quarta-feira, 31 de julho de 2013

SOB A LUZ DE VELAS


"Se a liberdade significa alguma coisa, será sobretudo o direito de dizer às outras pessoas o que elas não querem ouvir."

George Orwell

ESPERA AÍ QUE EU VOU


 
 A produtora XYZ Live divulgou os valores dos ingressos para o único show de Bruce Springsteen em São Paulo. As entradas vão custar R$ 540 e R$ 270 (meia) para pista premium; R$ 260 e R$ 130 (meia) para pista; e entre R$ 480 e R$ 240 (meia) para mezanino. A compra pode ser feita através do site da Livepass.
Springsteen tem também show confirmado no Palco Mundo do Rock in Rio, no dia 21 de setembro, tocará no Espaço das Américas, no dia 18 de setembro. Bruce virá acompanhado da The E Street Band.
Bruce vem ao Brasil divulgar seu mais recente trabalho de inéditas, Wrecking Ball. O disco conta com a participação de Tom Morello, do Rage Against The Machine.
Morello gravou as guitarras de algumas faixas do trabalho de Bruce Springsteen.
 
ER

MOÇA BONITA

Candice

ADMINISTRANDO POR TENTATIVAS

O ministro da Educação Aloizio Mercadante afirmou na manhã desta quarta-feira que o governo desistiu de aumentar em dois anos o curso de medicina, mas vai manter um período obrigatório de residência médica.   A decisão foi tomada após reunião com uma comissão de especialistas que reúne o ex-ministro da Saúde Adib Jatene, a Associação Brasileira de Ensino Médico e um grupo de reitores de universidades federais.
 
Cap. X - Pág. 171 do Manual "Como Administrar um País por Tentativas" - Autor: Dilma Rousseff.
 
ER

ELEFANTES BRANCOS MINEIROS


"Depois de estradas e até presídio, a onda das Parcerias Público-Privadas (PPPs) chegou à área da aviação em Minas. O jornal Hoje em Dia  conseguiu, com exclusividade, a informação de que já está em desenvolvimento um projeto-piloto para os terminais regionais mineiros.
O primeiro a ser transferido à modalidade será o Aeroporto Presidente Itamar Franco, localizado em Goianá, próximo a Juiz de Fora, na Zona da Mata, hoje administrado pela empresa Multiterminais.
O governo gastou uma fortuna no local, hoje um verdadeiro elefante branco, já que a Azul Linhas Aéreas deu adeus ao terminal em maio deste ano. Há pouco tempo, até um morro na cabeceira da pista foi retirado com o intuito de aumentá-la.
A Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) será responsável pelas intervenções..." 

Deu no Hoje em Dia

ESTAMOS BEM MELHOR


O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de Pouso Alegre está entre os 200 maiores entre os 5.565 municípios brasileiros. Com índice geral de 0,774, o município está na faixa considerada de alto de desenvolvimento pela Organização das Nações Unidas (ONU) e integra a fatia de 5% das cidades brasileiras com melhor desempenho. O IDH é uma medida formulada pela ONU que resume o progresso de longo prazo em três dimensões básicas do desenvolvimento humano: renda, educação e saúde.
“Os dados são do Censo de 2010. Ainda não contemplam o amplo avanço que o município obteve com a atração de grandes investimentos, o que impactou fortemente na renda per capta dos pouso-alegrenses. Também não mensura os avanços que registramos na educação nos últimos três anos. Apesar disso, recebemos com grande satisfação os dados do IDH. Eles nos colocam na faixa de alto desenvolvimento humano, na fatia de 5% dos municípios com maior IDH do país”, ressalta o prefeito Agnaldo Perugini.
PousoAlegre Net
Blog: Na terrinha, temos o dever de louvar o trabalho feito pelos prefeitos que vieram antes. Com cada um fazendo um pouco, iremos avançando.
É importante: Botar o boca no trombone. 

ER

O DIA CHEGOU !


Tenho medo do dia que a tecnologia vai se sobrepor à interação humana. O mundo terá uma geração de idiotas.”
Albert Einstein

(Humberto Chiaradia)

INDISSOCIÁVEIS


terça-feira, 30 de julho de 2013

A VIDA COMO ELA É


No futebol, as substituições, não existiam até meados dos anos 50. Em caso de lesão, o jogador que conseguisse ficar de pé permanecia em campo apenas para “fazer número”. Troca de atletas em jogos oficiais, só a partir de 1958, quando a Fifa resolveu experimentar pela primeira vez (e mesmo assim somente em torneios de jovens) a troca do goleiro em qualquer momento do jogo, mais a de um outro jogador, limitada ao primeiro tempo. Em 1965, era aprovada a substituição máxima de dois atletas em jogos oficiais, restrita aos casos de contusão. As trocas independentemente do estado físico dos substituídos, que deram aos técnicos maior liberdade para mudar a tática durante as partidas, só foram regulamentadas em 1968. As substituições, na época duas, passaram a ser três a partir de 2 de março de 1994, desde que um dos substituídos fosse o goleiro. Em 1996, os três substituídos podiam ser qualquer dos jogadores.
Blog: Se um jogador estiver jogando mal e não atender as recomendações do técnico, pode ser substituído a qualquer momento. O mesmo acontece se o atleta estiver sentindo cansaço. Nesse caso, se for um atleta importante, o treinador poderá pedir, ou até mesmo implorar, para que ele "aguente as pontas" mais um pouco.
O perigo é a expulsão de um jogador pelo recebimento de dois cartões amarelos. Um técnico precavido e acompanhando a partida bem de perto, sente o clima e  providencia a substituição de jogadores que já levaram um cartão amarelo. O risco de levarem o segundo cartão, provocando a expulsão, é muito elevado.
Julga-se prudente a substituição, até mesmo do craque do time, se punido com um cartão amarelo.
Proporciona enormes desgastes.
Cabe ao treinador providenciar a imediata troca.
É a vida.

