domingo, 15 de setembro de 2013

OS BLACK BLOC



   O que é a quebra de uma vitrine perto da quebra da esperança de mudança ?

John Chair

PRÁ PENSAR



Humildade significa, no fundo, apenas senso do real.

Olavo de Carvalho

MOÇA BONITA

Marisa

RESSACA CÍVICA

Publicado no "vivereperigoso" em 03 de agosto de 2012 - Continua valendo.
 
RESSACA CÍVICA, mal estar terrível. Só quem sentiu sabe como é ruim. Milhares de vezes pior do que a chamada RESSACA ESPORTIVA.
Meu pai e meus tios presenciaram (ao vivo) a maior ressaca esportiva que o nosso povo já viveu:
Derrota para o Uruguai no Maracanã, na final da Copa do Mundo de 1950. Segundo eles, já tinham assistido velórios mais animados.
Um pouco menor foi a tristeza que sentimos com a eliminação da seleção brasileira, de Telê Santana, pela Itália, na Copa de 1982 na Espanha.
Participamos ativamente da Campanha "Diretas Já", em 1983/1984.
Movimento nacional que reivindicava o direito de eleição direta para Presidente da República. Estivemos em muitas passeatas e comícios, inclusive, na maior manifestação pública feita até hoje no país: O comício do Anhangabau, no dia 25 de janeiro de 1984.
No dia 25/4/84, o Congresso Nacional jogou no lixo o sonho dos brasileiros.
Chegamos no MENSALÃO. É pouco, comparado com outros episódios da vida nacional, mas extremamente simbólico.
Um julgamento sereno e firme devolveria a todos nós a esperança na justiça. O principio do fim das impunibilidades. A exigência maior do controle dos recursos públicos.
Um basta no cinismo que paira sobre o país.
Ontem, o início do julgamento nos chamou à realidade.
A presença do Ministro Tóffoli, pelos motivos exaustivamente publicados na imprensa, a todos incomoda. Aparentemente, inclusive aos seus pares.
Não conseguimos vê-lo adotando uma posição clara e independente. Aliás, já teria se manifestado em passado recente sobre o assunto. Segundo ele, o mensalão não teria existido.
Marco Aurélio e Lewandowsky, já se manifestaram.
Cezar Peluzo, terá que deixar até o Tribunal até o final do mês, pela obrigatoriedade da aposentadoria.
Sairão todos os acusados incólumes ? Com certeza não. Uma admoestação aqui, uma pequena pena ali.
Como antecipou lá no começo do processo, o filósofo Delúbio Soares:
"No futuro isso ainda irá virar piada de salão".
Enquanto o ex-presidente, que em condições normais deveria estar no "olho do furação", indagado se iria acompanhar o julgamento, declarou com o ar de enfado e arrogância naturais:
"Tenho mais o que fazer".
Desta vez não sofrerei ressaca, muito menos ressaca cívica.
Qualquer acontecimento diferente será apenas uma agradável surpresa.

ER

PLANTÃO NACIONAL


Situação do STF na UTI segue estavelmente crítica. Família já estuda a doação de órgãos. Povo em vigília permanente.

Clarin da Boa Vista

BOLA FORA