sexta-feira, 31 de maio de 2013

HISTÓRIA DE UM MÉDICO CUBANO

O Dr. Gilberto Velazco nasceu em 1980 em Havana e recebeu seu diploma de médico em 15 de julho de 2005.
No depoimento que me deu por e-mail e por telefone, disse que a sua graduação foi antecipada em um ano depois de uma “formação crítica e gravemente ruim”, excessivamente teórica, feita através de livros desatualizados, velhos, rasgados, faltando páginas, além de “uma forte doutrinação política”.
No hospital onde fez residência havia apenas dois aparelhos de raio X para atender todas as ocorrências noturnas de Havana e não dispunha sequer de reagentes para exames de glicemia.
Pouco adiantava prescrever remédios para os pacientes porque a maioria deles não estava disponível nas farmácias.
A situação médica no país é tão precária que Cuba está vivendo atualmente uma epidemia inédita de cólera e dengue.
Em 2 de fevereiro de 2006 foi enviado à Bolívia numa Brigada Médica de 140 integrantes -14 grupos de 10 médicos cada - que iria socorrer vítimas de inundações que nunca chegou a ver. 
No voo entre Cuba e a Bolívia conversou sobre assuntos médicos com o vizinho de poltrona e descobriu que ele não era médico, mas provavelmente oficial de inteligência cubana. Calcula que em cada 140 médicos 10 eram paramilitares.
Na Bolívia, onde lhe disseram que iria permanecer por 3 meses, ficou sabendo que deveria ficar no mínimo por 2 anos, recebendo 100 dólares de salário por mês e que a família receberia 50 dólares em Cuba - quantia que, segundo ele, nunca foi paga.
Viveu e trabalhou em Santa Cruz de la Sierra e em Porto Suarez, na fronteira com o Brasil.
Todos os componentes da Brigada recebiam um draconiano regulamento disciplinar de 12 páginas, dividido em 11 capítulos, que fixava desde horários e requisitos para permissões de saída até regras para relações amorosas com nativos e punia contatos com eventuais desertores.
Os médicos verdadeiros eram vigiados pelos falsos médicos que, segundo Gilberto, andavam com muito dinheiro e armas. Ainda assim, o Dr. Gilberto, em 29 de março de 2006, conseguiu pedir formalmente asilo político à Polícia Federal em Corumbá e foi enviado a São Paulo, onde ficou 11 meses.
Pediu à Polícia Federal a regularização de sua situação para poder fazer os Testes de Revalidação Médica exigidos pelo Conselho Federal de Medicina, mas o pedido de asilo foi negado.
Como o prazo de refúgio concedido pelo Conare - Comitê Nacional para os Refugiados - terminava em fevereiro de 2007, pediu asilo aos EUA no consulado de São Paulo, e em 2 de janeiro de 2007 viajou para Miami, Flórida, onde vive agora.
A família do Dr. Gilberto foi penalizada por sua deserção com 3 anos de proibição de viagem ao exterior, mas atualmente vive com ele na Flórida.
Ele trabalhou para uma empresa internacional de seguros de saúde, onde chegou a receber 50 mil dólares anuais, e atualmente está estudando para concluir os exames de revalidação de seu diploma médico nos EUA.
 
Sandro Vaia (p/o Blog do Noblat)

MOÇA BONITA

Jennie

CONSULTORIA GRÁTIS

Relatório divulgado no fim do mês de maio pela empresa de consultoria BDO revela que a dívida dos 23 principais clubes brasileiros aumentou 17% entre 2011 e 2012, atingindo a soma de R$ 4,72 bilhões. No acumulado dos últimos cinco anos, o crescimento da dívida chega a R$ 2,06 bilhões.
 
De acordo com o levantamento, o Flamengo lidera o ranking dos devedores. A dívida do clube mais do que duplicou em apenas uma temporada, saltando de R$ 355,5 milhões em 2011 para R$ 741,7 milhões no ano passado. Além do rubro-negro, os outros três times do Rio na Série A do Brasileirão aparecem entre os cinco primeiros maiores devedores, fazendo com que o futebol carioca atinja 47% do total da dívida dos clubes analisados.
A pesquisa revela ainda que mais da metade deste buraco é referente a impostos. O Flamengo também é o clube que mais deve nesse quesito (R$ 407,1 milhões), cerca de 55% do total de sua pendência.
 
Simples de Resolver:
 
1 - Primeiro o Flamengo transfere oficialmente sua sede, documentação, etc para um desses países :
República do Congo, Costa do Marfim, Tanzânia, Gabão, Senegal, República da Guiné, Mauritânia, Zâmbia, São Tomé e Príncipe, República Democrática do Congo, Sudão e Guiné Bissau. 
 
2 - Fica por lá 1 ano disputando o campeonato local. Não tem importância se cair para a 2ª divisão.
 
3 - Aguarda a próxima visita a África da Dilma ou do Lula, que costumeiramente, de tempos em tempos, perdoam as dívidas dos nossos irmãos africanos.
 
4 -  Pelas suas origens, com certeza o Mengão será anistiado. Sem o peso da enorme dívida, volta e se reinstala no Rio de Janeiro, pronto para reiniciar novas "penduras" 
 
ER

MOMENTOS MÁGICOS


PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Ernest Hemingway

FERIADO


quinta-feira, 30 de maio de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
"Vivemos todos sob o mesmo céu, mas nem todos temos o mesmo horizonte."

Konrad Adenauer

NA CORDA !

