quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

BOM NATAL !


IRÁ SER DEBITADO PARA QUEM ?


Maior produtor global de suco de laranja, o Brasil tem na cadeia da citricultura uma importante fonte de geração de riquezas. Seus pomares localizados nos Estados de São Paulo e de Minas Gerais são responsáveis por produzir quase a totalidade de uma oferta que representa 80% do comércio global da bebida, geram 200 mil empregos e uma receita de 2,5 bilhões de dólares. Uma falha no cálculo da estimativa da safra de laranja feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), órgão ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), porém, causou um forte prejuízo ao setor, estimado em 400 milhões de dólares pela Associação Nacional dos Exportadores de Sucos Cítricos (CitrusBR), principal entidade representante do setor.
O suco de laranja é uma commodity e como tal tem seu preço definido pela Bolsa de Valores. Entre os meses de maio e novembro deste ano, suas cotações na Bolsa de Nova York, a referência para o produto, caíram de 1500 dólares por tonelada de suco concentrado e congelado para 1200 dólares. O motivo foi a previsão de safra de laranja divulgada em maio pela Conab, realizada em parceria com o Instituto de Economia Agrícola de São Paulo (IEA), que apontou uma produção de 340 milhões de caixas.
 
El País
 
 

BOAS FESTAS !