sábado, 5 de janeiro de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
Escrevo há muito tempo.
Costumo dizer que, se ainda não aprendi,
não foi por falta de prática.


MOACYR SCLIAR

RAY - BAN

Julia Roberts

VERSOS DEFINITIVOS

Podem me prender
Podem me bater
Podem, até deixar-me sem comer
Que eu não mudo de opinião
Daqui do morro
Eu não saio, não

Se não tem água
Eu furo um poço
Se não tem carne
Eu compro um osso
E ponho na sopa
E deixa andar
Fale de mim quem quiser falar
Aqui eu não pago aluguel
Se eu morrer amanhã, seu doutor
Estou pertinho do céu


Zé Keti

HOMEM DE BEM

 
 Roberto Lamoglia de Carvalho, para nós, simplesmente Roberto Lamoglia. Nascido no dia 5/1/1938, em Maria da Fé.
Itajubense de coração.
Formado na nossa Escola de Engenharia em 1965.
Desde sua juventude tem sido um importante e participativo cidadão. Conheci o Roberto no início dos anos 60, já atuando ao lado do Sr. Alvaro Mandolesi e do José Luis Chiaradia (nosso Califa), na Diretoria do então recém-criado Itajubá Tenis Clube, a conhecida Praça de Esportes.
Memoráveis eventos realizados e a capacidade de unir toda a sociedade itajubense num empreendimento.
Homem de valor.
Profissionalmente, exerceu os mais altos cargos nas empresas públicas e privadas de telecomunicações do país. 
Em muito tem ajudado a levar bem alto o nome da UNIFEI e de Itajubá.
Tenho me encontrado com o Roberto, nos últimos quarenta anos, em pontos e circunstâncias mais diversas possíveis e em locais mais distantes deste país. Em todas as oportunidades fui merecedor de sua atenção e de seu carinho, como companheiros dos mesmos bancos escolares, conterrâneo e amigo.
Opinião formada sobre todos os assuntos, coragem, franqueza, lealdade e posição definida. Sua marca registrada.
Não é todo dia que se completa 75 anos.
Grande abraço, caro Roberto.

ER

VENTOS DE GUERRA

 
Só uma cidade burra abre mão da colaboração dos seus melhores cidadãos.
Quase cai de costas hoje pela manhã, quando tomei conhecimento da exoneração do Dr. Gilberto Azevedo, como Consultor Jurídico da Câmara Municipal de Itajubá, feita pelo Presidente da Casa, vereador Robson Vaz.
Encontrei na véspera do natal, no Supermercado Alvorada, na Boa Vista, com o admirado e estimado Dr. Gilberto. Há anos não nos encontrávamos. Conversa agradável, educada e animadora.
Hoje tomo conhecimento de sua demissão.
Pelo que me lembro, de família séria e tradicional na cidade, o Dr. Gilberto começou seu trabalho na Câmara de Itajubá em 1995, convidado pelo então Presidente, Ivan Pereira Junior. De lá para cá, foram 17 anos de bons serviços prestados.
A sua presença junto ao legislativo local, sempre proporcionou segurança a todos os cidadãos.
Lamentável.
Que fique claro, não se tratou diretamente de uma ação do Executivo, que não pode e não deve ter ingerência alguma sobre o Legislativo.
São independentes e isso é condição básica.
Outras mudanças já aconteceram na Casa. Normais e esperadas e por isso nem comntadas.
Não sabemos ainda quem irá substitui-lo. Será uma tarefa árdua.
Começo a ficar preocupado.

ER

É DISCO QUE EU GOSTO


PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Sean Connery e Brigitte Bardot

EM BRASÍLIA...