 
Lembrei-me de um Corpus Christi do início dos anos 60. Subi (antigamente ir da Boa Vista para o centro, significava subir) ali pelas 10:00 horas com o meu amigo Evanir Alkmin. Os enfeites nos pisos das calçadas não nos interessava muito. As meninas que se dedicavam aos enfeites, muito. Estávamos ali pelas bandas do Shopping Beira Rio (que ainda não existia), quando surgiu vindo dos lados do mercado uma Lambretta a toda velocidade, sozinha. Isto é, sem o seu condutor.
Apressadamente subimos na calçada enquanto a motoneta chocava-se com a quina do Edifício Issa.
Passado o susto entendemos o acontecido.
Um senhor (o lambreteiro) conhecido, por motivos óbvios, como Queixada, lambretando todo faceiro a uns 70kms/hora, não percebeu uma grossa corda, ligando dois postes, instalada pelos soldados do batalhão para impedir o tráfego. Erradamente a colocaram a mais ou menos 1:30 metros de altura, a contar do solo.
Corremos para acudir o Sr. Queixada que já em pé, sacudia a poeira.
Ele indagava sem cessar;
- Quede a minha lambreta ? Quem levou? O que aconteceu ? Irei dar parte !
Seguimos em frente. Tínhamos ainda muito para ver.

ER

PIBINHO

NOVOS TEMPOS

 
A estatal cubana Etecsa (Empresa de Telecomunicaciones de Cuba) colocará para funcionar no próximo dia 4 de junho 118 novos centros de comunicação de internet. Não será grátis.
Uma hora de navegação internacional pela internet custará ao cidadão,  4,5 dólares. Desta forma, com um mês completo de salário, um cubano médio poderá comprar quatro horas e meia de conexão na rede. A Etecsa já gerencia outros 200 centros de conexão como esses, instalados em hotéis e agencias do correio.
Esse avanço, asseguram as autoridades cubanas, só foi possível graças a colocação em funcionamento, em fevereiro passado, do cabo de fibra ótica submarino (com 1.600 kms a um custo de US$70 milhões) que conecta Cuba a Venezuela e Jamaica.
 
El País
 


ROTA DO DESENVOLVIMENTO

Senhoras e Senhores, estamos adentrando na rodovia do empreendedorismo.
Passamos pela capital nacional da psiquiatria.
Logo adiante cruzaremos a capital nacional das malhas.
Ali na frente a capital nacional do menino da porteira.
Avançando, observamos a capital nacional do pijama.
Trânsito difícil ao atravessar a capital comercial e industrial do Sul de Minas.
Em poucos minutos passaremos pela capital nacional da eletrônica.
Cruzamento perigoso na capital nacional do pé-de-moleque.
Peço a atenção de todos pois estamos entrando na capital nacional do....
Alô...alô...som...som...testando...A...A...A...som...som...som
PQP ! cortaram !
 
Anônimo

MOÇA BONITA

Faye

quarta-feira, 29 de maio de 2013

PIBINHO


SOB A LUZ DE VELAS

 
 
Seja sempre simpático com os mais jovens, porque serão eles que irão escrever sobre você.

Cyril Connolly

HOMEM FORTE

Ouvido agora à tarde na Rua Nova:
 
- Ô Cumpadre, você leu a entrevista concedida pelo Prefeito Rodrigo ao jornal Itajubá Notícias ?
 
- É...dei uma olhada. Bastante maneira.
 
- Sentiu alguma novidade ?
 
- O Rodrigo Riera faz política como nos velhos tempos. Fala uma coisa para a gente pensar que é outra, mas na verdade está pensando na mesma coisa.
 
- Perfeito.
 
- Encheu a bola do Alfredo Honório dizendo que se trata do seu braço direito. Elevou às nuvens o Zambrana. Deu um toquinho carinhoso no Rosinha, no Madison e passou ao largo do Super-Secretário, com ligeira observação sobre a dificuldade dele se adaptar ao serviço público. Do Vice, sempre presente, não disse nada.
 
- Entendi perfeitamente. Agradou quem precisava de um tapinha nas costas. Faz parte. Mas ficou claríssimo que o Super é Super mesmo.
 
- Pois é...
 
ER   

MOÇA BONITA

Vendela Kirsebom

LUZ NO FIM DO TÚNEL

Publicado no blog no dia 08/2/2011 - Continua valendo !

"Passo correto:
A apresentação do projeto de melhorias e soluções para o trânsito de Itajubá, elaborado por empresa especializada, foi feita em reunião aberta.
Aberta inclusive para questionamentos e sugestões. Bom e interessado público presente.
Primeira recomendação feita pelos especialistas: municipalização do trânsito. Estava na cara que seria feita.
Propostas de ações a serem implementadas de imediato (algumas até já foram), outras em curto, médio e longo prazo.
Não foram tirados coelhos da cartola (isso não existe mais). Foram apresentadas propostas convencionais e na sua maioria de custos reduzidos.
Rodoanel e pontes ficam mais para adiante.
Não entendi a proposta de construção, no futuro, de um túnel. Creio que terão que construir primeiro o morro.
Resumindo, fizeram um bom trabalho.
Será necessária muita vontade política e apoio das entidades diretamente envolvidas -CDL e ACIEI - para colocar o projeto em prática.
Poderá ser um avanço."

ER  

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Boris Karloff (1931)

MARCANDO EM CIMA


terça-feira, 28 de maio de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
"Há pessoas que veem as coisas como elas são e que perguntam a si mesmas: ''Porquê?'' e há pessoas que sonham as coisas como elas jamais foram e que perguntam a si mesmas: ''Por que não?''.

