca se acha velho, mas, de repente, nos surpreendemos velho mesmo. Não só porque o corpo não responde mais de forma que respondia aos estímulos ou à vontade do seu dono, como a pessoa desenvolve até um certo fastio.
Hoje, tenho poucas ilusões sobre a humanidade. Os avanços tecnológicos parecem ameaçar coisa que podem vir a não ser cara às pessoas no futuro, mas hoje me são fundamentais, como a privacidade e a liberdade.

João Ubaldo Ribeiro

COLOCAR NO CHÃO É O NOSSO NEGÓCIO


Quem viu, viu.
Na terrinha, derrubaram o Ipê que dava vida a Praça da Câmara Municipal. Noticiado pela Gloria Maria Werdine Machado, com foto do Carlos Alberto Fortes.

ER

PERDER DE POUCO

 
Dunga deverá ser o novo técnico da seleção. Seu grande mérito foi ser eliminado na Copa da África perdendo da Holanda só de 2x1. Melhor do que ser eliminado por 7x1.

Clarin da Boa Vista

O OUTRO POSTE DO LULA

 
Após um ano e seis meses de mandato, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), atingiu o pior índice de reprovação já registrado desde o início da sua gestão.
Pesquisa Datafolha realizada nesta semana mostra que a insatisfação com a administração de Haddad passou de 36% para 47% entre junho e julho deste ano.

Folha

sexta-feira, 18 de julho de 2014

SOB A LUZ DE VELAS



Sempre lutei do lado certo e perdi todas as batalhas.

Antônio Callado

MOÇA BONITA

Catherine

O MELHOR MARKETING

Deu na Folha:
 
Faz sucesso nas redes sociais um panfleto com quatro motivos para o eleitor do Rio votar no desconhecido Tarcísio Motta (PSOL) para governador:
Ao argumentos são simples:
 
Ele não é o Garotinho.
Ele não é o Crivella.
Ele não é o Lindberg.
Ele não é o Pezão.
 
Em tempo, Motta é professor do Colégio Pedro II.
 
Folha
 
Blog: Perguntaria eu: Mais motivos seriam necessários ?
 
ER

O ABACAXI ADOCICOU

 
"...Até que chegou o dia da convenção do Partido, quando o Prefeito, Coronel Ormino, indicaria, finalmente, o nome de seu candidato às eleições. Muito falatório no salão lotado. Vozes esganiçadas de velhas comadres fazendo contraponto com pigarros cavernosos. Tensão no ar, entre nuvens sufocantes de grossos palheiros.
O velho Coronel, cabelos brancos esvoaçantes, levantou-se para a indicação ansiosamente esperada:
- Prezados amigos e correligionários. A administração municipal para aqueles que estão à distância, parece fácil e gratificante. Mas infelizmente, não é verdade ! Eu diria que é tarefa das mais espinhosas, exaustiva e sem atrativos. Todo os dias é a mesma coisa. Falta dinheiro, excesso de problemas, reclamações improcedentes, funcionários indolentes, que só se interessam pelo salário no final do mês. São contas atrasadas, obras inacabadas, dezenas de pedidos de favores, bando de puxa-sacos com assuntos inoportunos. Verdadeiro purgatório ! Por isso, meus prezados amigos, pela experiência vivida, tenho a satisfação de indicar como meu candidato o Manuel Assis Lucena !
Um ooohhhh!!! prolongado da plateia quase interrompeu as palavras finais do velho Coronel:
- Pois, para pegar um mandú desses, que é essa porcaria de Prefeitura, só posso indicar o meu adversário político a quem sempre desejei o pior dos abacaxis ! Tenho dito ! "
 
Trecho do imperdível livro "Minas de Estórias Dessas Gerais", do Fernando Brandão, engenheiro itajubense"
 
Blog: Os tempos mudaram. O pessoal pega e não quer largar mais. Deve ter ficado bom.
 
ER 

COLOCAR NO CHÃO É O NOSSO NEGÓCIO


Ouvido ontem na Boa Vista

- Ô Cumpadre, o que você está achando dessa intervenção, tipo blitzkrieg, da prefeitura municipal no Bairro da Boa Vista ? Irão asfaltar a histórica Miguel Braga, estão abrindo uma passagem no Sambódromo com saída na , não menos histórica, Rua Jayme Riera.
Vai acontecer um enorme movimento de carros.
 
- Pois é...estamos correndo o risco de perder a identidade tão duramente conquistada. Mas fazer o quê ? Mas de moderno não tem nada. Nos anos 50 Juscelino já dizia que progresso era abrir e asfaltar estradas. De uma coisa tenho certeza: Essa intervenção é do interesse de Itajubá e não do interesse da Boa Vista permitida por tratados assinados no passado.
 
- Cumpadre, e se eles conseguirem mais empréstimos e resolver desapropriar o prédio  da família do Deputado Ulisses na Miguel Braga, avançar com a nova avenida, estendendo a Miguel Viana no Morro Chic e Jayme Riera na Boa Vista, passando pela Felipe Pizzuto e com nova Ponte sair lá na BR-459, em frente a Faculdade de Economia ? A Igreja São José correria o risco de ser demolida ?
 
- Creio que não. Não pela Igreja, mas pelo palco do Parque de Exposição. Aquilo lá é sagrado. Quantas duplas universitárias já cantaram lá ? mas trata-se de uma ideia interessante. Ligariam o Asilo direto com o Hospital
 
- É faz sentido.

ER



  

DATAFOLHA


quinta-feira, 17 de julho de 2014

SÓ BLUES




Um dos maiores nomes do blues rock de todos os tempos, Johnny Winter, tomou o barco, aos 70 anos, no seu quarto de hotel em Zurich, na Suíça.
Winter, viveu o auge de sua carreira entre o final dos anos 60/início dos 70, quando participou do festival de Woodstock e lançou uma série de álbuns bem sucedidos que estão entre os clássicos do gênero. Esteve no Brasil em 2010 e voltaria em 2014 para se apresentar no dia 12 de outubro em São Paulo.
Passou para a história.
 
ER


 

TRATAMENTO ESPECIAL

 
O ditador cubano, Raul Castro, chegou ontem em Brasília e está hospedado na Granja do Torto, uma das residências da Presidente da República.
Deferência especial do governo brasileiro.
Na capital estavam outros 15 presidentes para participar de encontros diversos. Hoje, devidamente alojado na Granja do Torto, Raul Castro recebeu o Presidente da Venezuela, Maduro.
Amigo é prá essas coisas. ER  

quarta-feira, 16 de julho de 2014

terça-feira, 15 de julho de 2014

TONINHO AURELIANO

Réu do mensalão tucano, o senador Clésio Andrade (PMDB-MG) renunciou hoje ao seu mandato no Senado Federal. Oficialmente, o senador alegou problemas de saúde para abrir mão de sua cadeira na Casa, mas a renúncia abre caminho para que o processo no caso do mensalão de Minas contra o congressista seja encaminhado à 1ª instância da Justiça Federal.
Como seu suplente, deverá tomar posse e concluir o seu mandato (termina em dezembro), o Toninho Aureliano.
 
E segue a vida.

ER

APROVEITANDO O EMBALO