ER

MOÇA BONITA

Charlize

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Rudolf Nureyev
Carismático bailarino e coreógrafo russo nascido em 1938 e falecido em 1993. Aos 17 anos entrou para o Ballet Kirov, em Leninegrado, terminando o curso em 1958, apesar da sua rebeldia perante as restrições programáticas da escola. Tornou-se então coreógrafo e dançarino da companhia do Kirov. Atuando com a companhia em Paris, em 1961, conseguiu iludir a segurança soviética e pedir asilo à França. A partir daí, percorreu vários países ocidentais, juntando-se ao elenco do Royal Ballet de Londres como artista convidado. O seu par preferido era Margot Fonteyn, com quem interpretou várias peças. Naturalizou-se austríaco em 1982. Entre 1983 e 1989 foi diretor de dança da Ópera de Paris. (web)

ER


CENSO DE 2010



Ouvido ontem no restaurante Massas Meazzini, na Boa Vista (é claro!)

- Ô Cumpadre, você sabia que para cada homem na terrinha, tem 1,038 mulheres ?

- Cê tá brincando ! Até nisso ! Me passaram a perna.Onde foram parar essas 0,038 que tão me faltando ? 

- Sei lá. Não entendo de números quebrados.

ER

IDEIA LUMINOSA


segunda-feira, 29 de julho de 2013

SOB A LUZ DE VELAS



Acabar com a corrupção é o objetivo supremo de que ainda não chegou ao poder.

Millôr

ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO

Foi divulgado hoje pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD, o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal do Brasil - IDHM.(dados do censo de 2010)
O que vem a ser o IDHM ?
É uma medida resumida do progresso a longo prazo em três dimensões básicas do desenvolvimento humano: renda, educação e saúde.
O Brasil está bem, com um índice considerado alto - 0,727
Minas Gerais está na 9ª posição. Ocupam as primeiras posições, o Distrito Federal, São Paulo e Santa Catarina. O último colocado é Alagoas, com o Maranhão em penúltimo.
Nossa cidade obteve um índice de 0,787, considerado alto.
A terrinha ocupa a 85ª entre os 5565 municípios do pais e a 4ª posição em Minas Gerais.

Posicionamento em Minas Gerais:
1 - Nova Lima 0,813
2 - Belo Horizonte - 0,810
3 - Uberlândia - 0,789
4 - Itajubá - 0,787
5 - Lavras
6 - Poços de Caldas
7 - Juiz de Fora
8 - Varginha
9 - Lagoa Santa
12 - Pouso Alegre
 
Itajubá, com relação ao IDHM de 2000, teve um crescimento de 13,89% no levantamento de 2010. Nas últimas duas décadas (1990/2010) teve um crescimento de 36,87%, ficando abaixo do crescimento nacional (47,46%) e abaixo da média estadual (52,93%).
 
Para se ter uma ideia comparativa com os nossos vizinhos:
Pouso Alegre - 0,774
Santa Rita - 0,721
Piranguinho - 0,717
Maria da Fé - 0,702
Brasópolis - 0,692
Wenceslau Braz - 0,678
Delfim Moreira - 0,669 

A cidade que alcançou o melhor índice no país, pelo terceira vez consecutiva, foi São Caetano do Sul (0,862). O pior índice ficou com Melgaço - Pará (0,418).