 Bernard Shaw
 

O DIA QUE A TERRINHA PAROU

 
- Querido, daria para você trazer um lanche para mim ? Estou há duas horas parada no trânsito. Está tudo engarrafado.
- Você continua imprevidente. Como sai para levar a criança na escola sem levar um kit alimentar de segurança ? Lamento mas não posso fazer nada. Estou encalacrado aqui na Luís Rennó, na Avenida. Tentei dar ré mas é impossível. O negócio está parado desde o trevo da Mahle.
- Peça orientação para a Guarda Municipal, por telefone.
- Já falei com eles. As duas viaturas também estão engarrafadas. Uma está próximo da Volks e a outra lá pelos lados do batalhão.
- As perspectivas não são boas. A minha preocupação agora é com o horário de você pegar a Fernanda Cristina na escola no término das aulas.
- Pegar ? Esqueça essa sua preocupação. Eu ainda não consegui chegar até a escola. Ela está dormindo aqui no banco traseiro.
- Brincadeira ! Estacione o carro aí e caminhe até o centro e providencie um lanche.
- Não dá! Não têm existe espaço nas laterais das ruas. Está tudo ocupado.
- A coisa complicou de vez. Acabei de receber um telefonema do Olavo. Ele está desde ontem à tarde parado na subida do Clube Itajubense. Dormiu no carro.
- Tente sintonizar alguma rádio para obter alguma informação.
- Tentei a Jovem e ouvi trecho de uma reportagem externa feita pelo celular pelo próprio Sr. Mafra. Ele também encontra-se forçosamente estacionado na Paulo Chiaradia. E na Futura ? Para acalmar os ouvintes no trânsito estão tocando só músicas clássicas.
- Na Itajubá-AM estão dando algumas orientações interessantes. Para aqueles que estão entrando na cidade pela Imbel, recomendam pegar a estrada de Maria da Fé, entrar pelo Juru e sair lá no bairro do São João. Passar pela Capetinga, pegar o Caminho do Brejo e sair no Novo Horizonte. Dali para frente, com muita sorte e paciência, conseguirão atingir a rodovia nas proximidades da Fundação Bradesco.
Para quem está no Bairro da Avenida, a sugestão é avançar com cuidado para Piranguçu e de lá romper pela Estrada da Berta, saindo lá nos altos da Anhumas.  Se não der, recomendam que os motoristas pernoitem dentro do próprio veículo, nas proximidades do Bar da Maria, que estará fornecendo caldinho de feijão durante toda a madrugada.
- Outra informação dada é que o Prefeito e quase todos secretários estão reunidos no Centro Administrativo, trabalhando em cima de mapas e etc.
- Que bom ! Pelo menos sabemos que estão trabalhando em cima do problema.
- Bom...na realidade todos eles estão presos por lá. Não têm como sair. Aguardam uma manifestação do Secretário de Segurança que se aventurou a descer o Ribeirão Zé Pereira de barco.
- Conseguiu ?
- Notícias dão conta que a embarcação foi vista encalhada nas proximidades da Unimed.
- O problema mais sério está acontecendo na BR-459. Centenas de caminhões de lixo, vindos das cidades vizinhas (convênio) estão parados sem conseguir avançar para despejar a carga no aterro sanitário e tão pouco retornar. Alguns já despejaram a selecionada carga nas margens da rodovia.
- Me dê alguma notícia otimista !
- Ah ! Acabei de ouvir pela Panorama que o Dep. Bilaquinho está sobrevoando a cidade de helicóptero. Prometeu urgentes providências.
Um pouco antes, um vereador - não me lembro o nome - declarou no rádio que entrará com um projeto para construção de novas ruas, tipo beliche, uma em cima da outra. Segundo ele, uma só para ir e outra só para vir.
Pois é...
 
ER    

AS MELHORES UNIVERSIDADES DA AMÉRICA LATINA

O Brasil tem quatro universidades entre as dez melhores no novo ranking QS Uniersity para América Latina. Pelo terceiro ano consecutivo, a USP (Universidade de São Paulo) encabeça a lista. 
Além da USP, aparecem a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), em terceiro lugar, a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), em oitavo lugar e a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), na décima posição. 
O Brasil domina o ranking de 300 universidades com 81 instituições entre as melhores. O México é representado por 50 universidades, a Colômbia, por 42, e Argentina e Chile têm 30 universidades listadas cada. 
O ranking se baseia em sete critérios que avaliam a qualidade da pesquisa, empregabilidade dos formandos, recursos de ensino e presença na internet.Desempenho global
Apesar da liderança brasileira no ranking da América Latina, QS aponta que o país ainda tem baixo desempenho no ranking global. 
"Embora o Brasil domine em nível regional, no contexto global apenas 12 universidades brasileiras estão classificadas no  QS World University Rankings . Entre os países do BRIC, o Brasil fica abaixo da China, com 23 universidades, e da Rússia, com 14, mas acima da Índia, com 11", afirmou o diretor de Administração da QS, Nunzio Quacquarelli.

 As dez melhores da América Latina


UniversidadePosiçãoPaís
USPBrasil
Pontificia Universidad Católica de ChileChile
UnicampBrasil
Universidad de Los AndesColômbia
Universidad de ChileChile
Universidad Nacional Autónoma de MéxicoMéxico
ITESM (Tecnológico de Monterrey)México
UFRJBrasil
Universidad Nacional de ColombiaColômbia
UFMG10°Brasil
    

Fonte UOL
 
Em tempo e para matar a curiosidade geral, a nossa UNIFEI, que estará completando 100 anos em novembro, está classificada em 180º. Já está bom.
 
ER
     
     
 
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
     
 
     
     
      
     
     
     
     
     
 
     
     
                                                                  
 
 
 
 
 
     
     
 

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Greta Garbo - (foto George Hurrel)

FRASE DO DIA

O consenso é, nas democracias, o que a censura é nas ditaduras.

Reinaldo Azevedo

NO AR...

