quarta-feira, 24 de abril de 2013

DEU NO JORNAL


 
Lewandowski, age com rapidez, objetividade e define. Avante do Borussia Dotmund, claro ! 

Clarin da Boa Vista

ENCARANDO O TANQUE E O FOGÃO

 
A ministra Marta Suplicy deve tirar licença do Ministério da Cultura em breve. Ela vai se casar com Márcio Toledo, ex-presidente do Jockey de SP. O ministério não confirma a saída e diz que ela não fala da vida pessoal.

Mônica Bergamo

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Steve

ROLO DE MACARRÃO


Conversa ouvida ontem na Feira Livre da Boa Vista, na Av. Dr. Rosemburgo Romano, ex-Sambódromo:
 
- Ô Cumpadre, parece que, devagar devagarinho estão se aproximando do Lula. E parece ser fogo amigo.
 
- Desembucha homem !
 
- Pois é, a Policia Federal interrogou o Marcos Valério, que com 40 anos de cadeia nas costas não tem muito a perder. Agora chamaram para conversar o assessor pessoal do Lula, o tal de Fred Godoy. Não sei não...
 
- Cara, isso não dá em nada. O Lula é coberto por uma camada de teflon. Nada gruda. Perdão, nem tanto assim. Se a Miss Rose abrir o bico, o que não é difícil, Lula vai sofrer. Não nos tribunais, etc. Vai levar um cacete da Dona Mariza e provavelmente com rolo de macarrão.
 
- Éh... faz sentido.
 
ER

AGORA VAI !


Agora vai !
Alejandra Benítez Romero, é a nova Ministra de Esportes da Venezuela. Esgrimista que já participou de três jogos olímpicos. E claro, chavista.
Odontóloga de profissão e suplente de deputada. Também praticou ballet, judô e natação.

ER
 



LOS MAESTROS DO BRASIL

Primeira página do El País

Los maestros de enseñanza pública de Brasil se han puesto en huelga para exigir que les sea abonado el mínimo salarial decidido por el Congreso hace cinco años y que por lo menos la mitad de los Estados no cumple. “Necesitamos llevar a cabo una gran movilización nacional para que se cumpla ley. Tenemos que luchar, salir a la calle, para exigir lo que hace cinco años fue aprobado por unanimidad en el Congreso.

Juan Arias - El País

MÁQUINAS MARAVILHOSAS

Meu pai dizia que o melhor time de futebol de todos os tempos foi o húngato Honved de Budapest. Era o time do exército vermelho, base da seleção húngara de 1954. Lá jogavam Grosiks, Czibor, Kocsis, Bozsik e o lendário Ferenc Puskas.
O Honved esteve no Brasil em 1957, ocasião em que realizou três partidas contra o Flamengo. No dia 19 de janeiro daquele ano, jogou e perdeu de 6x4 para Flamengo, perante 113.000 pessoas no Maracanã.
O zelador, com nove anos de idade, escutou o jogo pelo rádio e lembra-se com detalhes.
Depois surgiu o Real Madri, que contava com o próprio Puskas e o argentino Di Stefano em suas fileiras. Chegou o Santos de Pelé e dominou o mundo por alguns anos. Gilmar, Laércio, Carlos Alberto, Ramos Delgado, Djalma Dias, Calvet, Dalmo, Geraldino, Lima, Zito, Mengalvio, Dorval, Pagão, Toninho Guerreiro,Coutinho, Pepe, Abel, Edu e Ele.
Apareceu o Ajax de Amsterdam, de Cruiff, que foi base da "laranja mecânica" que encantou o mundo em 1974.
Hoje entra na lista o Barcelona de Messi.
Parece que estamos entrando em nova  fase.
Maravilhas do futebol.
 
ER

ATOS & PALAVRAS

 
Nunca se falou tanto na terrinha como agora.
Época de reuniões, grupos de trabalho, audiências mais ou menos públicas, listas, manchetes, rede social, etc.
Muitas causas e muitas conversas.
Além dos saraus, dos coquetéis, dos jantares, só um perguntinha:
Nos últimos tempos, alguma coisa já produziu alguma coisa ?
Lembramos nos 100 anos de UNIFEI e no Dr. Theodomiro Santiago:
"Revelemo-nos mais por atos do que por palavras"
 
Definivamente outros tempos. É a vida...
 
ER

MOÇA BONITA


NÃO ACREDITO, MAS...

 
...Não posso fazer uma previsão em termos de prazo, porque temos de julgar os recursos, agora que foi publicado o acórdão. São procedimentos relativamente demorados. E nós temos que garantir não apenas, segundo dispõe a Constituição Federal do Brasil, o mais amplo direito de defesa, que é um princípio universal. Portanto não devemos ter pressa nesse aspecto. Aliás não vejo por quê. Não há nenhum prescrição em vista. Então deixemos que o processo flua normalmente. É a minha perspectiva, o meu sentimento".
 
 Lewandowski