segunda-feira, 25 de novembro de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
É melhor ser pessimista do que otimista. O pessimista fica feliz quando acerta e quando erra.

Millôr

ESCREVA A SUA !

A militância petista criou um site de apoio para que companheiros de todo o País encaminhem cartas aos mensaleiros presos por corrupção. Com o lema: “Eles lutaram por nós. Eles escreveram pra nós. Agora, vamos responder a eles!
#SolidariedadePresosPoliticosdoPT”, o site Mil cartas para os companheiros recolheu até o momento 172 bilhetes escritos à mão.
São militantes de diferentes estados, que colocam no papel palavras de apoio.  Alguns textos são carinhosos, outros são vazios, mas também há aqueles com uma espécie de visão petista do julgamento do Mensalão.  Veja uma das cartinhas abaixo:
Cláudio Humberto
 
Blog: O momento exige calma. Escreva o seu bilhete moderado que o publicaremos. O blog é lido na Papuda.
 
ER

CONTINUANDO A FALAR DE FLORES

Itajubá vai entrar com o terreno. A Câmara Municipal já aprovou a doação.
Avançando as providências para construção do Laboratório de Alta Tensão e Potência do Senai em Itajubá. Estará localizado em área próxima da Substação 2 da Cemig.
O projeto foi idealizado pelo Sinaees - Sindicato da Industria de Aparelhos Elétricos e Eletrônicos do Estado de Minas Gerais, tendo como executor e mantenedor o Senai.
É apoiado pela Fiemg, CNI, Governo de Minas Gerais, PMI, Secretaria de Desenvolvimento Econômico de MG, Secretaria de Ciência e Tecnologia de MG e Cemig.
O investimento ultrapassará R$ 128 milhões, financiados pelo BNDES.
Terá uma área total de 51.000 m2, com 55 funcionários quando em funcionamento pleno.
Será construída uma substação e contará com 2 geradores de Curto Circuito de 2200 MVA .
Contará com laboratórios de Alta Potência, Alta Tensão, Elevação de Temperatura, Grau de Proteção em Atmosferas Explosivas, Para-Ráios, Compatibilidade Eletromagnética, Ensaios Mecânicos, Óleos Isolantes e Calibração.
As obras se iniciarão no início do próximo ano (2014).
O projeto do laboratório, investimento de R$ 7,4 milhões, está sendo elaborado pela Kema, empresa norte-americana e holandesa, especializada em energia e sustentabilidade
Muito bom.
Um projeto inteiramente inserido no contexto da terrinha.
 
ER

CIDADÃO ITAJUBENSE

 
Poucos meses atrás, por indicação do então Vereador Robison Vaz, hoje Secretário da Educação da cidade, o Deputado Estadual Gustavo Perrela, foi agraciado com o título de Cidadão Honorário de Itajubá.
Lógico que não tem nada a ver com isso, mas deu hoje nos jornais. 
 
"A superintendência da Polícia Federal do Espírito Santo apreendeu, durante operação nesse domingo (24), 450 kg de cocaína em um helicóptero da Limeira Agropecuária, empresa do deputado estadual por Minas Gerais Gustavo Perrella (SDD), filho do senador e ex-presidente do Cruzeiro Zezé Perrella (PDT-MG).
O helicóptero foi interceptado pela Polícia Federal perto da cidade de Afonso Cláudio, no interior do Espírito Santo. Estavam na aeronave o piloto, que é funcionário da agropecuária, e mais três pessoas cujas identidades não foram reveladas pela PF.
Segundo Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, o piloto utilizou o helicóptero sem autorização da família ou de representantes da empresa. "Ele usou fora do ambiente de trabalho, sem autorização, e ainda para fim absolutamente ilegal", afirma Kakay.
De acordo com Kakay, Gustavo Perrella estava em Brasília no momento da operação. O helicóptero costuma ficar estacionado em um restaurante em Belo Horizonte, segundo o advogado.
Kakay afirmou que a família procurou a Polícia Civil para registrar uma ocorrência por apropriação indébita. O defensor disse que o responsável pela operação lhe afirmou que o piloto não foi coagido a transportar a droga e agiu intencionalmente. Almeida Castro é defensor do Cruzeiro e de Zezé Perrella, mas nunca havia advogado para Gustavo.
Em 2012, o Ministério Público abriu investigação da Limeira Agropecuária para apurar um suposto esquema de superfaturamento de merendas e marmitas quando a empresa era fornecedora de grãos da Epamig (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais).
Em julho deste ano, reportagem da revista "IstoÉ" revelou que Zezé Perrella destinou R$ 6 milhões em emendas para a Epamig comprar sementes. Dos R$ 6 milhões, a Limeira Agropecuária foi beneficiada com contratos de R$ 2,4 milhões. "
 