SARCASMO

O sarcasmo tem uma fama ambivalente que o torna digno de aplauso ou de repulsa. Para alguns o sarcasmo é um sinal de inteligência, mas outros o reduzem ao mau gosto ou a má educação. Em qualquer caso, trata-se de um recurso quase sempre orientado ao humor que, bem utilizado, deixa indiferentes unicamente aqueles que não o entendem.
O interessante é que ultimamente o sarcasmo vem cobrando relevância científica sobretudo no âmbito da neurociência e da linguística porque, segundo alguns especialistas, seu uso e entendimento supõem habilidades cerebrais específicas, uma espécie de trabalho extra com o qual obrigamos nosso cérebro a desenvolver uma maior inteligência.
De certa forma e a nível cerebral, o sarcasmo não é para nada um assunto menor: se já a linguagem é um problema ou fenômeno bastante portentoso, a isto devemos acrescentar essas situações em que uma frase, uma expressão às vezes aparentemente inocentes são utilizadas para dar um sentido completamente oposto do que está sendo dito, pondo em jogo não só o valor figurativo das palavras, senão também as pautas sociais necessárias para compreender essa súbita mudança de direção em um discurso. Sobre isto escreve Richard Chin no Smithsonian:
- "As declarações sarcásticas são um tipo de mentira verdadeira. Diz algo que não significa literalmente e a comunicação funciona como prevê só se quem escuta se dá conta de que o interlocutor não esta sendo sincero. O sarcasmo tem uma qualidade dupla: é divertido e significante. E esta natureza dual leva a teorias contraditórias sobre por que a usamos".Quanto a estas teorias, há os que veem no sarcasmo uma prática  social associada às boas maneiras, uma forma de criticar mas suavizando as possíveis consequências de dita crítica pelo humor com que foi lançada. Outros consideram o sarcasmo um gesto a mais com o que se demonstra superioridade sobre o restante, uma forma de demonstrar que não se é ingênuo.
Mas estas funções mais bem sociais têm um fundamento mais elementar e ao mesmo tempo mais complexo: o cérebro. Segundo alguns estudos, no sarcasmo - seu uso e seu entendimento -, estão envolvidas várias zonas deste órgão, entre elas os lóbulos temporais e o hipocampo, particularmente necessários para identificar por sua inflexão uma voz sarcástica.
Desta forma, sabe-se que o hemisfério esquerdo parece estar dedicado a interpretar as declarações literais, o hemisfério direito e ambos lóbulos frontais parece que seriam os responsáveis por reconhecer quando essa literalidade está transtornada e significa justamente o diametralmente oposto, quando um elogio significa uma desaprovação, por exemplo sua mãe falando: - "Que bonito não Luis Claudio?". Esta conclusão se deve a um estudo recente, quando um grupo de cientistas descobriu que a incapacidade de detectar o sarcasmo pode ser um indício de demência.
Por isto mesmo, longe da moralidade, o sarcasmo é um fenômeno psicológico e cognitivo que merece verdadeiro interesse ou curiosidade a propósito do desenvolvimento de nosso cérebro e como este, ao perceber a realidade que compartilhamos com outros, nos permite ingressar em uma zona comum onde ocorre a compressão e a codificação da linguagem e seus muitos níveis de sentido em uma maneira recíproca.
Neste sentido, é mais ou menos comum que as pessoas que não entendam o sarcasmo sejam usualmente consideradas inocentes, pouco maliciosas, sem a experiência necessária para detectá-lo. Daí que, por exemplo, seja um fato comprovado que as crianças, efetivamente, não sejam capazes nem de compreender nem de formar por si próprios um comentário com esta intenção. E não se trata só de circunstâncias sociais.
De acordo com Esther Inglis-Arkell, entre os 8 e os 9 anos o cérebro das crianças só reconhece o sarcasmo pela entonação que é dada à frase, que se associa e se distingue de outras emoções expressadas e escutadas assim em outras pessoas. Nesta idade, o espectro de inflexões reconhecíveis é bem mais limitado a um punhado de estados de ânimo bem elementares: alegria, raiva, tranquilidade, neutralidade também.
No entanto, conforme o cérebro vai se desenvolvendo e, particularmente, as habilidades sociais, o sarcasmo se dissocia de sua qualidade vocal e passa a ser reconhecido pelo sentido e pela intenção, duas propriedades linguísticas que requerem que uma pessoa seja capaz de imaginar a maneira de pensar de outra (até certo ponto), de elaborar um processo cognitivo relativamente complexo mediante o qual entende o que o outro quer dizer. Em uma palavra: empatia; qualidade que começa a se refinar próximo as 11 ou 12 anos.
E esse, talvez, é o grande paradoxo do sarcasmo: para poder entendê-lo, para codificá-lo e ainda para que uma pessoa possa exercê-lo, requer ser notavelmente empático, algo que algumas pessoas, por serem extremamente egoístas, não sabem fazê-lo.
 
Metamorfose Digital


CONSIDERAÇÃO


segunda-feira, 27 de maio de 2013

DEU NO JORNAL

 
O crescimento físico previsto para a cidade em quatro anos será de 192.000 toneladas !

Clarim da Boa Vista

DOCE DELEITE

 
Germaine Potter Bazzle, nasceu em New Orleans no dia 28 de março de 1932. Já lá vão 81 anos. Começou a  tocar piano com 12 anos. 
Uma das divas do Jazz. Uma Dama de New Orleans.
Ela está no Brasil pela primeira vez. Cantou e encantou ontem ao se apresentar no Bourbon Festival Paraty.
Apresentou clássicos do jazz e fez scats (improvisações vocais de fonemas em substituição a uma letra de música), uma das habilidades que a tornaram famosa, que levaram o público ao delírio.
Dedicou 50 anos de sua vida como professora de canto.
Paralelamente, durante 10 anos ela participou do coral da catedral de Saint Louis, com o qual cantava todo domingo. "Foi uma oportunidade única de viajar a muitos países e ter a chance de fazer canto gregoriano, interpretar Beethoven vocalmente", relembra.
Em entrevista ao iG, ela também falou sobre o começo da carreira e a descoberta do gosto por clubes de jazz: "Na verdade, comecei como baixista em pequenos grupos até que fui me interessando mais pelos vocais. Passei a dar aulas de dia e cantar nos clubes à noite."         
Ela está aposentada há três anos, mas nem de longe pensa em sossegar dentro de casa. "Me perguntavam o que eu faria com a aposentadoria. Oras, vou me aposentar das aulas e não da vida.  Quero continuar a fazer o máximo possível de shows", contou a bem-humorada cantora.
Foi acompanhada pelo grupo The Players New Orleans Jazz Band, formado por Mitchel Player (contrabaixo), Ocie Davis (bateria) e Leslie Martin (piano).
Ah! a primeira musica que ela cantou foi "When You´re Smiling".
 
