quarta-feira, 4 de setembro de 2013

A PEDIDO

Deu no site do Itajubá Notícias:
 
"A construção de um aeroporto em Itajubá está entre as obrigações do governo do Estado, assim como os investimentos que deveriam ser feitos por parte da Helibras. “Aqui (no protocolo) fala que a Helibras tem que investir R$400 milhões na construção dessa fábrica, nós já investimos R$430 milhões, fala que a empresa deveria contratar 300 pessoas, nós já contratamos mais de 600 pessoas desde então e assim por diante. E tem um ponto específico em relação ao aeroporto, que diz que o Estado de Minas implantará um aeroporto na cidade de Itajubá, com toda estrutura diurna e noturna em local a ser definido”, declara o presidente da empresa.
Eduardo Marson, defende que um aeroporto na cidade é uma necessidade para a empresa. “Esse projeto é importante para nós porque estamos fazendo máquinas que vazias pesam mais de 5 toneladas e a gente precisa fazer ensaios com essas máquinas, a gente voa, faz ensaio de pouso corrido e não dá para fazer na nossa pista de grama, como a gente fazia com o esquilo, que é uma aeronave bem menor”, explica Eduardo que diz ainda que quando necessário, esses ensaios são feitos em outras cidades, como Pouso Alegre-MG ou São José dos Campos-SP, o que gera um custo muito alto.
De acordo com o presidente da Helibras, a empresa nunca se posicionou sobre localização do aeroporto e afirma que a Helibras precisa de um aeroporto na cidade, para que o Departamento de Ensaio e Vôo continue em Itajubá. “Precisamos de uma integração melhor, para que nossos técnicos, nossos engenheiros, nossas peças se movimentem e no ponto de vista de logística é importante você ter alternativas às estradas que cada vez mais estão complicadas”."
 
Blog: A entrevista foi convocada pelo Sr. Marson, Presidente da Helibrás.
Lendo a reportagem do Itajubá Notícias, para mim, ficou claro:
O governo do Estado assumiu o compromisso de construir o aeroporto e ponto. A Helibrás nunca se posicionou pela localização. Um aeroporto na cidade é uma necessidade para a empresa.
Primeiro, somos levados a acreditar que se não fosse a expansão da Helibrás, a cidade não teria o aeroporto bancado pelo Estado.
Se aumentam os custos para o Departamento de Ensaio e Voo da empresa fazer os testes em Pouso Alegre, ficariam também mais elevados se fossem feitos em São José do Alegre ou na área da Fazenda Rancho Grande, que eram opções para construção do campo de pouso. Ao meu ver a empresa queria a pista de pouso ao lado de sua fábrica. É óbvio.
A entrevista, nas entrelinhas, mandou um recado para a cidade num estilo, tipicamente, empresarial: ou façam logo isso ou vamos para outro lugar (Depto de Ensaio e Voo).
Creio que com relação ao aeroporto ninguém questiona mais nada. O questionamento atual é com o aterramento do restante da várzea.
Quanto a trazer peças para a linha de produção tanto faz trazer de avião ou de caminhão. Se forem importadas, diretamente, terão que ser desembarcadas onde exista alfândega, o que não é o nosso caso.
Lembrando, toda a expansão se deu graças ao contrato para o fornecimento de 50 super-helicópteros para o exército brasileiro.
Concluindo: Como em priscas eras, vão jogar a máquina de propaganda (desemprego, mudança da empresa, etc)  contra os ambientalista, negativistas e pessimistas (e oposição) que lutam pelos cuidados com a natureza.
 
(Sobre o presente para a cidade - "Parque Municipal", pelo que consta, não foi adiantado nada)
 
É a vida
 
ER
 
 
 

COMEÇARAM BEM !



Uma carreta tombou na BR-459 em Pouso Alegre na tarde de ontem e deixou a carga de 1,8 mil urnas eletrônicas espalhadas na pista. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o motorista que levaria as urnas de Santa Rita do Sapucaí ao Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília (DF), teria perdido o controle do veículo em uma curva.
Segundo a assessoria da empresa, os equipamentos serão levados de volta para a fábrica para serem trocados.