ER
 

MOÇA BONITA

Luana

ROUBEI MAS DEVOLVEREI



Em reunião com promotores de Justiça na semana passada, a multinacional Siemens admitiu devolver aos cofres públicos parte do valor que teria sido superfaturado no fornecimento de equipamentos de trens e metrô ao governo de São Paulo.
Há duas semanas a Folha revelou que a Siemens delatara às autoridades antitruste a existência de um cartel - do qual fazia parte- em licitações para compra de equipamento ferroviário, construção e manutenção de linhas de trens e metrô em São Paulo e no Distrito Federal. 
O esquema envolve subsidiárias das empresas Alstom, Bombardier, CAF e Mitsui, e as empresas TTrans, Tejofran, MGE, TCBR, Temoinsa, Iesa e Serveng-Civilsan.
As combinações podem ter aumentado em 20% os preços. Mas o cálculo dependerá ainda de um levantamento de contratos assinados pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e pelo Metrô de São Paulo. 
A Siemens fez um acordo que pode garantir à empresa e a seus executivos imunidade administrativa e criminal e diz que "coopera integralmente com as autoridades". A empresa afirma que enfatiza a importância de uma concorrência leal e "obriga todos os funcionários a cumprir regulamentos antitruste".
As demais empresas também dizem estar colaborando com as investigações.
Se for confirmado e condenado o cartel, as empresas ficam sujeitas à multa que pode chegar a 20% do faturamento bruto no ano anterior à abertura de processo -o que poderia chegar a R$ 1 bilhão no caso da Siemens, segundo cálculos oficiais.
Folha 
Blog: Não se trata de um caso simples. A revista Isto É do final de semana estimou em R$ 425 milhões o prejuízo das empresas públicas. O dinheiro (depois de apurado o montante) deverá ser devolvido com juros, multas e correção monetária. Terão que ser denunciadas as pessoas físicas possivelmente corrompidas.
Pense: Essa fortuna poderia ser investida na ampliação do próprio caótico sistema de transporte paulista, em segurança, em educação e saúde. Quantos sofreram tanto com esse assalto ? Quantos se empanturraram com caviar, bebidas finas com produto do roubo. Essa operação (superfaturamento) se tornou normal e corriqueira no país. Dificilmente alguma obra não tenha esse acréscimo criminoso.
Estamos desde há muito navegando num mar de lama e para nós, tapar as narinas têm sido mais cômodo.
Todos os envolvidos, com mandatos ou não, com delação premiada ou não, teriam que ter seus direitos imediatamente cassados, passaportes recolhidos e aguardar os julgamentos em casa.
ER 

LACUNAS


Ouvido hoje de manhã na Padaria do Morro Chic:
- Ô Cumpadre a Argentina nos mandou um Papa simpático, humilde e atuante, que cativou com suas palavras e proceder, quase todos.
- É Cumpadre, concordo, mas mandou também, para compensar, uma frente fria de arrebentar.
- Pois é...e as perdas da terrinha nos últimos dias ? lamentáveis.
- Se fossemos uma equipe de futebol, poderíamos afirmar que os grandes craques estão indo embora e infelizmente não temos no plantel substitutos à altura. Temos jovens promessas, que andam oscilando muito.
- Éh...estão surgindo lacunas  difíceis e quase mesmo impossíveis de serem preenchidas em curto e médio prazo.
- Pior. Algumas nunca serão.
- É a vida.

ER

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Steve McQuenn

NOSSO TEATRO

Noticiou este jornal, há pouco tempo, que nossa Prefeitura cogitava de construir um teatro em Itajubá.
Recentemente, em entrevista concedida à "Gazeta Intermunicipal" em seu nº 9 , de abril de 82, Dona Nair Prado, Diretora do Departamento de Educação, Cultura e Turismo da Prefeitura Municipal, também se referiu a esse assunto.
Disse ela que apesar de todas as dificuldades, a criação de um teatro em Itajubá ainda não saíra de seu pensamento.
Alguns membros da Secretaria de Planejamento, acrescentou ela - estavam cuidando do assunto, o que lhe dava esperança de ver em breve concretizado esse sonho.
Não creio que tal venha ainda ocorrer durante o atual governo municipal, prestes a extinguir-se.
A obra projetada é grande demais para um tempo tão curto de trabalho.
Ao novo governo municipal, surgido da eleição de 15 de novembro próximo, deverá caber a missão de dotar a nossa cidade do teatro que tanta falta lhe está fazendo.
Essa tarefa seria facilitada se a Prefeitura quisesse aproveitar para realização dessa obra o prédio já existente na Praça Theodomiro Santiago, esquina da Cel Rennó - o mesmo edifício em que funcionou, durante muitos anos, o Cine-Teatro Apolo, ali construído outrora por Eulálio da Gama Pinto, o saudoso Lalinho, pioneiro do cinema falado em Itajubá.
Com a inauguração do Cine Presidente, o antigo cinema foi desativado e o prédio em que funcionava está ali até hoje, desviado de sua verdadeira finalidade, alugado para fins unicamente comerciais.
A Prefeitura poderia comprá-lo ou, se os proprietários não o quisessem vender, desapropria-lo por utilidade pública e ali inaugurar finalmente o teatro que a cidade tanto necessita.
O edifício foi construído para ser um cine-teatro. Para funcionar apenas como teatro precisará naturalmente de obras de adaptação, de uma reforma que não será difícil e poderá ser projetada e realizada por um bom arquiteto, especialista nesse gênero de construções.
Creio que esse é o caminho mais fácil e econômico para a Prefeitura realizar esse melhoramento, desejado por todos os itajubenses.
Salvo se a especulação imobiliária entrar novamente em cena, agora num teatro de verdade, para demoli-lo e levantar ali um novo espigão, como já fez, em parte, com o Palacete Amélia Braga, há um ano destruído e hoje transformado em terreno baldio, cercado por tosco e desgracioso tapume de madeira, talvez destinado a ocultar e proteger a mina de ouro ali descoberta, há tempos, pela assessoria imaginosa dos capitalistas da terra.
José Ernani de Lima

Jornal O Sul de Minas de 26 de junho de 1982
(publicado no livro do Carlos Alberto Silva - "José Ernani de Lima" - Um engenheiro na história e nas letras de Itajubá - página 457)

ER

DESGASTE TOTAL


domingo, 28 de julho de 2013

BOM OU RUIM ?