ER

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
A partir de um certo ponto, não há retorno. Este é o ponto que é preciso alcançar.

Franz Kafka

CARTA QUE RECEBI

Prezado Primo,
Permita-me observar o seguinte.
Militei na política local  de 1966 até 2004 , e jamais mandei em nada.
Nunca fiz prefeito nenhum, apenas conduzi a campanha de alguns, mas nunca sem ajuda de outras pessoas, que, entre as quais, incluo o prezado primo.
Fui apenas diplomado Senador.
Temos apenas 11 concessões de terminais rodoviários, e alguns estacionamentos.
Não possuo nenhuma emissora de rádio, apenas as administro eventualmente.
Não considero ninguém inimigo.
Aproveito a oportunidade para parabenizar o blog, que, na minha opinião, é ilustrativo, bem escrito e possui pessoas competentes colaborando com suas opiniões e maneira de observarem o cotidiano.
Um fraterno abraço.
Sebastião I M Riera
 
Blog: O blog fica honrado com a participação do Sebastião Riera. Todos reconhecemos que o Tião é um político com mais vitórias do que derrotas. Muitas não foram vitórias e outras não foram derrotas. O tempo nos vai mostrando. Inegavelmente é um empresário de sucesso. Nessa área, quase todas as suas vitórias foram e estão sendo conseguidas fora da terrinha. O que é muito mais difícil.
Tem uma pitada de ironia em suas colocações ? Sem dúvida. Faz parte e imagino vir de nossas origens. Mas nada que ofenda e vise atingir a integridade de alguém. Trata-se de esgrima verbal.
O Tião sempre soube criticar fortemente quando na oposição (quase uma vida) e saberá receber críticas durante os próximos quatro anos (embora doídas quando injustas).
É a vida.
 
Edson Riera 

TOMOU O BARCO


Tomou o barco hoje em São Paulo aos 76 anos, o empresário Roberto Civita, presidente do Grupo Abril que publica a revista "Veja", a maior revista semanal do país, com circulação de mais de 1 milhão de exemplares. 
Roberto Civita deixa a mulher, Maria Antonia Magalhães Civita, os filhos Giancarlo Civita, Victor Civita Neto e Roberta Anamaria Civita, e seis netos.
 
Em entrevista ao jornal "Valor Econômico" em 2012, ao falar sobre as reações fortes provocadas pela "Veja", revista que com o passar dos anos se tornou mais assertiva e polêmica em suas posições editoriais, Roberto Civita defendeu o título.

"Se você não está gerando reações fortes, está fazendo algo errado. Não acredito em imprensa que quer agradar a todo mundo. Por que você faz uma revista? Só para ganhar dinheiro? Eu acho que vem junto uma responsabilidade. Eu falo isso há 50 anos... Para todo mundo. Para os meus filhos. Eles não gostam, mas eu falo. Se você não quer ter a responsabilidade, vai fazer álcool, vai plantar batata."
 
ER

PHOTOGRAPHIA NA PAREDE

Audrey

TROCANDO BACTÉRIAS

 
O professor do Instituto de Microbiologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Maulori Cabral, confirmou à Agência Brasil que bolsas femininas têm mais micróbios do que na maioria dos vasos sanitários, como é apontado por estudo da empresa Initial Washroom Hygiene, do Reino Unido, especializada em limpeza de banheiros públicos.
“Tem mais micróbios na superfície das bolsas das mulheres do que na superfície dos vasos sanitários. As mulheres colocam a bolsa em tudo que é lugar. Pegam na bolsa o tempo todo e ficam passando micróbios da mão para a bolsa. E ninguém passa água sanitária na bolsa”, diz.
Os micróbios fazem parte do cotidiano. Cabral explicou que como o ser humano é um animal social, os homens cumprimentam uns aos outros, trocando micróbios no aperto de mãos. “A primeira coisa que você faz é: fique com um pouco dos meus micróbios e me dê um pouco dos seus”. Quando há mais intimidade com a outra pessoa, trocam-se beijos. “Aí a coisa complica” porque, segundo Cabral, cada gotícula de saliva tem 100 mil bactérias. “Mas, tem coisa melhor do que trocar bactérias?”, brincou o professor. Isso significa que quanto mais íntimo for o cumprimento, mais a microbiota é compartilhada.