Pouso Alegre Net

UTILIDADE PÚBLICA

Quer saber quem votou em quem, quem está namorando quem, apartamento para alugar em Ubatuba, próximo escândalo de corrupção, quem irá para a segunda divisão, soluções para caspa, calos e intestino solto. Melhores preços de aparelhos eletrônicos e móveis. Peso, altura e gostos pessoais da presidente. Terrenos à venda, pacotes de viagem para Aparecida do Norte ?
Ligue grátis para o telefone 1 - 202 - 456 - 1414
Casa Branca - Av. Pensilvânia 1600 - Washington D.C.
Tecle 5 para falar em português
Falar com Michelle

Clarin da Boa Vista

TUDO EM CASA


COMPRA DE VOTOS NO PT

Esta é a denúncia mais grave desde o mensalão. O deputado Henrique Fontana (PT-RS) acusa que há compra de votos na eleição para presidente do PT. “Desconfio de pagamento coletivo. Uma pessoa pagou para um grupo e isso é voto de cabresto”, diz. Ele conta: “184.893 filiados estavam aptos a votar em 28/8. Ontem, eram 780 mil os filiados que estavam em dia com a tesouraria”.
Blog Panorama Político - Ilimar Franco - O Globo
Em tempo: O Deputado Fontana disputa a presidência do PT com o atual presidente Rui Falcão.

ER


MOMENTOS MÁGICOS


LADO BOM E O RUIM


Ouvido ontem na Feira Livre da Boa Vista, na Av. Dr. Rosemburgo Romano:

- Ô Cumpadre, tudo na vida tem um lado bom e outro lado ruim. Concorda?

- Vamos lá homem, desembuche logo. Onde você quer chegar ?

- Pois bem. O pessoal mais equilibrado e baseado por estudos técnicos tentam impedir, o aterro da várzea da Piedade. Você está acompanhando ?

- Cumpadre, não carece de estudo técnico algum. Nos meus 70 anos de vida, pelo menos durante os meses de dezembro, janeiro e março, aquilo fica tudo submerso. É local de pouso da marrecada, paturis e garças. Se aterrarem, as águas irão se acomodar onde ? Na linha de produção das fábricas, certamente.

- Mas deixa eu terminar o meu raciocínio sobre o bom e o ruim.  Para aterrar aquele buracão vai ser preciso uns três morros de bom tamanho. Milhares de caminhões de terra. É o lado ruim.

- E o lado bom ?

- No lugar dos morros desmanchados vai dar para construir uma nova Itajubá.

- É...faz sentido.

ER

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

A Garota de Ipanema

POR OUTRO LADO


Fim do famigerado voto secreto. O que vai dar de deputado doente nas votações polêmicas será uma enormidade. Pior: com atestados de médicos cubanos.

Clarin da Boa Vista

MOÇA BONITA

Scarlett

LADEIRA ABAIXO OU MAROLINHA ?


O Brasil perdeu oito posições no ranking global de competitividade, segundo o Relatório Global de Competitividade do Fórum Econômico Mundial.
Na edição de 2013/2014 do ranking, o país aparece na 56ª posição entre 148 nações, contra a 48ª posição em 2012. Na prática, o país voltou para a colocação que exibia em 2009 e foi ultrapassado por países como México (55º agora, contra 53º em 2012), Costa Rica (que subiu da 57ª para a 54ª posição), África do Sul (que subiu da 53ª para a 52ª posição)e Portugal, que apesar da crise europeia caiu menos que o Brasil, da 49ª para a 51ª posição.
De acordo com Carlos Arruda, professor da Fundação Dom Cabral que coordena a pesquisa no Brasil, feita em parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC), o resultado brasileiro é decorrente da deterioração das condições macroeconômicas — com aumento da inflação, baixo crescimento, alta do endividamento bruto e déficit externo —, falta de avanços significativos nos investimentos em infraestrutura e na simplificação dos marcos regulatórios e tributários. De acordo com ele, o desempenho do país não está condizente com o esperado por uma grande nação emergente.
Blog: Pois é...aposto que os petistas indagarão: Quem é esse tal de Fórum Econômico Mundial ? Quem é essa Fundação Dom Cabral ? Todos pessimistas de plantão.
ER


GRANDE IRMÃO