Veja o ranking estadual elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), em parceria com a Secretaria de Assuntos Estratégicos, do governo federal, sobre a taxa municipal de empreendedorismo (em Minas). As primeiras colocações (dez primeiros) no levantamento mostram que o empreendedorismo é a mola da economia de muitas cidades de pequeno porte – a pesquisa leva em conta empreendedores formais e informais.

Clique para mais detalhes
Blog: Não entendo bem a razão de uma pesquisa como essas. Como despertará a curiosidade, observem a nossa posição e dos vizinhos:

19 - Marmelópolis
113 - Brasópolis
159 - Piranguçu
202 - Delfim Moreira
263 - Pouso Alegre
325 - Piranguinho
376 - Itajubá
484 - Maria da Fé
561 - Paraisópolis
590 - Wenceslau Braz
746 - Santa Rita do Sapucai 

ER

PACATA PREFEITURA

Escreveu o Lauro Jardim no Radar on-line da Veja:

Adilson Primo, que comandou a Siemens durante anos e foi demitido da presidência por suspeita de fraude, trabalha hoje na secretaria de Administração Geral e Gestão da pacata prefeitura de Itajubá, em Minas Gerais.
Se quiser, pode ajudar — e muito — na delação premiada que a empresa propôs ao Ministério Público de São Paulo sobre um esquema de cartel em licitações públicas feitas por governos tucanos no estado.
Por Lauro Jardim

Blog: O Adilson, caso o assunto Siemens/Metro continue em pauta, deverá ser muito assediado pela imprensa. Ele tem experiência suficiente para enfrentar isso.
O duro é ter que ler "pacata prefeitura de Itajubá".

ER

TOMOU O BARCO


Tomou o barco hoje, Antonio Sérgio Feichas Leal, simplesmente Sérgio Leal. Jornalista e cidadão itajubense. Presença marcante na imprensa e na comunidade da terrinha. Respeitado e admirado. Família tradicional e participativa nas comunicações.
Leiam o que o também jornalista, Bruno Leal Mendonça, escreveu sobre o seu avô e publicou no dia 28/12/2008 (também um domingo), no blog bleal.blogspot.com.br 

"Conversa de repórter foi uma coluna há muito tempo redigida por meu avô, o grande jornalista Sérgio Feichas Leal. Hoje não entrarei em pormenores a respeito de quem foi esta importante figura, mas não deixarei de fazê-lo. Mas para não deixar você leitor que, não por ignorância, desconhece este e inesquecível exemplar da espécie humana, farei um breve resumo.
Sérgio Leal nasceu em Itajubá. Em tempo mudou-se para o Rio de Janeiro. Cresceu no Engenho de Dentro, cercado pela variedade popular peculiar daquela fase carioca. Na juventude, conheceu e conviveu pelas esquinas onde viviam trovadores e malandros. Diz a lenda que participou da composição de uma das marchinhas mais repetidas pelos carnavais deste pais: “me da um dinheiro ai”.
Jovem, engessou em alguma faculdade de direito do Rio de Janeiro, mas não chegou concluí-la. Partiu para a incerta carreira de jornalista na Radio Nacional e um pouco depois foi para Brasília, que aos poucos era moldada em meio ao cerrado do centro-oeste brasileiro. Lá, transmitira, junto com mais alguns colegas de profissão, as primeiras noticias vindas da nova capital.
Depois de anos na Nova Cap, regressou para Itajubá - sua cidade natal -, onde foi redator do Mec (MInistério da Educação) pela então chamada EFEI (Escola Federal de Engenharia de Itajubá). Aposentado, foi diretor do jornal O Sul de Minas, onde também mantinha a coluna “Conversa de Repórter".
Então hoje, sem o menor receio de decepcioná-lo, me aproprio do título dado ao descontraído espaço e faço dele um cantinho democrático e livre na busca por uma conversa simples com pessoas dispostas a abrir seus corações e mentes em busca de novos horizontes e uma sociedade menos capitalista."
Bruno Leal Mendonça

ER

MÚSICOS DO TITANIC


Naufrágio à vista !

Quem são os músicos do Titanic que continuam a tocar com o barco afundando ?

Ocupantes de cargos públicos de confiança. Os eleitos pelo partido. Alguns eleitos por partidos sanguessugas aliados. Humildes recebendo migalhas. Jornalistas e blogueiros subsidiados. Alguns banqueiros e muitos empreiteiros. Tiranetes da América do Sul e Caribe. Algozes africanos no poder. Líderes aproveitadores a espera de novo barco para saltar dentro. Pouquíssimos idealistas atônitos que insistem em não acreditar no fracasso da ideia. Outros que embarcaram na viagem e relutam em renegar o que pregaram. Outros tantos por total falta de alternativas.
 
É a vida...