Estado de Minas

domingo, 26 de maio de 2013

DAQUI A POUCO AO VIVO


HERANÇA

Meu filho, um dia tudo isso será seu
Anônimo

NO LIMITE DA HUMILHAÇÃO

Carta do Senador Suplicy, praticamente pedindo ao Lula para ser candidato

"Caro presidente Luiz Inácio Lula da Silva,
Sempre teríamos na transparência de nossos atos e na ética da vida pública os valores fundamentais do PT, foi o que muitas vezes ouvi de você. Nesses 33 anos de militância honrei esses valores e objetivos.
Quero lhe transmitir pessoalmente a minha disposição de ser candidato ao Senado em 2014 e naquela casa continuar a honrar o PT. Tenho procurado marcar um encontro pessoal, há meses, mas por alguma razão tem sido sempre adiado.
Gostaria de relembrar que, em 2011, quando éramos cinco os pré-candidatos a prefeito de São Paulo, você convocou os demais para dialogarem com você no Instituto Lula para que desistissem em favor de Fernando Haddad. Imagino que tenha avaliado que não precisava conversar comigo.
Há cerca de duas semanas, conforme soube pela imprensa, houve reunião no Instituto Lula, em que estiveram presentes os presidentes nacional e estadual, Rui Falcão e Edinho Silva, outros importantes dirigentes e pelo menos oito prefeitos do PT. Não fui convidado, embora ali se tenha discutido a campanha de 2014, os procedimentos para a escolha do nosso candidato ao governo de São Paulo, ao Senado e possíveis coligações. Segundo o divulgado, os presentes teriam solicitado à direção organizar uma pesquisa de opinião para saber qual o candidato a governador mais viável. Ademais, cogitou-se a possibilidade de que eu pudesse ser candidato a deputado federal para fortalecer a legenda do PT, com a informação de que caberia a você convencer-me desta alternativa.
Considero justo que o PT me aponte como candidato ao Senado. Por uma questão de respeito à minha contribuição para o PT desde a sua fundação e também por ter sido eleito por votações cada vez maiores para o Senado, em 1990 com 4.229.706 votos, 30%; em 1998 com 6.718.463, 43,07%; em 2006, com 8.986.803 votos, 47,82%.
Poderemos fazer uma prévia aberta a todos os filiados e eleitores interessados em participar como mais e mais se faz em todos os países democráticos. Lembro que José Dirceu certa vez defendeu que nossas prévias deveriam ser abertas a todos os eleitores.
Há apenas uma hipótese de eu abrir mão de disputar o Senado em 2014: caso você queira disputar. Por respeito aos seus oito anos como Presidente da República, por já ter disputado uma prévia com você em 2002 e você ter ganho por larga margem.
Sempre observei que você acompanhou com grande interesse tudo o que se passa ali, pois sempre comentou conosco que costumava assistir à TV Senado. Acredito que considere algo positivo tornar-se Senador".
Eduardo Matarazzo Suplicy
(247)

DE VOLTA PARA O FUTURO

 
 
Temos que ver o lado bom da coisa

Todos sabemos que o petróleo é formado pelo processo de decomposição de matéria orgânica, restos vegetais, algas, alguns tipos de plâncton e restos de animais marinhos - ocorrido durante centenas de milhões de anos da história geológica da Terra.
Inicialmente deve haver a matéria orgânica adequada à geração do Petróleo. Este material orgânico deve ser preservado da ação de bactérias aeróbias e o material orgânico depositado não deve ser movimentado por longos períodos. A matéria orgânica em decomposição por bactérias anaeróbias, deve sofrer a ação de temperatura e pressão por períodos longos.
No tocante ao depósito de lixo de toda a região aqui na terrinha, temos que atentar para o possível lado bom da coisa.
Sem dúvida alguma dentro de algum tempo, mais ou menos alguns milhões de anos teremos no final, uma das maiores bacias de petróleo da terra.
O petróleo extraído da terrinha, com certeza será levado para ser refinado através de oleodutos, em Pouso Alegre, às margens da Rod. Fernão Dias, o que economicamente será mais viável.
Aviso: Se você pensou em adquirir um pedaço de terreno nas proximidades sonhando ganhar algum dinheiro no futuro, esqueça. Toda a área já foi adquirida por empresários de visão.

ER

MÃE DILMA


Deu no El País
 
O Governo brasileiro anunciou ontem o cancelamento de quase US$ 900 milhões da dívida externa de países africanos, conforme declarou o porta voz da presidência brasileira, Thomas Traumann, em Addis Abeba, capital da Etiópia, onde foi celebrado o 50º aniversário da fundação da União Africana.
Traumman disse que será a presidente Dilma quem anunciará a criação de uma nova agência de desenvolvimento e confirmará esse cancelamento da dívida africana para com o Brasil. A legislação brasileira impede a concessão de créditos e ajuda financeira a países com dívidas importantes. A nova ajuda brasileira se destinará principalmente a infraestrutura, agricultura e programas sociais.
Entre os 12 países que se beneficiarão da medida estão a Tanzânia, que deve ao Brasil US$ 237 milhões, o Zâmbia e a República do Congo, todos eles com importantes recursos natuarais como gás, petróleo e cobre.
 
El Pais


 

O ESCOLHIDO


sábado, 25 de maio de 2013

AGORA VAI !

Ouvido hoje nas proximidades do Bar e Pastelaria  do Coró, na Boa Vista:
 
- Ô Cumpadre, só agora começo a entender o que o Super Secretário declarou ontem na entrevista no rádio, sobre a constante busca de recursos nos governos federal e Estadual.
 
- É verdade. Ele disse que tendo projeto os recursos virão.
 
- Pois é...uma parte já chegou. O Bilaquinho conseguiu no Ministério das Cidades, 650 mil para darem uma ajeitada no aterro sanitário da terrinha. Em contrapartida, Santa Rita, Cachoeira de Minas, Brasópolis e Marmelópolis despejarão  seu lixo aqui.
E tem mais... as autoridades municipais estão esperançosas de receber 3.000 toneladas por mês. As cidades limpas pagarão R$ 36,00 por tonelada enviada.
 
- Negocião Sô ! 
 
- Preis ou prá nóis ?