Pode ser considerado seu conterrâneo, mas meu não é. Só de ler o nome do estrelado  Kakay (Antônio Carlos de Almeida Castro) como advogado, já coloco as minhas brancas barbas de molho.
 
ER   
 
            

 

O "ESTAMOS JUNTOS" NÃO CONVENCEU


Se alguém conhece bem o Lula, não seria a Dona Marisa ou Dona Rose. Na certa seria o Zé Dirceu.
A imprensa informou que o Zé Dirceu recebeu um telefonema do Lula, no dia histórico da prisão, com a  reconfortante colocação verbal: "Estamos Juntos".
O Zé Dirceu deve ter pensado: - Estamos no arroz ! (expressão usada em Passa Quatro).
Sabia que o Lula estava tirando o dele da reta.
O tempo na prisão custa para passar. É um tal de acordar e dormir cedo. As visitas vão se rareando. A bóia é repetida. Café da manhã a base de pingado e pão com margarina. Não tem a felicidade de ter pressão alta como o Genuíno. 
Engaiolado numa cela de 2x3 metros, o moço de Passa Quatro começou a botar a boca no trombone.
- E o Lula não vai falar nada ?
Está irritado com o silêncio do Planalto.
Podem esperar uma reação mais forte do Lula em defesa dos mensaleiros. Vai que um dos pássaros resolve cantar...
 
ER

CANTINHO DA SALA

Tomie Otake
Tomie Ohtake completou na última quinta-feira, dia 21, 100 anos. Mais de metade de seu tempo de vida foi dedicada à pintura, atividade que só começou aos 40 anos, depois de ver os filhos formados. Tomie é mãe dos conhecidos arquitetos Ruy e Ricardo Ohtake
Nascida em Kyoto, Tomie desembarcou aqui em 1936. Veio visitar um irmão e, devido à guerra entre Japão e China, acabou ficando. As primeiras paisagens foram feitas na Mooca, onde morava. Nos anos 1960, com a ascensão do movimento concreto, Tomie conheceu artistas como Hércules Barsotti e Willys de Castro
Os anos 60, quando se naturalizou brasileira, foram decisivos para a sua maturação como pintora originária da abstração informal.
 
ER

O FANTASMA BRANCO


 
A peça de teatro (escrevia-se theatro) "O Fantasma Branco",  escrita em 1851, pelo escritor Joaquim Manuel Macedo ("A Moreninha"),  Foi a primeira peça representada em Itajubá. Foi ao palco no dia 25.11.1862.
Portanto, completa hoje 151 anos da mais antiga representação teatral de que se tem noticia na história da terrinha..
Ainda não havia um teatro na cidade. O Teatro Santa Cecília só foi inaugurado no dia 6 de janeiro de 1873.
A peça "O Fantasma Branco" foi apresentada no Largo Municipal, hoje Praça Amélia Braga (onde funciona a Câmara Municipal"), em um palco de madeira ali armado.
A plateia ficava ao ar livre e só se sentavam os que, por braços de seus escravos, faziam levar de casa cadeiras ou bancos.
Essa histórica representação foi levada à cena pelo grupo dramático de amadores "Faunos de Thália", organizado por Antônio Luis Alves de Noronha, Honório José de Oliveira, Caetano Ferreira da Costa e Silva (bisavô de Wenceslau Braz), Sebastião de Paiva Soares e José Rodrigues de Souza. 
Já fomos bom nisso.
 
(dados  Armelim Guimarães)
 
ER
 
 
 

PINGA ?