ER

INDO PRO BURACO


MOÇA BONITA

Cláudia

sábado, 27 de julho de 2013

ÓBVIO ULULANTE !


Lula não vai voltar porque nunca saiu.
Dilma

Blog: Não se trata de crítica da "zelite" e nem observação da mídia dominada. Foi declaração da própria. Não significou novidade para ninguém.

ER

TIRO NO PÉ

Segundo "pai dos burros", a expressão "tiro no pé" se presta como recurso figurativo que ilustra qualquer situação em que determinada pessoa realize ato que prejudique a si mesma sem que isto fosse a intenção primeira.
Pois bem, deu na EPTV:
"Um motel foi assaltado na madrugada de hoje em Campos Gerais. Segundo a Polícia Militar, funcionários contaram que um veículo entrou pelo portão principal e em seguida desceram quatro homens encapuzados. Os suspeitos renderam os funcionários e trancaram todos dentro de uma sala. Durante a ação, os criminosos dispararam tiros para o alto, mas as câmeras do circuito interno de segurança mostraram que um dos suspeitos deu um tiro acidental no próprio pé.
Conforme a polícia, foram levados do motel cerca de R$ 1,5 mil em dinheiro e um celular. Os suspeitos fugiram. A polícia fez buscas, mas por enquanto ninguém foi preso."
É a vida.
ER

É DISCO QUE EU GOSTO



Tomou o barco ontem, John Weldon Cale, simplesmente JJ Cale. conhecido músico americano, autor de duas canções que fizeram enorme sucesso com Eric Clapton: "After Midnight" e "Cocaine".
JJ Cale partiu ontem aos 74 anos em San Diego na Califórnia.
Foi um dos pioneiros do "Tulsa Sound", gênero que mistura blues, rockabilly, country e jazz.

ER

MOÇA BONITA

Heidi

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Billy the Kid - 1880

VIDA TRISTE

Griffith, em primeiro plano, quando da pesagem antes do combate fatal con Paret (calção branco)-1962
Emile Alphonse Griffith, tomou o barco na terça-feira aos 75 anos, em Hempstead, uma cidade no Estado de New York.
Foi um dos maiores pugilistas da história. 
Durante os anos sessenta e setenta, travou combates memoráveis com rivais lendários, como o  argentino Carlos Monzon e o italiano Nino Benvenuti.
Griffith ganhou cinco títulos mundiais no meio-médio e medio (entre 66 a 72 quilos) e os manteve em mais de uma dúzia de vezes. Ele estreou em 1958 e, em 1961, foi proclamado campeão mundial. 
Na noite de 24 de Março de 1962, o Madison Square Garden assistiu a tragédia. Griffith bateu selvagemente no rival cubano Benny Kidd Paret, tomando-lhe o título e deixando Paret inconsciente. O cubano morreu dez dias depois em um hospital
O árbitro, Ruby Goldstein, cometeu o grave erro de não ter paralizado a luta.

Griffith não desistiu, mas nunca mais foi o mesmo. De suas 85 vitórias (111 combates), em uma luta longa carreira de 19 anos, apenas 24 foram por nocaute. Desde a morte de Paret o seu boxe se tornou mais técnico, lutava o suficiente para vencer. Apenas jogando jabs para conter e não machucar seus adversários.

Ele teria se aposentado, mas não sabia fazer outra coisa.

Griffith teve que carregar o peso de sua bissexualidade, que na época era equivalente a homossexualidade. 
Ele perdeu quase todos os seus últimos confrontos. Terminou a mercê da demência e da pobreza. 
Declarou certa vez:
"Acho tudo isso muito estranho. Eu matei um homem e a maioria das pessoas me perdoaram. Se eu amo um homem, para a maioria das pessoas  é  imperdoável. Eu nunca fui para a cadeia, mas eu estive na prisão maior parte da minha vida. "

Trecho de artigo publicado no El País

ER
 

sexta-feira, 26 de julho de 2013

SOB A LUZ DE VELAS


Esteja sempre disposto a falar com franqueza e evitará a companhia dos homens ruins.

William Blake

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Mick Jagger em 1965 - Bob Bonisa

BOLSA ELEIÇÃO

Painel da Folha

Sebastiana da Rocha, beneficiária do Bolsa Família, doou R$ 510,00 para a campanha de Dilma Rousseff à Presidência em 2010, o valor, registrado no STF, é R$ 18,00 a menos do que Sebastiana, cadastrada no Portal da Transparência como moradora em Cuiabá, recebeu do programa, voltado a famílias em situação de pobreza e estrema pobreza.

Blog: Pois é...