ER

DE NOVO: PIMENTEL, CDL E O PROJETO OLHO VIVO

Deu na Folha

O ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento), um dos mais próximos da presidente Dilma Rousseff e cotado para coordenar sua campanha à reeleição, é acusado pela Procuradoria-Geral da República de ser "autor de delitos" e ter "concorrido ativamente" para o desvio de R$ 5 milhões da Prefeitura de Belo Horizonte em 2004, quando era prefeito da cidade.
A Folha teve acesso ao inquérito que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). O caso está sob a relatoria do ministro José Dias Toffoli. Ele deve apresentar seu voto ao plenário do tribunal, que decidirá se abre ação penal.
O inquérito analisa as circunstâncias da contratação, pela Prefeitura de Belo Horizonte, da Câmara dos Dirigentes Lojistas local para implantar o projeto "Olho Vivo", que previa a instalação de 72 câmeras para coibir crimes no centro da cidade.
O documento da Procuradoria, datado de março de 2012, é assinado pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e sua mulher, Cláudia Sampaio, e acusa diretamente o ministro: "O denunciado [Pimentel] concorreu ativamente para o desvio dos R$ 5 milhões em favor da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte".
A acusação contra Pimentel é de "apropriação de bens ou rendas públicas", com pena de até 12 anos de prisão.
Diz ainda a Procuradoria: "A denúncia contém clara e concisa descrição do fato criminoso e dos indícios de autoria, que permitem com segurança apontar o denunciado como autor dos delitos".
Em síntese, a Procuradoria afirma que o convênio com a Câmara dos Dirigentes Lojistas foi uma forma simulada de contratação sem licitação, e que o dinheiro foi parar em uma empresa-fantasma.
A Procuradoria corroborou as conclusões do Ministério Público de Minas, que em 2010 denunciou o ex-prefeito e o ex-secretário de Coordenação e Gestão Regional, Fernando Viana Cabral, entre outros.
 
Folha

NUNCA ANTES


sexta-feira, 24 de maio de 2013

EFETIVAMENTE !

Todos são levados a concordar que "efetivamente" o Super Secretário participou do programa de entrevistas da Célia Rennó e Ana Paula, hoje na Itajubá-AM

Anônimo

É DISCO QUE EU GOSTO



Em francês e com a Mireille, continuou empolgante. Nos bailes do Clube Itajubense, quando tocava, as mesas ficavam vazias. Todos dançavam. A maioria no velho estilo dois prá lá e dois prá cá. Apenas um pouco mais rápido.

ER

PORQUE HOJE É SEXTA

NESTA SEXTA, EM CARTAZ : MR. PRESIDENT !


CANTINHO DA SALA

 
 
Foi arrematado ontem em Nova York, por US$2,225 milhões, o quadro da artista brasileira, Lygia Clark, "Contra Relevo (Objeto Nº 7), criado em 1959.
Trata-se de um pequeno quadro de compensado (55,5 x 55,5 x 4,5 cm) com três figuras geométricas pintadas de preto e branco com tinta industrial.
O interesse que provocou entre galeristas e colecionadores se deve a sua raridade: criado no mesmo ano do Manifesto Neoconcreto, o quadro foi dado de presente pela pintora a um colecionador brasileiro, de quem seu proprietário até ontem o adquiriu. A obra teria sido exibida em público apenas uma vez, na Bienal de Artes Plásticas da Bahia, em 1966.

ER

MOMENTOS MÁGICOS

>

RAY - BAN

Kate

FAZ SENTIDO

 
Ouvido ontem na Rua Nova:
 
-Ô Cumpadre, como você está vendo o quadro político da terrinha ?
 
- Bom...quando se trata de política eu fico sempre apreensivo. Esclarecendo: esperançoso mas apreensivo.
 
- Alguma coisa nova já lhe chamou a atenção ?
 
- Tirando a inovação do Super-Secretário que achei bom, ainda não vi muita coisa. Até aqui, tudo rotina. É de se louvar o entrosamento da Câmara com o Prefeito. Estão afinadíssimos.
 
- E a política externa ?
 
- Cumpadre, tenho acompanhado por fotos e notícias os contatos e reuniões do prefeito com autoridades de Belo Horizonte e Brasília. A melhor de todas foi tomar conhecimento de sua reunião com o Dep. Ulisses Gomes. O caminho é por aí. Se deixarem os interesses da terrinha sobressaírem, como deveria ser, sobre os interesses partidários, o negócio decola.
 
- Éh...difícil, mas faz sentido.

ER

TAMBÉM QUERO


quinta-feira, 23 de maio de 2013

SOB A LUZ DE VELAS

 
 
Quem nunca altera a sua opinião é como a água parada e começa a criar répteis no espírito.

William Blake

VERSOS DEFINITIVOS


Tudo é uma questão de manter
A mente quieta
A espinha ereta
E o coração tranquilo
Tudo é uma questão de manter
A mente quieta
A espinha ereta
E o coração tranquilo
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro
A toda hora, todo momento
De dentro prá fora
De fora prá dentro


Walter Franco

REPETINDO


PODEROSAS !




A brasileira Gisele Bündchen é a única modelo que figura no ranking anual da Forbes, das 100 mulheres mais poderosas do mundo. Ocupa o posto  95 da lista, que é encabeçada pelo terceiro ano consecutivo pela Chanceler alemã, Angela Merkel.
A presidente Dilma ocupa a segunda posição.
É nóis na fita.
 
ER

NOS ENCONTRAREMOS LÁ


 
 O Bourbon Festival Paraty chega este ano à sua 5ª edição, de 24 a 26 de maio.
Estão confirmados:
Stanley Clarke, um dos maiores baixistas do mundo;
A banda inglesa Incognito, liderada pelo guitarrista e compositor  Jean-Paul “Bluey” Maunick.
De New Orleans o grupo Big Sam'sFunkyNation, liderado pelo carismático trombonista Big Sam
 e The Players New Orleans Jazz Band with GermaineBazzle, uma das mais reconhecidas cantoras de jazz, que aos 81 anos vem pela 1a vez ao Brasil.
Completam o time, Céu, Mart’nália, Raul de Souza, Hamilton de Holanda, Serial Funkers com Ed Motta, Carlos Barbosa Lima, Paulo Meyer, Tuto Ferraz Funky Jazz Machine, Jefferson Gonçalves e  Big Joe Manfra e DjCrizz.
O Bourbon Festival Paraty segue a tendência dos grandes festivais de jazz e blues do mundo mesclando vertentes do gênero a outros ritmos como r&b, soul e world music. 
O festival, que caracteriza-se por irradiar música pela charmosa cidade litorânea e colonial, tem dois palcos ao ar livre - nas praças da Matriz e da igreja Santa Rita - e artistas que atuam como buskers (músicos de rua), em vários pontos do centro histórico, além da Orleans Street Jazz Band que desfila tocando pelas ruas.  
Todos os shows são gratuitos!  
O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Paraty e o Ministério da Cultura, através da Lei Rouanet, e foi idealizado pelo Bourbon Street Music Club, de São Paulo.  
 
