quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

CORRETO E ÓBVIO !

"Não há hipótese de não cumprir a decisão do Supremo",

Henrique Alves - Presidente da Câmara Federal

ER

POLÍTICOS FORA DO LUGAR

Fernando Rodrigues -  Folha
 
Entrevistei uma vez, nos anos 80, um amigo de infância de Ulysses Guimarães. Soube que o pequeno Ulysses, na faixa dos dez anos de idade, já falava em ser presidente da República.
O sonho durou 60 anos. Virou obsessão. Quando estava ao alcance da mão, era tarde demais. O Brasil era outro. Queria outros nomes. Qualquer observador atento sabia das poucas chances de Ulysses na eleição presidencial de 1989. Menos ele. Nas urnas, ficou num humilhante sétimo lugar, com meros 4,4% dos votos.
A história me veio à memória depois de assistir aos discursos recentes de outros dois peemedebistas obcecados. Renan Calheiros e Henrique Alves. Eles foram eleitos para comandar o Senado e a Câmara dos Deputados, respectivamente.
Ambos sonharam muitos anos em presidir as duas Casas do Congresso. Renan Calheiros teve sucesso uma vez e caiu em meio a um escândalo até hoje inconcluso.
O bom político deve ter vários predicados. Alguns são insubstituíveis. Por exemplo, o senso de oportunidade e a capacidade de fazer uma análise fria da conjuntura.
Em 1989, Ulysses Guimarães poderia ter usado o seu prestígio à época para evitar que o Brasil tivesse o desastre anunciado de Fernando Collor. Mas a visão da maior estrela do PMDB estava obnubilada pelo desejo de chegar ao Planalto. Não enxergou a realidade à sua volta.
Acho um erro criminalizar a política de maneira generalizada. Acredito que Renan Calheiros e Henrique Alves têm todo o direito de disputar cargos. Também deve ser dado a eles o direito de se defenderem das acusações que têm contra si.
A única coisa que Renan e Henrique não podem, se desejarem continuar suas longevas carreiras na política, é permitir que o desejo por um cargo os impeça de entender que agora talvez não fosse a hora deles.
Os dois discordarão dessa avaliação. Pode ser. O tempo dirá.
 
Fernando Rodrigues

COMENTARISTAS

 
Solicitamos aos comentaristas do "viver é perigoso", que não utilizem em seus comentários, tão somente letras maiúsculas. Não sei a razão, mas dá uma idéia ruim.
Colaborem.
Grato.
Zelador.

MAIS ESSA !


É sabido que todas as  Santas Casa de Misericórdia precisam constantemente da participação do poder público para se manter. Elas cumprem o seu papel. No caso da nossa Santa Casa, trata-se realmente de uma casa santa.
A também participação da iniciativa privada é fundamental.
Através de um comentário anônimo postado nos últimos minutos, tomamos conhecimento que a Fundação Mahle, que muito tem ajudado na operacionalidade da nossa Santa Casa, decidiu se afastar.
Normal.
Cada grupo ou entidade privada, durante certo tempo, humanitariamente, apresenta a sua ajuda.
Os itajubenses são gratos a Mahle.
O que preocupa é o seguinte:
Trata-se de um afastamento normal e programado ou o dificílimo trabalho que vinha sendo  efetuado foi  atropelado por interesses outros ?
Itajubá, como pólo de atendimento micro-regional não está em condições de abrir mão da colaboração de ninguém.
Ouço ruídos.

ER

A MÁQUINA !


A versão mais valorizada da Ferrari 250 GT California é a SWB (Short Wheel Base). O carro acima será leiloado no próximo 17 de agosto, em Monterrey, na California.
Em 2008 um 250 GT California SWB (foram fabricadas 56 unidades), que pertenceu ao ator James Coburn, foi vendido por sete milhões de euros.
Impossível falsificar dados de um carro desses. A própria Ferrari se encarrega de fornecer certificado de autenticidade.
A Ferrari mais procurada no mercado continua sendo a 250 GTO (1962-1964), da qual foram fabricadas apenas 36 unidades. Entre seus propietários estão o modista Ralph Lauren, o ex-presidente da Microsoft, Jon Shirley e o batería da banda Pink Floyd, Nick Mason.
Em junho do ano passado, foi informado pela Bloomberg, que uma GTO/1962 havia sido vendida por US$ 35 milhões, se convertendo no carro mais caro leiloado na história. Foi vendida por um holandez para Craig McCaw, um dos fundadores da McCaw Cellular, empresa vendida em 1993 para a AT&T.
Recentemente, a Ferrari Testarossa/1958, vencedora das 24 horas de Le Mans, foi vendida por US$ 25 milhões.
O carro mais caro vendido publicamente (através de leilão) foi uma Testarossa 250, ano 1957, que alcançou 11,6 milhoes de euros.
Registre-se, que em maio de 2010, o Wall Street Journal publicou que o Museu Mullin de Oxnard (California) havia pago entre 30 e 40 milhões de euros por uma Bugatti 57 SC Atlantic de 1936.
(dados El Pais)
ER

TEMPOS MODERNOS

Ouvido nas proximidades da Estação Rodoviária:

- Ô cara, que olho roxo é esse?
- Mal entendido. Na falta do teclado, utilizei o olhar para  "curtir"o perfil da moça na fila do supermercado. A patroa, ao meu lado, não compartilhou.