ER

REVITALIZAÇÃO DO CENTRO

Deu no Itajubá Notícias:
As entidades, CDL e ACIEI, depois de três de estudos, entregaram para a Prefeitura as propostas para a revitalização da área central da cidade. Segundo informado, o Secretário Primo disse que 90% do projeto apresentado coincide com os propósitos da prefeitura. Já, se é que entendi, o presidente do CDL Daniel El Alam esclareceu que é um projeto grandioso que receberá a análise mais aprofundada do prefeito e que deverá, em uma próxima etapa, passar por avaliação técnica e agregar profissionais gabaritados para então, ser elaborado um projeto executivo que será apresentado publicamente aos empresários e à comunidade.
Ficou claro ?
Os esboços publicados no jornal não dão ideia do projeto. 
Ouvi em algum lugar que, em princípio, estimam um investimento de R$ 6 milhões, que o Secretário Primo, sonha em dividir com os comerciantes. Os R$ 3 milhões da PMI já foram providenciados via empréstimo do BDMG. Os R$ 3 milhões do empresariado, não sei.
Para se ter uma ideia, outro dia li na Folha, que a Eletropaulo estimou a mudança da distribuição aérea (elétrica) para subterrânea (ideia dada nos croquis publicados) em R$ 2 milhões/km. Como por aqui as coisas ficam mais em conta, somente esse serviço ficaria na terrinha próximo dos R$ 3 ou 4 milhões.
Fico pensando: Sem os postes, como pendurarão os enfeites e as lâmpadas quermessianas (?) quando do natal e carnaval.
Veremos.

ER

  

JOAQUIM, O DESTEMIDO




quinta-feira, 25 de julho de 2013

NO INDEX DA CEMIG


O Index Librorum Prohibitorum, em tradução livre o Índice dos Livros Proibidos, foi uma lista de publicações literárias que eram proibidas pela Igreja Católica e as regras para que um livro entrasse nessa lista. A primeira versão do Index foi promulgada pelo Papa Paulo IV EM 1559 e uma versão revista desse foi autorizada pelo Concílio de Trento. A última edição do índice foi publicada em 1948 e o Index só foi abolido pela Igreja Católica em 1966 pelo Papa Paulo VI. Nessa lista estavam livros que iam contra os dogmas da Igreja e que continham conteúdo tido como impróprio (web)

Blog: Tudo isso para registrar que a Rua Felipe Pizzuto, na Boa Vista é claro, vem merecendo uma atenção especial da Cemig. Hoje, quinta-feira, o fornecimento de energia foi interrompido de manhã até o final da tarde. Já aconteceu o mesmo na semana passada. Sei lá a razão. Alguma obra ? que providenciem outra alimentação para o circuito, façam um jump, ou coisa parecida.
Será que colocaram a Felipe Pizzuto no Index ? 

ER

DOM LUÍS INÁCIO


quarta-feira, 24 de julho de 2013

SOB A LUZ DE VELAS



Muitas vezes o que não está escrito diz muito mais que o que foi escrito. Para isso é fundamental que se conheça bem quem escreveu. Trata-se de questão de estilo, o esconder palavras. O óbvio é chato, irritante e costuma desagradar quem entendeu e muito mais, quem não entendeu.

John Chair

CANTINHO DA PAREDE


Henriette Theodora Markovitch (1907/1997), simplesmente Dora Maar. Fotógrafa, poeta e pintora francesa. Atraente, sedutora e passional. Foi a quarta das sete mulheres de Pablo Picasso. A relação entre eles durou nove anos. Tida como uma das mulheres que mais amou Picasso, foi também abandonada por ele.
Conservou durante toda a sua vida, em 16 de julho de 1997, 130 quadros do pintor, que após sua morte, foram para leilões.

ER

VERSOS DEFINITIVOS


“Traga-me um pouco d’água, tenho sede. E esta sede pode me matar. Minha garganta pede um pouco d’água e meus olhos pedem teu olhar”.

Anastácia e Dominguinhos

ROMÂNTICOS EM CUBA


O ministro Aldo Rebelo (Esporte) usou um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) para ir a Cuba no Carnaval com a mulher, o filho e assessores.
Ele esteve em Havana em missão oficial e justificou a carona à mulher e ao filho dizendo que ambos também foram convidados pelo governo cubano.
Nenhum dos dois representou o governo brasileiro na missão. Quando o ministério publicou nota sobre a viagem de Aldo, em fevereiro, o nome deles não constava na lista oficial da comitiva.

Blog: Aldo. Comunista desde criancinha. E segue o jogo...