ER

É DISCO QUE EU GOSTO



Tomou o barco hoje em Nice-França, o eterno viajante da canção francesa, Georges Moustaki, aos 79 anos, provocando grande comoção no mundo da cultura.
Moustaki, que sofria de enfisema, uma doença pulmonar incurável que o impediu de cantar há vários anos.
Georges Moustaki, cujo nome verdadeiro era Giuseppe Mustacchi, nasceu em 3 de maio de 1934 em Alexandria, de pais judeus gregos que imigraram para o Egito.
Chegou em 1951 em Paris,
De cabelos longos e barba espessa, olhos azuis cintilantes, incurável boêmio, Georges Moustaki escreveu mais de 300 canções para os maiores artistas franceses, como Edith Piaf, Yves Montand, Barbara e Serge Reggiani..
"Lamento não poder cantar em meu banheiro. Cantar em público, não. Eu rodei o mundo e cantei em todos os palcos, grandes e pequenos. Vivi coisas mágicas. Eu aprendi que o que se acredita ter adquirido é apenas uma pequena parte do que resta a ser descoberto
"Eu quero escrever e pintar. Dedicar meu tempo para o que me faz feliz, como sempre fiz", acrescentou.
"Le Métèque", traduzida em uma dúzia de idiomas, foi a música que o revelou como intérprete em 1969. Mas, por mais de dez anos, ele já trabalhava como compositor.
Em 1959, ele assinou "Milord" para Edith Piaf, com quem teve um affair.
Outras canções se tornaram clássicos, como as interpretadas em 1966 por Reggiani, "Sarah", "Ma Liberté", "Ma Solitude", "Votre fille a vingt ans", mas também "La Dame Brune" (Barbara, 1968) e ainda "Joseph", "La marche de Sacco e Vanzetti".
O anúncio de sua morte imediatamente despertou fortes emoções e muitas reações.
 
(dados web)
 
ER
 

LINGUAGEM DE MÉDICO


Em recente concurso cultural promovido pela ANABB - Associação Nacional dos Funcionários do Banco do Brasil, a Maria Luiza Ferreira Rezende, simplesmente a Misa, da terrinha, foi a ganhadora da categoria "Crônica".
Misa já tem dois livros publicados e um deles foi objeto de "post" no "viver é perigoso"
Leiam:

"Sendo uma pessoa bastante alérgica, raramente saio à rua sem um lenço, com o qual tento me proteger do vento, poeira e outras intempéries. Pois bem, resolvi procurar um médico famoso em busca de um tratamento eficaz. Ao entrar em seu consultório ricamente mobiliado, fiquei admirada com tantos diplomas, certificados, prêmios e títulos. Após as devidas apresentações e narração da minha condição de alérgica, disse-me ele:
- Com base em todo o seu relato, não há dúvidas, a senhora sofre de um edema de Quincke.
 Assustada, perguntei:
- O que é isso?
Ele me respondeu:
- É simplesmente uma reação de seu organismo a um alérgeno.
- E isso é grave? Perguntei eu, ao que ele me retorquiu:
- Bem, isso pode provocar uma taquipnéia ou uma hipobaropatia e às vezes, levar a uma ambliopia e até mesmo a uma dispnéia paroxística. Estudando todo o relato de sua anamnese, penso que a senhora precisa de um agente terapêutico que iniba suas reações alérgicas, talvez uma droga anti-histamínica. Evite aspirar poeira carregada de asbesto para não agravar seu estado com uma pneumoconiose. Saiba que a assepsia é fundamental. Não pretendo lhe receitar um tratamento paliativo porque é preciso erradicar a causa de sua enfermidade.
O melhor mesmo são medidas profiláticas que podem lhe proporcionar uma melhor condição física. Entretanto, é necessário que a senhora leve em consideração que já está caminhando para a senilidade e aceitar certas limitações, tendo em vista que já não é nenhuma jovem de vinte anos. Em casa, procure se manter em posição decúbito supino que facilitará uma melhor circulação cerebral e cardíaca.
Assim que consegui uma brecha, tentei descrever um sintoma:
- Doutor, depois de pegar um vento, às vezes sinto uma vertigem. Será que é da alergia? E ele:
- Essas sensações subjetivas ou objetivas de movimento do corpo em sentido giratório ou de movimento de desequilíbrio são absolutamente normais no seu quadro clínico. Para o momento, vou lhe receitar um acetilsalicílico que certamente vai amenizar sua condição respiratória, mas é preciso cautela no uso porque essas drogas saliciladas constituem ciladas para o paciente, pois se o livram da sensação alérgica, o empurram para uma dependência física.
Use abuse de balneoterapia que tem se mostrado muito eficaz no combate aos diversos alérgenos. Vou lhe preparar a receita.
O médico virou-se para o computador de última geração e desatou a digitar minha receita. Ao preparar o papel, a impressora deu pau e ele, um tanto desapontado me explicou que, às vezes, a máquina ingeria uma quantidade excessiva de papel, o que ocasionava uma obstrução das vias impressoras. Levantei-me irritada e saí do consultório, sem que ele percebesse minha ausência.
No caminho, passei em casa de D. Ditinha, amiga de minha mãe, que me arrumou um punhado de raízes de chicória velha, cardo santo e hortelã. Fiz um chá, embrulhei-me em uma manta quentinha e dormi profundamente, sem chiado no peito e nariz entupido. "
 
Misa