Anônimo

PERSONAGEM PRINCIPAL

Quem seria o principal personagem da história itajubense ? Poderia estar entre o Padre Lourenço, o fundador do município, o grande político Wenceslau Braz, que foi governador do Estado e Presidente da República ou o Dr. Theodomiro Santiago.
Basta estudar um pouco o assunto e inevitavelmente se chegar a conclusão que o nome mais marcante da nossa história, com todo o reconhecimento aos outros, foi o Dr. Theodomiro Santiago.
Não é verdade que o Dr. Theodomiro nasceu em Maria da Fé. Nasceu em uma fazenda de seu pai que ficava dentro dos limites da nossa cidade. Nasceu no dia 1/12/1882. Estudou aqui na cidade, em Barbacena e em Ouro Preto.
Fez o primeiro ano de Direito em BH em 1902, transferindo-se no ano seguinte para Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo, onde se formou em 1906, com 24 anos.
Prestem bem atenção na idade.
Em 1907 voltou para Itajubá onde assumiu a Diretoria do Ginásio Itajubá.
Entre 1909 e 1910 aceitou o convite do seu cunhado Wenceslau Braz, então governador de Minas, e trabalhou em BH como seu Secretário. Voltou novamente para a Diretoria do Ginásio, onde ficou até 1912.
Aproveitando muitos instrumentos que tinham sido adquirido pela municipalidade e tinham pertencido a extinta Escola Normal Municipal, o Dr. Theodomiro deu início no dia 15/06/1912 ao curso técnico eletro-mecânico.
Dr. Theodomiro, então com 30 anos sonhava com um curso completo eletro-mecânico com ênfase à pratica. Financiado pelo seu pai, Cel. Carneiro Júnior, que pôs a disposição do filho 600 contos de réis, embarcou no Rio de Janeiro com destino à Europa (21/05/1912), onde iria comprar equipamentos para os laboratórios e contratar professores.
Ele chegou de volta a Itajubá no dia 19/11/1912, sendo recebido com muitas festas.
Com três professores europeus, as aulas começaram no dia 01/03/1913. Os professores eram os belgas: Victor von Helleputte , Armand Bertholet e Arthur Tholbecq.
Oficialmente a Escola de Engenharia foi inaugurada no dia 23/11/1913, quase no final do seu primeiro ano de funcionamento.
Atentem: Com 30 anos de idade, no começo do século XX, um advogado monta no interior uma escola de engenharia inovadora.
Sem dúvida, o Dr. Theodomiro foi um homem de visão extraordinária.
 
( fonte Armelin Guimarães)
 
ER

 

SEM SAÍDA !

No início da semana explodiram o caixa eletrônico de Piranguinho. Hoje um da terrinha. E de forma organizada e hierárquica, começaram pelo da prefeitura. Itajubá mereceria, se tivesse representatividade política, um tratamento diferenciado do Estado no tocante a violência. Estamos na divisa com SP, nas proximidades da Dutra, do Vale do Paraíba e com fácil acesso à Baixada Fluminense. 
Ah...não podemos ser totalmente injustos. O Estado, com o apoio de autoridades da terrinha, estará promovendo a expansão da Penitenciária "Hotel das Estrelas". Em breve, mais umas 300 vagas.

ER

VERSOS DEFINITIVOS

Se um dia
Meu coração for consultado
Para saber se andou errado
Será difícil negar


Paulinho da Viola
 

QUE PAIS É ESSE ?

 
...A gente andava cabisbaixo nos corredores, humilhados nas ruas, vaiados em restaurantes, até que veio a ideia genial. A vitória de Renan e Henrique Alves será uma bofetada na cara dos moralistas de direita, essa UDN difusa como bem denunciou nosso companheiro Dirceu. Como foi simples a ideia! Foi oriunda do próprio Renan, e apoiada pelos companheiros peronistas do PT. É isso mesmo, qual é? Não somos santos coisa nenhuma. Somos cobras criadas. Nós somos escolhidos entre os mais espertos dentre os mais rombudos. A estupidez nos fornece uma estranha forma de inteligência, uma rara esperteza para golpes sujos e sacos puxados. Nós somos fabricados entre angus e feijoadas do interior, em favores de prefeituras, em pequenos furtos municipais, em conluios perdidos nos grandes sertões. Nós somos a covardia, a mentira, a ignorância. Nós somos a torta escultura feita de gorjetas, de sobras de campanha, de canjica de aniversários e água benta de batismos. Somos mesmo, e daí?
Para nós, "interesse nacional" não existe. Estamos aqui para lucrar - se não, qual a vantagem da política?
Vocês não imaginam a delícia de sermos chamados de "canalhas", o prazer de se sentir acima da ridícula moralidade de classe média...
 
Arnaldo Jabor (Estadão) 

BLOCO AINDA NA RUA