ER

COMPREI MAS NÃO FUI EU


Após longo silêncio, ontem à noite o deputado federal Aelton Freitas enviou nota aos jornais lamentando “profundamente a matéria veiculada pelo programa “Fantástico”, da Rede Globo, no domingo (21), e revoltado com a edição maldosa de fatos que envolvem meu nome. Sinto-me no dever de dirigir-me aos mineiros para repor a verdade”, coloca a nota.
" O deputado diz repelir qualquer insinuação de envolvimento na compra de votos. “Todos os votos que recebi em eleições nas quais participei foram frutos de minhas ações em benefício de Minas Gerais e na busca incessante de melhorias para as condições de vida de sua gente. Tenho primado pela transparência em toda minha trajetória política”, diz, explicando que a maior prova disto é ter sido escolhido pelo “saudoso” vice-presidente José Alencar para ser o seu suplente na disputa do Senado Federal. “O sucedi e dei continuidade ao seu mandato e ao trabalho em favor de Minas Gerais e dos mineiros. A confiança de José Alencar e a seriedade com que exerci o mandato de senador são fatos que me orgulham sobremaneira”, diz.
Em relação à gravação, diz ser revoltante constatar que frases ditas em reunião política “realizada com companheiros da cidade de Capetinga, em recinto fechado, no calor da campanha eleitoral de 2012, tenham sido flagrantemente descontextualizadas em uma edição tendenciosa que desvirtuou a realidade dos fatos verdadeiramente ocorridos. É também tortuosa a afirmação de uma suposta disseminação de ‘boatos’. Acredito que seja dever de todo homem público e agente do processo político numa democracia apontar erros e propor soluções. É direito da população saber as qualidades e defeitos dos candidatos. A criminalização da atividade política, empreendida com indisfarçável fúria por parte da mídia, é um desserviço à democracia e uma vertente para o fascismo”, ataca o deputado.
E reafirma que distribuiu entre os municípios onde obteve votação, obedecendo estrito critério de proporcionalidade, os recursos das emendas parlamentares ao Orçamento da União, “o que não constitui qualquer irregularidade”, e que é feito por ele e “rigorosamente todos os outros deputados e senadores da República”.
“A edição repulsiva do “Fantástico” quis transformar em crime o exercício de uma faculdade legal, que a cada ano se traduz em leitos hospitalares, salas de aula, quilômetros de estradas, pontes e obras de saneamento básico”, diz, relembrando as palavras ditas pelo ex-ministro do Tribunal Superior Eleitoral Arnaldo Versiani, no “Fantástico”, de que “não houve crime”.
E volta a lamentar que a emissora não mostrou a chantagem que teve, ao ser procurado para comprar um DVD “com as imagens agora reveladas. Repeli a negociata não aceitando o jogo sujo dos chantagistas. Não me arrependo, o faria novamente. Por qual razão a Rede Globo omitiu de seus telespectadores tão importante informação? Dias antes, meus adversários políticos e notas publicadas em colunas de jornais de Uberaba já anunciavam abertamente a realização dessa verdadeira “operação política” de assassinato de reputação, que agora se cobre de descrédito ao ser desmoralizada pela verdade dos fatos”, diz, agradecendo as manifestações de solidariedade e que “não me abaterei diante da calúnia e da mentira”.

(O Tempo)
Blog: O Deputado, que conforme registrado foi suplente do Zé de Alencar, atuou como titular do cargo. Senador por Minas. Ele sempre anda pela terrinha e caça aqui e ali uns votinhos. Talvez não apareça mais.
É a vida
ER

BARCOS PARTINDO



Muito movimento de barcos no dia de ontem. Tomaram seus respectivos barcos no dia de ontem, dois admirados e respeitados brasileiros. O grande lateral direita da seleção brasileira e o poeta, músico e cidadão participante, Dominguinhos.
Para quem não é da época, seria bom saber que Djalma Santos, foi convado pela seleção brasileira jogando pela Portuguesa de Desportos.
Confesso, que com dez anos de idade e ouvindo num domingo pela manhã, a transmissão da final da Copa do Mundo (1958) contra a Suécia, temi quando ele substituiu o De Sordi, lateral do São Paulo que, por estar contundido, não atuou na última partida.
O grande craque e cavalheiro Djalma Santos foi magnífico.
Para o Dominguinho, faltam palavras. Temos que ouvir suas músicas e atentar para a beleza e simplicidade.

É a vida.

ER

SPONHOLZ - O HOMEM QUE SAIU NO FRIO


AEROPORTO


Segundo o pessoal diretamente interessado, não correm às mil maravilhas as negociações para de compra/venda/desapropriações da parte da área onde deverá ser construído o aeroporto da Helibrás. Os proprietários antigos já teriam concordado com a proposta do Estado. Os outros relutam.
No final se acertam.
É a vida.

ER

terça-feira, 23 de julho de 2013

DEU NO JORNAL


Serviços dos Correios já superam Mastercabo em velocidade.

Clarin da Boa Vista

MOCA BONITA

Linda Evangelista

ALÍVIO IMEDIATO

segunda-feira, 22 de julho de 2013

TRAVOU QUASE GERAL

Final de semana longe da terrinha com o notebook semi-travado. Já de volta, daremos um jeito nisso. Os comentários continuam normal.
Aliás, a questão não deve ser devida ao equipamento, mas sim ao próprio blog. Dificuldades também com o iPad.
Garanto que não é devido a divulgação do propinoduto tucano.
Voltaremos.

ER

domingo, 21 de julho de 2013

NOTÍCIA QUE GOSTARIA DE LER

 
 
Reforma política: Será obrigatório para todos os candidatos eleitos jurar voto de pobreza.

Clarin da Boa Vista

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

 Henry Ford posa (10/12/1936) junto ao seu primeiro carro construído em1892 (Detroit)

sábado, 20 de julho de 2013

ISTO É

A revista "Isto É" repete na edição desta semana, o que seria um grande esquema de desvio de dinheiro das obras do Metrô e dos trens metropolitanos, montado durante os governos do PSDB em São Paulo. Lobistas e autoridades ligadas aos tucanos operavam por meio de empresas de fachada, segundo a publicação. Para variar, Siemens e Alston estariam entre as envolvidas.
Esse assunto já foi objeto de muitas reportagens em passado recente.
O que muda ?
Disposição da Siemens em colaborar com as investigações e admitir sua parcela de responsabilidade.
A revista já fez outras denúncias semelhantes a essa, que acabaram não se confirmando.
Veremos.
Mas que irá render muita conversa, sem dúvida. 

ER

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
 
Não há coragem triste.

Marcel Jouhandeau

VIDA MODELO


Li tempos atrás (2008). Muito bom de ler. Trata-se de uma autobiografia do maior criador de supermodelos do mundo.
Achei o livro fascinante.
Logo de cara, John Casablancas afirma “Não é um livro de fofocas. Não digo quem saiu com quem ou que tipo de droga as modelos usavam. Tenho uma relação de confidencialidade com elas e preservo alguns aspectos de suas vidas”.     
John Casablancas, nascido em Nova York e descendente de espanhóis, é conhecido por ter criado o conceito de supermodelo. Ele foi responsável por descobrir e agenciar inúmeras top models, incluindo Cindy Crawford, Naomi Campbell, Claudia Schiffer, Linda Evangelista, Adriana Lima e Alessandra Ambrósio.
 Mas o maior nome de sua lista de descobertas é o de Gisele Bündchen, com quem teve uma desavença pública, já que ela deixou a Elite Models, agência fundada por ele em Paris em 1972, quando começava a despontar na carreira. Gisele completa 33 anos neste sábado, 20.
O empresário também teve papel fundamental na carreira de diversas atrizes, entre elas Cameron Diaz, Kristen Dunst e Uma Thurman.
O empresário deixou a Elite no ano 2000 e foi pai de cinco filhos, entre eles Julian Casablancas, vocalista do The Strokes. 
Casablancas, tomou o barco hoje no Rio de Janeiro. Era casado com a ex-modelo brasileira, Aline Casablancas.
É a vida.
(o livro, para quem quiser ler, está à disposição na Boa Vista)

ER

MUITA CLASSE



Dia dos Amigos. Se você tem cinco amigos que atenderiam um seu chamado telefônico, numa madrugada fria e chuvosa e sem perguntar a razão, imediatamente iriam ao seu encontro, você tem tudo.
Ainda tenho muitos e com certeza, pelo menos 5 que se enquadrariam no citado acima. Muitos já tomaram o barco. Grandes amigos e boas lembranças.
"Adagio for Strings" foi composta por Samuel Barber em 1936. É sua obra mais conhecida. Barber enviou-a para o maestro Toscanini em janeiro de 1938. O famoso maestro devolveu a música sem comentários. Isso aborreceu muito Barber.
Passados uns meses, Toscanini fez chegar ao conhecimento de Barber que iria executar a sua peça, esclarecendo que a tinha devolvido por tê-la decorado.
"Adagio for Strings" foi tocada pela primeira vez num programa de rádio no dia 5/11/1938, com Arturo Toscanini a frente da Orquestra Sinfônica da NBC.
Em 2004 foi eleita pelos ouvintes da BBC, como a música clássica mais triste já composta.
Foi tocada quando do anúncio do falecimento do Presidente Franklin Roosevelt, também quando da cerimônia em respeito aos mortos do WCT (11 de setembro) e nos filmes "O homem elefante", "Platoon" e "Amelie".
Vez por outra é bom ouví-la. Faz bem.

ER

QUEREM TUDO E UM POUCO MAIS

Acreditem se quiserem, mas deu no PousoAlegre Net:

"Até 2014, Pouso Alegre vai receber um condomínio logístico que tem por objetivo principal atrair empresas ligadas a tecnologia. A prefeitura já recebeu contato de cerca 50 empresas interessadas em se instalar na cidade. Algumas inclusive já iniciaram os processos burocráticos. Se todas elas efetivarem suas instalações em Pouso Alegre, aproximadamente 10 mil empregos diretos podem ser criados na cidade, sendo que grande parte da mão de obra necessária já vive em Pouso Alegre e se desloca para o Polo tecnológico de Santa Rita do Sapucaí.
Para a criação do condomínio é necessário um investimento de torno de R$ 30 milhões, que deverá vir de uma parceria entre empresas e prefeitura."
 
PousoAlegre Net

MOÇA BONITA


ITAJUBÁ NOTÍCIAS

Bom para a cidade ter um jornal. Muito bom ter dois jornais, principalmente com linhas editoriais diferentes. Nós temos.
O Itajubá Notícias está completando esta semana 10 anos de existência. Esperado e sempre presente nas bancas da terrinha às quartas-feira.
Pouco tempo ?
Outro dia lendo a "História de Itajubá", do nosso historiador Armelim Guimarães, tomei conhecimento que já tivemos dezenas e dezenas de jornais.
Só com o nome de "O Clarin", tivemos dois.
Dificílimo  conduzir um jornal em uma cidade como a nossa e o "Itajubá Noticias" tem ido muito bem nessa longa vida de jornal de Itajubá.
Um abraço ao Rodrigo Marques, Lúcia, colunistas, colaboradores.
Esperamos sempre que continuem tendo uma vida independente.

ER